Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A NASA escondeu imagens de um caranguejo em Marte?

Conspirações

A NASA escondeu imagens de um caranguejo em Marte?

É verdade que a Agência Espacial norte-americana escondeu fotos que mostram o que parece ser um enorme caranguejo em Marte?

A notícia apareceu na web no dia 03 de agosto de 2015 e rapidamente se espalhou nas redes sociais e em diversos sites e blogs especializados em teorias da conspiração. Uma fotografia teria vazado dos computadores da NASA mostrando um enorme ser parecido com um caranguejo “grudado” em uma fenda numa das pequenas montanhas exploradas pela sonda Curiosity, enviada ao planeta vermelho.

Blogs de ufologia como o Ufo Sightings Daily, por exemplo, explicaram que esse estranho animal parecido com um  caranguejo foi encontrado em Marte e que ele parece estar vivo, mas a NASA estaria negando o impressionante achado, dizendo que “isso não faz parte da sua missão.

Será que essa imagem é real?

Enorme caranguejo teria sido encontrado em Marte! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Enorme caranguejo teria sido encontrado em Marte! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

A foto é real, mas não há nenhum caranguejo gigante em Marte (por enquanto).

Em primeiro lugar, a NASA não está tentando encobrir a suposta descoberta de um ser vivo no planeta vermelho. Tanto é que a foto que está sendo espalhada na web é apenas uma ampliação de uma fotografia maior, disponibilizada pela própria agência espacial.

Essa imagem do “caranguejo marciano” foi tirada pelo laboratório móvel MastCam, do rover Curiosity, no dia 05 de agosto de 2014, mas foi só um ano depois – no dia 1º de agosto de 2015 – que uma página do Facebook (famosa por criar teorias conspiratórias envolvendo a missão da NASA em Marte) resolveu espalhar a “descoberta” do tal caranguejo.

Imagem meramente ilustrativa! :)

Imagem meramente ilustrativa! 🙂

O pessoal do Ufo Sightings Daily, então, viu ali uma oportunidade de criar uma polêmica e ajudou a disseminar ainda mais a desinformação!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Imagem retocada

Se pegarmos a foto original da NASA e ampliarmos o mesmo ponto, como foi feito pelos conspiracionistas de plantão, vamos notar que deve ter havido ali uma “ajudinha artística” com alguns retoques na fotografia:

Imagem ampliada!

Imagem ampliada!

Pareidolia

Em entrevista ao jornal de língua inglesa Huffington Post, o astrônomo sênior e diretor do Center for Research SETI, Seth Shostak, disse que recebe imagens que mostram formações como essa pelo menos uma vez por semana, mas que tudo não passa de pareidolia!

Já explicamos aqui no E-farsas o que é esse fenômeno que faz com que o nosso cérebro veja imagens de rostos ou de animais em formas aleatórias. Clica aí no play abaixo pra assistir:

Seth Shostak explica também que o fato de reconhecermos um caranguejo em uma paisagem cheia de pedras não é mais surpreendente – nem mais significativo – “do que ver um cara piscando um olho em um simples ponto e vírgula seguido por um parêntese ;)”.

Veja também: NASA descobre pirâmides em Marte! Será?

Conclusão

Não há (por enquanto) nenhum prova de que existam seres vivos em Marte! A foto é real, mas o tal bicho é apenas uma pareidolia, feita com a ajuda de alguns retoques em uma ampliação de uma imagem da NASA. Que pena!

Continue lendo
15 Comentários

15 Comments

  1. Alvaro Reis

    7 de agosto de 2015 em 10:20

    Primeiro: Quando você diz “caranguejo”, tá querendo logo achincalhar a foto.

    Segundo: Há uma anomalia morfológica na formação rochosa, salvo se a geologia que se aplica na terra não se aplica em Marte.

    Terceiro: Os tais retoques, em nada comprometeram a foto.

    Quarto: Se possível, é bom termos a opinião de um geólogo, uma vez que as marcas de erosão são erosões são horizontais e aquele troço, sem sombra de dúvidas, não era para estar ali!

    • Gilmar Lopes

      7 de agosto de 2015 em 10:32

      Sem dúvida, a imagem é intrigante mesmo! Mas o que estamos combatendo aqui é o fato de alguns sites e blogs criarem toda uma cultura conspiratória afirmando que a NASA estaria escondendo tudo.

    • Jackson

      1 de outubro de 2019 em 13:15

      Concordo, anomalia viva é claro, observe, em frente à criatura, patas articuladas namorado da rocha, me parecem crustáceos, o anterior está se alimentando, veja o membro encolhido e virado para o cetntr de duas protuberâncias, parecendo sensores, a criatura está de costa para câmera, amplie e análise.

    • Jackson

      1 de outubro de 2019 em 13:45

      E meu amigo, não sou religioso, porem respeito os outros, eles se parecem com os três macaquinhos, não ouco,não vejo e a igreja não me permite falar nada, santa ipocrisia, na própria Bíblia afirma que na casa do senhor há várias moradas, nenhuma criatura iria evoluir tão rápido até certo ponto tecnológico, se não estivesse uma mãozininha, o precentimento que da, e que estão nos preparando para uma nobre visita.

  2. Edicarlos

    7 de agosto de 2015 em 11:07

    Essa foi a mais intrigante de todas no que tange marte, pelo menos até o momento. Legal.
    Imagina a humanidade sofrer algum problema nos próximos séculos, e daqui 10 mil anos não saberem das nossas investidas em marte. Então, mandarem um robô para lá e descobrirem um paraquedas, umas rodas de carrinho, etc. O que irão pensar? “Ahá…. tinha vida inteligente aqui ou visitando marte. Tai a prova que existe extra terrestre”.
    Aliás, quem garante que isto já não aconteceu e o que estamos vendo lá são resquícios de uma investida no passado?
    Até mesmo um a peça de um satélite, ou um dos objetos deixados no espaço por astronautas, poderia cair no planeta vermelho (um tiro num alvo pra lá de certeiro..rsssss…. mas, nada impede), e agora estamos encontrando achando que é coisa de outro mundo.

    • Jackson

      1 de outubro de 2019 em 13:30

      Neste planeta, ainda há criaturas vivas e adaptadas, não é necessário que se baseiem em nosso sistema terrestre, seria ignorância, animais exóticos, filtradores de pequenas qtd de oxigênio, usa fotossíntese e radiação excessivas p/ sobreviverem, e inóspito p/ humanos fisiologicamente, com certeza dependendo das estações, haverá água em estado líquido em suas encostas, pequenos lagos, vida vegetal e desibernacao de algunhas criaturas, como num deserto. Afirmo que diante da foto há em número de três patas de uma outra criatura na borda da rocha.

  3. Jessé

    7 de agosto de 2015 em 12:30

    Uma boa maneira de eliminar a possibilidade dessa formação ser um ser vivo é de fotografar o mesmo local novamente, se a próxima foto tiver a mesma formação estranha, poderia descartar a hipótese de ser um ser vivo. Será que tem mais fotos deste mesmo local.

    Já vi aqui no e-farsas o Gilmar utilizar outras fotos, em diferentes ângulos, do mesmo local para desvendar o mistério: como por exemplo aqui http://www.e-farsas.com/sombra-de-astronauta-vaza-ao-lado-da-curiosity-em-foto-da-nasa.html

  4. João Siqueira

    7 de agosto de 2015 em 14:29

    Esta foto é intrigante e, para mim, ainda não está esclarecido.
    Agora estão divulgando a imagem de um “fantasma de mulher” em Marte. Será que poderiam dá uma analisada?
    https://br.noticias.yahoo.com/blogs/super-incr%C3%ADvel/figura-misteriosa-que-lembra-uma-mulher-aparece-em-foto-de-sonda-que-est%C3%A1-em-marte-174032538.html

    E outra notícia que saiu sobre um animal com formato humanoide: http://www.luzilandiaonline.com.br/noticia.php?id=11979

    • Alvaro Reis

      7 de agosto de 2015 em 14:57

      Bem, quanto a primeira, isso sim é uma pareidolia! No caso em questão, dá a impressão que tá em 3D, ou seja, uma mulher em pé. Mas acredito que é apenas uma marca na areia, que confunde nossa visão, dando a entender que está na vertical. Na verdade uma mistura de pareidolia com ilusão de ótica.

      A segunda foto é um feto mal formado mesmo… a turma já postou outras fotos bem parecidas de fetos, inclusive humanos, com uma aparência muito semelhante.

  5. Alvaro Reis

    7 de agosto de 2015 em 14:43

    Vamos por partes (novamente):

    1 – Erosão eólica, ao que me parece, moldou aquelas rochas. Não sou geólogo, volto a afirmar. Ou ainda que elas foram formadas por algum tipo de compressão, enfim, o que importa é que pela amplitude da foto, o mesmo fenômeno (compressão ou eólico) moldou essa estratificação paralela;

    2 – A coloração do objeto não segue o padrão das rochas. No máximo, a cor se aproxima da areia que também aparece na foto. Mas vamos lá, se fosse um monte de areia colada ali, o tempo já teria feito seu trabalho e tudo já teria sido desfeito;

    3 – O troço tá “colado” na rocha. No meu ponto de vista são dois corpos diferentes. Se são duas rochas sobrepostas, não sei, mas que aparentemente não fazem parte do mesmo conjunto, realmente não fazem;

    4 – O que chamam de “patas” ou “tentáculos” existe na foto. O que são, são outros 500!

    5 – Também, aparentemente, o objeto está a frente de uma cavidade na pedra, o que torna a coisa ainda mais curiosa. Se realmente há um buraco ali, o OPAART estaria grudado em que?

    6 – Pareidolia só vai até o limite das pessoas acharem que é o tal do “caranguejo”. Um objeto estranho, é um objeto estranho… se ele se parece com outra coisa, aí passa a cair do campo da fantasia. Mas não se pode simplesmente ver uma anomalia e já sair tachando de “pareidolia de doido”.

    Enfim, é uma pena que uma fotografia tão boa já tenha caído na galhofagem… até quando a evidência é intrigante, ela é descartada.

    PS: Marte é mais distante do Sol do que a Terra… na minha ignorância, eu sempre achei que a luz solar lá fosse mais fraca. Mas toda foto que postam, tá uma luminosidade parecida com a da Terra as 15:00 da tarde.

    • Gilmar Lopes

      7 de agosto de 2015 em 14:58

      Excelente!

    • Henrique

      7 de agosto de 2015 em 20:04

      Gostei muito do seu comentário, tá bem parecido com o que penso. Não considero que seja um animal vivo ou morto, mas isso não deixa o caso menos interessante. Na verdade, explicar que tipo de formação geológica é aquela tem sido muito mais instigante do que simplesmente ser um caranguejo marciano gigante (ok, mentira, isso seria irado para caralho).

    • Bryan Tomé

      26 de novembro de 2015 em 13:55

      Excelentes considerações. Quanto a luminosidade intensa de Marte, creio que seja relacionado à atmosfera marciana, que não apresenta um “filtro” como a nossa camada de ozônio tão forte, o que tornaria o sol mais brilhante. Não sou especialista, mas creio que faria algum sentido. Forte abraço!

    • SavianoMarcio

      4 de fevereiro de 2016 em 20:55

      Quanto a luminosidade da foto a missão os técnicos balanceiam a luminosidade para ficar próxino ao que seria na Terra intencionalmente, eles deixam as dias versão para comparações até.

      Essa imagem se não estou enganado é da luminosidade de Marte mesmo.

  6. Agnes Makarov

    27 de dezembro de 2015 em 1:26

    o que seria de toda raça humana se a Nasa divulgasse que existe vida em marte, ou no quinto dos infernos, pense em quantas ceitas iria surgir, pense no CAOS. nossa raça não esta preparada para ter tal noticia. nossa raça , a maioria nem acredita que quando morremos não se leva nada. a prova esta em nossos governantes de todo planeta que rouba e mata bilhões tudo pelo poder. uma raça dessa não merece nem saber de onde veio o “tiro” não merece nem saber o que os “atropelou” se nossa raça se deparar com vida extraterrestre a primeira coisa que vão fazer vai ser abrir o bixo pra ver o que tem dentro. se der pra vender vende, se for de comer come. pq somos assim. somos animais. então que venha os ets pra ver se muda alguma coisa nesse planeta cheio de parasitas que pensa que é gente.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo