Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Arqueólogos descobriram restos da travessia do Mar Vermelho?

Falso

Arqueólogos descobriram restos da travessia do Mar Vermelho?

É verdade que a equipe do Professor Abdel Muhammad Gader encontrou restos de um grande exército que teria morrido durante a travessia do Mar Vermelho relatada na Bíblia?

A notícia apareceu com força na primeira quinzena de maio de 2016 na web, mas já circula há um certo tempo em diversas publicações feitas em sites e blogs. De acordo com a manchete, arqueólogos teriam confirmado um polêmico fato bíblico com esta espantosa descoberta.
A equipe de arqueólogos subaquáticos teria encontrado o que resta de um grande exército egípcio do do século 14 a.c, na parte inferior do Golfo de Suez, a 1,5 km do litoral da cidade moderna de Ras Gharib. Já teria sido recuperado um total de mais de 400 esqueletos diferentes, além de centenas de armas e peças de armadura e essa bela lâmina de uma khopesh egípcia mostrada abaixo, que teria sido a arma de um personagem importante.

O estudo conduzido pelo professor Abdel Muhammad Gader da Faculdade de Arqueologia da Universidade do Cairo teria concluído que essa descoberta confirmaria que o famoso relato bíblico da travessia do Mar Vermelho pelo povo hebreu ocorreu de verdade!

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Uma das espadas que teriam sido encontradas confirmaria que a travessia do Mar Vermelho ocorreu de verdade! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Uma das espadas que teriam sido encontradas confirmaria que a travessia do Mar Vermelho ocorreu de verdade! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Logo de cara já podemos notar que a notícia não é datada. Ela diz apenas que a descoberta foi divulgada “ontem à tarde”, mas como podemos verificar em uma busca no Google, essa história ronda a internet desde o final de 2014. Ou seja, quem a inventou, usou o artifício de não datar o boato para que ele possa ser reutilizado diversas vezes e quem a ler irá achar que se trata de algo recente!

O nome do professor Abdel Muhammad Gader não aparece no site da Faculdade de Arqueologia da Universidade do Cairo ou no corpo de professores da Universidade Americana do Cairo e tampouco no site da Universidade do Cairo. Também não há registros desse professor no banco de dados das Universidades do Egito!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

As únicas ocorrências desse nome aparecem somente em sites e blogs que copiaram essa mesma matéria.

Imagens usadas no boato

Alguns blogs que publicaram essa farsa usaram a imagem de uma lâmina chamada khopesh que foi, na verdade, retirada de uma página chamada Deadliest Wiki Fiction que nada tem a ver com essa alegada descoberta no Mar Vermelho! Segundo o Wikipédia, essa espada teria sido encontrada na Cisjordânia no século 18.

Outros blogs usaram outra imagem, retirada de uma exposição feita no Museu do Louvre em 2007. Abaixo podemos ver a mesma khopesh – que teria pertencido a Ramsés II – de outro ângulo:

Espada encontrada junto à tumba de Ramsés II! (foto: Reprodução/Louvre)

Espada encontrada junto à tumba de Ramsés II! (foto: Reprodução/Louvre)

Origem

Esse boato surgiu numa publicação feita no site humorístico World News Daily Report em outubro de 2014. Mesmo se tratando de um site bastante conhecido por criar notícias fictícias e engraçadas, o World News Daily é muito copiado por outros sites e blogs e, em algum momento, o texto que era apenas uma brincadeira acabou sendo repassado como se fosse real.

Conclusão

A notícia afirmando que arqueólogos teriam encontrado provas da travessia do Mar Vermelho citada na Bíblia é falsa! Tudo começou em uma postagem feita em um site humorístico de língua inglesa que já foi, inclusive, desmentido várias vezes aqui no E-farsas!      

Continue lendo
7 Comentários

7 Comments

  1. Diego Matos

    19 de maio de 2016 em 1:34

    Sou religioso, mas não vou tentar discutir aqui quem está certo : religião ou ciência, até porque no meu ponto de vista ambos estão equilibrados, exemplo : igreja X acredita que Jesus foi crucificado e igreja y crê que ele foi preso a uma estaca, ambas as duas vão encontrar bases comprobatórios para seus argumentos. Agora a ciência, só para o surgimento do universo eu encontrei 4 teorias diferentes, entre outras que existem, e detalhe, essas não se complementam, se contradiz entre si, e assim como na religião cada cientista acha argumentos comprobatórios para provar que sua teoria é a certa. Tanto a ciência como a religião são maravilhosas, mas também complexas, para os que crê em Deus, a religião pode debater com a ciência, mas é biblico que a ciência também é dom de Deus. Diante de tantos argumentos científicos e religiosos cada pessoa acredita no que melhor se encaixar em seus conceitos. Acredite você na evolução ou na criação, crença por crença ambos estão empatados.

    • Helton

      19 de maio de 2016 em 11:15

      Com todo respeito, mas não é assim. Reforço que digo isto tudo com respeito e diligência, ao contrário das pessoas que existem por aí, que gostam de menosprezar ou agredir os demais pela internet.

      Seu texto reflete bem uma pessoa que NÃO conhece a Ciência. Via de regra, a Ciência não tem uma Teoria única (com T maiúsculo mesmo) sobre a origem do Universo mesmo, porque a Ciência não se baseia em crença… se um argumento científico precisa de crença, não é algo provado (exemplo de algo provado: se você colocar papel comum na água ele fica molhado), nem mesmo por possibilidades que possam ser demonstradas (por exemplo, um papel preparado com uma solução repelente de água, talvez algum tipo de parafina, poderia ser colocado na água e não se molhar. É uma teoria (com t minúsculo), há evidências de que isso aconteceria, mas não tenho essa solução, essa parafina, por isso não consigo fazer a experiência, logo não posso AFIRMAR que isso daria certo…), então isto não é ciência. Sobre a origem do Universo, os cientistas não tem como provar nada, por isso existem mais de uma Teoria, mas são todas baseadas em evidências, em argumentos científicos. Novas descobertas, no futuro, podem dar novos argumentos, que vão derrubar uma teoria, fazer surgir novas e/ou fortalecer outras, mas por enquanto, baseado no que os Cientistas SABEM (não no que acreditam), existem as Teorias conhecidas, da qual o Big Bang é a mais aceita, tendo em vista o que se SABE sobre o Universo. Aliás, esta é uma das marcas da Ciência: não oferece respostas prontas, reconhece que novas descobertas (descobertas científicas, claro!) podem mudar tudo que as pessoas sabem!

      A religião é diferente! Ela não se baseia no SABER alguma coisa, e sim no ACREDITAR em alguma coisa. Só é cientifico o que pode ser provado ou o que se pode concluir com base em evidências. Mas o que é religioso não precisa de evidências, de prova, de argumentos! O que é religioso precisa da crença da pessoa! Você pode dizer que já teve um contato pessoal com Deus, mas estas coisas são sempre subjetivas, pessoais, vc nunca poderá provar, é uma experiência para você!!! Por isso não tem sentido misturar ciência e religião! São como que duas linguas diferentes! Uma coisa não tem nada a ver com a outra! Tratam de assuntos separados, mesmo que as vezes pareçam falar da mesma coisa…

      Sobre a criação do universo, tomemos um exemplo de alguém que acredite na criação (pois em evolução não se acredita! É uma Teoria Científica, ou vc sabe ela, ou não!). Esta pessoa pode tentar provar que um deus creou tudo, mas se quiser provar isto de modo científico, NUNCA conseguirá, pois os argumentos que usa se baseiam na Fé, na religião, em algum momento. Mesmo no caso da teoria (não cientifica, por isso com t minusculo) do designe inteligente, o que seria possível de se provar seria o que a Ciência já diz… a parte de uma inteligência que estaria guiando tudo fica a cargo da Fé… Não pode ser demonstrada.

      PS: Antes que pense que sou um ateu cientista e tal, sou religioso!!!! Mas eu também fiz faculdade, estudei ciência, e sei separar de verdade a minha crença (que é pessoal, serve para me dar um apoio, me ajudar a melhorar como ser humano, mesmo que na verdade nenhum ser humano precise disto para ser bom, eu gosto, me faz bem), do conhecimento cientifico Humano.

      PSS: Só pra constar, no seu texto vc cita duas Teorias Cientificas completamente diferentes; fala sobre Teorias de surgimento do Universo, depois sobre Evolução. Só reforçando que são duas coisas completamente diferentes uma da outra! É que vejo muitos leigos achando que a mesma Teoria que fala sobre o Big Bang, fala sobre a Teoria da Evolução das Espécies. A Teoria da Evolução é de Darwin, a do Big Bang é de um padre, cujo nome esqueci…

    • JESSÉ

      19 de maio de 2016 em 12:47

      Concordo com seu comentário, mas só pra deixar claro, o artigo do E-Farsas não teve o objetivo de questionar a veracidade da bíblia, mas sim a veracidade do boato.

      “É verdade que a equipe do Professor Abdel Muhammad Gader encontrou restos de um grande exército que teria morrido durante a travessia do Mar Vermelho relatada na Bíblia?”

      Dessa vez eu gostei muito do posicionamento do Gilmar, de não opinar além do que foi proposto.

      Até deixo uma sugestão para o Gilmar: continue sempre assim e caso o Autor (Gilmar) queira deixar uma opinião pessoal faça um parágrafo após a conclusão do artigo em titulado “Opinião do Autor”

  2. Félix Divino Filho

    4 de junho de 2016 em 16:08

    É um assunto muito interessante, gosto muito de ver os vários tipos de pensamentos sobre a ciência, evolução e outras coisas, mas a maior verdade é que cada vez que tentam provar a inexistência de um Deus que criou todas as coisas, mais eles descobrem que existe um Deus maravilhoso criador dos céus e da terra e tudo que nele existe e que todo o universo só existe em função das maiores de suas criações: o ser humano.
    Se fala muito da particula de Deus, que tudo foi criado a partir da matéria, mas quem criou a matéria? Esta resposta só pode ser um Deus maravilhoso que ama você é ama a mim. Como está escritô em João 1 do verciculo 1 ao 5: ” Antes ser criado o mundo aquelê que é a palavra ( Jesus Cristo ) já existia. Ele estava com Deus e era Deus. Desde o princípio, a palavra ( Jesus ) estava com Deus, por meio da palavra ( Jesus ), Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela. A palavra ( Jesus ) era a fonte da vida, e essa vida trouxe a luz para todas as pessoas. A luz brilha na escuridão, e a escuridão não conseguiu apaga-lá.
    É impossível falar de ciência, evolução, criação e outras ciências sem esbarrar em Deus.

    • Marcelo

      11 de setembro de 2016 em 4:29

      Felix, sei que aprendestes assim, mas infelizmente as traduções não remetem a verdade!

      O Evangelho de Yohanam (João) de forma não adulterada nunca o apresentou dessa forma…esse entendimento resultou das traduções deturpadas por um dos motivos: ignorância, desconsideração e tendenciosidade.

      Veja:
      A tradução generaliza o termo Elohim como sendo Deus, sendo que esse termo pode ser usado tanto para Deus como representante de Deus ou quem tem autoridade para representá-LO (Moisés e os juízes foram chamados de Elohim), e até mesmo ídolos….

      Tradutores por desconhecerem o idioma e tradições judaicas traduzem muitas vezes equivocadamente o termo Elohim, sempre como Deus !

      obs.:
      Na cultura judaica, a todo aquele que é delegada a função de julgar, proferir juízo, recebe o título Elohim (um elohim e não O ELOHIM)…ai que os tradutores erraram…traduziram mecanicamente desconhecendo detalhes como esse…

      Invés de :
      “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” João 1:1

      Seria correto:
      “No principio era o verbo (Yeshua), e o verbo estava com ELOHIM (O ELOHIM -Deus), e o verbo era um elohim (seu representante)!

      Moisés e os juízes eram elohins (representantes do ELOHIM) e não o ELOHIM!

      Deus era o verbo?????

      “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” João 1:1 ?????

      Notem que o tradutor, que deveria ser uma pessoa técnica, que apenas traduz friamente, ele não é esta pessoa técnica e analítica, ele é na verdade um fiel, uma pessoa que tem uma opinião religiosa e deixa que essa opinião interfira no seu trabalho. Porque eu digo isso? Vejam que ele coloca “Verbo” com letra maiúscula, quando sabemos que ele fez isso por pura escolha, já que não há a diferenciação de maiúsculo e minusculo no idioma grego contido nos manuscritos mais antigos (vide Códice Sinaítico), o que indica que ele já acredita em uma das teses cristãs.

      Atentem para um detalhe agora:
      Se ele chamou ‘deuses’ àqueles a quem veio a palavra de Deus” João 10:35

      “Palavra de Deus” e “Verbo de Deus”. Tem alguma diferença? No original grego não.
      A Palavra = Logos (λογος)
      O Verbo = Logos (λογος)

      Portanto está mais que claro que o Único Deus fez “deuses” aqueles que tinham a autoridade de falar seu verbo.
      “O verbo estava com o Único Deus e o verbo era deus (autoridade delegada por Deus)”

  3. Hevy

    4 de agosto de 2018 em 10:51

    Esse site sim é uma farsa!
    Se você pesquisar Universidade de Cairo irá em primeiro lugar aparecer”descoberta no egito”
    Não foi só esse professor que descobriu os artefatos com vários arqueólogos da constituição!

  4. Josafá

    26 de maio de 2019 em 10:17

    Não tem como essa notícia ser realmente verdade..
    Veja na história bíblica no livro do êxodo cap 14 versículo 30 diz
    30 Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar.

    Ou seja Israel viu os corpos dos egípcios na Praia do mar.
    Como então eles teriam encontrado o exército de faraó justamente em posições tão próximos uns dos outros?
    Próximos a destroços de carros de guerra..
    Segundo o relato bíblico eles morreram afogados e seus corpos boiaram até a praia do mar vermelho.
    Isso significa que a praia ficou espalhada de corpos..

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo