Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O Governo da Bolívia proibiu o cristianismo?

Conspirações

O Governo da Bolívia proibiu o cristianismo?

É verdade que o presidente da Bolívia Evo Morales sancionou uma lei que torna crime o culto religioso em todo país?

A notícia começou a se espalhar através de diversas publicações em sites evangélicos no começo de janeiro de 2018 e foi bastante compartilhada também nas redes sociais. De acordo com o texto, o governo boliviano de Evo Morales teria criado uma lei criminalizando toda e qualquer forma de evangelização, incluindo cultos religiosos e pregações em locais públicos e privados!

Será que essa história é real? Evo Morales está proibindo o cristianismo em toda a Bolívia?

O Presidente da Bolívia proibiu o cristianismo em todo o pais? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Para começarmos a entender se isso é verdade ou mentira, é preciso entender que 16% da população boliviana se declara protestante enquanto que 76% dos bolivianos se declaram católicos. Ou seja, pelo menos 93% do povo da Bolívia se considera cristã!

Você acha mesmo que um governo seria tão imprudente a ponto de criminalizar 93% de seus eleitores?

Pois é! Se um presidente resolvesse proibir os cristãos de praticarem a sua fé, certamente perderia 93% (ou mais) de seus votos nas próximas eleições (além de sofrer com intensos e intermináveis protestos e manifestações)!

Uma medida tão impopular como essa colocaria o presidente Evo Morales em uma situação muito difícil, principalmente agora, quando ele tenta apoio para a sua quarta reeleição.

A Lei existe?

Tudo começou com a interpretação equivocada de um artigo do Novo Código Penal (que ainda não entrou em vigor na Bolívia). Mais precisamente, no Capítulo III, Seção I, Artigo 88:

“ARTÍCULO 88. (TRATA DE PERSONAS) I. Será sancionada con prisión de siete (7) a doce (12) años y reparación económica la persona que, por sí o por terceros, capte, transporte, traslade, prive de libertad, acoja o reciba personas con alguno de los siguientes fines:
[…]

11. Reclutamiento de personas para su participación en conflictos armados o en organizaciones religiosas o de culto;”

A verdade é que, como foi muito bem explicado por esse excelente artigo do Xadrez Verbal, esse artigo não trata de proibições religiosas, mas se refere ao tráfico, venda, comércio, privação de liberdade de seres humanos, e mais uma lista que abrangem esse crime. Aí, incluem-se mendicância forçada, chegando até ao polêmico inciso 11, que diz que quem comercializar, escravizar, comprar ou vender uma pessoa – privando-a de sua liberdade em prol de um conflito armado ou de organizações religiosas – poderá ser presa!

O artigo cobriria também uma conversão forçada de uma comunidade indígena, por exemplo (o que já ocorreu e ainda ocorre até hoje por aí).

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Como relataram alguns sites evangélicos (ao que parece, os únicos que não viram com bons olhos esse artigo do novo código penal da Bolívia), os religiosos protestaram pelo “direito” de capturar, transportar, transferir, privar de liberdade ou de receber pessoas para fins de recrutamento em organizações religiosas…

Pastores estavam reclamando que (caso o novo Código Penal foi sancionado) não poderiam mais levar à força os dependentes químicos para se tratarem em suas igrejas!

Uma das provas de que essa lei não trata de punir os religiosos é que no mesmo código penal há incisos que prevêem agravantes em caso de furto ocorridos em locais religiosos ou de cultos. O bandido que furtar alguma coisa dentro de uma igreja, por exemplo, teria uma pena maior do que quem roubar alguém na rua.

É claro que a Lei não é perfeita (não estamos aqui defendendo nenhum governo). Tanto é que já foram modificados vários artigos após inúmeros protestos de várias categorias (jornalistas, motoristas, estudantes…), como esse ocorrido durante 3 dias seguidos em nove regiões da Bolívia. A Central Operária Boliviana (Cob) – que já foi aliada de Morales no passado – exigia a anulação de um decreto que ordena o fechamento de uma fábrica têxtil do Estado, bem como alteração a outras regras sobre o funcionamento das empresas públicas, pensões e os direitos dos trabalhadores.

Código Penal Revogado

Diante de tanta polêmica, no dia 21 de janeiro de 2018, o presidente Evo Morales anunciou a revogação do novo Código Penal antes mesmo da sua promulgação.

Em seu perfil no Twitter, o presidente afirmou que [eles] decidiram revogar a nova lei (e aproveitou para atacar a Direita):

https://twitter.com/evoespueblo/status/955090276271493120

“Treta” antiga

Esse “mal-estar” criado entre a Igreja e Evo Morales não é recente! Conforme mostrado nessa matéria da Folha de São Paulo, o atrito entre as partes se agravou em setembro de 2017, após a aprovação de uma lei que legaliza o aborto antes de oito semanas de gestação e quando a mãe é estudante ou tem dependentes.

Conclusão

As religiões não estão proibidas na Bolívia! Tudo começou com uma confusão gerada por um parágrafo mal escrito (e mal interpretado) em um artigo do novo código penal daquele país, que nem chegou a entrar em vigor!  

Continue lendo
46 Comentários

46 Comments

  1. DAVIDSON PEREIRA ARAUJO

    2 de março de 2018 em 6:55

    Creio que sua frase final destaca a pouca importância (e até mesmo deboche) sobre o assunto.
    É bom lembrar que o texto da lei mal escrito ou mal interpretado com este código penal boliviano, poderia inclusive acabar com a sua liberdade de expressão.
    Acho importante Gilmar que você entenda que os protestos são relevantes sim e muito e importantes pois as leis são feitas para serem cumpridas e quando não estão claras, podem sim prejudicar pessoas de bem.

    • CENILDO DIAS

      21 de outubro de 2018 em 22:45

      Muito bem colocado DAVIDSON PEREIRA ARAUJO. Esse Gilmar é um charlatão, eu acho que ele precisa arrumar um interprete para verifica o artigo para ele. Não é farsa alguma é a pura verdade.

  2. David

    8 de junho de 2018 em 23:35

    Sempre entendi que o e-farsas fosse um site sério! Mas pelo que me parece, é uma farsa!
    O Brasil e o mundo vimos veicular pelas principais mídias a decisão de Morales. Inclusive
    vimos também o presidente boliviano ficar com medo e voltar atrás de sua decisão. Desculpem-me,
    mas não foi farça!!!
    Segue o link, para que os editores do e-farças que não viram a notícia possam ter a oportunidade:
    https://www.youtube.com/watch?v=5ffM-SvXYQw

    • Gilmar Lopes

      9 de junho de 2018 em 10:19

      Que jornaleco é esse?

      • ANA PAULA DE MORAIS DA SILVA

        13 de setembro de 2018 em 19:29

        https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/01/1952336-apos-polemica-com-igrejas-bolivia-cancela-novo-codigo-penal.shtml

        Eis que o Estadão agora tbm é jornaleco! Kkkk

        O Evo jamais voltaria atrás se não tivesse as igrejas ido atrás salvando inclusive a imprensa. Mas se eles tiveram coragem, vão impor isso mais cedo ou mais tarde. E aqui é o sonho do Lula, calar a imprensa e religiosos cristãos como ele mesmo já disse.

        • Daniela

          13 de outubro de 2018 em 6:14

          O jornal q vc colou o link diz a mesma coisa que aqui. A que ponto chega a cegueira das pessoas. Não tá fácil viver nesse país fascista. Obg Gilmar por não se calar diante da alienação de tantas pessoas.

      • Kleber Gustavo

        1 de julho de 2019 em 21:07

        Muito esclarecedor! Sou evangélico e estou cansado de algumas seitas que posam de cristãs mas que na verdade não passam de fanáticos veterotestamentários sem ensino algum e cheios de ideologias. Não respeitam as pessoas, as leis e falam tantas mentiras em nome de Deus que dá até vergonha de dizer -se evangélico!

        Muitos nem se converteram, nem conhecem racionalmente o Evangelho de Cristo! Muitas dessas igrejas nem têm escola dominical que proporcione uma educação saudável aos seus fiéis e outras, em que há ensino, têm, em seus “professores”, leigos mal formados que se fundamentam em seu próprio veneno político para dizer que são de Deus, enquanto caminham, sem saber, ao inferno!

      • Naiara

        30 de agosto de 2019 em 9:16

        Foi vinculado nos principais meios de comunicação a decisão do Ivo Morales. Uma lei que da margem as várias interpretações é perigosa sendo assim o protesto dos cristãos é válido. Depois da lei sancionada , já era! Não pode haver margens para erros ou para várias interpretações .

    • Sergio

      20 de outubro de 2019 em 8:19

      Não falou de ACOLHER ou RECEBER.
      Texto mal caráter e tendencioso!!
      Adeus, temos outras mídias melhores, quero nem discutir!

  3. Joseph Charels

    9 de agosto de 2018 em 11:40

    O e-farsa é vermelho.

    • João Batista

      17 de agosto de 2019 em 9:37

      Já vivi na Bolívia por 3 anos, sim realmente evo Morales é capaz disso, por exemplo: lá no dia do censo as pessoas são proibidas de sair de casa, se sair é cadeia mesmo, vivi isso. Um sujeito como evo Morales que frauda descaradamente as eleições e muda a constituição a seu favor para permanecer no poder.
      Realmente pensei que esse site fosse sério, mas e- farsas é uma farsa vermelha!

  4. eunice simao

    20 de agosto de 2018 em 17:46

    quem nao soube interpretar a lei, foi você!! Você conseguiu ver alem doque a lei diz. KKKKKKK

    • Gilmar Lopes

      20 de agosto de 2018 em 17:49

      Quem?

      • Marcos

        9 de outubro de 2018 em 0:48

        Sempre tive dúvidas a respeito da imparcialidade deste site, depois desta não tenho mais dúvidas. Texto totalmente tendencioso. A esquerda é uma máquina de mentiras.

        • Gilmar Lopes

          9 de outubro de 2018 em 8:31

          É bom mesmo que se duvide de tudo o que se lê na internet. Uma boa sugestão é que não se apegue somente às nossas pesquisas e procure em outras fontes. Obrigado!

  5. Saintcler

    2 de setembro de 2018 em 17:16

    E-farsa site do pt mais um filho do Lula

    • Gilmar Lopes

      3 de setembro de 2018 em 8:34

      Prove!

      • Blaiser

        16 de setembro de 2018 em 14:47

        E farsas é uma farsa, alguem desse site deve ter participado do FORO DE SÃO PAULO, essa idiotice de que nao se vai contra a maioria é facilmente contrariada pela existencia de ditadores, que argumento podre.

        • CENILDO DIAS

          21 de outubro de 2018 em 22:50

          Boa. Bando de esquerdopatas, o E_farsa é uma farsa.

  6. José Geovane

    8 de setembro de 2018 em 16:48

    Um jornal sensacionalista, legal o que tem mais para tentar provar que não é uma farsa amigão? Entendam cristãos são a maioria então quem for minoria e mesmo provando que algo vai contra a mão da maioria, essa maioria como massa de manobra vai esmagar seu argumento com ignorância.

  7. Blaiser

    16 de setembro de 2018 em 14:53

    E farsas é uma farsa, alguem desse site deve ter participado do FORO DE SÃO PAULO, essa idiotice de que nao se vai contra a maioria é facilmente contrariada pela existencia de ditadores, que argumento podre.

    • Gilmar Lopes

      16 de setembro de 2018 em 16:08

      oi?

  8. Rubenilson silva

    17 de setembro de 2018 em 17:53

    Com certeza e-farsas é uma farsa!!!

    • Gilmar Lopes

      17 de setembro de 2018 em 17:59

      Verdade!

  9. Suzy

    25 de setembro de 2018 em 11:55

    Tá achando que somos otários!!!
    E-Farsas é uma Farsa!!!! Porta voz do PT!!!!

    • Gilmar Lopes

      25 de setembro de 2018 em 12:06

      Sim, claro! Afirmações como essas, sem provas… Cuidado, hein?

  10. Noêmia

    25 de setembro de 2018 em 20:06

    Suspeitei desde o princípio: e-farsas é uma farsa!

  11. Bruno da Silva

    28 de setembro de 2018 em 12:25

    Vamos a pergunta não sou bom em espanhol, mais se na lei os termos para infração estão entre vírgulas certo, quer dizer que para ser crime tem que cometer todos os atos da lei ou só alguns para caracterizar crime pelo texto “capte, transporte, traslade, prive de libertad” por exempplo se ele não transportar ou transladar também e crime.

  12. Daniel Morgado

    4 de outubro de 2018 em 11:14

    Esse texto é com certeza muito mal intencionado, todos sabemos que essas interpretações são sempre colocadas com intuitos de no futuro fazerem valer o que esta escrito, lamento muito essa postagem ser favorável num texto que com certeza seria devastador para a população.

    • Gilmar Lopes

      4 de outubro de 2018 em 11:39

      Do tempo em que essa história começou a circular até agora não houve indícios de que erramos!

      • CENILDO DIAS

        21 de outubro de 2018 em 23:08

        Então por quais motivos foi refeito o ambíguo artigo 88. E vc não emitiu nem uma nota de desculpa pelo erro, e se até os advogados de lá viram isso no artigo, mas você não, entendeu tudo. E não tinha nada de mais: “O novo código criminal da Bolívia, anunciado por Evo Morales, prevê pena de detenção de 7 a 12 anos para quem recrutar pessoas para conflitos armados ou organizações religiosas.”

    • Carlos Eduardo Leão

      31 de outubro de 2018 em 20:10

      capte, transporte, traslade, prive de libertad, acoja o reciba personas con alguno de los siguientes fines: culto religioso.
      Isso protege o trafico de pessoas ate o momento que diz culto religioso. Transportar pode ser onibus de igreja. Receber as pessoas pode ser um culto religioso. Gilmar cada virgula separa um ato, cada virgula separa uma possibilidade, contra sua vontade é um item mas deveria ser o pilar. É um brechão se o governo quiser com essa lei proibe o envangelisar que é recrutar para culto religioso.

  13. Gibran

    6 de outubro de 2018 em 14:11

    Boa tarde, Gilmar Lopes.
    Vejo que você está bem ativo na resposta aos comentários e gostaria de conversar aqui com você sobre esse texto.
    O título do seu artigo foi “O governo da Bolívia proibiu o Cristianismo?”. Se fôssemos julgar somente essa frase, o veredicto seria claramente falso, dentre outros motivos, porque o governo voltou atrás diante da pressão/polêmica. Então, não, de fato, o Cristianismo não foi proibido por lá.
    PORÉM… fosse o título do seu artigo “O governo da Bolívia TENTOU LIMITAR a liberdade religiosa, que, obviamente, inclui o PROSELITISMO?”, qual seria o seu parecer? Essa é a única pergunta que te faço, por enquanto…
    Aguardo resposta.
    Grato pelo espaço.

    • Gilmar Lopes

      6 de outubro de 2018 em 20:47

      É que não foi isso que circulou, né? O que circulou na época é que o governo teria proibido o cristianismo!

  14. Augusto Salgado

    9 de outubro de 2018 em 16:25

    kkkk ta mais para e-lixo !!

    • Fugitivo do Reino da Imbecilidade

      15 de outubro de 2018 em 16:17

      Faça um site melhor, crentelho! Mas desligue um pouco sua credulidade irrestrita e cega e ligue o botão (se é que ele existe) do ceticismo crítico e da racionalidade ok?

  15. Junior

    12 de outubro de 2018 em 11:22

    Nenhuma novidade. Isso virá para o Brasil e todos os demais países mais cedo ou mais tarde. Tudo parte da programação da NOVA ORDEM MUNDIAL, da ONU e outras entidades.

    Observem as movimentações militares no Brasil, em toda a América do Sul, e em todos os demais países. Temos tempos NEGROS vindo ai adiante. Precisamos nos manter atentos, e combater todas as ideias contra as liberdades. E acima de tudo, amar ao próximo, inclusive os inimigos!

    Mantenham a vibração elevada, pois um palito de fósforo ilumina um quarto inteiro. Pensemos positivo, e façamos nossa parte, sempre.

    Aconselho a todos a assistirem TODOS os vídeos deste canal…
    Explica muitas coisas sobre a NWO ou NOM, no Brasil e no mundo:
    https://www.youtube.com/channel/UC-getku8kjAStj1I0croFWQ

    Abraço,

  16. Janaina Lucena

    13 de outubro de 2018 em 14:20

    O texto mostra claramente a proibição do proselitismo, o que acabaria inviabilizando o culto religioso, já que muitas pessoas convidam a outras a irem na igreja. Me pareceu bastante tendencioso e acabou mostrando o cunho ideologico do e-farsas.

  17. Ricardo

    15 de outubro de 2018 em 17:37

    Uma lei que deixa espaço para interpretações e já esta afetando a liberdade de religião do povo, Assitam esses videos, https://www.youtube.com/watch?v=kOw1Mtq_KpA https://www.youtube.com/watch?v=tdmr1LzaeyU
    Creio que o E-farças tem vies ideológico esquerdista, por isso tenta desmentir, vamos ficar de olhos abertos até com esse site.

  18. Rosana

    22 de outubro de 2018 em 2:20

    Gilmar, voce não percebeu que a idéia do Morales era sancionar a lei com segundas intenções? O texto não foi mal escrito. Foi escrito de forma que passasse despercebido antes das eleições, para que Morales, após ser reeleito pela quarta vez, começasse a aplicá-la sob a interpretação de repressão. A oposição agiu a tempo. Entenda bem: o fato de ser um país cristão, não impede uma repressão de culto, e a prova disso foi a União Soviética, totalmente cristã, e na era comunista, da noite para o dia, o novo governo proibiu todas as religiões. Evo Morales está se encaminhando para o totalitarismo a passos largos. Em menos de 10 anos a Bolívia passará a ser um governo vitalício, porque ele está condicionando a população aos poucos. Mais dois mandatos, e Evo já será aceito pela imensa maioria, pois as coisas que chocavam a população no início, já estarão então banalizadas pelo hábito. Isso é lavagem cerebral coletiva. Já vimos isso acontecer.

  19. Francielle Almeida

    22 de outubro de 2018 em 17:51

    Eu acho uma hipocrisia esses comentários. É sempre mais fácil acusar alguém que é contra ações da igreja, do que questiona-las. Concordo muito com o que você Gilmar disse sobre a população. Chega a ser ridículo criar uma lei que proíbe a liberdade religiosa, o mundo sempre teve influência religiosa, é ridículo achar que apenas um homem pudesse mudar. Algo que existe a séculos. Eu sinceramente não sei se isso é burrice ou ingenuidade. A lei é muito clara, o que acontece é que “Religião” é um assunto em que se existir um não é motivo de protesto. É como deixar um fósforo acesso em um barril de pólvora.

  20. Cátia

    8 de novembro de 2018 em 17:32

    Só sei que um evento anual cristão de mulheres, da Assembléia de Deus, que acontece no Mato Grosso bem na divisa com a Bolívia, evento esse que minha tia todo ano vai e sempre visita a Bolívia pois é perto… bem esse ano foi a última vez que eles puderam levar o evento pra Bolívia. Minha tia voltou de lá a três dias, e antes de ir já havia sido avisada q a partir do ano que vem não poderaõ mais levar o evento evangelístico pra lá.

  21. Leopoldo Medeiros Junior

    5 de dezembro de 2018 em 22:39

    e farsas está cada vez mais farsante! liste em qual lugar do mundo cristãos tem essas praticas? eu não sou cristão! já fui! mas com certeza em muitos países comunistas caçam e repreendem os cristãos e matam! voce está tendencioso demais! deve estar recebendo algum beneficio para isso? Importa que a liberdade religiosa acabou na Bolivia, agora somente os narcotraficantes tem esse direito de escravizar pessoas!

  22. Rogerio Fernandes

    19 de abril de 2019 em 16:15

    Farsa é este blog ridículo, quem escreve contra noticias falsas desta natureza devia de ser julgado criminalmente…

  23. Eleutério dias

    6 de setembro de 2019 em 12:12

    Acho que essa idiotice: o cristianismo, deveria sim desaparecer isso foi um câncer criado pelo império romano no mundo antigo, para controlar a grande massa ignorante daquela época. Me admiro muito de ainda hoje haver pessoas que acreditam nesta parvonisse.

  24. cristian

    9 de novembro de 2019 em 15:40

    Evo Morales tentou implantar uma lei dúbia propositalmente, não era para parecer uma perseguição religiosa, mas… no momento oportuno seria interpretada e usada para tal fim. É um comunista disfarçado de socialista. E antes que algum ateísta comece a falar contra, liberdade é liberdade, inclusive a religiosa, inclusive a liberdade de ser ateísta, que não deixa de ser uma religião .

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo