Connect with us

E-farsas

O uniforme do médico que atendeu membros da tribo Yanomami mostra que eles são da Venezuela?

Crimes

O uniforme do médico que atendeu membros da tribo Yanomami mostra que eles são da Venezuela?

É verdade que o médico que atendeu os yanomami faz parte de uma equipe estrangeira, provando que os indígenas são refugiados venezuelanos?

A imagem começou a ser compartilhada na segunda quinzena de janeiro de 2023 através das redes sociais e mostra várias crianças e adultos desnutridos, ao lado de um homem vestindo um colete azul. 

Segundo o texto que acompanha a foto, o homem é um médico da Assistência Pan Americana, que supostamente não atua no Brasil, e isso seria uma das provas de que o povo indígena mostrado na imprensa não é brasileiro.

A publicação também afirma que a foto teria sido tirada na Venezuela.

Será que isso é verdade?

Texto de uma das versões compartilhadas no Twitter: “Nessa foto divulgada pelo Metrópoles, pode-se notar que o uniforme do médico é da assistência PAN AMERICANA, que não atua em território brasileiro. Essa foto é na Venezuela.” (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

A foto compartilhada como sendo de indígenas venezuelanos foi tirada por Antônio Alvarado, na região do Surucucu (Roraima) e as pessoas mostradas são do povo Ianomâmi, no Brasil.

Essa e outras fotos e vídeos foram divulgados no perfil do Instagram da associação yanomami Urih, e também no perfil do próprio Alvarado

A autoria da imagem foi confirmada por diversos portais de notícias, tanto no Brasil quanto no exterior.

O uniforme é de uma entidade que não atua no Brasil?

Também é errado afirmar que a entidade que o médico representa não atua no Brasil. A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), mencionada apenas como “Pan Americana” nas publicações, é uma entidade que trabalha em parceria com o Ministério da Saúde na região dos yanomami, como podemos no site da instituição:

“A ação é uma parceria entre a Secretaria Executiva, Secretaria de Saúde Indígena (SESAI), Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), Secretaria de Atenção Especializada (SAES), além da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Ministério da Defesa, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal de Roraima, Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), lideranças indígenas do Conselho Distrital Yanomami (CONDISI) e a Hutukara Associação.”

De acordo com seu site, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) trabalha com os países das Américas (incluindo o Brasil) para melhorar a saúde e a qualidade de vida de suas populações.

Quem é o homem da foto?

O homem que aparece na foto usando um colete azul é o médico infectologista André Siqueira, pesquisador do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas.

Em entrevistas, o doutor Siqueira disse que em sua visita ao polo-base de Surucucu, em Roraima, testemunhou o que ele chamou de “a pior situação humanitária que já viu”. Ele também disse ter visitado outras comunidades na região.

Conclusão

Não é verdade que a foto tirada com indígenas desnutridos tenha sido tirada na Venezuela! A imagem é de uma visita da Opas à região de Surucucu, em Roraima, no dia 17 de janeiro de 2023! 

Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas e, em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar é o autor do livro "Caçador de Mentiras" pela Editora Matrix e da aventura de ficção infantojuvenil "Marvin e a Impressora Mágica"!

Comentários

Mais Checagens em Crimes

To Top