19.4 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

É verdade que o navio que encalhou no canal de Suez estava traficando crianças e armas?

- Publicidade -

Texto compartilhado nas redes sociais afirma que a marinha americana resgatou armas, corpos e crianças que estariam sendo traficadas pelo navio da Evergreen! Será verdade?

A notícia começou a se espalhar também através de grupos do WhatsApp no começo de abril de 2021 e afirma que o navio da companhia Evergreen, Ever Given – que havia encalhado no canal de Suez semanas antes – teria sido alvo de uma operação da Marinha dos EUA que resultou no resgate de mais de mil crianças, corpos e armas de destruição em massa.

A reportagem ainda afirma que as crianças estavam sendo levadas clandestinamente para suprir a demanda por tráfico de órgãos humanos e que as armas de destruição em massa seriam possivelmente usadas para iniciar uma guerra no Oriente Médio.

Será que isso é verdade ou mentira?

Trecho de uma das versões compartilhadas nas redes sociais em abril de 2021: “Mais de mil crianças traficadas e cadáveres foram resgatados de contêineres no Canal de Suez pela US Navy Seals. Fontes dizem que até o momento em que está matéria foi escrita, crianças ainda estavam sendo resgatadas e corpos descobertos nos mais de 18.000 contêineres da Evergreen. Os contêineres estavam em um navio da Evergreen Corporation que bloqueou o Canal da terça. 23 de março a segunda-feira, 29 de março, causando perda de bilhões de dólares em receitas para as companhias de navegação internacionais. Os Seals também encontraram armas de destruição em massa no navio de seis andares – que se acreditava destinado a iniciar uma guerra no Oriente Médio.” (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

No dia 24 de março de 2021, o meganavio Ever Given, da Evergreen Corporation, encalhou durante travessia pelo Canal de Suez (Egito). Devido a uma pane, aliada a fortes rajadas de vento, a embarcação ficou presa transversalmente em ambas margens do canal.

Navio encalhado no canal de Suez (foto: Reprodução/Wikipédia)

A operação para remover o navio levou uma semana e causou prejuízos milionários para a Economia, que depende do canal para encurtar o tempo no transporte marítimo de mercadorias.

Em relação à notícia de que teriam encontrado crianças, corpos e armas na embarcação, não encontramos nada a respeito nas principais agências de notícias do mundo. Apenas alguns sites e blogs que copiaram o mesmo texto compartilhado nas redes sociais.

Segundo a BBC e outras redes de notícias, o cargueiro Ever Given foi desencalhado no dia 29 de março e continuou seu trajeto normalmente, sem nenhuma intercorrência policial.

- Publicidade -

Chegou a ser estudado o transporte da carga do navio Ever Given para outros navios menores da mesma companhia, como podemos verificar em diversas reportagens, mas a embarcação foi desencalhada antes dessa logística ser colocada em prática. Com tanta gente estudando a melhor forma de realizar esse procedimento, caso houvesse alguma criança (ou corpos, ou armas de destruição em massa) no cargueiro, certamente alguma agência daria esse furo de notícia.

Após o desencalhe, o Ever Given foi levado para um lago artificial, onde passou por minuciosa inspeção.  Nada de crianças ou armas de destruição em massa encontradas!

A versão em português é uma tradução de um artigo publicado pelo site My News, um site que se autodefine comouma oposição à mídia estabelecida que principalmente compartilha notícias de diferentes fontes e opiniões de uma perspectiva decididamente liberal”.

A curiosidade aqui é que a “reportagem” do site obscuro usado como fonte para a “denúncia” é assinada apenas por uma pessoa chamada “Morgan”, que apenas copiou o texto de um site já bastante conhecido aqui no E-farsas por disseminar notícias falsas a respeito de teorias conspiratórias: o Before It’s News.

O Before It’s News, por sua vez, não cita nenhuma fonte. Apenas usa como exemplo um caso de uma matéria de julho de 2020 sobre um rumor a respeito de crianças sendo traficadas dentro de armários. A teoria absurda apelidada de “Wayfair Gate” na época, foi desmentida pela BBC, que rastreou a origem dessa fake news: grupos que disseminam teorias do chamado QAnon. Segundo a Wikipédia, a QAnon é:

“[…] uma teoria criada pela extrema direita, nos Estados Unidos, que alega haver uma cabala secreta, formada por adoradores de Satanás, pedófilos e canibais, que dirige uma rede global de tráfico sexual infantil e que esteve conspirando contra o ex-presidente Donald Trump, enquanto este esteve no cargo, e seus apoiadores. A conspiração teria sido engendrada com base em um plano secreto do chamado “estado profundo” (deep state).”

Imagem

A foto de um corredor cheio de celas, usada para ilustrar a “denúncia”, nada tem a ver com o navio Ever Given. A publicação mais antiga que encontramos dessa imagem foi feita pelo fotógrafo norte-americano James Timothy Peters em setembro de 2014, no site Pixabay.

Peters não diz onde tirou a foto, mas tudo indica que essa fotografia foi tirada em um dos corredores da prisão de segurança máxima Old Madison, desativada há mais de uma década.

Infelizmente, não encontramos outras fotos desse mesmo corredor no interior da prisão, mas o fato da fotografia estar na web desde 2014 já prova que não se trata de uma foto tirada durante o alegado flagrante no cargueiro Ever Given em março de 2021.

Teorias semelhantes

Essa não foi a primeira vez que desmentimos aqui no E-farsas uma denúncia disseminada pelos conspiracionistas do QAnon sobre de tráfico de crianças. Há exatamente um ano, em abril de 2020, explicamos aqui que era falsa a afirmação que circulava na época afirmando que o então presidente dos EUA, Donald Trump, teria encontrado um túnel com milhares de crianças escondidas!

Na ocasião, a notícia falsa dizia que as crianças resgatadas (100 mil em algumas versões!) eram vítimas do tráfico de órgãos humanos. No entanto, até hoje ninguém trouxe nenhuma prova de que isso tenha acontecido mesmo. Estamos no aguardo dessas provas!

Conclusão

A afirmação de que a Marinha dos Estados Unidos teria encontrado crianças, corpos e armas de destruição em massa no cargueiro Ever Given – que encalhou no canal de Suez em março de 2021 – é falsa! 

Obs.: Esse artigo foi alterado no dia 05/04/2021 para corrigir a informação sobre o transporte das cargas do navio para embarcações menores. Na verdade, isso chegou a ser estudado, mas não foi colocado em prática.

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

4 COMENTÁRIOS

  1. “Aliás, toda a carga do navio Ever Given foi transportada para outros navios menores da mesma companhia” O pa Gilmar, vai com calma ai com esse “toda” pois as imagens do desencalhe do navio mostram que todos os conteineres estava a bordo e se “toda” a carga tivesse sido retirada, toda, teriamos imagens de enormes guindastes fazendo isso e dias apra que todo o processo fosse concluido!

  2. Seria melhor uma materia explicando ao povo burro da internet que, “as mercadorias da china para o Brasil,
    não vem pelo canal de suez como muita gente espalhou e sim pelo Panamá

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui