Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

É verdade que uma mesária trabalhou vestindo camiseta escrita #EleNão?

Política

É verdade que uma mesária trabalhou vestindo camiseta escrita #EleNão?

É verdade que uma mesária trabalhou vestindo camiseta escrita #EleNão?

Foto mostra uma mesária usando uma camiseta preta com o termo “#EleNão”, em protesto ao candidato Jair Bolsonaro, na sala de votação! Será que essa imagem é verdadeira ou falsa?

A foto surgiu nas redes sociais no dia 07 de outubro de 2018, no dia do primeiro turno das eleições gerais no Brasil. Nela podemos ver uma dupla de mesários, sendo que a moça posa vestindo uma camiseta preta e com a frase “#EleNão“. Para quem não sabe, essa hashtag foi usada em protesto contra o candidato Jair Bolsonaro durante campanha presidencial.

Muitos eleitores questionaram a veracidade da imagem e alguns também quiseram saber se um mesário pode se comportar dessa forma, contra um candidato, sem que ninguém tome uma atitude.

Será que essa foto é verdadeira ou falsa?

Mesária usando camiseta com a hashtag “#EleNão” contra Jair Bolsonaro! Será verdade? (foto: reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

O caso é real e ocorreu em um colégio eleitoral localizado na zona sul de Natal (RN). De acordo com o jornal Tribuna do Norte, mas – diferente do que se espalhou pela web – a mesária voluntária teve que trocar de roupa e foi encaminhada para a Polícia Federal após denúncias de vários eleitores.

Abaixo, o momento da prisão:

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Lembrando que, por Lei, é proibido aos mesários o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido de coligação ou de candidatos.

A voluntária foi substituída por outra, o incidente foi registrado em ata e a votação transcorreu sem maiores problemas.

O caso não foi o único

Essa não foi a única mesária a ser presa por protesto contra um candidato. Em Goiânia, outra mesária foi levada pela polícia por estar usando um broche com uma propaganda contra um candidato.

Reprodução/TV Anhanguera

Conclusão

A foto de uma mesária vestindo uma camiseta com propaganda contrária à campanha de Jair Bolsonaro é real. A moça foi levada por volta das 14h para a Polícia Federal e substituída por outro mesário!

Continue lendo
28 Comentários

Comente

28 Comments

  1. P4triot4

    8 de outubro de 2018 em 13:34

    Aprofundando mais ainda, saberá que essa POTA foi candidata do PT (Foi, significa que perdeu, como todo petista)e não seria diferente em não fazer essa propaganda. Entendeu? Gilmar Lopes MENDES

    • Militante Revoltado

      8 de outubro de 2018 em 16:14

      É tudo culpa da Dona Réde Glóbo de Télevisão! Comunistas racistas esquerdistas illuminatis perpetradores da mentira e executores de lavagem cerebral da população do nosso grande Brasil Varonil!

      FORA REDE GLOBO!
      FORA GILMAR LOPES MENDES!
      PALMEIRAS NÃO TEM MUNDIAL!

      • Marcos Matias

        9 de outubro de 2018 em 11:13

        Quem fala Rédeas Glóbo de Télevisao é a sua igorancia. A mesma que pede “um choops e dois pastel” mas é marca registrada de uma fatia xenofóbica que associa tudo o que discorda a uma posição regional.
        Não atribuo a sua ignorância aos demais sulistas pois sou testemunha da maioria que sente vergonha de ser conterrâneo seu.
        Vá estudar antes de escrever merda.

  2. Luceni

    8 de outubro de 2018 em 16:09

    A hashtag não fere a Lei. Leiam com atenção ”propaganda de partido, de coligação ou de candidato”. Não é o caso da hashtag, que surge em um movimento apartidário!

    • Gilmar Lopes

      8 de outubro de 2018 em 16:35

      Houve a denúncia por parte dos eleitores e a polícia acatou o pedido!

      • Luiz Roberto Turatti

        9 de outubro de 2018 em 7:11

        Houve, né, Gilmar?

        • Gilmar Lopes

          9 de outubro de 2018 em 8:33

          Vixe! Verdade! 🙂
          Já corrigi. Valeu!

    • Oliver

      8 de outubro de 2018 em 17:16

      Fala sério, nem você acredita nisso. A propósito, não sou defensor nem advogado do candidato mencionado.

    • Samuel

      8 de outubro de 2018 em 20:07

      procure o significado de “coligação”.

      • Mobral

        14 de outubro de 2018 em 19:19

        Coligação PARTIDÁRIA, jegue. A hasthag é parte de um movimento popular nas redes sociais, não está associado a nenhum partido ou candidato.

    • Marcelo

      8 de outubro de 2018 em 22:02

      Eleitor pode camisa, etc… Quem trabalha de mesário, fiscal, motorista, etc… A Lei proíbe sim.

      • ELENAO

        9 de outubro de 2018 em 11:05

        O ponto é que tecnicamente a camiseta com a hashtag não é propaganda partidária. Não se encaixaria na lei.

        • Delks

          10 de outubro de 2018 em 20:19

          Mas faz parte de uma coligação

        • ELENUNCA

          10 de outubro de 2018 em 20:31

          “Mas faz parte de uma coligação”
          Você ao menos sabe o que É uma coligação? Ou só achou a palavra bonita e resolveu usar, sem saber do que se trata?

      • Greice Monteiro

        14 de outubro de 2018 em 12:14

        Fato!
        Vc está certo.
        Já fui mesária e presidente nas eleições. É PROIBIDO E PONTO.

        • ELENUNCA

          14 de outubro de 2018 em 19:20

          Claro, claro. Agora aponte em qual trecho do manual do mesário onde esteja proibida a utilização de camisetas com hasthags de redes sociais que não apoiam nenhum partido ou candidato específico.
          DUVIDO!

  3. Antonio

    8 de outubro de 2018 em 20:43

    Engraçado, o brasileiro é tão desconfiado das coisas feitas no Brasil! As vezes a imagem que vemos é o reflexo da nossa própria figura. A moça “ele não”, as urnas, os votos em tal candidato… Nada presta para quem não presta!

  4. George Mansur

    9 de outubro de 2018 em 9:02

    ELE NÃO !!! Ela gosta mulher, está lésbica não gosta-se homem, porisso “ele não”

    • ELENAO

      9 de outubro de 2018 em 11:04

      E você não gosta de escola, percebemos claramente pelo seu analfabetismo. Aprenda a escrever antes de comentar, mobral.

  5. Marcos Matias

    9 de outubro de 2018 em 11:16

    Xenofobismo, misoginia e sexismo estão sendo a base dos comments.
    Mais atenção aos moderadores.

  6. Marcos Bastos

    10 de outubro de 2018 em 2:16

    Mesários não podem usar nada nem a favor ou contra. (ponto)

    • ELENAO

      10 de outubro de 2018 em 9:44

      A lei é clara:

      “Aos mesários é proibido o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido, de coligação ou de candidatos.”
      “Aos fiscais é vedada a padronização do vestuário ou qualquer inscrição que caracterize pedido de voto.”

      A camiseta não se encaixa em propaganda de partido, de coligação ou de candidatos. Logo, a punição não procede e você está errado.

      • Elinho

        11 de outubro de 2018 em 22:38

        Eu queria ver se estivesse com uma camisa “Brasil acima de todos e Deus acima de tudo” vc estaria com o msmo pensamento…

        • ELENUNCA

          12 de outubro de 2018 em 11:17

          Sim, estaria exatamente com o mesmo pensamento. Desde que não tivesse uma foto ou número de nenhum candidato, como o #ELENAO não tem, qual o problema? Não configura propaganda de partido, de coligação ou de candidatos, logo não cabe a aplicação da punição.

  7. Marcos Bastos

    10 de outubro de 2018 em 2:17

    Mesários não podem ter nada estampado contra ou a favor de candidato algum. (ponto)

    • ELENAO

      10 de outubro de 2018 em 9:44

      Falou o juiz Marcos Bastos!

  8. Ozymandias Lengruber

    15 de outubro de 2018 em 18:53

    Gente de bem… Vocês ficam perdendo tempo dando resposta ao noob do elenao, ou alemão (como queiram) e acabam alimentando o pouco de ego que ainda resta na vida dessa criaturinha inútil. Tipo a Bolha Assassina, se ele não tiver nada para se alimentar (atenção), morrerá de tédio e será possível matéria do G1 e do Yahoo: “Alienado de esquerda é encontrado morto, empalado com um espeto de churrasco de bambu no Canal Retal. Possível suicídio, ou tentativa de auto flagelo que deu errado.” rsrs

    • ELENUNCA

      15 de outubro de 2018 em 21:08

      E, ainda assim, você continua não só voltando como citando meu nome! Obrigado pela audiência, pombo, tanto do site como aumentando minha popularidade! 😉

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo