Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O Japão mantém estação de trem para apenas 1 estudante?

Veículos

O Japão mantém estação de trem para apenas 1 estudante?

É verdade que uma empresa ferroviária japonesa mantém uma estação de trem funcionando apenas para atender a um único passageiro?

A notícia apareceu na web na segunda semana de janeiro de 2016 e conta a bonita história da decisão tomada pela empresa Japan Railways, que estava se preparando para fechar a estação de Kami-Shirataki por causa da falta de passageiros naquela linha de trens há 3 anos. No entanto, segundo o que se espalhou nas redes sociais, a empresa percebeu que a estação ainda estava sendo usada todos os dias por uma única estudante e decidiu, então, manter a estação aberta até ela se formar.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Ferrovia japonesa mantém estação funcionando para apenas uma estudante! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Ferrovia japonesa mantém estação funcionando para apenas uma estudante! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Parte dessa história é real, mas alguns detalhes foram omitidos pelos tabloides online para deixa-la mais bacana e, dessa forma, conquistar mais audiência!

De fato, Kana Harada é uma estudante japonesa que utiliza o transporte ferroviário todos os dias e um trem faz parada na estação apenas para ela!

Essa é a parte real da história! Agora vamos para os detalhes:

A estação onde a estudante pega o trem não é a de Kami-Shirataki, como foi mencionado, mas é uma outra: a de Kyu-shirataki.

traveldistance

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Kyu-shirataki é uma das três estações do trem que estão nas lista das que serão fechadas em março 2016. Essa ferrovia fica na ilha de Hokkaido, cerca de 1300 quilômetros ao norte do Japão.

Conforme explicado pelo The Online Citizen, a decisão de fechar essas estações foi tomada no dia 21 de julho de 2015 e não há 3 anos como andaram espalhando por aí!

A empresa responsável pela linha decidiu encerrar as operações nessas estações em março de 2016 para coincidir com formatura de Harada e de outros alunos que pegam o mesmo trem da moça nas outras estações. Isso foi explicado pelo jornal Straits Times, no dia 09 de janeiro de 2016.

Os pais da moça gastam cerca de cinco minutos para leva-la até a estação e, caso ela fosse fechada antes do término das aulas, eles teria que andar um pouco mais para deixar a filha na outra estação, poucos quilômetros de lá.

Harada Kana! (foto: Reprodução/Twitter)

Harada Kana! (foto: Reprodução/Twitter)

O Citizen também explicou que quando Kana sobe no trem, seus colegas de escola já estão no vagão, vindos de outras estações antes da dela. O trem possui apenas dois vagões e leva cerca de uma hora para chegar até a escola.

O jornal italiano Corriere Della Sera confirma as explicações do Citizen e ainda acrescenta que, diferente do que foi publicado em diversos tabloides por aí, o trem não passa apenas uma vez de manhã e outra à noite pela estação. Na verdade, há um trem saindo às 7:15 da manhã e mais outros dois horários, com o último passando pela estação às 19:25.

Conclusão

Uma das estações que serão fechadas em uma ferrovia japonesa em março de 2016 ainda funciona para uma única passageira, mas o trem não serve apenas para ela. Outros estudantes utilizam a mesma composição que Kana Harada! Sem dúvida, uma noticia curiosa, mas que foi espalhada com algumas informações imprecisas e omitidas para deixa-la ainda mais atrativa!

Continue lendo
10 Comentários

10 Comments

  1. Francisco

    15 de janeiro de 2016 em 6:24

    Mesmo se trantando de Japão, a história divulgada parecia boa demais. Porém acredito que a história verdadeira, completa, é ainda mais interessante, pois mostra o comprometimento de um povo que valoriza a educação como base da sociedade. Não é à toa que o Japão é uma potência em produção de tecnologia e conhecimento. Linda história (a verdadeira) e ótimo exemplo para nossa sociedade.

    • Marcos

      15 de janeiro de 2016 em 20:03

      A história ainda é boa demais… O site e-farsas encheu de firulas, mas acabou dizendo a mesma coisa que os sites das reportagens. Nenhuma reportagem disse que o trem funcionava só para ela, todas disseram que a “estação” funcionaria só para ela.
      Então não entendi por que esse site aqui fez parecer que a história era “alterada” da realidade. Quando não é.

      • Gilmar Lopes

        16 de janeiro de 2016 em 8:47

        Disseram, sim! Grandes portais de notícia, inclusive, deram a entender que a empresa mantinha a linha funcionando apenas para ela!
        Como expliquei no artigo, grande parte da notícia estava correta, no entanto, algumas publicações omitiram trechos da história para deixa-la mais romântica. Entendo que isso vende muito mais, mas é preciso explicar certinho, né?

      • bruno

        27 de janeiro de 2016 em 11:10

        http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/japan/12091512/Japanese-train-firm-goes-extra-mile-for-single-passenger.html

        leia essa aí, eles afirmam que o trem anda mais só para buscar a garota e omitem totalmente o fato de que na verdade estão sendo mantidas 3 estações para uma turma inteira de estudantes até suas formaturas, o que é uma atitude bem bacana.

  2. Cristiano provazi

    15 de janeiro de 2016 em 7:28

    To muito bem de calça Jeans.
    O Miguel me traiu igual a lua traiu calipso. Deixa a japonesa pegar o trem gente, eu tenho um Buda na minha sala e nem por isso deixo de ser Positivo, eu continuo passando e passando recados as pessoas que não sabem fungar, quando p bingo parar o salão de cabeleireiros também vai parar igual à estação de trem da Japonesa, e o saci Paulo que me fornece biricutico vai fechar as portas também por causa dos áudios que estão em 5 e-mails diferentes inclusive o do Ri (ex) caso algo estranho aconteça.

    • JESSÉ

      15 de janeiro de 2016 em 11:52

      WTF ??? O.o

  3. Cesar Crash

    15 de janeiro de 2016 em 10:12

    Gilmar: “Quando Kana sobre no trem” talvez “março 2016”.
    Da hora esta história.

    • Gilmar Lopes

      15 de janeiro de 2016 em 15:16

      ops! valeu!

  4. Paulo

    15 de janeiro de 2016 em 11:27

    E essa essa história rendeu reportagem na Globo. Onde também fomos levados a acreditar que o trem servia apenas a essa moça.

  5. Luiz

    31 de março de 2016 em 18:44

    Independente da história ser toda real ou apenas parte dela, não deixa de ser uma bela atitude da empresa da estação de trem

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo