Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Crianças dançando funk de forma sensual em escola! Será verdade?

Falso

Crianças dançando funk de forma sensual em escola! Será verdade?

Crianças dançando funk de forma sensual em escola! Será verdade?

Vídeo compartilhado no Facebook mostra várias crianças uniformizadas dançando de forma sensual ao som de funk em uma escola! Será que isso aconteceu no Brasil?

O vídeo foi publicado no Facebook na última semana de julho de 2017 e foi visto mais 400 mil vezes em apenas uma das postagens! Nela podemos ver um grupo de crianças dançando de forma sensual ao som de um funk. O detalhe é que (além delas estarem simulando o ato sexual) todas estão uniformizadas, como se a escola tivesse apoiando essa prática!

O texto que acompanha o vídeo mostrando as crianças aparentemente simulando o ato sexual pede para que ele seja compartilhado até chegar nas autoridades, mas será que isso é verdade mesmo?

Crianças dançando funk de forma sensual em uma escola brasileira! Será verdade? (Foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Essa não foi a primeira vez que imagens como essas são espalhadas na web como se o fato tivesse ocorrido no Brasil. Em 2016, publicamos aqui no E-farsas a verdade sobre um vídeo que mostrava crianças dançando de forma sensual ao som de um funk. Na época, explicamos que o vídeo não era brasileiro e as crianças estavam dançando um ritmo jamaicano chamado X-Rated. Alguém pegou o vídeo das crianças jamaicanas e substituiu o áudio pelo funk carioca.

Em julho de 2017, alguém teve a “brilhante” e “original” ideia de pegar outro vídeo estrangeiro e trocar o áudio pelo funk.

O vídeo que mostra as crianças dançando uniformizadas foi gravado por Jorge Luis Pérez, pai de um dos meninos, em uma escola na cidade de Camagüey, em Cuba! Na filmagem original, as crianças cubanas estão dançando outra música. Jorge Luiz Pérez compartilhou a gravação com orgulho em 2016, para mostrar como seu filho “dança bem”!

Conclusão

Não adianta compartilhar esse vídeo com a intenção de ajudar a chegar até as autoridades! Essa filmagem é de 2016 e o caso foi registrado em uma escola de Cuba! No vídeo original, as crianças estão dançando outra música, que foi substituída por funk em publicações falsas no Facebook!  

Continue lendo
68 Comentários

Comente

68 Comments

  1. DAIANE TISANO DE MORAES

    3 de agosto de 2017 em 5:22

    pode até ser outra música outro país mas a dança do mesmo geito esta vulgar são crianças tinha q está estudando não dança seja lá qual for a música é uma putaria mas existe no funk crianças fazendo isso Tam bem gosto de funk sem putaria mas hoje em dia tá difícil ouvir um

  2. Wilson Albino de Sá

    3 de agosto de 2017 em 11:57

    Caros(as) Leitores(as)…….
    Independemente de qual seja música , temos que refletir sobre os gestos e atitudes esboçadas pelas crianças…seja em Cuba ou no Brasil.
    Refletir sempre !

  3. Renato

    5 de agosto de 2017 em 19:02

    Como foi em Cuba, os bostanaristas vão dizer que é pq lá é de esquerda e tal…

    • João

      19 de outubro de 2017 em 10:11

      É isso mesmo! Acerto mizeravi! Olha como tratam a infância em Cuba, e assim querem fazer no Brasil, mas jamais conseguirão!

      • elena orge pimenta machado

        10 de outubro de 2018 em 10:36

        O que importa é o gestual das crianças, simulando o ato sexual e isso em uma escola! É isso que querem trazer para as escolas do Brasil? Deixem nossas crianças viverem a infância!!

        • Gilmar Lopes

          10 de outubro de 2018 em 11:06

          E quem falou que querem trazer isso pro Brasil?

          • Namir cileia

            10 de outubro de 2018 em 19:04

            Já está !

          • Jônatas Silva

            26 de outubro de 2018 em 15:49

            interessante o nome do estilo musical, né Gilmar Lopes? É o mesmo nome que se dá aos filmes pornográficos nos EUA. Não acredita? Pesquise. Bem conveniente o nome desse “estilo musical””

          • joaquim

            27 de outubro de 2018 em 23:20

            VC é um troca seu petista

          • Gilmar Lopes

            29 de outubro de 2018 em 8:45

            O que “um troca” quer dizer?

      • Greice Monteiro

        14 de outubro de 2018 em 15:38

        Concordo com você.

    • Euzinha

      27 de setembro de 2018 em 17:55

      E não e’ verdade??? País comunista , crianças sem inocência .Pra Vc isso e’ normal

    • Greice Monteiro

      14 de outubro de 2018 em 15:42

      E vc acha correto então, militonto?
      Em Cuba é assim, pois o que predomina é a podridão.
      E se aqui esse nojo PTista assumir (o que se Deus quiser, não acontecerá) será exatamente assim. Crianças prematuramente perdidas. Já não está fácil, imagina com esse Anencéfalo incompetente.

      • Márcia

        23 de outubro de 2018 em 10:23

        Anincéfalo, não seria aquele que se fez de esfaqueado para fugir de diálogos?
        Não sabe outra coisa que não ser truculento, agressivo…
        Com um dodói daqueles, qualquer pedreiro já estaria em cima de andaime.
        O verme não pode nem falar.
        A arma de quem nada sabe: o grito!

        • José Silva

          8 de novembro de 2018 em 14:59

          vc não tem filhos? ou acharia isso normal? essa é a cultura comunista o ferro entrando e vcs dando rizada.

  4. Corvo José

    26 de maio de 2018 em 5:13

    Viva la revolucion

  5. julio de abreu

    29 de julho de 2018 em 17:05

    Essa é a educação de qualidade que os esquerdopatas defendem, isso é a escola boa do governo cubano.

  6. Beto santista

    6 de agosto de 2018 em 10:59

    a musica é outra, mas a dança sensual é verdadeira, ou seja, vergonha dessa nação deixar as crianças erotizarem uma dança

  7. QAEQSE

    6 de agosto de 2018 em 23:23

    Todo mundo criticando a “sensualidade” dos pequenos. Mas qual de vocês em churrascos não falam putaria e não dão o mínimo de exemplo para seus filhos, sobrinhos e conhecidos? Hipocrisia é a prostituição mais antiga do mundo.

    • Romildo

      25 de setembro de 2018 em 17:48

      QAEQSE???
      É um escândalo total!! Espero que seus responsáveis não tenham deixado você quando criança exposto a uma miséria, a uma desgraça desta.
      Estas crianças já estão com as cabeças ferradas… E sim, eu sou um dos que escolhi ter uma família e me dou o respeito diante deles e é assim que os cuido e tenho o afeto e admiração deles.
      O nome disso se chama trabalho para que o futuro de meu filho seja cheio de oportunidade e que ele não seja envolvido no lixo socialista.

    • Leandro

      28 de setembro de 2018 em 16:23

      Quem faz isso em churrasco é esquerdista, convivo com muita gente infectada pelo PT e é sempre assim nos encontros que eu vou.

      • Wagner

        24 de outubro de 2018 em 8:24

        Até onde eu saiba as nossas crianças dançavam quase igual no governo de Fernando Henrique no auge do Tchan e da Boquinha da garrafa. Lembro que no auge do governo Lula o que dominava entre os jovens era o rock, o Funk começou a infectar nossas vidas a partir de 2011, então nada a ver com o que você falou. Aliás, na União Soviética não existem vídeos de crianças ou mesmo adultos dançando de forma sensual, isso porque a União Soviética durou uns 76 anos! Então fecha a boca pra falar de algo que você não conhece. Detesto falsos moralistas de plantão.

    • Ma Silva

      16 de outubro de 2018 em 22:39

      Pessoas cuja moral foi propositalmente afetada pela doutrinação comunista têm sim este comportamento deploravel e até se gabam do mesmo! Já pessoas como meu genro, que foi criado dentro de padrões saudaveis de sua familia, hj educa o filho principalmente dando exemplo, e nem mesmo permitindo que na familia alguem sequer pronuncie algum palavrão na presença do pequeno.

  8. Pedro Gomes da Silva

    7 de agosto de 2018 em 13:07

    Fico feliz de ver os comentários. Que tenha sido trocado a música. A verdade é que é uma dança erotica. Simulando um ato sexual. Não tem como negar. Antecipando em muitos anos o que ocorre naturalmente relativo a sexualidade. Que fique em Cuba essa dita dança. Eu particularmente condeno.

    • Jerry

      26 de setembro de 2018 em 22:06

      O melhor comentário foi o seu Pedro, esse retimo de dança exótica não importa se é funk, sertanejo, axé ou outro ritimo, não é certo para nenhuma criança ficar se expondo dessa maneira, más tudo isso é a educação que damos para nossos filhos, sobrinhos e filhos de amigos, temos que dar exemplo

    • Adenilson Costa

      21 de outubro de 2018 em 12:40

      Na minha cidade, extremo sul da Bahia, muitas pessoas ligam som de carro ou som doméstico em alto volume e tocam “músicas” que estão cada vez vais recheadas de palavras chulas, vulgarização da mulher, apelidos para órgãos sexuais e descrição de atos sexuais. Uma baixaria total. Tudo obsceno. Observo que as crianças próximas são bombardeadas e inocentemente passam a cantar e dançar no seu cotidiano, pois tendem naturalmente a imitar o que observam os “adultos” fazendo. Não estamos devendo nada para as crianças do vídeo cubano, desde os primórdios dos tempos que se dançava “na boquinha da garrafa” até os dias atuais.

  9. Jaque

    9 de agosto de 2018 em 12:13

    Não importa a música… a questão é que estão destruindo a inocência das nossas crianças…
    Como vamos ter um mundo melhor do que amanhã??
    É triste😭

    • Gilmar Lopes

      9 de agosto de 2018 em 12:18

      Mas isso não é de hoje! Pega umas músicas antigas, como as da Gretchen (que eram sensuais) ou do Tchan…

      • Leandro

        28 de setembro de 2018 em 16:24

        Foi exatamente nessa época que começou, junto com Xuxa, Domingo legal, etc.

  10. Lis

    25 de setembro de 2018 em 16:08

    Independente do país, da música, até mesmo do exemplo que alguns adultos possam dar, nada justifica banalizar o uso da sexualidade fora do tempo. Precisamos ter um olhar responsivo para com as crianças. Elas precisam de proteção e não de exposição.

  11. Roberto Luiz de Carvalho Ramos

    25 de setembro de 2018 em 18:46

    Isto deve ser obra de um fdp destes que infestam as redes sociais para prejudicar este ou aquele candidato.

    • Euzinha

      27 de setembro de 2018 em 17:59

      Seria algum candidato comunista ?
      Por que será ?Isso so pode vir de Cuba mesmo

  12. Mônica

    25 de setembro de 2018 em 19:46

    Verdade é, né? Pode ser em outro país, mas repúdio tal ato c essas cças inocentes. Absurdo. Q levante uma autoridade para q abominem tal ação p c as cças de Cuba. Há normalidade nisso?! Ñ mesmo!Q erotismo precoce, o q será destas cças no futuro? Como entenderão isso na constituição do seu ser, em suas relações e no amor ao outro. Nossa q complexidade!

  13. Claudio

    26 de setembro de 2018 em 21:37

    E-farsa é uma farsa , o video é da escola Cuba. coloquem Escola Cuba no youtube e verão que o uniforme é Cubano.

    A questão não é o ritmo é a falta de moral gramcista: só muda o ritmo funk ou não a doutrinação e marxismo cultural da esquerda é o mesmo em todo lugar

    • Gilmar Lopes

      26 de setembro de 2018 em 22:39

      Tenho quase certeza de que escrevi no artigo que esse vídeo foi filmado em Cuba!
      Péraê, deixa eu conferir…
      Ah! Foi isso mesmo! Eu escrevi no texto que o vídeo foi filmado em Cuba!

      • Adenilson Costa

        21 de outubro de 2018 em 12:49

        Deus lhe dê mais paciência do quem já lhe presenteou, Gilmar. Eu não aguentaria uma terça parte.

  14. VALMIR BARCELO DE MOURA

    27 de setembro de 2018 em 11:57

    De qualquer forma essa é a educação comunista

    • Gilmar Lopes

      27 de setembro de 2018 em 12:06

      O que tem a ver o comunismo com isso? (essa é uma pergunta sincera, ok?)

      • Ibraim Sued

        7 de outubro de 2018 em 14:53

        No começo me impressionei, sabia que era o uniforme escolar de Cuba e lá já tem funk também. Mas é apenas uma expressão musical e ou sensual deles e o professor não está reprimindo, talvez não deva mesmo.

      • ma silva

        16 de outubro de 2018 em 22:30

        Gilmar, tem tudo a ver! Reza a cartilha comunista que domina se facilmente uma sociedade cujos valores morais e espirituais sejam destruidos… e melhor que isto seja feito ja desde a mais tenra idade… a exemplo do que estão fazendo aqui em nosso país. Como é criminosa a esquerda!

      • André Garcia

        17 de outubro de 2018 em 12:25

        Você tem muita paciência Gilmar kkk.

        #SomosTodosUrsal

        • Gilmar Lopes

          17 de outubro de 2018 em 13:46

          é nóis!

          • joaquim

            27 de outubro de 2018 em 23:26

            e um trocha não conhecê valores mais é assim mesmo têm gente desse tipo mesmo,não consegue desernir o certo do errado.

  15. Maria Isabel Bruno

    28 de setembro de 2018 em 13:37

    Não importam as músicas.
    As insinuações,gestos,expressões faciais são prenúncios da perdição seja em que País for.
    Se ainda estivesse nativa como Educadora primária e tivesse que aceitar essas ABERRACÕES, com certeza, daria baixa no meu Diploma. Sinceramente, estou chocada e muito revoltada.

  16. Leandro

    28 de setembro de 2018 em 16:26

    Marxismo cultural, tem vários livros que tenho aqui, se quiser recomendo os nomes.

  17. mariaeu

    30 de setembro de 2018 em 22:22

    Seja de que origem for, é um crime!!! E deve ser combatido com urgência.

    • Luz

      9 de outubro de 2018 em 16:56

      Vai pra cuba então e tenta combater, uai!

  18. Antonio Augusto

    1 de outubro de 2018 em 18:58

    É bom mostrar esse vídeo aqui no Brasil também,para que nós (povo) possamos ficar atentos quanto à educação das crianças,isso contamina não só em Cuba né?

  19. Robson

    2 de outubro de 2018 em 3:47

    Cuidem de suas vidas e deixem essas crianças e os pais delas em paz porque e errado julgar as pessoas tudo bem uma dança sensual mais cada um cria os seus filhos da maneira que quiserem a cultura e costumes de outros pais podem ser diferentes das nossas inclusive as leis parem de disser que e crime aqui e brasil la e cuba

  20. ELOI TODARI

    3 de outubro de 2018 em 8:19

    Não explica a maneira sexual que as crianças dançam Isso é o fim da picada…São crianças de 5 a 6 anos…Inacreditável que um pai poça filmar essa aberração…

  21. Ascp

    4 de outubro de 2018 em 9:38

    Até nisso estão vinculando ao comunismo! Esses são aqueles que acreditam que comunista comem (do verbo comer) criancinhas.

    • pc

      4 de outubro de 2018 em 13:48

      Olá, pois estou lendo sobre esses comunistas, ideologia, feminismo, e em um livro A dialética do sexo, de Shulamith Firestone, e lá diz que uma sociedade ideal é assim … o conceito de infância deve ser abolido, e crianças devem ter os mesmo direito e claro comportamento sexual que os adultos. la diz também que crianças podem fazer sexo com adultos e inclusive com os pais . E chamam isso de independência sob o socialismo.

      • ma silva

        16 de outubro de 2018 em 22:43

        esta é a melhor receita para se dominar um povo.FORA PT

  22. Beto

    4 de outubro de 2018 em 10:35

    gravado por Jorge Luis Pérez, pai de um dos meninos. Nota: um dos meninos. Se fosse filha, será q ele gravaria. Qr dizer, uma falta de respeito com a filha dos outros. Cara, nem sei o q eu faria se fosse uma filha minha ali, com um traste fdp desse!

  23. pc

    4 de outubro de 2018 em 13:51

    Olá, pois estou lendo sobre esses comunistas, ideologia, feminismo, e em um livro A dialética do sexo, de Shulamith Firestone, e lá diz que uma sociedade ideal é assim … o conceito de infância deve ser abolido, e crianças devem ter os mesmo direito e claro comportamento sexual que os adultos. la diz também que crianças podem fazer sexo com adultos e inclusive com os pais . E chamam isso de independência sob o socialismo.

    • Gilmar Lopes

      4 de outubro de 2018 em 15:52

      O livro foi publicado em 1970… faz tempo, hein?
      Estudei um pouco a história por trás dessa mulher e descobri que ela foi uma feminista radical na sua época e que seu livro fez um certo sucesso nos anos de 1970. Ela queria que o mundo não fosse mais dividido entre homens e mulheres, masculino e feminino, e que nos tornássemos apenas humanos (sem distinção de sexo). No final do livro ela diz isso sobre crianças e adultos mas (não estou defendendo ela aqui), isso era uma visão que ela tinha de um futuro caso os gêneros fossem anulados.

      • pc

        4 de outubro de 2018 em 17:58

        ola , Gilmar Lopes. Mas veja que atualmente estamos vivendo esses conflitos terríveis até. Pois e do interesse sim de alguns grupos, partidos, impor essas ideologias sim. Creio que inspirados nesses livros e outros Ou seria só coincidência essas declarações?
        https://www.youtube.com/watch?v=rIFYYXkhXQw

      • wilson

        15 de outubro de 2018 em 22:49

        Cara tu deve ter sido estuprado quando criança e deve ter gostado, para defender tanto essa aberração. vai dar o rabo lá em cuba seu pederasta depravado, arrombado.

  24. Luz

    9 de outubro de 2018 em 17:04

    Exatamente! Porque não proibiram o tchan? Hipocrisia é mato! Todo mundo dançou boquinha da garrafa. Agora fica usando notícias fake pra.promover tal candidato.

  25. Luz

    9 de outubro de 2018 em 17:09

    Vai pra cuba então e tenta combater, uai!

  26. Evaldo

    10 de outubro de 2018 em 1:37

    Meu caro! Você já está prestando um desfavor com teu trabalho! Não interessa se esse vídeo é no Brasil ou não. Sabemos sim que isso acontece aqui no Brasil! Vai dizer que não? Você precisa se atualizar! Ou se faz de doido? Não generalize tudo por causa de um vídeo que foi adulterado. Aliás, você costuma fazer isso, generalizar tudo por causa de um erro isolado. Agindo assim o teu trabalho se torna FAKE NEWS também! E outra. ovídeo se passando em Cuba só reforça o cuidado que nós temos que ter em não deixar esses ideais comunistas doutrinarem nossas escolas, como já acontece em toda ideologia comunista de ideologia de gênero!

  27. Sanny Vieira

    15 de outubro de 2018 em 6:47

    Vocês deveriam se preocupar são com as crianças em seu país que passam fomem, que sofrem nas ruas, e não com a cultura de outros países, deixem que eles se preocupem, estão apenas dançando

  28. Paulo

    16 de outubro de 2018 em 22:49

    Independente de ser em outro País o video é vulgar. E sabendo que o PT apoia CUBA, bem que com as cartilhas Gays ja influencia a sexualidade infantil! #PTNAO #PTNUNCA!

  29. Juan Pablo

    17 de outubro de 2018 em 8:48

    os mesmos hipócritas que comentam aqui que é um absurdo aquelas crianças dançando daquele jeito, são os mesmos pais que batem palmas pro filho de 5 anos que olha pra mulheres (mesmo de maneira inconsciente) com aparente malícia, que olha revista erótica e que incentiva a ter relacionamentos precoces pra ser “pegador” ou a mãe que acha lindo a filhinha de 7 anos rebolando e sambando ou usando roupas de gente adulta
    vamos reduzir o mau cara teísmo, todo mundo via Emmanuelle, olhava capa de filme pornográfico na fita VHS, via a banheira do Gugu, o É o tchan e capa da revista Playboy na banca mas nenhum de nós deixou de crescer saudavelmente por isso
    o vídeo das crianças cubanas também serve pra desmistificar a dita repressão do governador cubano

  30. Adenilson Costa

    21 de outubro de 2018 em 12:44

    Na minha cidade, extremo sul da Bahia, muitas pessoas ligam som de carro ou som doméstico em alto volume e tocam “músicas” que estão cada vez vais recheadas de palavras chulas, vulgarização da mulher, apelidos para órgãos sexuais e descrição de atos sexuais. Uma baixaria total. Tudo obsceno. Observo que as crianças próximas são bombardeadas e inocentemente passam a cantar e dançar no seu cotidiano, pois tendem naturalmente a imitar o que observam os “adultos” fazendo. Não estamos devendo nada para as crianças do vídeo cubano, desde os primórdios dos tempos que se dançava “na boquinha da garrafa” até os dias atuais.

  31. Jônatas Silva

    26 de outubro de 2018 em 15:53

    Realmente não tem nada a ver né, Gilmar Lopes. Engraçado é o Fato de X-Rated, ser um dos nomes usados na indústria da pornografia. Não acredita? Pesquise. Realmente é só um inocente ritmo de música jamaicano.

    • Gilmar Lopes

      26 de outubro de 2018 em 15:58

      Mas, se bem me lembro, a discussão era se isso era no Brasil, né?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo