Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Feministas defecaram e fizeram sexo dentro de uma igreja?

Conspirações

Feministas defecaram e fizeram sexo dentro de uma igreja?

Feministas defecaram e fizeram sexo dentro de uma igreja?

Imagens mostram um grupo de mulheres que teria invadido uma igreja e, além de fazer sexo, ainda defecou na frente do altar em manifestação a favor do feminismo! Será verdade?

As imagens se espalharam através das redes sociais no começo de junho de 2018 e deixaram muita gente assustada! Nela podemos ver o que parece ser um grupo de pessoas fazendo sexo dentro de uma igreja!!! Em outra foto, as mulheres aparecem defecando na porta de uma catedral…

O texto que acompanha essas imagens afirma que isso foi uma manifestação organizada por feministas, que invadiram e profanaram uma igreja em apoio ao feminismo.

Será que isso é verdade ou mais uma farsa da web?

Grupo de feministas invadiu e fez “aquilo” dentro da igreja! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

O texto não explica quando e nem onde a tal manifestação teria rolado, além de não dar maiores detalhes sobre o ocorrido. Mesmo assim, o assunto foi compartilhado milhares de vezes no Facebook e também através de grupos do WhatsApp.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

A verdade é que essas fotos são uma junção de casos separados, ocorridos em diferentes ocasiões e locais.

As duas primeiras fotografias, de um casal simulando sexo dentro de uma igreja, são de um caso ocorrido em junho de 2011, na capital da Noruega, Oslo. Os dois eram casados e faziam parte de um grupo de ativistas chamado Seks za gozdove (algo como Sexo para a Floresta) que tenta chamar a atenção das autoridades (através de performances de sexo em áreas públicas) para a importância das floresta em nossas vidas. Eles queriam ter relações sexuais no altar, mas um homem atrapalhou o rolê deles, chamando a polícia.

O casal de ecologistas e mais um terceiro “comparsa” (que filmou tudo), tiveram que escolher entre pagar uma multa ou pegar 16 dias de prisão cada um. Em entrevista, eles disseram que preferiram pagar a multa do que ficar duas semanas sem sexo…

A terceira fotografia é de um grupo de manifestantes que protestava em frente à Catedral Metropolitana de Buenos Aires contra a vitória do presidente Mauricio Macri na eleições, em novembro de 2015. Alguns sites, na ocasião, atribuíram o protesto ao grupo de jovens La Cámpora (que não é composto apenas de mulheres).

Conclusão

As imagens atribuídas a um grupo de feministas que teria invadido uma igreja durante um protesto são de fatos ocorridos em ocasiões e lugares diferentes e não são ligados diretamente a grupos feministas!

Continue lendo
32 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo