Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

“Guia da Boa Esposa”, de 1955, ensinava como ser submissa ao marido?

Falso

“Guia da Boa Esposa”, de 1955, ensinava como ser submissa ao marido?

“Guia da Boa Esposa”, de 1955, ensinava como ser submissa ao marido?

Imagens mostram uma reportagem da revista Housekeeping Monthly, de maio de 1955, onde é ensinado como as esposas devem tratar (bem) os seus maridos! Será verdade?

As ilustrações circulam pela web há anos, mas ganharam força em compartilhamentos através de grupos do WhatsApp em julho de 2018. Nelas podemos ver o que parecem ser ilustrações de uma revista antiga, onde as mulheres são ensinadas a ser submissas aos seus maridos! A revista, de acordo com o texto que acompanha as imagens, teria publicado esses “ensinamentos” na edição de maio de 1955 e dá dicas de como deixar a casa arrumada e evitar aborrecer seu marido quando ele chegar cansado do trabalho, dentre outras…

Será que isso é verdade ou mais uma mentira da web?

Revista antiga “ensinava” a dona de casa a ser escrava do marido! Será verdade? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

Em 1999, uma lista escrita em inglês com supostos deveres e direitos de uma “boa dona de casa” surgiu na web! Na época, o texto foi atribuído à revista Housekeeping Monthly – na sua edição de maio de 1955:

Reprodução/Google Images

“Prepare o jantar. Planeje com antecedência, mesmo na noite anterior, para ter uma refeição deliciosa pronta a tempo para seu retorno. Esta é uma maneira de deixá-lo saber que você tem pensado nele e está preocupado com suas necessidades. A maioria dos homens está com fome quando chega em casa e a perspectiva de uma boa refeição é parte da recepção calorosa necessária.

Se prepare. Demore 15 minutos para descansar para que você seja atualizado quando ele chegar. Retocar sua maquiagem, colocar uma fita no cabelo e ter uma aparência fresca. Ele acaba de estar com um monte de gente cansada de trabalho.

Seja um pouco jovial e um pouco mais interessante para ele. Seu dia chato pode precisar de um estímulo e um dos seus deveres é fornecer isso.

Limpe a desordem. Faça uma última viagem pela parte principal da casa antes de seu marido chegar.
Reúna livros escolares, brinquedos, papel, etc. e depois passe uma toalha sobre as mesas.

Nos meses mais frios do ano, você deve preparar e acender um fogo para ele relaxar. Seu marido sentirá que ele alcançou um refúgio de descanso e ordem, e também lhe dará uma carona. Afinal, suprir seu conforto lhe proporcionará imensa satisfação pessoal.

Prepare as crianças. Tire alguns minutos para lavar as mãos e os rostos das crianças (se forem pequenos), penteie os cabelos e, se necessário, troque de roupa. Eles são pequenos tesouros e ele gostaria de vê-los desempenhando o papel. Minimize todo o barulho. No momento de sua chegada, elimine todo o ruído da lavadora, secadora ou aspirador. Tente encorajar as crianças a ficarem quietas.

Seja feliz em vê-lo. Cumprimente-o com um sorriso caloroso e mostre sinceridade em seu desejo de agradá-lo.
Ouça ele. Você pode ter uma dúzia de coisas importantes para contar a ele, mas o momento de sua chegada não é o momento. Deixe-o falar primeiro – lembre-se, seus tópicos de conversa são mais importantes que os seus.
Faça a noite dele. Nunca reclame se ele voltar para casa mais tarde ou sair para jantar ou outros lugares de entretenimento sem você. Em vez disso, tente entender seu mundo de tensão e pressão e sua necessidade real de estar em casa e relaxar.

Seu objetivo: Tente garantir que sua casa seja um lugar de paz, ordem e tranquilidade onde seu marido possa se renovar no corpo e no espírito.

Não o receba com reclamações e problemas. Não reclame se ele estiver atrasado para o jantar ou se ficar fora a noite toda. Conte isso como menor em comparação com o que ele poderia ter passado no trabalho.

Faça-o confortável. Peça-lhe que se incline para trás em uma cadeira confortável ou deite-o no quarto. Tenha uma bebida fresca ou quente pronta para ele.

Arrume o travesseiro e ofereça-se para tirar os sapatos. Fale em voz baixa, suave e agradável.

Não faça perguntas sobre suas ações ou questione seu julgamento ou integridade. Lembre-se, ele é o dono da casa e, como tal, sempre exercitará sua vontade com justiça e veracidade. Você não tem o direito de questioná-lo.

Uma boa esposa sempre conhece seu lugar.” (tradução via Google Translate)

O site Primer Magazine explica que essa “matéria” começou a se espalhar por fax em 1990 e só depois é que começou a ser compartilhada via e-mail, no entanto, não há nenhuma prova de que isso tenha mesmo sido publicado, visto que não há registro disso anterior a 1990. Tampouco encontramos nenhuma outra edição dessa revista…

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Além disso, alguns termos usados no texto inicialmente publicado não existiam (ou eram diferentes) em 1955.

A imagem usada nessa mensagem é, na verdade, a capa da revista John Bull, de 1957 (2 anos após a publicação da suposta Housekeeping Monthly)l

Anos depois (por volta de 2014), alguns sites começaram a reproduzir o texto, só que com várias imagens vintage representando cada um dos pontos. Perceba que se isso fosse uma matéria verídica, os editores usariam (ficaria mais barato) apenas um ilustrador e não vários.

Aliás, algumas das fotos que se espalharam por aí foram feitas bem depois de 1955, como essa que mostra uma linda moça limpando a casa. Em outros casos, o autor dessa história falsa usou ilustrações da mesma década, mas que nada tem a ver com a revista citada.  

Conclusão

As imagens mostrando o que teria sido uma publicação ensinando as esposas a serem submissas aos homens é falsa! Apesar de muita gente pensar assim (até hoje) – e esse pensamento era reforçado por programas de TV, artigos em revistas etc, as mulheres tem lutado por seu papel na sociedade desde muito antes de 1950 e, com certeza, uma publicação como essa não teria passado em branco e teríamos encontrado matérias a respeito.

Continue lendo
37 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo