Morre o chinês mais velho do mundo, aos 256 anos! Será?

Share Button

Será verdadeira a história do mestre chinês Li Ching Yuen, que teria morrido aos 256 anos de idade, se tornando o homem mais velho do mundo?

A notícia fez enorme sucesso em vários sites e blogs – além de ser amplamente compartilhada nas redes sociais – na primeira semana maio de 2015 e conta a incrível história do mestre taoista chinês Li Ching Yuen, um senhor que teria nascido em 1677 e morrido somente em 1933 por causas naturais. De acordo com o texto, acompanhado de algumas fotos, o praticante do Chi Kung e conhecedor de técnicas espirituais sabia como prolongar a sua vida, se tornando o primeiro e único ser humano a viver mais de 200 anos no planeta!

Será que essa história é real?

Será que existiu mesmo um homem chamado Li Ching Yuen que morreu com mais de 250 anos de idade?

Chinês teria morrido aos 256 anos! Sera verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Chinês teria morrido aos 256 anos! Sera verdade? (foto: reprodução/Facebook)

 

Verdadeiro ou falso?

Apesar dessa história ter feito sucesso e despertado interesse dos leitores em maio de 2015, ela já circula há anos pela web e sabe-se que a lenda de Li Ching-Yuen é muito anterior à internet e, como uma boa lenda urbana, sempre volta a circular.

Infelizmente, não há nenhuma fonte que comprove que Yuen ou qualquer outro humano tenha vivido mais que dois séculos. Nem mesmo o artigo da Wikipédia em inglês ou na versão em japonês dão provas de que isso seja verdade.

Algumas versões da lenda de Li Ching-Yuen afirmam que ele teria nascido em 1677 enquanto que outras alegam que ele havia nascido em 1736, falecendo em 1933. Ou seja, ele teria morrido com 197 ou 256 anos de idade, dependendo da versão.

Nesse artigo, do jornal Reading Eagle, de 1929, o ancião foi apresentado como se tivesse 252 anos! Já, nessa publicação do jornal The New York Times, de 1933, o obituário do mestre Ching-Yen diz que que ele teria morrido aos 197 anos.

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

Como saber qual dos relatos é o real? Os dois são falsos? Provavelmente, sim!

O Reading Eagle usou como “inspiração” para a sua reportagem uma matéria (igualmente sem fontes) publicada no jornal Pittsburgh Press, de 1929. Na ocasião, os relatos eram de terceiros, sem a prova física do mestre taoísta.

Uma das poucas "provas" da existência do mestre Li Ching-Yuen. Quantos anos ele aparenta ter nessa imagem? (foto: Reprodução/Wikipédia)

Uma das poucas “provas” da existência do mestre Li Ching-Yuen. Quantos anos ele aparenta ter nessa imagem? (foto: Reprodução/Wikipédia)

É bastante possível que tenha existido um Li Ching-Yuen, mas o mais provável é que o nome desse homem tenha sido passado de geração em geração, e o último dos “Lis” seja o que tenha levado a fama. Ainda mais por causa da falta de certidão de nascimento (coisa inexistente na época).

Caso semelhante ocorreu no Japão, em 2012, com Shigechiyo Izumi. Essa pessoa chegou até a entrar para o livro Guinness dos recordes como a pessoa mais velha do mundo (aos 120 anos), mas perdeu o título rapidamente após os fiscais do Guinness terem descoberto que o ancião nem era tão velho assim, pois havia assumido a identidade do irmão mais velho, morto quando Shigechiyo ainda era bem jovem.

Além disso, o mestre Li teria se casado 23 vezes teria mais de 200 crianças. Claro, todas essas afirmações não foram provadas.

Um estudo feito em 2011 sobre os tipos de mitos sobre a longevidade extrema cita como um exemplo de lenda fantástica a alegação de que Li Ching-Yuen tenha vivido 256 anos!  Além disso, como é bem observado no artigo, o número escolhido é um múltiplo de 8, considerado de boa sorte na China.

O Gerentology Research Group é um dos mais conhecidos e respeitados grupos de pesquisadores na área da gerontologia, dedicado a catalogar as pessoas mais velhas do mundo, não tem em seus arquivos nenhum Li Ching-Yuen.

A foto usada para ilustrar a “notícia”

A foto que mostra um rosto de uma pessoa bem idosa não tem nada a ver com o tal mestre chinês bicentenário. Na verdade, o rosto da fotografia pertencia à Luo Meizhen, uma chinesa que faleceu em 2013 aos 127 anos de idade!

Conclusão

Não há provas de que Li Ching-Yuen tenha vivido 256 anos!

Share Button
Falso, Lendas Urbanas, Morte, Regiões
, , , , ,

Comente pelo Facebook

20 comentários

  1. Jessé

    Apenas para contribuir na correção.

    Na parte do texto que diz

    “Infelizmente, não há nenhuma fonte que comprove que Yuen ou qualquer outro humano tenha vivido mais que UM século.”

    Acredito que vc queria dizer “…..ou qualquer outro humano tenha vivido mais que DOIS século.”

    E se for pra recorrer pra algo sem provas, até mesmo da existência da pessoa, poderíamos utilizar como referência de longevidade, Matusalém, que viveu até os 969 anos, morrendo alguns dias antes do Dilúvio.

  2. CARLOS DE CARVALHO

    Senhores, boa noite! Como diz o livro de Provérbios 22:3b: ” …. Os inexperientes acreditam em qualquer coisa”. A Bíblia é único livro que realmente conta com exatidão a história da humanidade, a nossa história. Quando Moisés escreveu o relato de Gênesis 6:3 ” Então, Jeová disse: “Meu espírito não terá tolerância com o homem indefinidamente, pois ele é apenas carne.* Portanto, seus dias somarão 120 anos.” Os versículos 5 em diante mostram que Deus estabelecera um prazo de 120 anos para eliminar o mal na terra, decorrente da rebelião humana e especialmente em razão de os anjos se materializarem e virem para a terra para se relacionar com as mulheres e gerarem assim filhos híbridos, ou seja, os nefilins. Portanto, nesse contexto, 120 anos se refere, não à duração da vida humana, mas, ao prazo que o Criador estabeleceu para trazer o DILÚVIO que mudou definitivamente a história humana. Outro texto que menciona a duração da vida humana é o de SALMOS 90: 10: “A duração da nossa vida é de setenta anos, Ou oitenta,+ para os mais fortes.* Mas esses anos são repletos de dificuldades e tristeza. Passam depressa, e logo desaparecemos”. Essas notícias são fantasiosas. Mas em breve, nós viveremos além dos 256 anos, viveremos eternamente e sem essa aparência desgastada pelo tempo. Conforme ensina a Bíblia em SALMOS 37:11: ” Mas os mansos possuirão a terra+ E terão grande alegria na abundância de paz”. E como será a qualidade dessa futura vida aqui na terra? A Bíblia é a única que novamente responde: apocalipse 21: 4: ” Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima,+ e não haverá mais morte,+ nem haverá mais tristeza,* nem choro, nem dor.+ As coisas anteriores já passaram.”. Essa é a única verdade que de fato interessa e que pode nos consolar. Não uma longa vida de algumas décadas, mas a vida eterna, a qual será concedida aos que obtiverem e aplicarem o CONHECIMENTO EXATO de DEUS e de seu FILHO, JESUS CRISTO. Pra maiores informações por favor, acessem o site JW.ORG. Fiquem em paz.

  3. marco aurelio de souza

    Ola boa noite a todos, infelizmente eu não sou testemunha de Jeova, já tentei e não consegui talvez deveria me esforçar mais quem sabe….a respeito do comentario sobre a longevidade e do comentario do Carlos de Carvalho é facil de entender que ninguem quer morrer, essa vontade de viver eternamente esta gravada em todos os seres humanos desde de sua criação e interrompida por causa da desobediencia( quem acredita na teoria da evoluçao eu respeito, mas é uma teoria) a Bilblia que eu estudei e questionei por anos é exata nem é um livro religioso ao modo que muitos pensam, pois a palavra religião quer dizer “reunir”,e Jesus alertou dos falsos profetas há 2000 anos atrás, e hoje é só ligar a tv e se empanturrar de tanta besteira que levam milhões de ingenuos, leigos e necessitados a se enfileirarem nessas causas. mas a verdade é que poucos têm o “conhecimento exato” e tal conhecimento só é dado à pessoas sinceras que realmente estão dispostas de coração a conhecerem e colocarem o reino em primeiro lugar em suas vidas, abandonando velhas praticas e obtendo uma nova personalidade. JEOVA é nosso criador, e seu nome foi subistituido por “senhor” em varias traduçoes da Biblia, e varias religioes não o usam, fazendo vista grossa até na hora de orar o “pai nosso” não entendendo o que quer dizer “santificado seja o teu nome” a verdade é que todas essas religioes fazem parte do mundo. mas “o maior homem que já viveu na terra” disse o seguinte a Cesar um pouco antes de morrer: “meu reino não faz parte deste mundo” . E você …faz?

    • carlos de carvalho

      Boa tarde, Gustavo. O senso de humor realmente nos ajuda muito nesses tempos difíceis que vivemos. Quanto ao seu “desejo de viver uns 50.000 anos”, eu diria que é muito pouco. Segundo as palavras de Jesus em JOÃO 17:3, o conhecimento de Jeová e de seu filho, Jesus Cristo, – que envolve levar uma vida baseada nos seu ensinamentos, ou seja, um modo de vida que agrade ao Nosso Criador, JEOVÁ – poderá resultar na verdadeira vida, a VIDA ETERNA. Portanto, pense no seguinte: Por que viver apenas 50.000 anos se podemos VIVER ETERNAMENTE? Não existem plantas e animais que vivem séculos e milênios?
      Por que nós, humanos, que fomos criados à imagem e semelhança de JEOVÁ DEUS – concernente às qualidades do AMOR, JUSTIÇA, SABEDORIA, ETC. -, deveríamos viver apenas alguns “50.000 anos”?
      Visite o site JW.ORG e descubra por si mesmo como isso poderá ser possível.
      Abraço e fique em paz.

  4. Raquel Baptista

    Há provas de pessoas que morreram com 127 anos… Um indiano se não estou em erro…. Bíblia?? 120??? Isso é um bocado limitativo da mente do ser humano certo? De alguns em especial…. Em relação ao homem que viveu mais de 900 anos não creio ser possível nem aqui nem na China… Nem com o melhor do mundo!! Não havendo provas, não deveria ser possível a sua crença….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *