22.4 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

O Facebook dará 3 centavos para ajudar criança com câncer?

- Publicidade -

Texto acompanhado de foto de uma criança com câncer avisa que para cada “compartilhada” ela ganhará 3 centavos do Facebook para ajudar em seu tratamento! Será verdade?

Em janeiro de 2012, uma foto chocante começou a se espalhar pela web e, principalmente, no Facebook. Segundo o texto que a acompanha, o Facebook irá doar $ 0.03 para cada vez que a imagem for compartilhada. A foto é essa aí embaixo:

Foto de um bebê com tumor no rosto circula pelo Facebook!
Foto de um bebê com tumor no rosto circula pelo Facebook! (enviada por e-mail para o E-farsas)

Mas será que essa história é verdadeira ou falsa?

É falsa!

Em primeiro lugar, o Facebook não está ajudando nenhuma criança com câncer.

O bebê mostrado na fotografia está com uma doença conhecida como Hemangioma.

De acordo com esse site especializado no assunto, hemangioma é uma formação benigna de capilares e vasos sanguíneos. É um tipo de tumor que ocorre com mais frequencia na infância e em 5% dos nascimentos. Na grande maioria dos casos, o tratamento é feito com aplicação de laser no paciente e a cura é satisfatória (na verdade, ficam algumas seqüelas e cicatrizes no local!).

A foto não é nova

Na verdade, a imagem do bebê com a deformidade que está circulando atualmente pelas redes sociais não é recente. Encontramos postagens da mesma foto em 2007, como nesse site (em árabe).

A criança se chama Samuel e nasceu no Vietnã e foi adotado em 2005. Hope Cantu Ettore, mãe adotiva do pequeno Samuel, explica que o garoto – agora com 7 anos de idade – passou por quatro reconstruções faciais, além de uma cirurgia no olho. Segundo o pesquisador Steve Williamson, a coloração que aparece nas mãos e no pescoço de Samuel na imagem é o resultado de um dos tratamentos médicos.

Como está o bebê atualmente?

- Publicidade -

O pequeno Samuel cresceu e está muito bem, obrigado! Podemos ver uma foto dele no álbum da sua família no Facebook.

O ato de repassar esse tipo de corrente existe há muito tempo na web. Há 9 anos, o E-farsas pesquisou uma história de outra criança com câncer. Na época, a notícia avisava que para cada e-mail repassado uma garotinha ganharia alguns centavos para ajudar em seu tratamento. Nem é preciso falar que o texto era falso, não é?

Hoje em dia, os métodos usados para repassar esse tipo de corrente mudaram: são “compartilhadas” e “curtidas” no Facebook, “retuitadas” no Twitter, etc.

Corrente do bebê com tumor no rosto no Twitter
Corrente do bebê com tumor no rosto no Twitter! (reprodução)

Não sabemos quais são as reais intenções de quem inicia uma corrente desse tipo, mas atrapalham em muito a vida do internauta que, muitas vezes, acaba repassando a informação falsa achando que está fazendo o bem.

Conclusão

Não repasse esse tipo de corrente. O Facebook não está ajudando ninguém com nenhum tratamento.

Sites pesquisados

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

23 COMENTÁRIOS

  1. Assim como o Facebook ameaça,inclusive de excluir o perfil de quem posta vídeo protegido,deveria,já que não está patrocinando, censurar e impedir tais publicações;sob pena de se tornar igual à maioria dos juízes de nosso pais:tendenciosos demais da conta!

  2. Nem precisa o site “desmascarar” a história, né… só precisa um pouco de desconfiômetro e bom senso das pessoas. E a mensagem ainda diz “0,05 POR CADA compartilhamento”. O imbecil que criou isso não poupou a gente nem da cacofonia.

  3. Eu recebi esse e-mail ano passado se não me engano e todos que recebo com esse tipo de conteúdo já excluo e tem vez que eu mando para as pessoas que me enviam esses e-mails o link do E-farsas para elas pesquisarem um pouquinho e ficar por dentro do que rola nessas correntes.

  4. Muito útil a atuação do e-farsas. Algumas pessoas desavisadas e de bom coração se impressionam e acham mesmo que estarão fazendo caridade. Eu mesmo fiquei por algumas vezes querendo ter certeza e repassava. Hoje, conhecendo vocês, já não me engano mais.
    Parabéns pela grande ideia.

    • @João Rocha Braga Filho:Sim! a outra imagem que você viu do garoto mais velho é real! Só não coloquei aqui no site porque não tenho autorização da família, mas no facebook circula essa foto também!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui