Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Empresa japonesa vende bonecas realísticas para pedófilos?

Verdadeiro

Empresa japonesa vende bonecas realísticas para pedófilos?

É verdade que uma empresa japonesa fabrica e vende bonecas muito parecidas como meninas para ajudar a conter os pedófilos?

A notícia apareceu na internet na segunda semana de janeiro de 2016 e conta a ideia de uma empresa chamada Trottla, situada no Japão, que estaria fabricando e comercializando bonecas que se parecem muito com meninas. A ideia do fundador da empresa seria a de diminuir a quantidade de crimes praticados por pedófilos!

Será que essa noticia é verdadeira ou falsa?

Bonecas realísticas em forma de criança estariam sendo vendidas no Japão! Será verdade?

Bonecas realísticas em forma de criança estariam sendo vendidas no Japão! Será verdade?

Verdade ou farsa?

A notícia é verdadeira!

No dia 11 de janeiro de 2016, o repórter Roc Morin do The Atlantic conversou com Shin Takagi – fundador da Trottla. Takagi disse ao repórter que luta contra a atração sexual que ele mesmo sente por crianças e também tem plena consciência de que elas devem ser protegidas. Por isso, ele fundou a Trottla, uma empresa que há 10 anos produz bonecas sexuais realísticas em formato de crianças.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

De acordo com Takagi, suas bonecas ajudam a salvar as crianças do abuso sexual, e disse que seus clientes – principalmente homens que vivem sozinhos – escrevem para lhe agradecer por esse serviço.

“Muitas vezes recebo cartas dos compradores. As cartas dizem: ‘Graças a suas bonecas, posso evitar de cometer um crime.”

Apesar do site da Trottla avisar que suas bonecas não foram feitas para uso sexual, o fundador da empresa disse em entrevista ao site Vice que o cliente faz o que quiser com o seu produto, pois não há como se controlar isso depois que o produto e despachado.

Aviso no site da Trottla explica que suas bonecas não foram feitas para fins sexuais!

Aviso no site da Trottla explica que suas bonecas não foram feitas para fins sexuais!

Takagi também explicou em entrevista que não faz bonecos de meninos porque a procura é pequena e que suas bonecas são vendidas para o mundo todo, exceto para as duas Coreias, China, Israel e Oriente Médio.

Conclusão

Trottla é uma empresa japonesa que há uma década comercializa bonecas realísticas semelhantes a meninas! O site da Trottla avisa que seus produtos não devem ser usado para fins sexuais, mas o fundado da empresa disse em entrevista que essa é uma decisão do cliente!

Continue lendo
16 Comentários

16 Comments

  1. Cesar da Silva

    16 de janeiro de 2016 em 9:03

    Japoneses: nada fora do “normal”.
    Aquilo que chamam de Lolicon me dá medo.

    • Gilmar Lopes

      16 de janeiro de 2016 em 9:22

      Não conhecia o termo e acabei de ver umas imagens! Beeeeem estranho!

      • Cesar da Silva

        16 de janeiro de 2016 em 11:23

        Beeeem doentio! 🙁

      • Rafael Portillo

        19 de janeiro de 2016 em 23:05

        Então jamais busque Shotacon ou Boku no Pico.

    • Marcelo

      16 de janeiro de 2016 em 14:30

      Hentai já é nojento, promove o estupro e sequestro, lolicon é ainda pior

      • Rafael Portillo

        19 de janeiro de 2016 em 23:06

        Eu realmente queria saber de onde vocês tiram esses dados. Nunca encontrei uma fonte confiável. Pode dizer onde encontrou essa informação?

        • Marcelo

          28 de janeiro de 2016 em 2:35

          “Hentai já é nojento, promove o estupro e sequestro” HSUAHSAUSHUAHS, legal que normalmente quem curte hentai, normalmente é introvertido, do tipo que não faz mal a ninguém, mas beleza né… são todos futuros estupradores/sequestradores.

  2. Ronaldo Rocha

    18 de janeiro de 2016 em 9:46

    O ser humano é basicamente podre e covarde quanto aos seus vícios e ações.
    Existem criaturas que não tem necessidade nenhuma de existir nesse plano

  3. Alan Souza

    18 de janeiro de 2016 em 11:51

    Eu sempre acho que não tem limite pro Japão. Um amigo meu morou lá e me disse que em alguns lugares você acha máquinas pra vender calcinhas usadas. Isso mesmo, sabe aquelas “vending machines”, que vendem de refrigerante a livros? Pois é, no Japão tinha de vender calcinha usada.

    Eu nunca acreditei, achei que ele tava zoando. Até que vi na internet, é a mais pura verdade! Procurem por “used panties vending machine” e vejam só…

    • Marcelo

      18 de janeiro de 2016 em 14:55

      No Japão se escolhe alimentar os fetiches desses psicopatas, ao invés de reprimí-los

      • Rafael Portillo

        19 de janeiro de 2016 em 23:03

        Vou ter de corrigi-lo.

        Na história do Japão inteira o indivíduo sempre foi reprimido em prol da nação como um todo, e isso vale até os dias de hoje. Infelizmente, tanto se reprimiu, que a panela de pressão explodiu, e o resultado é: ou se faz vista grossa para os fetiches e manias, ou vai ter de lidar com o aumento da já altíssima taxa de suicídios.

        Outra coisa, tecnicamente falando, o que eles tem não é classificado como psicopatia só por causa do fetiche.

  4. Samara

    18 de janeiro de 2016 em 19:26

    Se fala da bizarrice no Japão, mas vamos observar a musica brasileira. Quantas letras não exaltam uma sexualidade das “novinhas”?!

  5. dudu

    21 de janeiro de 2016 em 8:27

    Isso não é pior que funqui! Quem escuta funqui é muito mais doente do que quem compra essas bonecas. FATO!

    • juberus

      22 de janeiro de 2016 em 13:25

      o certo para se escrever é funk

  6. Mario

    25 de agosto de 2016 em 10:26

    Show.

  7. Sérgio

    3 de agosto de 2018 em 10:53

    Por que que a matéria sobre as bonecas cobrem o rosto da imagem? para preservar sua identidade/

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo