28.9 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

Vídeo: A verdade sobre John Titor e outros viajantes do tempo!

- Publicidade -

Atendendo a pedidos, falamos sobre as histórias de supostos viajantes no tempo que circulam há anos pela web. Conheça a verdade sobre John Titor, Andrew Carlssin e outros.

Será que é possível viajar no tempo?

Por enquanto, a resposta é não! E parece que nem no futuro também não conseguiram inventar essa tal maquina, porque senão teríamos vários visitantes do futuro dando uma passadinha aqui no nosso presente né?

Nesse episódio, Gilmar Lopes conta a verdade sobre algumas dessas histórias fantasiosas que se espalharam pela web.

Dê um play no vídeo e descubra:

E muito mais!

Assista a mais esse vídeo do E-farsas e não se esqueça de assinar o nosso canal!

 

Siga-nos:

Obrigado a todos pela força!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

14 COMENTÁRIOS

  1. Por que a maioria dos ufólogos tem um certo incomodo com o paradoxo de fermi? Vejo muito ufólogo meio que com medo e incomodado com esse paradoxo, como se ele fosse um tipo de teoria que vá contra o que a ufologia acredita. Bem que o Gilmar poderia falar sobre isso.

  2. Essa história do Andrew Carlssin eu recebi por e-mail há mais de 10 anos atrás.

    O que mostra que a inteligência do usuário médio de Internet do Brasil já vem de longa data.

  3. O assunto é sempre fascinante, curti as “explicação” sobre os fatos, mas achei meio vago…
    1º- Existem muitas outras histórias para serem apreciadas e verificadas.
    2º- As teorias sobre viajar no tempo “pra trás” existem. Para isso precisaríamos, em qualquer tempo, ter algum tipo de “receptáculo” capaz de receber tais viajantes, Como um “telefone” recebendo uma ligação. Mas a diferença de tecnologia entre passado e futuro seria o X da questão.
    3º- Sobre o cara de óculos, ninguém, NINGUÉM me tira da cabeça que aquilo na camiseta dele é um “M” e não dois “W”…

  4. Já conhecia o caso do John Titor há algum tempo e sempre me pareceu que realmente tudo aquilo não passava de mais uma grande farsa.

    Mas, farsas sobre viagens no tempo não são novidade. Veja o caso dos livros “Operação Cavalo de Troia” de J.J. Benitez, que foram publicados há alguns anos no Brasil. Espero que algum dia o e-farsas faça um artigo desmistificando mais esta impostura também.

  5. E a foto daquele cara com óculos, roupas e câmera dos anos 80 na reabertura da ponte de South Fork depois da inundação de novembro de 1940, no Canadá?

    Nunca apareceu alguém dizendo ser o tal viajante, nunca identificaram. Nenhum fabricante de óculos confirmou aquele modelo, nem das roupas e nem da câmera.

  6. A viagem do é um propósito da realidade que por exemplo que muitos têm uma máquina do tempo em casa, e uma delas é uma prova que antigamente a carroça demorava dois dias a chegar de Lisboa ao porto.
    Hoje a sua máquina do tempo que é o automóvel pode chegar em uma hora e meia de Lisboa ao porto.
    Pois numa hora e meia popou de tempo 36 horas.
    Pois 24 horas que viaja de Lisboa a rio Maior viagem mais 24 horas ao porto, isso de carroça.
    Hoje no século XXI a máquina do tempo ( automóvel),mete se em 2 hora 30 minutos ou 3.
    Mas se fosse de TGV a andar a 300 a 500 kilometros em 45 minutos a 1 hora está no porto.
    Assim as máquinas do tempo são realizadas, mas não volta atrás do tempo mas poupa tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui