Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Alerta sobre o tarado do perfume se espalha no WhatsApp!

Correntes

Alerta sobre o tarado do perfume se espalha no WhatsApp!

É verdadeiro o alerta que se espalhou através do WhatsApp sobre um estuprador que estaria atacando mulheres após as sedarem com uma substancia perfumada?

O depoimento começou a ser compartilhado nas redes sociais na segunda semana de novembro de 2014 e em forma de áudio, através do mensageiro WhatsApp. De acordo com o alerta, um homem estaria abordando mulheres na rua, sob o pretexto de apresentar um novo perfume, e acaba espirrando uma substância muito forte nas vítimas, deixando-as inconscientes.

Logo a seguir, o “tarado do perfume”, se fazendo passar por namorado ou marido, leva-as a algum local onde consumaria o estupro.

O fato, segundo relatado no áudio, já teria ocorrido com mulheres em várias cidades do Estado do Rio de Janeiro!

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Alerta sobre o "tarado do perfume" se espalhou através do WhatsApp. Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Alerta sobre o “tarado do perfume” se espalhou através do WhatsApp. Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

A primeira coisa que temos que verificar aqui é a data em que isso estaria ocorrendo. Como o alerta não é datado, fica fácil voltar a circular daqui uns anos. E foi o que aconteceu nesse caso!

Já pesquisamos aqui no E-farsas, em 2004, um boato semelhante a esse que se espalhou no Brasil um ano antes. Na ocasião, descobrimos que havia outras versões do mesmo boato do Golpe do Perfume circulando pela internet desde 1999 (em inglês, em espanhol e ate em francês).

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

A diferença é que na versão de 2003 os bandidos eram dois homens bem vestidos e os crimes estariam ocorrendo no estacionamento do supermercado WalMart (não se sabe de onde).

Outra lenda urbana semelhante a essa foi pesquisada pelo E-farsas em 2013. Na ocasião, provamos que era falsa a história de uma quadrilha que estaria drogando e assaltando pessoas no estacionamento do Barra Shopping, no Rio de Janeiro. Segundo o alerta falso, os ladrões davam às suas vítimas um cartão com uma substância química que causava desmaios e “perda total do livre-arbítrio”.

Variação do mesmo boato compartilhado no Facebook!

Variação do mesmo boato compartilhado no Facebook!

Ausência de fontes

Uma busca pela web e não encontramos nenhum jornal que confirmasse a denúncia do tarado do perfume e, além disso, o Jornal Extra publicou uma matéria dizendo que, de acordo com a 21ª DP (de Bonsucesso), a 22ª DP (da Penha) e a 59ª DP (de Duque de Caxias), nenhum registro desse fato foi realizado nessas regionais. Justamente os locais onde o alerta diz terem acontecido os crimes!

Conclusão

Mais um boato da web! Não repassem esse tipo de história. Ah! Ainda vale aquele conselho de mãe: “Não falem com estranhos na rua!”


Colaboração da leitora e amiga Joyce Garcia

Continue lendo
18 Comentários

18 Comments

  1. Marcelo

    11 de novembro de 2014 em 9:31

    É verdade sim, tem até um vídeo com o tarado jogando a substância na vítima: http://www.youtube.com/watch?v=eszruKyA5tc

  2. Victor

    23 de março de 2015 em 15:19

    Sou homem e já aconteceu algo parecido comigo. Primeiro dois homens tentaram me oferecer um perfume, na rua, eu disse que não queria e nem tinha dinheiro. Aí um deles disse “não precisa de dinheiro. Quem falou que vc vai pagar?”, daí dei as costas e segui andando e logo depois mais um me abordou, dessa vez o cara tentou se passar por um conhecido meu, perguntando se eu n lembrava dele, dizendo que me conhecia da época que trabalhava de camelô e que agora ele vendia apenas perfumes, me mostrou o frasco e tentou me vender. Quando eu disse que não queria e não tinha dinheiro, ele disse que eu podia levar de graça, em nome da nossa amizade, pq eu era amigo dele e ela gostava de mim. Aí eu ironicamente perguntei a ele qual era meu nome e de onde nos conhecíamos, e ele ficou sem graça e respondeu meio desconsertado: ” vc não é o Júnior? rs, te conheço dali… pô… não lembra que eu vendia cd´s ali?!”
    E mesmo eu negando ele tentava empurrar o perfume pra mim, segurando minha mão e tentando fazer eu pegar o perfume de qualquer jeito e insistindo que era de graça. Achei mt estranho e vim pesquisar na internet se havia mais algum relato de casos assim. Bom, ninguém dá nada de graça né, muito menos sendo,supostamente, o instrumento de trabalho dele. E pra que insistir em fingir que conhece a pessoa? Pra que forçar a pessoa a pegar o perfume, inclusive segurando-a e pondo o frasco em sua mão mesmo ela tendo negado repetidamente? Com certeza boa coisa não é e com certeza eles não eram vendedores de verdade.

    • Lucho

      28 de abril de 2015 em 18:39

      Isso aí parece “vendedor” da Herbalife ou “divulgador” da TelexFree tentando ver se coloca mais um na pirâmide.

    • ADRIANO GONZAGA

      20 de setembro de 2018 em 18:51

      Hahaha, aconteceu comigo, sem tirar nem por, numa feira com muita gente. O cara disse que me conhecia, e perguntava se eu não lembrava dele. Entendi nada, mas acho que queria me empurrar o negócio (o perfume, kkk).

  3. Victor

    23 de março de 2015 em 15:24

    Comentei agora há pouco, contando o ocorrido comigo, e esqueci de dizer que foi na Pavuna – Rio de Janeiro e há mais ou menos 1 mês… 1,5 mês, no máximo, e foi por volta de meio dia.

  4. pedriho

    27 de abril de 2015 em 17:33

    mt serio esse negosio

    • Lucho

      28 de abril de 2015 em 18:38

      Mas mais sério e grave é o seu analfabetismo.

  5. Carlisson

    9 de julho de 2015 em 14:56

    Galera em principio sempre achei que fosse golpe, porque não havia nada na mídia, mas aqui em Porto Alegre á foram feitas denuncias na BM, agora estou começando a achar que não é boato

    http://videos.r7.com/maniaco-do-perfume-poe-vitima-pra-dormir/idmedia/559d6f030cf23a747390f590.html

  6. Mônica

    10 de julho de 2015 em 3:09

    Olha, acredito que um dia possa ter sido apenas boato, mas aqui em Porto Alegre algumas pessoas ja registraram na policia esse tipo de golpe.
    Olhem essa notícia tem data:
    http://www.rederecordrs.com.br/balanco-geral-rs/videos/maniaco-do-perfume-poe-vitima-pra-dormir-08072015

  7. Iolanda

    11 de julho de 2015 em 16:25

  8. Alessandra

    31 de outubro de 2015 em 17:15

    Isso não é Boate, é Real!!!
    Aqui em São Paulo tá cheio de Gente fazendo isso!!! E aconteceu comigo, uma mulher me abordou dizendo se eu me lembrava dela e tal, e disse que agora estava vendendo perfume e que iria me dar um, então ela disse primeiro sente o cheiro pra ver se você gosta, e na Hora que ela espirrou o perfume em mim, foi muito estranho, porque eu ofeeci o braço, porém ela espirrou o perfume perto do meu nariz, foi então que eu me lembrei de uma reportagem que pessoas teriam denunciado essas Pessoas porque era caso de Golpe, na Hora que ela espirrou em mim eu virei rapidamente o Rosto e fui embora, e ela ficou me chamando!! Isso aconteceu na Rua 25 De março, foi um grande livramento de Deus!!

  9. bruno

    23 de novembro de 2015 em 1:10

    Ola, se esse alerta é boato ou não, eu não sei. O que sei é que ontem eu fui em uma feira conhecida do Rio de Janeiro,a feira de acari, um cara vendendo perfumes nessa feira com embalagens de perfumes importados( 212, azzaro, 1 milion) e eu parei para olha, o cara já veio falando e espirrou um perfume desses no meu pulso. Eu fui cheirar, e logo depois meus batimentos aceleraram, eu fiquei um pouco tonto e com fraqueza. Falei que não queria e fui embora. O cara me chamo pra me dar um cartãozinho, so que quando eu fui pegar ele colocou um dos perfumes em uma sacola e me deu falou que era de graça e tal… Eu falei que não queria e ele insistindo falando que ia ser desfeita… Eu continuei falando que não queria, botei o perfume la e fui embora. Meu pai estava comigo na feira, só que ele estava bem mais na minha frente, ai eu fui ate ele. Paramos em uma barraca de caldo de cana, eu ainda com o batimento acelerado, com mais fraqueza e meio tonto, percebi que um cara tava meio que seguindo, so que ele passou fingindo que tava olhando as barracas e dps foi embora. Provavelmente eles queriam que eu desmaia-se e depois iriam me roubar…

  10. Zahra Perfumes

    11 de dezembro de 2015 em 10:26

    Bom conteúdo.

  11. Fernando

    26 de julho de 2016 em 11:53

    Aqui em São paulo isto acontece frequentemente, é um golpe comum.

  12. alice brigadeiro

    1 de setembro de 2016 em 0:48

    Em são Paulo, realmente acontece muito. Devemos ter cuidado..

  13. carlinhos

    22 de outubro de 2016 em 13:55

    Isso é apenas uma venda…qndo ele diz que vai dar um de presente logo ele te dá outro e depois pedi pra vc deixar uma ajuda em um perfume com qlqer valor, só que dá maioria das vezes eles deixam um valor que está pagando os dois…

    • ADRIANO GONZAGA

      20 de setembro de 2018 em 18:55

      Exatamente. As pessoas podem ficar passando mau se cheirar, devido a que o produto é muito ruim mesmo, rs.

  14. Valdo

    31 de março de 2018 em 2:01

    O que ninguém questionou, tanto este site como o boatos.org, é que tipo de produto é capaz de fazer isso deixando a pessoa a mercê de outra somente com uma passada ou borrifada na pele!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo