23.4 C
São Paulo
sábado, novembro 26, 2022

O padre da Catedral de Campinas posou com fiéis imitando armas com as mãos?

- Publicidade -

É verdade que o padre da Catedral de Campinas posou para fotos juntamente com seus párocos fazendo gestos imitando armas com as mãos?

A publicação surgiu no Twitter, no dia 12 de dezembro de 2018 – um dia após a tragédia ocorrida na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), quando um homem entrou armado durante a missa e atirou em várias pessoas (matando 5) e se matando em seguida.

De acordo com a publicação – que já havia conseguido mais de 1.300 retuítes – o padre que aparece ao lado de fiéis fazendo um gesto de imitação de um revólver com as mãos, incitando o armamento da população!

O texto que acompanha a imagem dos jovens aparentemente imitando armas ao lado do padre dá a entender que o comportamento do padre resultou na morte de 5 inocentes!

Será que isso é verdade?

Publicação feita no Twitter culpa as vítimas pela tragédia dentro de igreja! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou mentira?

A imagem é real, mas a história é falsa!

O padre da Catedral de Campinas se chama Amaury Ribeiro Thomazi e, em um vídeo publicado no Facebook, ele pede que os fieis orem pelas vítimas dessa tragédia: 

https://www.facebook.com/mitosdebatina.oficial/videos/275488769983404

Como podemos ver, o padre do vídeo é bem diferente do padre da foto:

- Publicidade -

Atualização 13/12/2018

Nosso atento leitor Rafael Porto nos avisou, através dos comentários no final dessa página, que o nome do pároco da Arquidiocese é Rafael Capelato.

“O Anderson, que aparece no vídeo, é apenas quem conduzia a missa no dia do ataque, não o pároco. De qualquer maneira, vendo as imagens do Rafael Capelato, fica evidente que não é o mesmo padre da foto.”

O gesto com as mãos

Para quem ajudou a espalhar essa imagem como sendo algo relacionado à apologia às armas, fique sabendo que o gesto tem outro significado bem diferente. Na verdade, para a Igreja, o polegar levantado e o indicador apontando para frente é o símbolo do Treinamento de Liderança Cristã (TLC).

Uma busca no Google Images por esse termo e veremos inúmeras fotos de jovens fazendo o símbolo com as mãos (que significa “sempre mais alto”):

Abaixo, o símbolo da campanha em Campinas:

E aqui, o logo do TLC usado em Curitiba:

No Google Maps podemos ver a Catedral por dentro e não conseguimos encontrar nenhum local parecido com o da foto:

Conclusão

O padre que aparece ao lado de jovens fazendo um gesto com as mãos não é o mesmo padre da Catedral Metropolitana de Campinas e o símbolo feito com as mãos se refere ao Treinamento de Liderança Cristã!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

31 COMENTÁRIOS

  1. Sobre o argumento da posição das mãos…o da TLC é o indicador apontado pra cima. Na imagem em questão é pra frente …imitando metralhadora…bem similar ao de certo candidato ora eleito presidente.

  2. Não convenceu. Uma catedral tem vários padres e bispos. Há a necessidade de comprovar se esse padre pertence ou não à catedral. Por outro lado, a foto não diz que o padre está na catedral e sim que “é da catedral”. Além disso, o símbolo do TLC é inclinado para cima, diferente da posição das mãos na foto, remetendo realmente ao gesto de Bolsonaro.

    • Acho que o do Bolsonaro teria que apontar o indicador para a câmera. O ângulo diferente pode ser por que todos estão inclinados para tirar a foto; pode ver que, se eles alinhassem a coluna, o ângulo das mãos estaria de acordo com este gesto do TLC.

  3. Gilmar, muito obrigado pelo continuo trabalho! Gostei bastante da matéria, mas discordo da parte da TLC e do símbolo das mãos. No TLC, pelo que deu pra perceber pela pesquisa, é utilizada apenas uma mão e sempre com o indicador apontado para o alto. Na foto, os jovens usam as duas e apontam para baixo, seguindo o padrão dos apoiadores do Bolsonaro, sim.

    • No TLC, pelo que deu pra perceber pela pesquisa, é utilizada apenas uma mão e sempre com o indicador apontado para o alto. Na foto, os jovens usam as duas e apontam para baixo, seguindo o padrão dos apoiadores do Bolsonaro, sim.
      Teu cu.

  4. Gilmar, contribuindo para sua apuração: achei na internet o nome do pároco da Arquidiocese, se chama Rafael Capelato. O Anderson, que aparece no vídeo, é apenas quem conduzia a missa no dia do ataque, não o pároco. De qualquer maneira, vendo as imagens do Rafael Capelato, fica evidente que não é o mesmo cara da foto. Pega a foto dele e coloca do lado pra comparar, sua apuração vai ficar mais detalhada.

    http://arquidiocesecampinas.com/location/catedral-paroquia-nossa-senhora-da-conceicao/

    Sobre o gesto, as imagens da TLC são feitas com uma mão só, sempre, repare no padrão das fotos no Google. Sendo assim, sugiro retirar esse argumento da checagem, porque não vi evidências fortes o bastante para sustentá-lo — e isso pode colocar toda o texto em xeque.

  5. Se é farsa não sei, pois o símbolo é diferente, é com os dedos para o alto, mas que muitos desses dedos foram usados na urna para colocar no poder quem prega a violência é prova concreta.
    Votação que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) conseguiu em Campinas (SP), nas eleições de domingo (28), foi a mais expressiva do município nos últimos 20 anos. O índice de 68,82% dos votos válidos conquistado pelo capitão reformado do Exército Brasileiro, que representa 401,2 mil dos eleitores, é maior do que o número de todos os presidenciáveis desde 1998 – primeira eleição que os dados por município estão disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

  6. A fota mostra uma igreja bastante moderna, nada a ver com catedrais que são bem antigas. Quanto ao gesto também não tem a ver com o símbolo do TLC e sim com o que um candidato à presidência fazia.

  7. Tem que ser muito, mas muito imbecil ou mau caráter pra querer justificar um ato de um cara perturbado com política. É digno de esquerdista retardado fazer uma coisa dessas. Se um idiota, como o cara que atirou na igreja, quiser ter uma arma legalmente, vc acha que ele conseguiria? Óbvio que não. Vc acha que ele foi na loja e comprou? Acha mesmo que foi legal? Se um doido quiser uma arma, ele consegue de bandido, como a esquerda maldita desse país defende. Se uma pessoa de bem tivesse armada poderia ter dado um tiro na boca daquele maldito e ninguem morreria.

  8. Que a esquerda é maldita, todos nós sabemos. Mas quanto ao porte de arma de fogo, sabemos, também, que apenas pessoas bem preparadas devem tê-lo e não qualquer um.

  9. Tem um monte de padres, bispos se reunindo com membros do pt/mst e afins, mas nestes ninguém vê problema.
    E qual seria o problema?
    E pode procurar que isso não é farsa.
    Fonte?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui