23.3 C
São Paulo
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

O uniforme do médico que atendeu membros da tribo Yanomami mostra que eles são da Venezuela?

- Publicidade -

É verdade que o médico que atendeu os yanomami faz parte de uma equipe estrangeira, provando que os indígenas são refugiados venezuelanos?

A imagem começou a ser compartilhada na segunda quinzena de janeiro de 2023 através das redes sociais e mostra várias crianças e adultos desnutridos, ao lado de um homem vestindo um colete azul. 

Segundo o texto que acompanha a foto, o homem é um médico da Assistência Pan Americana, que supostamente não atua no Brasil, e isso seria uma das provas de que o povo indígena mostrado na imprensa não é brasileiro.

A publicação também afirma que a foto teria sido tirada na Venezuela.

Será que isso é verdade?

Texto de uma das versões compartilhadas no Twitter: “Nessa foto divulgada pelo Metrópoles, pode-se notar que o uniforme do médico é da assistência PAN AMERICANA, que não atua em território brasileiro. Essa foto é na Venezuela.” (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

A foto compartilhada como sendo de indígenas venezuelanos foi tirada por Antônio Alvarado, na região do Surucucu (Roraima) e as pessoas mostradas são do povo Ianomâmi, no Brasil.

Essa e outras fotos e vídeos foram divulgados no perfil do Instagram da associação yanomami Urih, e também no perfil do próprio Alvarado

A autoria da imagem foi confirmada por diversos portais de notícias, tanto no Brasil quanto no exterior.

O uniforme é de uma entidade que não atua no Brasil?

Também é errado afirmar que a entidade que o médico representa não atua no Brasil. A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), mencionada apenas como “Pan Americana” nas publicações, é uma entidade que trabalha em parceria com o Ministério da Saúde na região dos yanomami, como podemos no site da instituição:

“A ação é uma parceria entre a Secretaria Executiva, Secretaria de Saúde Indígena (SESAI), Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), Secretaria de Atenção Especializada (SAES), além da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Ministério da Defesa, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal de Roraima, Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), lideranças indígenas do Conselho Distrital Yanomami (CONDISI) e a Hutukara Associação.”

- Publicidade -

De acordo com seu site, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) trabalha com os países das Américas (incluindo o Brasil) para melhorar a saúde e a qualidade de vida de suas populações.

Quem é o homem da foto?

O homem que aparece na foto usando um colete azul é o médico infectologista André Siqueira, pesquisador do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas.

Em entrevistas, o doutor Siqueira disse que em sua visita ao polo-base de Surucucu, em Roraima, testemunhou o que ele chamou de “a pior situação humanitária que já viu”. Ele também disse ter visitado outras comunidades na região.

Conclusão

Não é verdade que a foto tirada com indígenas desnutridos tenha sido tirada na Venezuela! A imagem é de uma visita da Opas à região de Surucucu, em Roraima, no dia 17 de janeiro de 2023! 

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla! Autor do livro de ficção Marvin e a Impressora Mágica!

Últimas Atualizações

- Publicidade -Compre o livro Marvin e a impressora Mágica de Gilmar Lopes

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui