Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Um Santíssimo Sacramento ficou intacto após mar de lama em Mariana?

Acidentes

Um Santíssimo Sacramento ficou intacto após mar de lama em Mariana?

Será verdade que um véu ficou intacto após a inundação ocorrida na cidade mineira de Mariana, causada pelo rompimento de uma barragem? Milagre?

No dia 05 de novembro de 2015, uma tragédia assolou a cidade mineira de Mariana. O rompimento de uma barragem de rejeitos da mineração da empresa Samarco encheu de lama a cidade, deixando uma dezena de mortes e outra centena de pessoas desabrigadas.

No entanto, um detalhe chamou a atenção de muitas pessoas na web: Um artefato de uma capela da comunidade de Paracatu – que também ficou envolta no mar de lama – teria sido protegido por algo que a ciência não teria como explicar! O véu do Santíssimo Sacramento teria permanecido intacto!

De acordo com o texto que passou a ser compartilhado no Facebook e espalhado através do WhatsApp, nem sequer o véu que cobria a âmbula havia sido maculado.

Junto com o texto, uma foto mostra a capela e um objeto coberto com um pano branco, provando que o milagre teria mesmo ocorrido!

Seria esse um milagre divino?

Será que essa notícia é real?

Imagem compartilhada no Facebook e no WhatsApp mostra o milagre! Será verdade? (Foto: Reprodução/Facebook)

Imagem compartilhada no Facebook e no WhatsApp mostra o milagre! Será verdade? (Foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Essa história surgiu em páginas católicas do Facebook, como a Catecismo Brasil, no dia 16 de novembro de 2015 e se espalhou pela rede social, indo parar no Twitter e no WhatsApp com uma incrível velocidade!

No entanto, apesar de termos uma foto que provaria a ocorrência do milagre, trata-se de mais um boato inventado e compartilhado por pessoas que sequer se deram o trabalho de pesquisar antes.

Como podemos ver em uma rápida busca no Google, essa notícia somente aparece em sites e blogs religiosos. Nenhum jornal publicou alguma coisa a respeito! Certamente, uma história dessas seria destaque na TV Globo, por exemplo, que tem uma tradição católica em sua programação…

É estranho que grandes portais, como o UOL, por exemplo, que noticiou a respeito de 4 igrejas que foram destruídas pelo mar de lama em Mariana (incluindo a capela de Paracatu) não ter mencionado o suposto milagre. Será que é porque ele (o tal milagre) não aconteceu?

A reportagem feita pela agência de notícias alemã Deutsche Welle também fala sobre essa tragédia e menciona a capela de Piracatu. De acordo com a Deutsche Welle, a capela foi completamente inundada e a lama de dejetos não poupou nenhum santinho sequer!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Capela foi completamente destruída pela inundação! (Reprodução/DW)

Capela foi completamente destruída pela inundação! (Reprodução/DW)

A âmbula e o véu

O véu branco que aparece na montagem das fotos, foi “emprestada” de algum site que vende artigos para celebração de missas católicas. A Clero Brasil, por exemplo, usa essa mesma foto em seu catálogo, mas uma busca no Google Images mostra que essa foto é padrão em várias outras lojas do ramo como a CR2 Paramentos e a Loja Herb.

Essa imagem do véu para Âmbula que foi usada para forjar a ocorrência do milagre pode ser vista em publicações de 2012 em vários blogs religiosos!  

Imagem circula pela web desde, pelo menos, 2012!

Imagem circula pela web desde, pelo menos, 2012!

É estranho também observar que se essa história fosse mesmo verdade, esse seria um tipo de milagre bem mesquinho, pois como e por que um ser divino teria a coragem de deixar uma dezena de pessoas perderem a vida (além de fazer com que centenas fiquem desabrigadas e outra dezena desaparecida) apenas para “salvar” um objeto de uma igreja?

Que ser divino é esse que prefere salvar um objeto tido como sagrado ao invés de salvar vidas?

Desabafo do E-farsas

A função do E-farsas não é e nunca foi a de debater religião, mas não podemos deixar de mencionar aqui que é triste (pelo menos, para nós) saber que algumas pessoas vivem de inventar mentiras sem pé nem cabeça para tentar conseguir mais adeptos para a sua fé. A religião não é ruim, mas muitas das pessoas que estão metidas nela são, sim, muito ruins!

Como alguém cria uma bobeira dessas para mostrar “o poder de Deus” e, é claro, para conseguir mais curtidas em suas fanpages (algumas postagens feitas no Facebook sobre esse falso milagre alcançaram mais de 200 mil compartilhamentos) e não imagina que você pode fazer uma simples busca no Google para descobrir que tudo não passa de farsa?

Templo Evangélico também foi “salvo”?

Da mesma forma que a notícia da igreja católica se espalhou, membros de outras religiões resolveram puxar Deus para o seu lado. No dia seguinte à tragédia de Mariana, a foto abaixo começou a circular. O texto que a acompanha afirma que o templo de uma igreja evangélica havia sido poupada. Tudo muito bonito, não fosse o detalhe que o imóvel onde funciona a igreja fica em um nível mais alto que a rua e, além disso, que o mesmo Deus salvou também todas as outras casas próximas dali:

tragedia

Conclusão

A história do Santíssimo Sacramento que teria sido salvo por um milagre em Minas Gerais é falsa! Alguém que estava com tempo sobrando resolveu fazer uma fotomontagem para enganar as pessoas com um assunto que estava na moda na internet!   

Continue lendo
25 Comentários

25 Comments

  1. Guilherme

    19 de novembro de 2015 em 21:34

    Religiosos crendo em bobagens para alimentar a falsa ideia de que um ser metafísico existe e que resolveu não sujar o “Santíssimo Sacramento” de lama, mas não se importou em sujar de lama todo o resto do município de Mariana. Nada de novo por aqui.

    • Thunderlord

      7 de dezembro de 2015 em 12:33

      Concordo com você e com o desabafo, tem muita gente ruim nas religiões!

  2. Carlos

    20 de novembro de 2015 em 9:38

    Sempre que acontece uma tragédia aparece um monte de católicos procurando imagens que se salvaram da destruicão. claro que o ser humano tem uma mente seletiva. 500 imagens são destruídas e só vão se ater a uma que escapou. e também não percebem um monte de outros objetos que se salvaram e não tem cunho religioso. sigam o q prega o Padre Fábio de Melo.: amadureçam a sua fé. chega dessa fé de medalhinha. que Deus é esse que salva um pedaço de pano ou gesso e deixa morrerem um monte se pessoas. aqui na região serrana onde moro, morreram mais de 1200 pessoas numa tragédia climática e ficaram maravilhados que uma imagem de uma santa ficou intacta. aonde que tem na biblia que Deus salva imagens e esquece dos humanos?

    • JESSÉ

      20 de novembro de 2015 em 11:51

      NÃO fareis para vós ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura, nem estátua, nem poreis pedra figurada na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o SENHOR vosso Deus. (Levíticos 26:1) – 1º dos Dez Mandamentos

  3. JESSÉ

    20 de novembro de 2015 em 11:39

    Gostei do seu desabafo Gilmar. Ta faltando um botão de like nos comentários para clicar hehehehe.

    E com relação aos que preferem crer em mentiras, por mais santas, milagrosas e aparentemente boas notícias devemos nos lembrar de quem é o pai da mentira.

    É sempre preferível uma dura verdade do que uma linda mentira.

    Paz a todos queridos

  4. Canopus

    20 de novembro de 2015 em 13:50

    Antigamente os fieis quando de uma catástrofe, sempre elegiam um ser humano salvo graças a um “milagre”. Hoje, parece que Deus anda preferindo mostrar sua grandiosidade em milagres supérfluos como salvar paninho…
    Mas nem me espanta pois moro em uma cidade na qual o padre “tira” demônios(sim, no plural) de seus fieis. Sempre digo que a cidade adentrou a Idade Média e não vejo grandes perspectivas de avançar para a Idade Moderna tão cedo 😀

  5. Fernando José Lira Lieuthier

    20 de novembro de 2015 em 16:22

    A dureza do coração dos homens, principalmente dos céticos, daqueles que não acreditam que nem sequer são dotados de alma e espíritos, infelizmente são uma força extremamente perigosa que tem levado o mundo a tantas maldades e destruições. O ser ou não ser verdade se o cálice sagrado com o corpo de CRISTO, não foi atingido pela torrente de lama, é algo de tamanha importância, pois põe em check a confiança da criatura em relação ao seu criador. O DIVINO a que se refere um dos comentários anteriores, nada mais é do que Deus, Aquele do qual tudo veio, É muito importante sabermos que, se O DIVINO assim o quisesse, mil vidas seriam ceifadas, a enxurrada de lama tudo destruiria, porém intacto ficaria o cálice sagrado com o corpo e sangue Santo de Jesus Cristo. A destruição não é e nem tampouco estar nas mãos de Deus, a destruição estar e advém das mãos do homem. Os homens, a humanidade por excelência precisa ser mais cristã, precisa ser mais orante, precisa se curva mais diante de Deus, e Nele crer, pois Ele tudo pode e a Ele tudo pertence. Vamos sermos mais sensíveis de coração, para que possamos mudar o mundo, vamos construir uma Igreja a serviço de uma SOCIEDADE DE PAZ. O ser ou não ser verdade se o cálice sagrado com o corpo de CRISTO, não foi atingido pela torrente de lama, apenas alimenta a nossa descrença, a falta de confiança e de fé em Deus.

    • Fá Intruder

      21 de novembro de 2015 em 15:39

      “A dureza do coração dos homens, principalmente dos CÉTICOS, daqueles que NÃO ACREDITAM que nem sequer são dotados de alma e espíritos, infelizmente são uma força extremamente PERIGOSA que tem levado o mundo a tantas MALDADES E DESTRUIÇÕES” … como assim? Ateus não causam e nunca causaram guerras, mas os religiosos sim. RELIGIÃO, A MAIOR CAUSA DAS GUERRAS

      • Júnior Brasil

        20 de abril de 2016 em 12:04

        Sou religioso e devo concordar com o comentário acima. De fato, as religiões foram e são a origem de muitas guerras. E por esse motivo tenho que apreciar quando, ao ser perguntado como as pessoas conseguiam ser boas sem Deus, José Saramago perguntou “como as pessoas com Deus conseguiam ser tão más”.

        Como religioso, devo concordar que a religião tem sido apenas status, fama e aparência, uma satisfação a dar à sociedade.

  6. Emanuel

    20 de novembro de 2015 em 17:02

    Olá, eu sou um morador daqui de Mariana e conheço a comunidade de Paracatu. Posso afirmar com toda certeza que realmente o fato aconteceu, não é mentira como muitos estão afirmando sem ter provas. A igreja de Santo Antônio foi enlameada como mostra a imagem, mas o Santíssimo que ficava dentro do sacrário permaneceu intacto. Se foi um milagre ou não é fato que o ministro da comunidade foi lá e ao abrir o sacrário percebeu que o véu que cobre a âmbula e as Hóstias estavam sem nenhuma sujeira. A âmbula mostrada na imagem não é a do acontecido, foi uma montagem feita por alguém para ilustrar o fato. Eu conversei com o padre da paróquia de São Caetano a qual pertence a comunidade de Paracatu e que fica em Monsenhor Horta, um distrito de Mariana, e ele me garantiu que é verdade. Entendo a dúvida de muitos sobre a veracidade do ocorrido e considero normal, mas não podemos sair difamando a Igreja e as pessoas sem ter conhecimento dos fatos. Se quiserem acreditar ou não, depende de vocês, o importante é que aconteceu realmente de a âmbula contendo o Santíssimo ficar intacta. Espero ter esclarecido o fato.

    • Gilmar Lopes

      21 de novembro de 2015 em 10:50

      Pena que ninguém fotografou, né? Com tantos smartphones e cameras digitais… Uma pena!

      • Emanuel

        21 de novembro de 2015 em 12:04

        Verdade, uma pena. O padre do local ao receber a âmbula com o Santíssimo ficou admirado com o fato e comentou com as pessoas da paróquia, mas não preocupou em tirar foto da âmbula com o véu intacto, levou-a para o sacrário da matriz em Monsenhor Horta e consumiu as Hóstias na missa. Enfim, se foi milagre ou não, cabe a cada um discernir, o certo é que o fato aconteceu realmente.

      • Karina

        25 de novembro de 2015 em 13:57

        Emanuel eu acredito em você! Nenhuma das páginas se referiu ao fato como um milagre. Gostaria que o autor investigasse o que é um SACRÁRIO antes de escrever bobagens. Ah, aproveita e pesquisa também os materiais com os são feitos e a vedação. Assim não escreve bobagem.

    • Luiz Roberto Turatti

      21 de novembro de 2015 em 16:20

      Emanuel, acredito que você está sendo sincero, até porque “Milagres antigamente só existiram no Judaísmo até dois séculos antes de Cristo, e depois só e muitíssimos no Catolicismo. Todo conhecedor de Parapsicologia tem que ser católico.” (Prof.Dr. Padre Oscar González-Quevedo, S.J. – http://www.institutopadrequevedo.com). Forte abraço!

    • Isabela

      27 de novembro de 2015 em 9:58

      Parabéns Emanuel por calar a boca do E-farsas, que tentou denegrir a imagem da Igreja Católica.
      E-farsas, e agora o pedido de desculpas, cadê?
      Custava ter ligado ou passado um e-mail pra Paróquia onde fica a Igreja pra confirmar o fato, antes de postar besteira na Internet? Investigação se faz assim, e não de acordo com o que vocês pensam. E agora, como fica? Bora pedindo desculpas logo? Bora logo reconhecer que estão errados?
      Estamos esperando uma atitude de vocês.

      • Gilmar Lopes

        27 de novembro de 2015 em 10:20

        Quem faz a afirmação é quem tem que provar!
        A única “prova” apesentada foi uma foto e, mesmo assim, uma montagem usando uma imagem de um catálogo de produtos de uma loja online.
        Se isso ocorreu mesmo, cadê as fotos? Tanto celular com câmera por aí…
        Falar é fácil, quero ver as provas!

        • Marcelo

          1 de dezembro de 2015 em 19:32

          Como já dito: “A âmbula mostrada na imagem não é a do acontecido, foi uma montagem feita por alguém para ilustrar o fato.”

          Acho que os argumentos acabaram, não é mesmo? E até parece que uma foto em alta nitidez faria todo mundo acreditar. Para TUDO é possível achar um contra-argumento. Emanuel foi sucinto e eficaz em seu esclarecimento.

          Ainda estou ofendido com falarem que a programação da Globo é católica. Isso sim merece um pedido de desculpas (ou no mínimo uma pesquisa mais séria).

        • jose leão

          7 de janeiro de 2016 em 11:34

          https://www.facebook.com/1454842188179242/videos/1511258902537570/ fiquei curioso, não sei se é a posição de quem esta filmando.que fica de frente para o sol e conforme movimenta a cam fica o reflexo na lente sera isso? ou outra explicação?

      • Bruno

        1 de dezembro de 2015 em 18:55

        Seu deus é tão fútil que prefere salvar um paninho e umas bolachas que não servem pra nada. Kkk. E mais nenhuma comprovação que isto tenha acontecido, só a palavra de um religioso que tem muitos motivos pra mentir, aliás como explicar que a igreja ficou destruída se ela é a morada de deus? pq ele não fez nada para impedir a destruição de sua casa?

      • Laurimar

        31 de dezembro de 2015 em 12:17

        Por que você mesma não faz isso? Uma ótima oportunidade pra você provar os pontos de vista que defende, não é mesmo?

  7. Fernando

    20 de novembro de 2015 em 17:16

    Essa ultima igreja não é assembléia mas sim congregação cristã no Brasil. É interessante que sim, foi a unica igreja da região que não foi afetada, e se fosse seria uma perda muito grande já que na região possui apenas uma dessa. Foi sim um milagre, para quem não conhece ou não viu, que só analisa suas criticas por ceticismo puro sem ao menos tirar sua bunda do sofá realmente a tendencia é não acreditar em nada pois na internet existem muitas montagens, agora se forem fazer um trabalho mais sério e irem até o local como eu fui, vera que realmente foi um milagre.

  8. Marcelo

    21 de novembro de 2015 em 13:59

    “Certamente, uma história dessas seria destaque na TV Globo, por exemplo, que tem uma tradição católica em sua programação…”

    Nossa, vou mandar essa pro E-Farsas! “Site afirma que Rede Globo tem tradição católica em sua programação: verdade ou mentira?”

    Senhores, podem não ser contra nem a favor da Igreja Católica, mas deviam ao menos saber do que ela se trata antes de tecerem um comentário tão infeliz… Basta assistir por menos de 24 horas para perceber que os valores transmitidos por esta emissora não tem absolutamente nenhuma relação positiva com nenhuma igreja, isso quando não fazem chacota delas. O Cristianismo em geral é a cada dia mais atacado pela referida emissora.

    Quanto ao trecho “como e por que um ser divino teria a coragem de deixar uma dezena de pessoas perderem a vida (…) apenas para “salvar” um objeto de uma igreja?”, parece que o site está perdendo sua objetividade. Fazendo uma analogia, se existem doenças e guerras no mundo que podem ser evitadas por um “ser divino”, então este ser não deve existir, certo? É o que o site parece insinuar (e insinuar não combina com o propósito do E-Farsas).

    Não posso deixar de mencionar aqui que é triste (pelo menos, para mim) saber que algumas pessoas desmerecem o que católicos creem ser o Corpo de Cristo, conforme sua liberdade de crença, considerando como um reles objeto, para tentar desmerecer o fato de este ter sido preservado, quer seja verdade ou não. A religião não é ruim, muitas das pessoas que estão metidas nela são, sim, muito ruins, mas um pensamento reducionista de que aquilo é “um objeto” menos importante que as vidas humanas (que, segundo o Cristianismo, seguem para a vida eterna) apenas reflete o desconhecimento do que importa para o ser humano segundo o Cristianismo: sua salvação. Afinal, mais cedo ou mais tarde, todos os que morreram morreriam, assim como nós morreremos. Só que aqueles chegaram antes de nós ao encontro definitivo com Deus. Isso não é demérito algum sob a visão de quem tem uma religião.

    Por favor, tenham respeito aos leitores assíduos deste site que costuma ser tão rigoroso e comprometido com a verdade. Obrigado.

  9. Talita

    14 de dezembro de 2015 em 12:44

    Acredito no que o Emanuel disse, a imagem é para ilustrar o que aconteceu realmente. Se é milagre ou não, cada um tem a sua crença.

  10. Laurimar Martins

    31 de dezembro de 2015 em 13:21

    Em relação ao fato envolvendo ‘O’ Santíssimo e não ‘um’ Santíssimo como foi colocado, vamos às evidências racionais? O Ostensório quando não está exposto em ocasiões solenes, quando com a hóstia, é coberto com um véu branco e permanece guardado dentro do sacrário, uma espécie de cofre ao lado do qual fica acesa uma lamparina vermelha. O sacrário, localiza-se sobre o presbitério, local onde fica o alta, construído em nível mais elevado a pelo menos dois metros acima do nível do piso da nave, local onde ficam os fiéis. Tendo que todo altar católico, fica em média 80 cm a 1 m acima do nível da nave, o sacrário fica no mínimo a 2,80 metros do nível do solo. Então se o fato do Santíssimo ter sido preservado realmente ocorreu, nada mais natural sendo que estava em local fechado e bem elevado da capela. Questão de bom senso!

  11. Silas Siqueira

    18 de janeiro de 2016 em 11:23

    A foto deve ter sido tirada em Paracatu(perto de Unai, na região de Brasilia/DF, a 700 km de distancia(e em outra bacia hidrografica) não tem como a lama chegar la.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo