17.2 C
São Paulo
quinta-feira, setembro 16, 2021

Um livro do personagem Astérix previu o coronavírus em 1981?

- Publicidade -

Trecho de uma história em quadrinhos de 1981 onde o personagem Astérix participa de uma corrida contra um personagem chamado Coronavírus! Será verdade?

A imagem surgiu nas redes sociais na segunda quinzena de fevereiro de 2020 e mostra um suposto trecho de uma história lançada em 1981 do personagem gaulês Astérix, onde ele participa de uma corrida de bigas com um personagem chamado Coronavírus!

O texto compartilhado juntamente com a imagem afirma que o autor do quadrinho teria previsto a doença em 1981, visto que o personagem Coronavírus usa até máscara.

Será que isso é verdade mesmo?

Texto de uma das versões que se espalharam juntamente com o recorte do quadrinho: “Qual era o nome do cocheiro romano em Astérix e a corrida de carros? Curiosamente, era o Coronavírus e também usava uma máscara. Eu pensei que isso era bom demais para não compartilhar. Incrível, não é ?! ??? O livro foi publicado em 1981”. (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

As imagens são reais, mas o livro não é de 1981!

Em outubro de 2017, a 37ª edição das aventuras de Asterix – de Jean-Yves Ferri e Didier Conrad – chamada “Astérix et la Transitalique”, foi finalmente publicada.

Reprodução: Wikipedia/Twitter

Nessa história, Astérix e Obelix vão à Itália para uma corrida de carruagem dos Alpes ao Vesúvio. O vilão dessa história é o motorista mascarado Coronavirus que é auxiliado pelo fiel Bacillus e faz de tudo para vencer a corrida.

Capa da revista Astérix et la Transitalique, de 2017! (foto: Divulgação)

Os autores previram o coronavírus?

- Publicidade -

Para quem acredita que certas produções artísticas tem o poder de prever o futuro, aí vai mais um balde de água fria: Assim como os Simpsons não previram nada, não houve nenhuma previsão aqui!

Acontece que o coronavírus não é uma doença nova. De acordo com o Ministério da Saúde, o COVID-19 (versão do coronavírus que teve os primeiros casos registrados na China no final de 2019) faz parte de uma família de vírus conhecida desde a década de 1960. Em 2012, uma epidemia de uma versão desse vírus fez com que o nome coronavírus ficasse conhecido novamente. O que provavelmente deve ter inspirado os autores dessa história do Astérix de 2017.

As imagens de trechos da história só começaram a ser compartilhadas em fevereiro de 2020, quando a Itália passou a divulgar pacientes com a doença no país!

Conclusão

As imagens mostrando um vilão chamado Coronavírus em uma história do Astérix é real, mas a edição foi publicada em 2017 e não houve nenhuma premonição nisso!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

13 COMENTÁRIOS

  1. Não sou desses teóricos da conspiração fanáticos, mas é para se pensar. Não que o quadrinho preveja o futuro como muitos pensam. Somente acho muita coincidência nestes quadrinhos, como que alguém ou alguma entidade quer passar uma mensagem implícita do que irão fazer ou algo do tipo. Não podemos ser céticos em tudo, e também não podemos acreditar em tudo, sempre ter um equilíbrio.

  2. Não sou desses teóricos da conspiração fanáticos, mas é para se pensar. Não que o quadrinho preveja o futuro como muitos pensam. Somente acho muita coincidência nestes quadrinhos, como que alguém ou alguma entidade quer passar uma mensagem implícita do que irão fazer ou algo do tipo. Não podemos ser céticos em tudo, e também não podemos acreditar em tudo, sempre ter um equilíbrio.

  3. Sou fã de Asterix, tenho todos os álbuns dele (inclusive esse, publicado em Portugal, já que a Editora Record perdeu os direitos de publicação no Brasil, que foram passados para a Panini). Também não acredito em previsão. Mas não podemos negar que é uma baita coincidência que a história se passe na Itália (país que está mais sofrendo com o Coronavírus), e o vilão se chame Coronavírus.

  4. Sou fã de Asterix, tenho todos os álbuns dele (inclusive esse, publicado em Portugal, já que a Editora Record perdeu os direitos de publicação no Brasil, que foram passados para a Panini). Também não acredito em previsão. Mas não podemos negar que é uma baita coincidência que a história se passe na Itália (país que está mais sofrendo com o Coronavírus), e o vilão se chame Coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui