Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Programa Mais Médicos atendeu 1 paciente a cada 9 segundos?

Conspirações

Programa Mais Médicos atendeu 1 paciente a cada 9 segundos?

Notícia espalhada pelas redes sociais afirma que o Programa Mais Médicos atendeu uma média de um paciente a cada 9 segundos em 2 anos! Será verdade?

No dia 22 de agosto de 2015 o recorte de jornal abaixo começou a ser compartilhado através do Facebook e do WhatsApp. No texto, o autor calcula que o Programa Mais Médicos teria que atender um paciente a cada 9 segundos para ter chegado à marca de 63 milhões de pessoas atendidas em dois anos! Com isso, o texto estaria provando que os números divulgados pelo Ministério da Saúde estariam errados.

Será que essa conta está correta? Será que esse dados são reais?

É o que vamos descobrir agora:

O Mais Médicos teria que atender 9 pacientes por segundo para dar conta de 63 milhões de pacientes? (foto: Reprodução/Facebook)

O Mais Médicos teria que atender 9 pacientes por segundo para dar conta de 63 milhões de pacientes? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

No dia 04 agosto de 2015, o Ministério da Saúde – através do Portal Brasil – divulgou os números de 2015 em relação ao Programa Mais Médicos, lançado 2 anos antes. Logo de cara podemos notar que a equipe de marketing do Governo deu “enfeitada” nos números para dar a impressão de que 63 milhões de pessoas foram atendidas pelo programa quando, na verdade, foram 63 milhões de consultas (visto que cada paciente, na maioria das vezes, não vai apenas uma vez ao médico).

Outra versão dessa mesma história:

Publicação recorrente no Facebook!

Publicação recorrente no Facebook!

Vamos calcular?

Mas vamos supor que os números de pacientes divulgados pelo Governo sejam exatamente esses mesmos e que cada pessoa tenha ido apenas uma vez ao doutor, temos 63 milhões de consultas.

O Ministério da Saúde divulgou que possui mais de 18.000 médicos cadastrados no Mais Médicos, mas vamos continuar com os números do texto que circula pela web: 14.000 médicos.

Supondo que já tínhamos 14.000 médicos desde o início do programa e que cada um trabalhasse apenas de segunda a sexta-feira, teríamos uma média de 260 dias de trabalho em um ano. Ou seja, 520 dias em 2 anos.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Se multiplicarmos 520 dias pela quantidade de médicos, teríamos cerca de 7,28 milhões de dias trabalhados.

Para saber quantos pacientes são atendidos por dia, basta dividir as pessoas atendidas pelos dias trabalhados. Teremos então 8,65 pessoas atendidas por dia e não uma a cada 9 segundos, como é afirmado no texto!

mais_medicos-contas

Se cada médico trabalhasse apenas 4 horas por dia, seriam 1.600 pacientes atendidos por cada médico e um total de 2,24 milhões de pacientes atendidos em apenas um dia. Se cada um atendesse 1 paciente a cada 9 segundos como o texto afirma, em apenas 28 horas de trabalho seriam atendidas todas as 63 milhoes de pessoas!

A verdade é que o Governo inflou os números do Programa Mais Médicos, mostrando erroneamente que atendeu 63 milhões de pessoas quando, na verdade, foram 63 milhões de consultas e – do outro lado – quem inventou esse texto errou nas contas, propositalmente ou não, para insinuar que o programa do Governo estaria atendendo “pacientes fantasmas”.

Outras formas de se fazer essa conta (com outros exemplos, inclusive) podem ser vistas e analisadas juntamente com os atentos membros do nosso grupo no Facebook!

Origem

Centenas de blogs e sites copiaram esse mesmo texto citaram como fonte o Jornal do  o site do Diário do Poder, já conhecido aqui do E-farsas por publicar notícias que acabamos provando serem falsas.

O colunista do Diário do Poder, Cláudio Humberto, é conhecido por sua posição contrária ao Governo e foi o mesmo jornalista que publicou a notícia falsa afirmando que Dilma Rousseff já estaria com uma carta de renúncia pronta. Ele também foi o mesmo profissional que noticiou uma tentativa de suicídio da presidente (que nunca ocorreu).

Conclusão

O texto de Humberto sobre essa conta mal feita e os números inflados do Governo são mostras de que não devemos confiar em tudo o que vemos na web e/ou que lemos nos jornais. É bom sempre questionarmos tudo para não cair nessas pegadinhas da mídia!

Continue lendo
28 Comentários

28 Comments

  1. henrique

    25 de agosto de 2015 em 21:57

    Eu acredito que houve um mal entendimento dos números.
    No meu entendimento quando se fala que o programa atendeu, não se diz respeito a consultas prestadas e sim a população em modo geral.
    Exemplo um hospital com 200 leitos deve atender uma comunidade de 50 mil pessoas, mas não necessariamente estes 50 mil foram atendidos e sim beneficiados pelo empreendimento.
    Então neste numero o ministério da saúde deve incluir as populações que foram beneficiadas com o programa.

    • Cesar da Silva

      26 de agosto de 2015 em 18:39

      Acredito que seja isso mesmo.

    • Caio Mendes

      21 de outubro de 2015 em 4:59

      Com certeza é isso.
      Mas como o povo é ignorante, incluindo o responsável pela matéria supra, não conseguem entender…

  2. Marques

    25 de agosto de 2015 em 23:39

    Esse nosso governo da nojo. Encontram qualquer forma de manipular, até o número de consultas. Lamentável.

    • Lannart

      26 de agosto de 2015 em 10:40

      Só o governo que te dá nojo? O “jornalista” mentir mais do que o governo não te dá nojo?

  3. Marcus Vinicius

    26 de agosto de 2015 em 0:41

    A conta dele foi a seguinte: 131.250 atendimentos/dia, que dividido por 14 mil médicos, dá 9,375 (menos de 10), só que ele interpretou o ponto decimal como ponto separador de milhar.

    • Gilmar Lopes

      26 de agosto de 2015 em 9:07

      A questão é: Será que foi de propósito?

  4. Daniel

    26 de agosto de 2015 em 5:05

    Olá Gilmar, tudo bem?

    Os 2 lados mentem, mas curiosamente é bem difícil, senão raro, ver uma farsa anti-governo aqui no e-farsas….curioso….

    Independente de sua opinião política, eu acho que aqui mais do que QUALQUER OUTRO MEIO DE COMUNICAÇÃO deveria ser imparcial…

    Bem, se me permitir dar uma ideia, a foto abaixo estava sendo vinculada no facebook como sendo da avenida paulista durante o último protesto pró-governo, quando na verdade esse pessoal todo era de um protesto pró-governo de Caracas na Venezuala…

    http://albaciudad.org/wp/wp-content/uploads/2012/10/001_ar_1766_1349392483.jpg

    • Gilmar Lopes

      26 de agosto de 2015 em 9:09

      A ideia do E-farsas nunca foi ser pró ou contra o Governo. Apenas gostamos de esclarecer os fatos e, como a maioria dos boatos é contra o Governo, vamos correndo atrás. Mas isso não significa que somos a favor (ou contra) o Governo. Somos contra a desinformação!

      • Daniel Gimemes

        28 de agosto de 2015 em 3:57

        Entendi Gilmar…mas é que eu como visitante assíduo do e-farsas(comento pouco, mas vejo 3x semana) vejo muitos boatos pró governo e ninguém questiona. Ao amigo Victor Hugo, quer ver boatos pró PT? Entra na pagina deles, não sou aquele direita extremista chato como é comum por aí(nem direita sou), mas puta que pariu, a pagina do PT não tem escrúpulos…

        Grande abraço Gilmar.

      • Jose

        30 de agosto de 2015 em 18:14

        Er… Errado. A maioria dos boatos é FEITA PELO governo.

        Que tal algumas matérias sobre os absurdos cálculos feministas sobre estupros, abortos e violência doméstica, tão fáceis de serem desmascaradas por matemática bem mais elementar do que a apresentada aí? Elas são publicadas AOS MONTES pela imprensa.

        Mas aí o medo da rage e a estrelinha no peito doem, não…?

    • Victor Hugo

      26 de agosto de 2015 em 16:04

      É simples, o Gilmar não tem como falar que uma pesquisa do Ibope é falsa, é muito difícil provar isso, e seria uma bela briga comprada!

      E é raro achar na internet boatos favorecendo o PT.

    • Renan

      30 de agosto de 2015 em 21:48

      Engraçado que não vejo o E-Farsas contraditando os dados do Datafolha acerca das manifestações e outros do governo.
      Vou parar de seguir esse site e recomendar a todo que conheço fazerem o mesmo. Quem sabe caindo no ostracismo, caiam na real.

      • Gilmar Lopes

        30 de agosto de 2015 em 22:03

        Obrigado pelo contato! Sentiremos saudades!

  5. LUIZ MOURA

    26 de agosto de 2015 em 9:18

    Quem garante que os dados do Ministério da Saúde não estão manipulados, mesmo se tratando de consultas?

    • Lannart

      26 de agosto de 2015 em 10:42

      Quem garante que os dados informados pelos jornalistas não estão manipulados?

  6. JESSÉ

    26 de agosto de 2015 em 12:58

    Fiz as contas e realmente o número de 63 milhões de consultas é um valor bem possível de ser atendido e com folga.

    Digamos que cada Médico atendesse 10 pessoas por dia ( valor perfeitamente possível, atualmente a média de atendimento diário por médico é bem maior que essa ).

    de 22/8/2013 á 22/8/2015 (dois anos), temos aprox. 545 dias úteis de trabalho.

    10 x 545 = 5.450 atendimentos teoricamente realizados no período de dois anos que cada médico faria.

    14.000 médico x 5.450 atendimentos p/ médico = 76,3 Milhões de atendimentos.

    76,3 milhões seria um valor teórico usando um padrão de atendimento de 10 pessoas por dia para cada médico.

    Ou seja, 63 Milhões de atendimentos é um valor perfeitamente possível e razoável.

    • Gilmar Lopes

      26 de agosto de 2015 em 14:09

      Sim! Um número aceitável.
      O que não tava batendo era o resultado de um paciente a cada 9 segundos, conforme noticiado pelo Diário do Poder!

  7. Doug

    26 de agosto de 2015 em 14:50

  8. Ricardo

    26 de agosto de 2015 em 20:21

    Companheiro, ele apenas errou uma divisao. Ao fazer 131250÷14000 ele encontrou 9375 e não 9,375. Simples assim.

    • JESSÉ

      27 de agosto de 2015 em 12:31

      Então o resultado dele seria de 9375 segundos por paciente?

      Ou seja: 1 paciente atendido a cada 2,6041 horas, aproximadamente 2:36 hs de atendimento p/ paciente.

      Acho que um médico atende bem mais que 1 paciente a cada 2:36 , principalmente no Brasil onde a consulta dura 5 minuto com o diagnóstico de Virose. KKKKKKKKK

      • Cesar da Silva

        28 de agosto de 2015 em 8:38

        Tu frequentas hospitais, Jessé?
        Pede pra Deus te curar, ele faz um milagre em menos de cinco segundos e cura até virose.

        • JESSÉ

          28 de agosto de 2015 em 12:22

          A ironia (do grego antigo εἰρωνεία, transl. eironēia, ‘dissimulação’) é uma forma de expressão literária ou uma figura de retórica que consiste em dizer o contrário daquilo que se pensa, deixando entender uma distância intencional entre aquilo que dizemos e aquilo que realmente pensamos. Na Literatura, a ironia é a arte de zombar de alguém ou de alguma coisa, com um ponto de vista a obter uma reação do leitor, ouvinte ou interlocutor.

          Ela pode ser utilizada, entre outras formas, com o objetivo de denunciar, de criticar ou de censurar algo. Para tal, o locutor descreve a realidade com termos aparentemente valorizantes, mas com a finalidade de desvalorizar. A ironia convida o leitor ou o ouvinte, a ser activo durante a leitura, para refletir sobre o tema e escolher uma determinada posição.

          https://pt.wikipedia.org/wiki/Ironia

      • Genilson da Silva

        28 de agosto de 2015 em 13:09

        A conta dá 9,375 atendimentos por dia. Se o dia tem 4 horas, seria mais de 2 pacientes atendidos por hora! Ninguém falou em 9375 segundos!

        • JESSÉ

          31 de agosto de 2015 em 12:30

          Verdade vc está certo. A conta resultante seria de 9,375 atendimentos por dia para cada médico.

          que também é um valor seguramente possível um médico atender até mais do que 10 pacientes por dia.

          Obrigado pela correção amigo.

  9. Lucho

    29 de agosto de 2015 em 20:22

    Matemática, essa marginalizada.

  10. dudu

    2 de setembro de 2015 em 9:28

    Mais uma vez o e-farsas toma as dores do governo de-farsas… simbiose??

  11. dudu

    2 de setembro de 2015 em 9:28

    e pra quem não sabe, Humberto era amigo pessoal e membro do governo Collor, base aliada do PT…

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo