Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Javalis selvagens cheiraram R$ 88 mil em cocaína escondida em floresta na Itália?

Animais

Javalis selvagens cheiraram R$ 88 mil em cocaína escondida em floresta na Itália?

Javalis selvagens cheiraram R$ 88 mil em cocaína escondida em floresta na Itália?

Em meados de novembro de 2019, uma estranha história envolvendo drogas e javalis viralizou em sites de notícias brasileiros (a exemplo do “Metrópoles“, “Diário Online“, “Notícias ao Minuto” e  “Vírgula“).

Basicamente, segundo o texto publicado por esses sites, uma manada de javalis teria destruído um esconderijo e consumido cerca de R$ 88 mil reais em cocaína, que estava escondida numa floresta da Toscana, na Itália. Os investigadores descobriram que os javalis consumiram a substância ilícita ao ouvir uma escuta telefônica entre traficantes. Tanto as manchetes quanto os textos deixam, no mínimo implícito, que toda a cocaína escondida teria sido consumida pelos javalis.

Vale ressaltar nesse ponto, que todos esses sites utilizaram o tabloide britânico “Metro” como única fonte de informação, ou seja, não houve nenhum cruzamento de dados.

Uma manada de javalis teria destruído um esconderijo e consumido cerca de R$ 88 mil reais em cocaína, que estava escondida numa floresta da Toscana, na Itália. A foto acima é meramente ilustrativa e não possui relação com o caso.

Entretanto, será que essa história é realmente verdadeira? Será que isso aconteceu tal como foi mencionado pelos sites de notícias? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! A versão divulgada pelo tabloide britânico “Metro” é bem sensacionalista e diferente da versão original que foi divulgada por sites italianos de notícias (a exemplo do “Il Tirreno” e “Toscana Media News“). A seguir, vamos tentar explicar essa história da melhor forma possível para vocês.

A Versão Original Divulgada por Sites Italianos de Notícias

Nossa história começa com o assassinato de um jovem de 21 anos, de origem albanesa, na comuna italiana de Sinalunga, na Toscana, em 9 de maio 2018. O assassino? Um pastor de origem sardenha, que acabou sendo condenado a 16 anos de reclusão. Durante a investigação desse assassinato, os carabinieri (a polícia militar da Itália, por assim dizer) acabaram encontrando um grupo de traficantes de drogas, que atuava nas províncias de Siena e Arezzo, também na região da Toscana.

O comércio ilegal de drogas teria ocorrido entre setembro de 2018 e março de 2019, e o público-alvo eram os frequentadores de clubes noturnos. Estima-se que o grupo, composto por três homens de origem albanesa, e que eram próximos do jovem que foi assassinado, chegou a comercializar cerca de 2 quilos de cocaína “pura” (entre 80 e 85% de pureza) por mês. Eles cobravam entre 80 a 100 euros por grama. Uma quarta pessoa também foi presa: o dono de uma boate de Arezzo.

Foto mostrando uma parte da cidade de Siena, na região da Toscana, na Itália.

A cocaína era mantida escondida em potes, que por sua vez ficavam enterrados numa floresta da região. Durante as investigações, a polícia grampeou os telefones utilizados pelos traficantes e, numa das ligações, ouviu algo bem inusitado. Um dos traficantes se queixou de um suposto dano, avaliado em 20 mil euros, atribuído a um único javali (“un cinghiale“), que teria desenterrado um dos potes e espalhado a cocaína no solo.

Entretanto, nenhum veículo italiano disse que um ou mais javalis teriam consumido uma parte ou toda droga contida no pote. Isso foi simplesmente inventado pelo tabloide britânico Metro, que divulgou a história de maneira totalmente sensacionalista.

Sites Norte-Americanos Foram Muito Mais Cautelosos

Embora seja necessário desconfiar sempre, e que haja um claro modus operandis para iludir o leitor, nem todo tabloide britânico é estritamente grotesco. No entanto, alguns são terrivelmente e irremediavelmente sensacionalistas e flertam constantemente com a má-fé. Isso inclui, por exemplo, os tabloides “Metro”, “Daily Express” e “Daily Star”, que habitualmente divulgam histórias de maneira distorcida ou utilizam de clickbaits dantescos para alavancar o número de acessos. Sabendo disso, uma certa dose de cautela — algo que não foi tomado por inúmeros sites brasileiros — era necessário.

Essa cautela foi tomada, por exemplo, por diversos sites norte-americanos de notícias (a exemplo do “Insider“, “FOX News” e “Newsweek“). A ênfase de tais sites se limitou apenas a destruição causada por javalis (embora a versão original tenha mencionado a alegada ação de um único javali).

Um ou Mais Javalis Foram Afetados pela Droga?

A imprensa italiana não divulgou se um ou mais javalis teriam sido afetados pela droga, e nem mesmo se houve qualquer confirmação por parte da polícia que um javali, de fato, tenha sido o responsável por “causar prejuízo financeiro aos traficantes”. O que temos é tão somente um relato interceptado de um traficante atribuindo a ação a um único e suposto javali. Além disso, sequer foi divulgado que um ou mais javalis teriam consumido (cheirado) todo esse valor em cocaína, mas tão somente destruído um pote, cuja droga teria ficado espalhada no solo da floresta. Não há registro fotográfico ou em vídeo dessa ação ou seu resultado.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Caso o responsável tenha sido realmente um javali, presume-se que o animal possa inalado alguma quantidade da droga. Contudo, nada do que foi divulgado indica que todo esse valor em cocaína foi consumido por um ou mais animais.

Nada do que foi divulgado indica que todo esse valor em cocaína foi consumido por um ou mais animais. A foto acima é meramente ilustrativa e não possui relação com o caso

O Real Prejuízo Causado por Javalis na Itália

De acordo com o britânico “The Guardian”, no início do mês passado, centenas de agricultores fizeram um protesto em Roma e cobraram ações do governo italiano contra os javalis. Segundo a Coldretti (Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos), que representa o setor agrícola na Itália, cerca de dois milhões de javalis circulam livremente no país. Esse número seria o dobro do que havia em 2015! Ainda segundo a Coldretti, o governo italiano nunca teria tomado medidas para efetivamente controlar o problema.

De acordo com os agricultores, os javalis selvagens estariam destruindo a lavoura e matando o gado. Além disso, eles seriam os responsáveis por cerca de 10.000 acidentes de trânsito por ano, e que teriam ceifado a vida de 13 pessoas entre janeiro e setembro deste ano. Num único incidente, um homem morreu e 10 pessoas ficaram feridas quando o veículo em que estavam colidiu com um grupo de javalis que atravessava uma rodovia no norte da Itália.

Centenas de agricultores fizeram um protesto em Roma e cobraram ações do governo italiano contra os javalis.

Não é mais apenas uma questão de compensação, mas uma questão de segurança pessoal e deve ser resolvida. Ministérios e líderes de regiões e municípios devem agir de maneira orquestrada para elaborar um plano extraordinário sem obstáculos administrativos, caso contrário, o problema está destinado a piorar“, disse Ettore Prandini, presidente da Coldretti.

Alberto Vincenzo Pagani, prefeito de Binago, uma pequena cidade na Lombardia, compartilhou dessa preocupação:

Temos esse problema há anos, mas agora a situação está fora de controle. Eles são livres para se movimentar como quiserem. Os javalis não entram em escritórios ou fábricas, então os únicos penalizados por essa liberdade são os agricultores“, disse Pagani.

Uma Questão de Multiplicação?

Segundo o “The Guardian”, um javali fêmea selvagem pode dar à luz de seis a quatorze leitões por vez. O abandono de terras agrícolas nos últimos anos teria levado ao aumento da cobertura florestal, um habitat primordial para esses animais. Para piorar a situação, eles não têm predadores naturais além de lobos.

Uma Questão Ambiental?

Pagani declarou que, no passado, a solução do problema ficou travada devido a discordâncias entre o Ministério do Meio Ambiente e da Agricultura. Isso contar os ambientalistas, que sustentam que os animais devem ter o direito de andar por onde quiserem.

Cartaz de um dos manifestantes onde é possível ler: “Defendemos os animais da fazenda”.

Qual Foi a Resposta do Governo para o Protesto?

Teresa Bellanova, nomeada ministra da Agricultura em setembro, prometeu aos manifestantes que o governo forneceria uma “solução estrutural”. Ela alegou que o problema dos animais selvagens era muito importante e que os danos ao setor agrícola seriam reconhecidos. No entanto, ela disse que a solução do problema não deveria partir apenas das regiões italianas afetadas, mas da Europa como um todo.

A Caça é a Solução?

Enquanto isso, caçar javalis é um passatempo popular na Itália, e a carne é um item básico da culinária toscana e da Úmbria. Por outro lado, alguns caçadores já foram mortos durante tais caçadas por javalis ou por outros caçadores (por engano). Em setembro deste ano, um homem de 55 anos foi morto, acidentalmente, por seu próprio filho (já adulto) durante uma viagem de caça na região da Campânia.

Conclusão

Falso! A versão divulgada pelo tabloide britânico “Metro” é bem sensacionalista e diferente da versão original que foi divulgada por sites italianos de notícias. A imprensa italiana não divulgou se um ou mais javalis teriam sido afetados pela droga, e nem mesmo houve qualquer confirmação por parte da polícia que um javali, de fato, tenha sido o responsável por “causar prejuízo financeiro aos traficantes”. O que temos é tão somente um relato interceptado de um traficante atribuindo a ação a um único e suposto javali.

Além disso, sequer foi divulgado que um ou mais javalis teriam consumido (cheirado) todo esse valor em cocaína, mas tão somente destruído um pote, cuja droga teria ficado espalhada no solo da floresta. Caso o responsável tenha sido realmente um javali, presume-se que o animal possa inalado alguma quantidade da droga. Contudo, nada do que foi divulgado indica que todo esse valor em cocaína foi consumido por um ou mais animais.

Continue lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Cesar Crash

    4 de dezembro de 2019 em 17:54

    Recebi a matéria completa por e-mail, o que pode prejudicar as visitas do site.

    • Gilmar Lopes

      5 de dezembro de 2019 em 8:09

      Mudamos para poder entrar no Google Notícias!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo