Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Vacinas contra a COVID-19 estão sendo vendidas na rua 25 de Março, em São Paulo?

Conspirações

Vacinas contra a COVID-19 estão sendo vendidas na rua 25 de Março, em São Paulo?

Vacinas contra a COVID-19 estão sendo vendidas na rua 25 de Março, em São Paulo?

É verdade que camelôs estão vendendo vacinas da Pfizer contra o novo coronavirus na rua 25 de Março, em São Paulo?

A imagem surgiu nas redes sociais no final de dezembro de 2020, em meio à discussão sobre a imunização em massa contra a COVID-19. Nela podemos ver uma embalagem com um frasco de um medicamento com o logotipo da Pfizer e com as inscrições “Corovavirus Vaccine” (algo como “vacina contra o coronavirus”, em inglês).

O texto que acompanha a imagem que também foi compartilhada em grupos do WhatsApp afirma que o imunizante estaria sendo vendido clandestinamente por ambulantes na rua 25 de Março, um dos centros comerciais mais populares do centro de São Paulo.

Será que isso é verdade? Essa nova vacina está mesmo à venda por camelôs em São Paulo?

Vacina contra o novo coronavirus já estaria sendo vendida clandestinamente na rua 25 de Março, em São Paulo! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

O primeiro detalhe que chama a atenção nessa história é que, da mesma forma que aconteceu na notícia falsa que apuramos aqui no E-farsas sobre um suposto esquema de venda de vacinas por camelôs no Rio de Janeiro, não há nenhuma foto ou publicação nas redes sociais – além dessa – sobre o produto. Era de se esperar que se o medicamento tivesse mesmo sendo vendido nas ruas de São Paulo, alguém iria publicar fotos sobre isso.

Além disso, o produto que aparece na foto é apresentado na forma de “cartucho de vaporização”, no entanto só existem até agora vacinas aprovadas para imunização contra o coronavirus de uso intramuscular, por meio de seringas com agulhas. Em junho de 2020, uma equipe de cientistas da Universidade de São Paulo iniciou estudos de uma vacina em forma de inalação contra a COVID, mas ainda não há previsão para conclusão de todos os testes.

Uma busca no site do laboratório da Pfizer por “vaporizer vaccine” e não encontramos nada. Ou seja: a Pfizer ainda não tem nenhuma vacina contra a COVID-19 em vapor e tampouco possui alguma vacina para ser aplicada dessa forma.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Outro detalhe que mostra que essa imagem não é real são os dizeres “made in China” (feito na China). A Pfizer explica em seu site que as vacinas contra o novo coronavirus estão sendo fabricadas em parceria com a BioNTech na Alemanha, Bélgica e Estados Unidos e não na China.

A agência de notícias Reuters entrou em contato com a Pfizer e um porta-voz da empresa confirmou que a imagem é falsa e que não há esse tipo de vacina em desenvolvimento em seus laboratórios. Segundo a Reuters, a foto também se espalhou nas mídias sociais em publicações em inglês e, a princípio, como uma piada.

Em uma busca reversa da imagem, estimamos que a foto que viralizou no final de dezembro aqui no Brasil parece ter surgido no dia 19 de dezembro no fórum Reddit, como um conteúdo humorístico (publicado na seção “funny”, inclusive, que quer dizer “engraçado”), mas a postagem foi removida pelos moderadores.

Busca reversa feita pelo Tineye mostra que a publicação mais antiga dessa foto parece ter sido feita no dia 20 de dezembro de 2020

A imagem falsa também circulou em italiano e também foi desmascarada lá pelos nossos amigos do Bufale.net.

Conclusão

Não é verdade que camelôs estão vendendo vacinas contra o coronavirus na rua 25 de Março, em São Paulo. Também não é verdade que a foto compartilhada nas redes sociais seja de uma vacina inalável feita pelo laboratório Pfizer!

Continue lendo
25 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo