Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Einstein previu que o mundo teria uma geração de idiotas?

Correntes

Einstein previu que o mundo teria uma geração de idiotas?

Será verdade que Albert Einstein disse que, quando a tecnologia ultrapassar a interatividade humana, o mundo terá uma geração de idiotas?

Há alguns anos, a frase – atribuída ao físico alemão Albert Einstein – circula pela web. Sempre acompanhada de fotos de jovens olhando fixamente para seus smartphones, alheios ao mundo a sua volta. Isso tenta nos fazer acreditar que os jovens de hoje seriam a geração de idiotas que Einstein havia previsto, pois não largam dos aparelhos de celular em nenhum momento!

Mas será que Albert Einstein fez mesmo essa previsão? Será que ele disse isso mesmo?

Frase atribuída a Albert Einstein é real?

Frase atribuída a Albert Einstein é real?

 

Verdadeiro ou falso?

É muito fácil se atribuir uma frase a qualquer pessoa famosa e com bastante relevância na história da humanidade, como foi o físico alemão Albert Einstein. Basta inventar uma frase qualquer, juntar com a foto de alguém e pronto! É só espalhar pela rede.

Como exemplo, já mostramos aqui no E-farsas a verdade sobre uma frase atribuída ao médico Dráuzio Varela, em 2012. Na ocasião, tivemos a oportunidade de entrar em contato com o médico para que ele mesmo nos confirmasse ou desmentisse a sua frase sobre o fato de estarem investindo mais dinheiro em pesquisas de silicone e remédios para virilidade do que para a cura do Alzheimer!

O boato fica ainda mais difícil de ser verificado se o “autor” da frase já tiver morrido… 

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

machado-de-assis

No caso da frase atribuída a Einstein sobre a “geração de idiotas”, não há nenhuma prova de que ele tenha dito isso, de fato! Não há nenhum outro dado na frase que nos ajude a verificar se isso saiu mesmo da boca do físico e não se sabe quando, onde ou porque Einstein teria isso…

O excelente site de língua inglesa Quote Investigator, que se especializou em pesquisar a autoria de frases célebres afirmou que é bem provável que o alemão nunca tenha feito tais afirmações. Não há nada parecido com essa frase no livro The Ultimate Quotable Einstein, publicado em 2010 pela editora da Universidade de Princenton, que possui as 1600 frases mais famosas do físico. A compilação foi elaborada por Alice Calaprice, uma das maiores especialistas estudiosas da vida de Albert Einstein!

Os pesquisadores do Quote Investigator não descobriram a origem desse boato, mas acreditam que tudo começou em publicações em fóruns de discussão, em 2012, época em que a frase começou a se espalhar pela web.

Já falamos aqui no E-farsas sobre outra história falsa envolvendo o nome de Albert Einstein. Em 2012, explicamos que era mentira o texto afirmando que Einstein teria provado ao seu professor do primário que Deus existia!

Conclusão

Não há nenhuma prova de Einstein tenha dito realmente essa frase! Provavelmente, alguém achou que a nova geração estava muito apegada ao mundo virtual e resolveu atribuir o nome de um homem considerado de grande inteligência a uma frase de impacto.

Continue lendo
27 Comentários

27 Comments

  1. Ivo Pacheco

    24 de março de 2015 em 0:33

    A quantidade de idiotas é e sempre foi proporcionalmente a mesma. A diferença é que hoje temos acesso a essas pessoas que anteriormente moravam longe ou eram insignificantes.

    Hoje dá-se destaque as idiotices e zombam destes idiotas em redes sociais, incentivando e reforçando o hábito de fazer idiotice para que alguma microcelebridade lhes dê atenção, mesmo que seja para o escárnios de seus fãs.

    • ramofits

      24 de março de 2015 em 12:54

      Verdade, mas hemos de convir que, com o avanço crescente da tecnologia e interatividade, deveria diminuir o número de idiotas. Mas ocorreu que facilitou-se o contato e compartilhamento de idiotas e idiotices, ao invés de cultura e informações relevantes. Trágico…

      • ELVIS A SILVA

        24 de março de 2015 em 15:42

        Sempre digo em tom de brincadeira que pobreza e burrice são duas doenças altamente contagiosas, pois se convivermos com os ricos não ficaremos ricos sem esforço, se convivermos com os inteligentes logo desconfiaremos da lucidez dessas pessoas. Agora, se convivermos com pobres com certeza ficaremos pobres rapidinho e se convivermos com idiotas “comsertesa” e muito rapidamente “agente teremos pobremas”, rs. O “plobrema” é que agora temos acesso a todos os idiotas planetários como bem dito pelo Ivo Pacheco. Infelizmente a tecnologia nos conectou com os idiotas sim, mas pior, nos conectou com toda espécie de pilantras, charlatões, tarados, etc, do mundo todo. Antes, bastava-se conhecer os picaretas da redondeza e pronto, vida tranquila…agora a regra é desconfiar sempre!!!!

        • Rafael

          6 de setembro de 2016 em 0:34

          Pobre n e doente e vítima, provavelmente n é e sequer foi um dia senão n zombaria de um problema social tão grave que existe em nosso país de forma latente…

          • Henrique Faria

            13 de agosto de 2018 em 14:34

            O mínimo tb é doença nos dias de hj.

  2. Pedro Lucio Ribeiro

    24 de março de 2015 em 6:24

    A obviedade está nas palavras inusuais à época de Einstein. Ninguém conhecia o significado de, por exemplo, interatividade, e-farsas, nem imaginava uma rede mundial de computadores trocando imbecilidades…

  3. Julio Cesar

    25 de março de 2015 em 2:36

    Eu acho meio desnecessário se envolver em assuntos que não podem ser comprovados. Para de fato comprovar a legitimidade que a frase não veio de Einstein, teria que ler todos os livros que Einstein escreveu incluindo outros documentos escritos: Incluindo cartas textos…enfim, tudo que partiu dele. Caso o contrario nada é comprovado por definitivo, Ausência de evidências não quer dizer evidência de ausência.

    E aliais, questionando um vídeo produzido pelo e-farsas no canal do Youtube, os simpsons acertaram muitas coisas sim. Como explicar isso? Illuminat pacto com satã…não, simplesmente o autor da serie é um crânio, e faz várias deduções do que ocorreria, e muitas acabou indo em cheio e outras chegou próximo disso. Claro, se colocar na balança tudo que já passou no desenho em seu total, os acertos não chega nem a 1% em comparação com números dos episódios. Isso porque ele é só um cara inteligente que as vezes faz algumas deduções corretas, e não um vidente que tem pacto com o diabo.
    Só acho que o ceticismo do é-farsa já está chegando a um nível meio desnecessário e as vezes até mesmo fanático.

    • Gilmar Lopes

      25 de março de 2015 em 8:06

      Ué! Quem afirma tem que provar!
      Já ouviu falar em inversão do ônus da prova? Pois é, quem atribuiu a frase ao Einstein deveria (ou poderia) ter incluído o contexto de onde e quando ele teria dito a frase acima.
      Será que Albert Einstein disse isso a grupo fechado de pessoas, meio escondido? Como a pessoa que espalhou a frase na web teve acesso a essa frase?
      Se o físico tivesse dito isso mesmo, bastaria uma busca rápida na web para encontrá-la.
      Não tenho problema nenhum em corrigir algum artigo em que fique provado que erramos (já fiz isso algumas vezes aqui no e-farsas) e caso você encontre a prova de que Einstein disse mesmo isso, me manda o link que publicaremos aqui. Mas não vale links de blogs que apenas copiaram a frase. Tem que ser uma prova razoável, como um livro ou algum estudo de algum especialista da vida do Einstein!
      Concordamos que, no caso dos Simpsons, os redatores não são videntes como vários sites alardeiam por aí, né?

    • Marcos A.

      25 de março de 2015 em 9:04

      A páscoa está chegando e eu acredito no coelhinho da páscoa. Por favor, caso você não acredite, me prove que ele não existe, porque to vendo agorinha mesmo um na minha frente botando um ovo de chocolate.

      • Gilmar Lopes

        25 de março de 2015 em 9:08

        Quero ver você provar que o coelhinho da páscoa não existe! 🙂

    • Thiago Claro

      6 de agosto de 2016 em 11:34

      “Não há remédio melhor para hemorróidas do que cactos com cerol”.
      – Julio Cesar, comentarista.

      E quem quiser comprovar que ele não disse isso, terá que ler tudo que ele escreveu na vida, incluindo cartas, textos… enfim, tudo.

  4. Lucho

    25 de março de 2015 em 20:35

    Se está na Internet então é verdade, como disse o Luís Fernando Veríssimo. Ou foi o Jabor? Talvez o Caio Fernando Abreu? Não foi a Clarice Lispector?

    Sobre a imagem. Acho engraçado esse pessoal que quis chamar quem fica vidrado no smartphone de idiotas. Muito provavelmente esse mesmo pessoal ficou sabendo dessa frase e dessa imagem de que maneira? Quando apareceu de supetão na Timeline do Facebook, depois de horas e horas com a bunda grudada na cadeira corujando na rede social.

    Isso é coisa de gente inteligente.

  5. romulo

    1 de abril de 2015 em 9:55

    Isso era fato Einstein com certeza tem razão.

  6. Karine

    26 de fevereiro de 2016 em 19:28

    Temos varias razoes para acreditar num dos homem mais inteligente da historia,mas o real motivo para acreditarmos nele são que algumas de suas previsoes ja foram confirmadas gerando uma confiança em suas palavras,não to dizendo que é mentira mas sera mesmo que tudo que ele disse e verdade?Até os mais espertos erram…
    Com o aumento da tecnologia o ser humano ta descobrindo tantas formas de curar uma doença,facilitar o acesso aos estudos.Os jovens de hoje não estudam porque a internet ta sendo muito mais favoravel que estudar aquela materia chata na noite Domingo,mas tem muitos que tiram proveito da tecnologia para estudar.
    Eu acredito em tantas coisas sem sentindo,tipo:Jack Frost,jumbie,papai-noel,fantasmas e eu espero um dia casar com o Harry Styles!

  7. Sara Cavalcanti

    25 de julho de 2016 em 13:53

    “Estou farto de ser rotulado como autor de frases tão idiotas” – Albert Einstein

  8. Claudia

    5 de agosto de 2016 em 13:00

    Se foi Albert Einstein ou outra pessoa qualquer estava certíssima.

  9. Aline

    6 de agosto de 2016 em 11:55

    Falaram q tem um vídeo dele falando isso.
    Mas eu não vi ainda, alguém sabe?

    • Edney

      9 de agosto de 2016 em 14:33

      Falaram na internet é? Então é verdade!

  10. Thays Lima

    15 de agosto de 2016 em 2:03

    “Só sei que nada sei”

    Sócrates.

    • Naldo

      8 de novembro de 2016 em 19:22

      Existem certas pessoas carente de entendimento,
      Que acham que não foi Deus que Criou o Casamento,
      A principio lhes parece que não foi conveniente,
      Unir dois seres avessos, de fato, bem diferentes,
      Mas nós que somos cristãos e temos boa memória,
      Sabemos muito bem como surgiu essa história,
      Adão andava ocupado trabalhando com capricho,
      Se esforçando o dia inteiro, pensando em nome de bicho,
      Era tigre, porco, tatu, macaco, alse, leão,
      Adão andava inspirado, e foi mesmo abençoado, com tanta Imaginação,
      Mas é possível que o sujeito também tenha reparado,
      Que todo animal macho tinha uma fêmea do seu lado,
      E Deus por demais atento, sondando-lhe o coração,
      Decidiu que era preciso dar um fim a solidão e disse-lhe:
      – Adão filho querido não quero te ver tão só;
      Falhei por companheira uma joia de primeira da costela e não do pó.
      E pondo Deus em ação aquilo que pretendia,
      Nocauteou nosso Adão dando inicio a cirurgia,
      E Deus cortou-lhe o osso pondo carne no lugar,
      E assim fez a princesa, esperando ele acordar,
      Quando o varão despertou daquele sono pesado,
      O corte da cirurgia já tinha cicatrizado,
      E Deus trouxe a varoa e a entregou à Adão,
      E ouviu um brado de Glória e a seguinte exclamação,
      – Ela é carne da minha carne, Ela osso do meu osso,
      E adão foi pra galera e vez aquele alvoroço,
      E a partir daquele dia o homem bem mais ocupado,
      Deixou pra trás muitos bichos sem o nome catalogado,
      E até hoje rola um papo, bem machista e corriqueiro,
      De que o homem é mais importante, porque foi feito primeiro,
      Algumas mulheres se irritam e afirmam de arma em punho,
      Que a vinda da obra prima vem sempre após o rascunho,
      Mas há homens que falam e mesmo quem acredite
      Que Deus fez Adão primeiro para Eva não dá palpite,
      Mas isso é irrelevante pro sucesso da vida a dois,
      Pra ser feliz não importa quem veio antes ou depois,
      Porque Deus fez tudo perfeito discorde quem quiser,
      Mas o melhor da mulher é homem,
      E o melhor do homem é a mulher.

  11. Megathron

    5 de abril de 2018 em 5:03

    Depois da avalanche dos judeus comunistas o mundo encheu se de idiotas;é lógico que a tecnologia veio por a nu a quantidade de idiotas no mundo não pela capacidade mas pela quantidade; eles são muitos! as evidências são inúmeras pelos sketches das notícias,o jornalismo idiota, as fanfarrices da politica, os políticos idiotas;dos embrulhos da justiça, a justiça idiota;os negócios parasitas, os negócios idiotas;o ensino retrasado; o ensino idiota;tudo na maior margem de idiotas a queimarem tempo sem saber o que fazer do tempo; no tempo mais idiota do mundo.

  12. Manuela Silva

    22 de novembro de 2018 em 21:42

    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Este tipo de conteúdo tem me ajudado muito no desenvolvimento pessoal.
    Obrigado

  13. Célia Jardim

    10 de janeiro de 2019 em 16:26

    Verdade, depois que um famoso se transforma no autor de algo, fica impossível reinvidicar a autoria, principalmente, se o famoso já faleceu. Eu escrevi uma frase e alguém deu os direitos autorais a Bob Marley e eu nem ouso contestar.

  14. Soniel de Queiroz

    12 de janeiro de 2019 em 18:36

    “As mídias sociais deram o direito à fala a legiões de imbecis que, anteriormente, falavam só no bar, depois de uma taça de vinho, sem causar dano à coletividade. Dizia-se imediatamente a eles para calar a boca, enquanto agora eles têm o mesmo direito à fala que 1 ganhador do Prêmio Nobel. O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade”.

  15. GUSTAVO CRUZ SULMAN

    10 de abril de 2019 em 20:05

    Li um livro chamado “Como eu vejo o mundo” de Albert Einstein. Lembro que ele relaciona o mundo moderno e a tecnologia com o desenvolvimento da humanidade (ou a falta dela. Inclusive ele questiona a decadência da arte e a falta de novos gênios como Platão Aristóteles…

    Enfim, não lembro exatamente como ele relaciona isso, nem acredito que ele tenha dito essa frase. Mas é verdade que ele demonstrou preocupação nos rumos da humanidade, e relacionou com a tecnologia.

  16. codimio48cd

    27 de junho de 2019 em 10:28

    agora é minha vez de atribuir uma frase a um famoso

    “o futebol se joga com o pé e não com a mão” neymar

    agora vou espalhar na internet e falar que foi o neymar que disse isso.

  17. Gerson Augusto Gastaldi

    8 de agosto de 2019 em 19:00

    Nas citações referidas a Einstein, as previsões sugeridas a ele, podem ou não ser relevantes, levando-se em consideração a obtusidade no emprego das tecnologias atuais, as quais escravizam os seres humanos, tornando-os “abismados”, isto é: mirando somente o abismo do planeta virtual, cujas telas magnetizam-nos sempre curvados e olhando pra baixo as manipulações do mundo irreal, contemplativo e frugal, na subjetividade da comunicação. Tais seres, não olham mais para cima e nem miram o Sol ou as estrelas, tampouco descortinam o Criador no elevado cume das Suas obras, porém, infiltram-se cada vez mais no buraco escancarado aos seus olhos, levando-os ao submundo do ostracismo e da ignorância.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo