Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Alergia à henna faz mulher ter que amputar mãos e pés!

Falso

Alergia à henna faz mulher ter que amputar mãos e pés!

Mulher se intoxica com tatuagem de henna e tem que amputar mãos e pés, mas família pede que ela receba injeção letal! Será verdade?

Notícia publicada em inúmeros blogs afirma que uma mulher paquistanesa passou a mostrar sinais de forte alergia nas mãos e nos pés após ser tatuada com tintura de henna. Os médicos, segundo o texto, sugeriram a amputação dos membros, mas a família preferiu que fosse aplicada uma injeção letal na jovem para acabar de vez com seu sofrimento.

A moça, de acordo com a notícia, estava se preparando para se casar e o ritual de pintar as mãos e os pés com tintura de henna faz parte da tradição local.

O médico teria acatado o pedido da família e resolvido alertar a todos pela web, para que outras jovens não tivessem o mesmo fim dessa moça.

A notícia vem acompanhada de uma foto que mostra duas mãos tatuadas e com enormes bolhas:

Moça teria morrido depois de usar tatuagens de henna! Verdade ou farsa?(foto: Reprodução/Facebook)

Moça teria morrido depois de usar tatuagens de henna! Verdade ou farsa?(foto: Reprodução/Facebook)

 

Verdade ou farsa?

A história mistura um pouco de verdade com uma boa dose de boato. O fato é que o governo do Paquistão e da Índia (dependendo da versão que você irá encontrar na web) negam o ocorrido, mas devido à forte censura que ambos governos impõem às notícias veiculadas por lá, fica muito difícil de se verificar quaisquer fatos ocorridos naqueles países.

A henna

A henna é um corante natural, extraído da planta chamada Lawsonia inermis, e é usada há milhares de anos em diversas culturas para colorir os cabelos e/ou para tatuar partes do corpo. Como a tintura é temporária, muita gente usa henna para deixar o corpo tatuado por alguns dias.

Por ser um produto natural, geralmente a henna não causa alergia em quem faz uso dela. No entanto, algumas empresas colocam substâncias corantes altamente irritantes para a pele como, por exemplo, a parafenilenodiamina. De acordo com a Dra. Fátima Rodrigues Fernandes, pediatra e alergista do Hospital Infantil Sabará – em entrevista ao blog Vila Mulher -, as alergias podem se manifestar em uma pequena parcela dos usuários através de vermelhidão, coceiras, bolhas e inchaços no local, mas os sintomas tendem a desaparecer depois de uma semana após o uso da henna.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Nos Estados Unidos, o FDA – órgão do governo que regulamenta a venda de remédios e alimentos no país – recomenda o uso de henna apenas nos cabelos e nunca diretamente na pele.

Não encontramos nenhum registro de amputação de membros por decorrência do uso de henna, a não ser nos sites e blogs que apenas copiaram a mesma notícia. O médico, chamado de Dr. Imran Ansari em algumas versões, também só aparece em textos semelhantes.

Forte rumor em 2012

Em agosto de 2012, esse rumor foi tão disseminado na Índia que centenas de mulheres lotaram os hospitais em Chennai, Vellore, Coimbatore e de muitas cidades indianas, com medo de também terem que amputar as suas mãos devido ao uso de henna.

Algumas mulheres apresentaram, de fato, reações alérgicas no dia 21 de agosto de 2012, em decorrência do uso de uma determinada marca de henna e foram tratadas com antialérgicos. É possível que essa imagem que circula junto com o boato seja de uma dessas mulheres, no entanto, não houve nenhum caso em fosse preciso se fazer uma amputação.

Na ocasião, a Dra. Susan Abraham, Chefe do Departamento de Dermatologia da CMC em Vellore, afirmou que a henna natural não é nociva à saúde, mas que “a Mehendi (henna) fabricada pela indústria possui alguns produtos químicos, como parafenilenodiamina (PPD), que é usada para intensificar a tonalidade do produto. Ocasionalmente, isso pode prejudicar a pele e causar uma sensação de queimação, vermelhidão, coceira e bolhas, que se tratadas geralmente desaparecem dentro de dois dias“, disse ela (o mesmo que disse a outra profissional aqui no Brasil).

Origens do boato

Não se sabe de onde partiu o boato. No entanto, no dia 21 de agosto de 2012, o comissário de polícia de Chennai JK Tripathy disse em entrevista ao Times os India que investigações revelaram que esse hoax deve ter surgido em Ambur ou Krishnagiri e que equipes especiais já estavam tentando rastrear os culpados nessas cidades.

Um caso que se destaca é o que foi noticiado pelo Outlook India no dia 20 de agosto de 2013. Segundo o artigo, uma moça foi levada pela mãe ao hospital apresentando bolhas nas mãos por causa de uma alergia à henna. O próprio jornal afirmou que, depois de medicada, a moça foi embora para casa com a mãe.

Conclusão

A foto pode ser real, mas não encontramos nenhuma prova de que tenha havido uma morte relacionada ao uso de henna. Há casos de alergia ao produto industrializado, mas os sintomas (coceiras, vermelhidão e bolhas) desaparecem em poucos dias e não necessitam de amputação.

Continue lendo
3 Comentários

3 Comments

  1. Law

    14 de janeiro de 2014 em 2:09

    Muito bom Gilmar, também duvido muito que esse tipo de tatuagem necessite de amputação

  2. Alexandre Aguiar

    14 de janeiro de 2014 em 11:50

    Pode até haver um fundo de verdade em relação às alergias. Mas a ponto de o pai pedir uma injeção letal? Fala sério.

  3. kennedy luiz

    6 de maio de 2014 em 16:07

    eu ja tive alergia a henna, e depois descobri que não era henna pura e sim misturada a tinta de cabelos o que me da alergia, a alergia se manifestou em forma de uma bolha que virou uma grande ferida no meu peito muito parecida na fase pós bolha com uma quimadura e foi tratada com babosa ( a planta) e foi curada e sem deixar cicatriz e não acredito que isso levasse a uma amputação

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo