Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Livro infantil ensina sexo para as crianças! Será verdade?

Cinema / TV

Livro infantil ensina sexo para as crianças! Será verdade?

Imagem mostra um recorte de um livro com ilustrações que ensinam sexo para as crianças! Será verdade que essa foto é real?

O recorte apareceu na internet brasileira na primeira semana de janeiro de 2016 no Twitter e rapidamente se espalhou em diversos sites e blogs. Nele podemos ver o que parece ser um casal sem roupa, com os dois abraçados e sentados em uma cama, e o texto escrito na página diz que é assim que os papais fazem os bebês!

Será que essa ilustração é real? Essa imagem foi tirada mesmo de um livro infantil?

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Recorte de um livro infantil que ensina sexo para as crianças! Será verdade? (Reprodução/Twitter)

Recorte de um livro infantil que ensina sexo para as crianças! Será verdade? (Reprodução/Twitter)

Verdadeiro ou falso?

Essa imagem é real e foi retirada de um livro infantil do escritor e ilustrador galego Pepe Carreiro. O livro “Bochechas Querem Saber… Como Nascemos” faz parte de uma série de livros infantis dos personagens Os Bochechas, criados por Carreiro e que fazem bastante sucesso em Portugal. Lá, esses personagens tem até um programa de televisão!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Apesar de ter feito sucesso nas redes sociais no Brasil em janeiro de 2016, o livro de onde essa imagem foi tirada é de 2008 e fazendo uma busca pela web, podemos encontrar outras páginas dessa publicação em sites portugueses, como essa, feita em 2010:

Recorte de um livro infantil que ensina sexo para as crianças! Será verdade? (Reprodução/Facebook)

bochechas3

Reprodução de um trecho de Bochechas Querem Saber… Como Nascemos

Atualização 10/01/2015

No dia da publicação desse artigo, um boato surgiu nas redes sociais dizendo que esse livro estaria sendo distribuído nas escolas brasileiras através do MEC. Ressaltamos aqui que essa história não procede! 

Conclusão

A imagem que mostra uma página de um livro infantil ensinando de onde vem os bebês é real!

Continue lendo
62 Comentários

62 Comments

  1. Silvio - Veteranos da Estrada

    8 de janeiro de 2016 em 22:56

    Os do PT são bem diferentes deste…

    • Lalo

      9 de janeiro de 2016 em 17:51

      Silvio – Veteranos da Estrada: poderia me indicar quais são os do PT, para que eu possa pesquisá-los e comprovar se a sua afirmação é verdadeira ou falsa??? – Obs.; Não tenho qualquer vínculo com este site do e-farsas, apenas desejo que tudo seja esclarecido — contra ou a favor do PT; Agradeço sua resposta, se você a tiver…

      • mario

        10 de janeiro de 2016 em 10:58

        Cara, como você pode torcer a verdade desse jeito? Lógico que esse livro não é do Brasil e não é de agora, mas porque você não mostra o verdadeiro que é pior que esse? Aquele que tem dois ADOLESCENTES fazendo sexo no chão atrás de uma moita?

        • Helen

          11 de janeiro de 2016 em 14:15

          O livro “verdadeiro” com os adolescentes pode ser COMPRADO (e principalmente, conhecido) por quem QUISER no link: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12264

        • T.L.B.J

          11 de janeiro de 2016 em 14:20

          Verdadeiro ? Essa imagem que vc se refere é outra página do mesmo livro ! Não fale abóboras !

          • Narcizio

            11 de janeiro de 2016 em 21:37

            Não, Bolsonaro quando fez o video do qual afirma isso, pegou um livro francês e disse que era do PT, como sempre faz, querendo fazer a opinião publica ser a favor dele e por consequencia ser eleito para presidente em 2018.
            Um ardil bem safado, do qual valendo do carisma que tem, tenta enganar o povo, como todo politico tiranico, que nem o Hitler.

          • Luiz Neto

            13 de outubro de 2018 em 1:00

            Narcizio, vc está distorcendo, o livro que Bolsonaro fala é outro e é fato, foi distribuído pelo MEC mas não chegou às salas de aula e sim em algumas bibliotecas. Ou seja, o PT e Haddad tiveram a intenção, ou má intenção, se chegou às crianças ou não é outra estória.

    • Ju

      17 de janeiro de 2019 em 10:56

      Falso. Os do pt são melhores detalhados e cheio de figuras, chegou na biblioteca municipal da minha cidade

  2. Lucho

    9 de janeiro de 2016 em 11:50

    “o livro de onde essa imagem foi tirada é de 2008”

    Pessoal bem informado e atualizado esse, não acham?

  3. Lalo

    9 de janeiro de 2016 em 17:57

    Silvio – Veteranos da Estrada: poderia me listar quais são os do PT, para que eu possa pesquisa-los e comprovar se são verdadeiros ou falsos??? Obs.; não tenho qualquer vínculo com este site do e-farsas, apenas gosto de que sejam veiculadas verdades, sejam elas contra ou a favor do PT. Aguardo uma resposta de sua parte…

  4. Nair

    9 de janeiro de 2016 em 21:03

    MEC… PT… O livro é de Portugal!!!

  5. Marcos A.

    11 de janeiro de 2016 em 12:22

    O correto para crianças seria: “O que se mete é o pipi do papá na xexeca da mamã.”

  6. Marcos A.

    11 de janeiro de 2016 em 12:25

    Sinceramente não acho isso nenhum absurdo, mostrando que até os nossos irmão portugueses estão muito a frente no tempo do que nós “povinho hipócrita” que prefere dizer para criança que ela veio da cegonha.

    • Eu™

      11 de janeiro de 2016 em 13:53

      E pior, deixando as crianças aprenderem sobre isso na rua, junto com todas as lendas imbecis do tipo

      “Lavar a pepeca depois do sexo diminui o risco de gravidez”
      ou
      “Sexo anal faz o bumbum crescer”
      ou
      “Masturbação causa cegueira/pelo na mão”
      ou
      “Sexo oral engravida”

      etc, etc, etc

      A educação sexual desde cedo não significa que as crianças vão querer trepar com 5 anos de idade, e sim que quando começarem a fazer sexo, vão fazer direito, sem riscos e desinformação. Com certeza vai evitar muitas surpresas desagradáveis.

      • JESSÉ

        11 de janeiro de 2016 em 16:40

        HUMMMM, Só observo.

        • Francisco L. S. Barbosa

          14 de janeiro de 2016 em 9:06

          JESSÉ, não confunda erotização com educação sexual. As cartilhas do kit gay tem muito mais erotização e ensino de sexo do que educação sexual. E ensinadas ou não, as crianças podem não trepar com 5 anos de idade, mas não há nenhuma necessidade da criação dessas cartilhas para elas. Isso porque, no que diz respeito a conhecer o corpo, as crianças amadurecerão sexualmente e naturalmente por contra própria. Quanto à mentalidade sobre sexo seguro, as escolas sempre ensinaram e ensinam sobre isso para crianças a partir do início da adolescência. Sendo assim, não há desculpas para criar esse tipo de material para crianças de menor idade que essa, até porque, além de elas não conseguirem entender o assunto, servirá apenas para elas ficarem erotizadas, e é essa a intenção do grupo LGBT: causar erotização nas crianças, com desculpas de que é “educação sexual”. Qualquer indivíduo que tem intenção de causar erotização sexual em crianças, é pedófilo. E, claro, na verdade é isso que o grupo LGBT é: um grupo pedófilo. E por que pedófilo? Porque as imagens das cartilhas mostram erotização infantil e ensino de sexo. É pedofilia pura! Esse grupo LGBT jamais é algum santinho. Continue esperando.

          • Eu™

            14 de janeiro de 2016 em 11:25

            Sua bunda deve estar com inveja, de tanta merda que escreveu em apenas um comentário.

            “é isso que o grupo LGBT é: um grupo pedófilo”

            Chora mais.

          • JESSÉ

            18 de janeiro de 2016 em 11:53

            Entendi seu ponto de vista, eu acho que o governo deveria de se preocupar com tantas outras coisas e deixar nossas crianças em PAZ.

          • Pedro

            25 de janeiro de 2016 em 14:04

            Francisco, o que você falou sobre o LGBT é um despautério.
            ninguém em sã consciência defende pedofilia.
            Aliás, já teve aquela outra farsa envolvendo o Jean Willys, na qual ele teria dito que o “pedófilo é importante para a criança”, claramente uma farsa. E digo isso não porque gosto de Jean, ou quero defendê-lo, mas porque sou à favor da verdade. Sinceramente, mesmo que ele pensasse isso, ele nunca diria publicamente, pois o juízo que se faz da pedofilia é bastante conhecido. É uma questão de lógica dedutiva elementar. Pra quem precisa de exemplo, basta ver o “perrengue” que enfrenta a Igreja Católica por causa dos casos de pedofilia.
            A Educação Sexual tem a função justamente de orientar as crianças para que ela não tenha que aprender nas ruas ou “naturalmente por conta própria”, citando um trecho do seu comentário.

            No entanto, concordo plenamente com o que você diz que erotização é diferente de educação sexual. Por isso me incomodo, por exemplo, com a erotização da cultura popular, seja no funk carioca, nas novelas, nos videos abertamente distribuídos no youtube… Acho que devemos pensar em como lidar com essa nova realidade, até porque não acho que a censura seja uma alternativa. Pra mim, tudo depende da educação. E educação sexual tem um papel importante nesse aspecto.
            No Brasil (e no mundo, diga-se de passagem) milhões de garotas têm o futuro e o presente prejudicados por conta de gravidezes precoces. Centenas de milhares de pessoas têm as vidas arruinadas, ou dificultadas, por conta de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Enquanto isso, lendas sobre a sexualidade populam o imaginário do jovem, e a informação de má qualidade circula pela mídia livremente.
            Não podemos simplesmente ignorar o problema e “deixar como está”. Em time que está ganhando talvez não seja uma boa mexer. Mas em time que está perdendo, e há muito tempo, se deve mexer o quanto antes.

    • Hans Christian

      17 de fevereiro de 2016 em 9:49

      Por que etão à frente? Só porque um europeu faz um livro desse tipo não quer dizer que ele está à frente de nosso tempo. Existe a idade certa para se aprender estas coisas, quando chega o período da puberdade a escola pode e deve ensinar sobre sexo, mas sem putaria, pode até dizer como se faz, mas como uma coisa normal, para desde cedo a pessoa não levar tão na brincadeira como acontece. E relação sexual é pênis e vagina. Ânus nem faz parte do aparelho genital, sexo anal é parvoíce.

      • Eu™

        17 de fevereiro de 2016 em 12:22

        Pobres floquinhos de neve especiais que não podem saber o que é sexo! Por isso essa geração de bosta que estamos vendo hoje, crianças mimadas que virarão adultos mimados e imbecis.

        • Luzia

          20 de setembro de 2018 em 22:56

          Vc quando era criança teve na sua escola educacao sexual ?kkk
          -ou virou um adulto mimado e imbecil ,que pertence a uma geração de bosta?!

    • Profe Maira

      23 de setembro de 2018 em 16:12

      Quando eu era pequena, hà mais de 30 anos atrás, meus pais e amigos de meus pais compraram livros parecidos com este para lermos e esclarecermos nossas dúvidas infantis, de acordo com nossa curiosidade e em línguagem correta para nossa idade. Este livro (até onde pude ver, pelo menos) está correto e esta é a maneira certa de falar de sexualidade com uma criança: de maneira clara, objetiva e somente respondendo às suas perguntas, nada mais. O tal livro francês ao qual Bolsonaro se referia, além de NÃO TER SIDO DISTRIBUÍDO PELO MEC- trabalho nas séries iniciais de escola pública, por isso sei; trata de maneira incorreta e pornografica realmente tratando de assuntos que nem correspondem às curiosidade infantil sobre o assunto; por isso é tão criticado e com razão!!!

      • Não Digo

        8 de outubro de 2018 em 8:21

        Boa, Profe!
        Lá em casa também. Meus pais nos davam toda sorte de informação correta à nossa idade. No entanto, discordo de ti quando dizes que o livro francês aborda de maneira pornográfica o assunto, mesmo porque o livro é destinado a crianças entre 11 e 15 anos.

  7. Marilia

    13 de janeiro de 2016 em 8:06

    A educação sexual é muito importante. Pais nunca devem mentir para as crianças inventando absurdos como cegonhas, porém, também não devem ser tão explicitos com crianças nas suas explicações. Informações exlpicitas geram curiosidade, malícia e acabam com características lindas que as crianças possuem que é a pureza e a inocência. Os pais devem respeitar o tempo delas e ensina-las a se cuidar e a se defender de QUALQUER pessoa que queira tocar em seu corpo de uma forma escondida e indevida. Ensinar a não se intimidarem com chantagens e nem ameaças de quem quer que seja. Tudo tem seu tempo na vida. Pais devem conquistar a amizade., a confiança e o respeito de seus filhos. Devem saber passar segurança e amor aos seus pequenos. Assim, suas experiências sexuais ocorrerão com muito mais consciência, respeito, paz e na hora e forma desejada.

  8. Marilia

    13 de janeiro de 2016 em 12:37

    A educação sexual é muito importante. Pais nunca devem mentir para as crianças inventando absurdos como cegonhas, porém, também não devem ser tão explicitos com crianças nas suas explicações. Informações exlpicitas geram curiosidade, malícia e acabam com características lindas que as crianças possuem que é a pureza e a inocência. Os pais devem respeitar o tempo delas e ensina-las a se cuidar e a se defender de QUALQUER pessoa que queira tocar em seu corpo de uma forma escondida e indevida. Ensinar a não se intimidarem com chantagens e nem ameaças de quem quer que seja. Tudo tem seu tempo na vida. Pais devem conquistar a amizade, a confiança e o respeito de seus filhos. Devem saber passar segurança e amor aos seus pequenos. Assim, quando atingirem a maioridade, e a maturidade e derem início às suas experiências sexuais elas ocorrerão com muito mais consciência, respeito, paz e na hora e forma desejada.

  9. Marilia

    13 de janeiro de 2016 em 12:40

    Considerem o segundo comentário!!?

  10. Leon Nunes

    14 de janeiro de 2016 em 9:32

    Complicado quando as pessoas espalham notícias sem ao menos saber ou da procedência (que neste caso é vero) ou de onde se originou (Portugal, neste caso)
    E aí dá todos problemas possíveis –

    Abraços no coração

  11. Pingback: É boato: esclarecendo a polêmica sobre o suposto livro de Educação Sexual distribuído pelo MEC - Erosdita

  12. Marcia Silva

    18 de janeiro de 2016 em 1:28

    Cara, você é muito incompetente. Até parece que é de propósito. Pode até se já que você é progressista.

    https://www.facebook.com/1653208424967070/videos/1676360835985162/

    Tem mais coisas, muito mais, mas o básico você acha nos comentários, aí.

    Agora vamos refutar a Grande Patria do Olavo, ou não? Cadê as provas contra as análises políticas do Olavo a cerca das atas do Foro de São Paulo etc.?

    Você não é o especialista em investigação? Como você falha assim?

    • Gilmar Lopes

      18 de janeiro de 2016 em 7:15

      Ué! Quem acusa é quem tem que provar!

    • Eu™

      18 de janeiro de 2016 em 7:34

      “Pode até se já que você é progressista.”

      Espero que você não seja professora de língua portuguesa…

      • Marcia Silva

        18 de janeiro de 2016 em 12:16

        Claro, “Eu”, sou revisora de comentário de internet também, ligo muito para isso.

        O estado, “Eu”, não pode passar por cima da vontade dos pais, a criança, AINDA, não pertence ao estado aqui no Brasil. Então é do jeito que os pais querem, ou você vai ameaçar prender? Vários projetos já existem, né, com vários nomes diferentes.

        E sobre o Olavo, Gilmar, ele já provou, ou você não leu nada a respeito, nenhuma ata, nenhuma declaração de líderes regionais etc.?

        Se essas coisas não forem “falhas” na investigação, não sei o que é então.

        • Marcia Silva

          18 de janeiro de 2016 em 15:00

          Mas pesquisar por sexo no site do MEC não deu nenhum resultado também, né, Gil?

          https://www.facebook.com/1653208424967070/videos/1676941305927115/

          Uma aulinha dessa para o público infanto não tem nada demais. Certo.

          Livro infantil e o MEC ensinam sexo para as crianças, será verdade?
          Ressaltamos aqui que essa história não procede!

          • Eu™

            18 de janeiro de 2016 em 16:33

            Marcia, como educadora você deveria entender um pouco mais sobre interpretação de textos.

            Este post especificamente desmente o boato sobre a utilização do livro que está sendo mostrado nas imagens, pelo MEC, para educação sexual.

            E o Gilmar desmentiu a informação, sendo que o MEC NÃO tem absolutamente nada a ver com o livro ou com o conteúdo do mesmo.

            PONTO.

            Nos comentários informaram que o livro “Aparelho Sexual E Cia.” também seria recomendado pelo MEC. Mais uma farsa. Ponto.

            Nos próprios links que você posta, o MEC RECOMENDA os livros abaixo:

            “Professor/a os seguintes livros poderão te ajudar:
            RIBEIRO, Marcos. Como trabalhar os livros: Mamãe, como eu nasci?; Menino brinca de boneca?: guia para professores. Rio de Janeiro: Salamandra, 1990.
            SUPLICY, Marta. Papai, mamãe e eu: agora você já pode conversar. São Paulo: FTD, 1990.
            VONK, Francisca Vietitas Vergueiro. Sexualidade Infantil. São Paulo. 2 edição (revisada) 4 p. GTPOS. 2003.”

            NENHUM DELES encontra-se na lista dos boatos difundidos por aí.

            Se o MEC está certo ou não ao recomendar algum destes livros e/ou “ensinar as criança a transarem”, foge COMPLETAMENTE do assunto do post e não tem ABSOLUTAMENTE nada a ver com o que está sendo discutido aqui, logo, você está no lugar errado.

    • Eu™

      19 de janeiro de 2016 em 8:58

      A cartilha é a mesma mostrada no post? Não. Então seu argumento é inválido.

      Tente de novo.

  13. Marcos A. S. Almeida

    20 de janeiro de 2016 em 12:01

    Gilmar , acho que essa postagem deve ser atualizada com novos eventos. O vídeo que vem circulando nas redes sociais faz referência ao livro ” Aparelho sexual e cia: um guia inusitado para crianças descoladas” que supostamente estaria sendo distribuído em escolas públicas. A última informação confiável sobre isso tudo eu li aqui ======================>>>>>> http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/livro-sobre-educacao-sexual-que-irritou-bolsonaro-foi-comprado-pelo-minc-em-2010.html

      • Marcos A. S. Almeida

        20 de janeiro de 2016 em 22:28

        Amigo, antes de tecer qualquer comentário sobre uma informação leia o conteúdo do mesmo , inclusive acessando o link disponibilizado, como eu fiz com o seu. O link que você disponibilizou é do dia 15 de Janeiro. O que eu disponibilizei é de 20 de janeiro. Portanto a informação é mais recente até que apareça outra (se aparecer). Dizer que é boato sem ler é irresponsabilidade , e ainda protegido pelo anonimato. Reforço a todos que leiam essa informação ======>>>>>> http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/livro-sobre-educacao-sexual-que-irritou-bolsonaro-foi-comprado-pelo-minc-em-2010.html

        • Euclides Da Quina Silva™

          21 de janeiro de 2016 em 9:32

          Claro, afinal como todos sabemos, a data de uma matéria influencia diretamente na veracidade da mesma, né? Vide os demais boatos que o Gilmar analisa, que anualmente retornam. Então quer dizer que o boato do confisco da poupança é verdadeiro só porque foi se repete mensalmente?

          Argumento furadíssimo..

          De qualquer forma, no link que você postou há a seguinte informação:

          “O fato é que quem comprou o livro infantil não foi a Educação, mas o Ministério da Cultura, em 2010. No entanto, os exemplares não foram destinados às escolas, e sim, às bibliotecas públicas.”

          Tente de novo, mas desta vez com mais afinco.

          Agora não sou mais anônimo, você vai acreditar em mim?

          • Eu™

            21 de janeiro de 2016 em 12:01

            “só porque se repete mensalmente?”

            Corrigido.

          • Marcos A. S. Almeida

            21 de janeiro de 2016 em 14:03

            Euclides da Quina Silva (espero que seja seu nome realmente e não fake) , credibilidade é algo importantíssimo. Só se protege no anonimato quem está imbuído de más intenções e/ou tem medo de se responsabilizar pelo que escreve. Se você não se encaixa em nenhum dos dois casos , cultive o hábito saudável e responsável de colocar seu nome em suas opiniões. O que eu contestei foi o fato de você ter dito que a informação que postei era também um boato , o que não era o caso. O jornalista Lauro Jardim têm a credibilidade acima de qualquer suspeita , (até que provem o contrário, claro) , têm fontes fortíssimas , experiência de muitos anos e está em uma empresa de grande porte, portanto , além de ter noticiando posteriormente á sua fonte de informação , têm uma credibilidade de anos a zelar. Nada a ver com a sua colocação no sentido de que “se é antiga não é crível, se é nova é crível”. Ademais , o centro da questão é : o governo distribuiu nas escolas livros didáticos com conotação sexual? Nós três – eu, você e o Gilmar – de maneiras e com fontes diferentes chegamos a conclusão que NÃO, isso é o que importa. Abraço.

  14. Cicero Bispo

    25 de fevereiro de 2016 em 19:15

    Bolsonario nosso Próximo Presidente. Brasil Cansado desta corja

    • Eu™

      26 de fevereiro de 2016 em 8:37

      Não entendi. Brasil cansado dessa corja e quer colocar outra corja igual no lugar?

    • LBarbosa

      19 de outubro de 2016 em 10:15

      Os bolsominions e a doce ilusao que seu candidato vai ao menos chegar aos 10% de voto AHEAUEHAUEHAUHEAUHEAUHEA

      • Gilmar Lopes

        19 de outubro de 2016 em 10:22

        Bolsonaro talvez até consiga uma margem expressiva de votos, mas acredito que as alianças que o partido dele fez são muito fracas!
        Além disso, acho que ele não irá nem para o segundo turno por causa da quantidade de candidatos “mais fortes” que ele nessas eleições.
        Claro que aqui estou indo na base do “eu acho”, baseado apenas na minha cabeça… As ideias do Bolsonaro são muito polêmicas e simples, por isso atraem muita gente, mas pra colocar elas na prática não é muito simples! Muitas vão ficar só no papel mesmo!

  15. Humberto

    29 de fevereiro de 2016 em 13:28

    Compartilhado amigão.

  16. matheus eduardo

    23 de março de 2016 em 18:22

    Concordo que esta errado mas nos dias de hoje o sexo e mostrado para todos basta você ligar sua TV e vera varias cenas principalmente nas novelas da globo !!!!!!!!!!!!

  17. Wilamis Rogério

    20 de junho de 2016 em 23:31

    É um absurdo inserir as crianças nesse tipo de assunto. Crianças não devem, enquanto são crianças, ser afogadas com pornografia. Isso, em minha opinião, é pornografia por ser mostrado para crianças.

    Tenho pensado na geração que espera meus filhos.
    Que Deus tenha misericórdia dos seus escolhidos.

  18. LBarbosa

    19 de outubro de 2016 em 10:12

    O grande tabu da conversa sobre sexo com filho sobre aquela velha pergunta “como eu nasci”! Isso mostra o tanto que a mentalidade brasileira está bem atrasada mesmo, preferindo iludir a criança com a historia da cegonha entre outros absurdos ai.

  19. Thiago Alves

    29 de agosto de 2018 em 8:53

    Realmente esse não fazia parte do material ‘didático’ do MEC.
    Mas houve outros do mesmo tipo, além de material audiovisual que seria distribuído nas escolas públicas, porém conseguiram impedir a distribuição através intervenção política de alguns políticos, conseguiram a suspensão da distribuição em 25/05/2011.
    Inclusive a presidente em exercício à época se prounciou a respeito do assunto, após pressão dos deputados e informou que também não gostou do conteúdo.
    Obs.: material criado e aprovado na gestão do então Ministro Fernando Haddad.
    Quais fo

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 10:19

      Queria um exemplo disso. Tem algum link pra nos mandar?

  20. Andr.e

    31 de agosto de 2018 em 1:57

    Lembro desse livro, achei bem interessante, o q
    tem demais nele ?

  21. ROSMARILDO F SECON

    12 de outubro de 2018 em 16:35

    Gente e lamentável mas exitse sim eu tirei fotos da cartilha que estão nas escola de Baruerí, estou tentando descobrir quem foi o ator dessa cartilha o nome que esta na capa e O SEXO CONTADO AS CRIANÇAS.

  22. Artur Chaves

    24 de outubro de 2018 em 11:12

    Em Portugal não existem esses personagens!!!! onde foi buscar essa informação? Aqui não há disso!

  23. Ju

    17 de janeiro de 2019 em 10:54

    Falso, os do pt são bem mais detalhado e cheio de figuras, chegou na biblioteca municipal da minha cidade.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo