Jovem tem os olhos arrancados em ritual religioso!

Share Button

É verdade que uma jovem de 16 anos teve os dois olhos arrancados durante um ritual religioso, após ser estuprada por vários homens?

A notícia apareceu na internet no dia 21 de agosto de 2015 e conta a história de uma jovem de 16 anos, cuja identidade não revelada, que teria ficado cega após a sua irmã mais velha lhe arrancar os dois olhos em um ritual religioso.

A reportagem espalhada pelas redes sociais ainda afirma que a moça sofreu abuso sexual por parte de vários homens que também participavam da cerimônia em sua casa, na Argentina.

Será que essa história é real?

Jovem teria perdido os olhos em ritual religioso! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Jovem teria perdido os olhos em ritual religioso! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

No dia 19 de agosto de 2015, o jornal argentino Norte de Corrientes publicou a triste história de Yanina Anabel Juárez, de 23 anos de idade, que teve os seus dois olhos arrancados pela irmã mais nova (de 18 anos) durante uma cerimônia religiosa em sua casa em General Pinedo (Argentina). 

De acordo com jornais locais, o fato ocorreu um dia antes, na casa da vítima, onde uma cerimônia feita com orações, canções, imposição das mãos e atos de exorcismo para remover o mal do corpo de Anabel foi realizada.

A polícia, ao revistar a casa da vítima, notou que havia cadeiras da sala de estar dispostas em semicírculo e uma bíblia ensanguentada. Segundo relatos, os participantes teriam tentado limpar o lugar como um balde de água que já apresentava uma cor avermelhada.

Em depoimento à polícia, a irmã mais nova de Yanina disse que ouviu vozes ordenando que ela deveria furar os olhos de Yanina e que outros olhos nasceriam novamente!

No hospital, o legista disse que é muito difícil para alguém retirar os olhos de outra pessoa de uma só vez, usando apenas as mãos e que, com certeza, foram usadas ferramentas pontiagudas para isso. No entanto, na ocasião, os peritos não haviam encontrado nenhum objeto que pudesse ter sido usado na extração dos olhos e os globos oculares só foram encontrados dias depois.

“O que encontramos foi uma Bíblia com sangue e uma toalha de banho com vestígios de tecidos oculares e sangue”, disse o comissário de polícia ao jornal local!

“Ela estava possuída”, disse a família

Em depoimento ao Ministério Público, o pai da menina disse que sua filha estava “possuída por um demônio ou um ser que só ela podia ver.” e que a família procurou a ajuda de pastores de uma igreja próxima, onde fizeram orações para a garota. A partir daí, Yanina saiu por conta própria, afirmou seu pai, mas o fato é que a família toda participou da cerimônia em sua casa.

No hospital

A vítima foi levada para o Hospital Perrando onde passou por cirurgias de emergência e, em entrevista aos jornais locais, a Dra. Mariel Crespo – diretora do Hospital – esclareceu que a moça passa bem e que o seu estado clínico é estável. Quanto aos supostos abusos sexuais que moça teria sofrido, a doutora explica que a vítima tem ferimentos na virilha e área genital, mas que o fato ainda está sendo investigado.

A foto da moça sem os olhos pode ser vista aqui, mas já avisamos que é uma imagem bastante forte!

Segundo o jornal Diario de La República, em uma matéria do dia 22 de agosto de 2015, a Dra. Mariel afirmou que ninguém da família (os que não estão presos, é claro) foi visitar Yamina até o momento. O jornal também afirma que toda a família da vítima está na cadeia e que sua irmã está sendo indiciada como a responsável pela remoção dos olhos.      

Conclusão

Uma moça perdeu os dois olhos durante uma cerimônia religiosa realizada na casa da vítima. As investigações ainda não determinaram quais foram os tipos de abusos sexuais que ela sofreu. Apesar dos ferimentos, a garota passa bem e terá acompanhamento psiquiátrico. Ah! Ao contrário do que as vozes disseram à sua irmã, os olhos de Yanina Anabel Juárez NÃO nascerão novamente!

Share Button
Crimes, Saúde, Verdadeiro
, , , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

49 comentários

    • JESSÉ

      Isso não tem nada haver com cristianismo meu amigo, só pq tinha uma bíblia no local do crime? Pode procurar na bíblia se tem algum lugar que fala pra arrancar os olhos dos outros.

      Com relação a castigos, como o apedrejamento, realmente tem na bíblia, mas eram punições realizadas no antigo testamente, ou seja, antes de Jesus Cristo.

      Como vc se refere a cristianismo, então tens de se basear no novo testamento, e se vc procurar não existe nenhuma ordenança de castigo físico por parte de Jesus Cristo. Pelo contrário, Leia Mateus 5:38-48

      E com relação a expulsão de demônios, o que Jesus ensina é realizar ações de Jejum e Orações. Veja Mateus 17:21

      Então corrigindo seu comentário vc deveria de dizer “Coisa de gente desequilibrada e sem humanidade”

        • Observador Perspicaz

          Acho ateístas e seus asseclas contraditórios em suas colocações. Afirmam que a Bíblia não deve ser tomada ao “pé da letra” (literalmente) e acusam muitos religiosos de a interpretarem assim. Porém, quando é conveniente para eles, acabam por fazer o mesmo. O texto citado por você é uma hipérbole. Jesus usou muito essa figura de linguagem para acentuar determinado ensino ou para ilustrar a “impossibilidade” de algo. Para exemplificar: Mateus 5:18 (“antes passariam céu e terra”), Mateus 7:1-3 (“argueiro no olho”, contrastado com uma “trave, ou tora” no olho de quem prejulga outrem), Mateus 19:24 (“camelo passar no orifício de uma agulha”), Mateus 23:24 (“coam mosquito, mas engolem camelo”), Lucas 12:47, 48 (“golpes” recebidos por escravos proporcionais às suas realizações), dentre outros. Portanto, por se tratar de uma figura de linguagem, não há literalidade nenhuma na referência bíblica citada por você. Um conselho: Aprende a contextualizar as Escrituras e pare de forçar interpretação para que esta se adapte às suas opiniões pessoais. Não seja tão fundamentalista como muitos religiosos são. Abraço.

        • wagner melo das silva

          Pelo jeito, você é um analfabeto funcional. kkkkk
          Quando foi dito isso, não foi ao “pé da letra”. É uma hipérbole.
          Outro erro seu é que nesse texto, está escrito: ” se o TEU olho TE escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de TI”. Essa hipérbole está dizendo para A PRÓPRIA PESSOA ARRANCAR, E NÃO OS OUTROS ARRANCAREM!
          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          Cara, você é muito burro! #CalaBocaAteu

      • Cesar da Silva

        Obrigado por demonstrar seu amor cristão, Admilton. Responda-me: foi a “voz de Deus” na sua cabeça que te mandou digitar esse comentário ou fizeste isso por conta própria?

  1. o nome do feitico e O OLHO Q TUDO VE ou tambem ; SANTALUZIA e foi feito antes em sao paulo pelo mesmo grupo podem dizer pra policia procurar atravez da interpol tanto a JIHAD-brazil quanto o GSN eo proposito do feitico e enxergar coisas a distancia sem estar no local , tipo assim , ver o escondidinho do mercado d açoes ou d açoes d exercitos inimigos em guerras, eo fato dos iludidos terem dito q ; OS OLHOS CRESCERIAM D NOVO LOGO EM SEGUIDA se deve aos truques d cinema q sao usados para convencer os iludidos d q o feiticeiro teria poderes paranormais tipo assim , e normal eles usarem atores e jogos d luzes pra simularem o milagre fajuto , sendo em alguns casos , os mesmos tecnicos q fabricam milagres nas maiores igrejas do brasil mesmo , peguem agora as filmages d clientes comprando em lojas d magicos e em lojas d efeitos especiais fisicamente mais proximas e cruzem com as d saopaulo na epoca do crime d SANTALUZIA , e bem provavel q peguem os autores, e bem dificil eu ter tempo d vir a internet , mas se quiserem fazer alguma pergunta q eu possa responder podem remeter ao mau e-mail

  2. Henri

    Só por causa de uma bíblia? A família inteira era cristã, ele procuraram uma igreja cristã e pastores cristaos pra ” expulsar demônios ” que adivinhe? O próprio Cristo o mandou fazer(marcos 16:17) e se tivessem levado a menina a medicina como fizeram agora, a idiota da irmã não teria sofrido alucinações e não teria arrancado os olhos de sua parente, então sim o cristianismo e culpado, e suas desculpinhas só funcionam entre vocês!

    • JESSÉ

      Marcos 16:17 não está falando pra arrancar olho nenhum. E essa parte não esta falando que todos terão poderes de expulsar demônios em nome de Cristo. Veja o que está escrito em Mateus 7:22-23.

      “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
      E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.”
      Mateus 7:22,23

      Ou seja, nem todos que se dizem cristãos, nem todos que se dizem pastores e nem todos que se dizem igreja de cristo realmente são.

      O que aconteceu com essa menina não tem nada haver com cristianismo mas sim tem haver com gente desequilibrada.

      Não vou ficar aqui transcrevendo a Bíblia pra vc, querido te aconselho a ler a Bíblia por si mesmo, pois a Bíblia mesmo menciona que nos últimos tempos apareceriam falsos crentes, falsos pastores, falsos profetas, e até um falso messias irá aparecer. Todos se dizendo em nome de Jesus. Todos praticando um falso cristianismo.

      E a bíblia pode ser usada para o Bem e para o Mau. Depende do seu coração. Antigamente os Fariseus utilizavam a Bíblia (Antigo testamento) de forma errada, praticando maldades em nome de Deus. Leia os encontros de Jesus com os Fariseus e os Sacerdotes Judáicos.

      Até mesmo satanás utilizou a Bíblia para tentar contra a vida de Jesus. Leia o encontro de satanás com Jesus no Deserto.

      Boa leitura pra vc meu amigo. Queres entender Cristo e Cristianismo, começe lendo os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas, João.

  3. Cesar da Silva

    Obrigado por demonstrar seu amor cristão, Admilton. Responda-me: foi a “voz de Deus” na sua cabeça que te mandou digitar esse comentário ou fizeste isso por conta própria?

    • Gilmar Lopes
      Author

      Pelo que averiguei na primeiras reportagens (dos jornais locais) diziam que a família é evangélica e a cerimônia feita na casa não tinha nada de satânica!

      • Leandro

        No link da foto fiz satanista.
        Mas queria saber que igreja tem instrumentos para arrancar olhos. Afinal, como foi citado, arrancar olhos com as mãos é algo muito dificil.

        • Gilmar Lopes
          Author

          O objetivo do artigo nem era o debate se quem fez isso foram evangélicos ou satanistas.
          Aliás, tanto os evangélicos quanto os satanistas são religiosos (para um lado ou para o outro) e pra moça que ficou cega, isso é o de menos, né?
          Procurei ao máximo não julgar quem fez essa barbaridade, mas é quase certeza que essas pessoas possuem problemas mentais que precisam ser tratados rapidamente!

          • Leandro

            Com certeza.
            Pra infelicidade dessa moça, muitos agem de forma bizarra em nome de uma religiosidade equivocada.
            Mas o pior foi a parte de ter os olhos arrancados, é muito estranho terem feito isso sem deixar marcas de amarras por exemplo.
            Pretende acompanhar o caso Gilmar?

          • Cesar da Silva

            Gilmar, estás dizendo que quem ouve a voz de Deus tem problemas mentais? Não diga isso, quando vc ouvir a voz de Deus, mudará de opinião (ironia).

            Neste momento lembrei de um caso que ocorreu aqui perto: uma garota ouviu a voz de Deus. A voz a mandou por fogo na casa onde ela morava com os pais e a irmã. ela obedeceu a voz de Deus e incendiou a casa. Ninguém se feriu. O pior de tudo é que médicos incrédulos disseram que a garota é esquizofrênica e oferece risco à própria família. QUE ABSURDO!!! Agarota tem o dom de ouvir a voz de Deus e é chamada de louca.

      • Leandro

        Fui ler os jornais locais e sim dizem que foram curandeiros e que foi um suposto ritual satanico. Confere nos links que vc postou, inclusive o da foto.

  4. JESSÉ

    Vamos entender a Lógica.

    A família se dizia “Evangélica”, fizeram um ritual “Religioso”, tinha uma “Bíblia” no ritual, arrancaram os olhos da menina a mando de “Deus”. Conclusão provável, o cristianismo não é bom a culpa é de Jesus e todos os Cristão não prestam.

    então…

    Se um ateu arrancar os olhos de uma pessoa, e no local do crime tiver um livro de Charles Darwin, poderemos concluir que o ateísmo não é bom, que a culpa é de Darwin e que todos os Ateus não prestam.

    Se um monge arrancar os olhos de uma pessoa, e no local do crime tiver um livro do Dalai Lama, poderemos concluir que o Budismo não é bom,que a culpa é do Buda e que todos os budistas não prestam.

    Se uma pessoa que crê nas teorias conspiratórias arrancar os olhos de alguém e na cena do crime tiver um livro “Eram os deuses astronautas?”, podemos concluir que Erich von Daniken é uma pessoa ruim e que os alienígenas do passado não prestam.

    resumindo: Qualquer um pode se intitular pastor evangélico, carregar o livro embaixo do braço e fazer um monte de merda por ai em nome de Cristo. ( A história ta cheio de exemplos assim, tando no cristianismo, como no islamismo, como no comunismo, e outros tantos ismos por ai, até mesmo em nome do ateísmo encontraremos fatos históricos assustadores)

    O que o Gilmar relatou é tudo verdade, realmente o fato aconteceu com uma família “Evangélica” em um ritual “Religioso” e nesse ritual foi utilizado uma “Bíblia”.

    Mas dizer que o cristianismo é ruim por causa de alguns desajustados sem noção já é demais.

    • Observador Perspicaz

      O erro de ateístas é partirem de pressupostos equivocados. Examinam a validade da Bíblia partindo de crenças religiosas (um pressuposto falho que leva à uma conclusão falsa). O mesmo pressuposto é usado para avaliar o Cristianismo primitivo (o Cristianismo bíblico). E assim sucessivamente. O paradoxo nisso tudo é que a maioria, se não todos, nunca examinaram o “livro” que se encontra em julgamento. Estão sempre se “apoiando” em respostas prontas encontradas na Internet por meio de “cartilhas ateístas” (o irônico é que mesmo ateístas possuem suas “Escrituras Sagradas”). Em outras palavras, permitem que outros pensem por eles (acusação que eles mesmos levantam contra religiosos em geral). E ainda se acham mais inteligentes que pessoas que endossam alguma crença religiosa (como se inteligência fosse medida pelo que você crer ou não). Achei interessante essa matéria aqui http://www.jornalopcao.com.br/colunas-e-blogs/imprensa/brasil-se-tornou-um-pais-de-fanaticos-na-religiao-na-politica-no-futebol-em-tudo-41916/ Concordo que muitos ateus são tão fanáticos quanto muitos religiosos. Portanto, ateístas que travam uma verdadeira “cruzada” na Internet, ou por outros meios, não têm moral de falar de religiosos fanáticos.

        • Observador Perspicaz

          Não afirmei que você é ateísta. Apenas citei o ateísmo relacionado com a sua resposta, pois esta reflete “discursos” ateístas. Mas se a carapuça lhe serviu, paciência. Pouco me importa aquilo que você acredita ou não. Abraço.

          • Cesar da Silva

            O que está escrito na Bíblia não faz diferença, pois cada indivíduo a inyerpreta de uma forma particular. Realmente importante é o que cristãos fazem “em nome de Deus” como arrancar os olhos de uma garota, por exemplo.

          • William S D Borba

            Tu classificaste-me como tal mais acima, na resposta que dei ao comentarista Jessé.
            Eis a parte inicial de vosso texto:

            “Acho ateístas e seus asseclas contraditórios em suas colocações. Afirmam que a Bíblia não deve ser tomada ao “pé da letra” (literalmente) e acusam muitos religiosos de a interpretarem assim. Porém, quando é conveniente para eles, acabam por fazer o mesmo. O texto citado por você é uma hipérbole.”

            Refresco-lhe a memória, pois parece-me que a tens um tanto quanto paralisada.

          • Observador Perspicaz

            William S D Borba você precisa de um dicionário urgentemente. Não disse apenas ateístas, mas também seus asseclas. Poderia ser um simpatizante ou algo do tipo. Como seu comentário reflete conceitos ateístas, aproveitei a oportunidade para mostrar o quanto são incoerentes.

            Quanto ao nosso amiguinho Cesar da Silva, o mero “professar” ser “cristão” não o torna tal. Se existem várias denominações que professam ser “cristãs” e cada uma faz uma interpretação particular do mesmo “livro”, não podemos deduzir precipitadamente que o problema está no “livro”. Como mencionei em um comentário abaixo, avaliar o “livro” tendo como pressuposto crenças e conduta religiosas é um argumento falho que leva à uma conclusão falsa. Ateístas (não estou afirmando que você o seja, apenas afirmando que tais “argumentos” são usados por ateístas em geral) usam pressupostos falhos e não examinam o “livro” que tanto criticam. Permitem que outros pensem por eles.

  5. Cesar da Silva

    O que está escrito na Bíblia não faz diferença, pois cada indivíduo a inyerpreta de uma forma particular. Realmente importante é o que cristãos fazem “em nome de Deus” como arrancar os olhos de uma garota, por exemplo.

    • Observador Perspicaz

      Estranho generalizar com base em um fato isolado. Se todos que afirmassem ser cristãos saíssem por ai arrancando os olhos das pessoas, poderia concluir que “arrancar olhos” seja uma prática cristã. Mas isso procede?

    • JESSÉ

      Você tocou em um ponto importante agora, realmente não importa que livro foi utilizado e o que estava escrito no livro.

      Todos, absolutamente todos são responsáveis por seus atos, independentemente de qualquer crença, ou leitura de livros.

      Se alguém ver um muro pichado na rua escrito “Mate seu chefe” , e essa pessoa cometer esse crime.
      – A culpa é de quem construiu o muro?
      – A culpa é de quem fabricou a lata de spray?
      – A culpa é de quem pichou o muro com essa frase?
      – A culpa é de quem cometeu o homicídio?

      Mesmo que a Bíblia realmente ensinasse a arrancar os olhos das pessoas, a culpa do crime cometido será sempre da pessoa que cometeu.

      Se alguém que gosta de jogar games violentos de guerra, e num belo dia resolver comprar uma arma e sair atirando nas pessoas na rua, o responsável pelos assassinatos não é o jogo, nem quem produziu o jogo nem de quem vendeu o jogo, mas sim do desequilibrado que usou o game como pretexto para agir dessa forma.

      Fica a DICA, todos são responsáveis por seus atos independente de qualquer livro que leia.

      • Cesar da Silva

        Concordo que cada um é responsável por suas atitudes (exceto crianças e alguns doentes mentais), porém quem influencia as atitudes também é responsável. Jornalistas, marqueteiros, professores, líderes religiosos e outros ídolos ou formadores de opinião estão sempre convencendo seus espectadores/alunos/fiéis a fazerem o que eles (os formadores de opinião) querem.
        Devemos ter consciência de que todos somos influenciados pelo que está à nossa, alguns menos, outros mais, muito mais. Alguns são tão influenciáveis que até uma pichação num muro os convenceria de cometer um homicídio.

  6. Cesar da Silva

    Concordo que cada um é responsável por suas atitudes (exceto crianças e alguns doentes mentais), porém quem influencia as atitudes também é responsável. Jornalistas, marqueteiros, professores, líderes religiosos e outros ídolos ou formadores de opinião estão sempre convencendo seus espectadores/alunos/fiéis a fazerem o que eles (os formadores de opinião) querem.
    Devemos ter consciência de que todos somos influenciados pelo que está à nossa, alguns menos, outros mais, muito mais. Alguns são tão influenciáveis que até uma pichação num muro os convenceria de cometer um homicídio.

  7. elu

    Qualquer que seja a religião, Deus prega o amor e o respeito. O que vejo nestes comentários é ódio e desrespeito. As pessoas focam em um ponto e esquecem de olhar o todo. O que leva o fanatismo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *