Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Esfera de metal com material biológico veio do espaço?

Falso

Esfera de metal com material biológico veio do espaço?

Cientistas teriam encontrado na atmosfera uma microscópica esfera de titânio recheada com material biológico e discutem se a vida na Terra teria nascido dessas sementes! Será?

No dia 20 de fevereiro de 2015, diversos sites apareceram com a incrível notícia de um grupo de cientistas liderado pelo astrobiólogo Milton Wainwright – no Centro de Astrobiologia da Universidade de Birmingham (Inglaterra) – que teria encontrado uma esfera de titânio com diâmetro menor que a espessura de um fio de cabelo recheada com um material biológico.

A microscópica esfera teria sido encontrada em um balão de estudos, a uma altitude de 27 quilômetros, que ao recolher partículas na estratosfera acabou por capturar a pequena “semente” extraterrena.

A descoberta foi publicada em um jornal científico e fez com que muitos começassem a levantar teorias de que a vida na Terra teria surgido de materiais semelhantes, “semeados” aqui no nosso planeta há milhões de anos.

Mas será que essa história é real?

Esfera do tamanho de 30 mícrons teria vindo do espaço cheia de material orgânico! Será verdade? (foto: Reprodução/YouTube)

Esfera do tamanho de 30 mícrons teria vindo do espaço cheia de material orgânico! Será verdade? (foto: Reprodução/YouTube)

 

Verdadeiro ou falso?

Apesar da notícia aparecer aqui no Brasil em fevereiro de 2015 (alguns sites, como o da Revista Galileu, publicaram o tal estudo como sendo recente), a alegada descoberta é de 2013 e foi publicada em janeiro de 2014 no Journal of Cosmology.

Até aqui, tudo verdade! Agora, vamos à parte duvidosa da história.

O citado jornal cientifico já é conhecido no meio acadêmico pela sua falta de credibilidade e por aceitar qualquer tipo de “estudo” sem a menor verificação prévia. 

Um exemplo disso é um outro artigo que afirmava ter descoberto bactérias vindas do espaço, publicado no mesmo jornal em 2013, pelo mesmo grupo liderado também pelo senhor Milton Wainwright. Na época, centenas de sites ficaram eufóricos por causa da descoberta, mas ficou comprovado que tudo não passou de um engano, pois as bactérias que supostamente seriam extraterrestres eram, na verdade, apenas fragmentos daqui da Terra mesmo.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Nesse artigo do Universo Racionalista há mais alguns exemplos de estudos publicados no Journal of Cosmology, sem revisões, que provam a falta de comprometimento que o pessoal de lá tem com a divulgação científica. A revista também alega que todos os artigos publicados passam por revisões em pares, mas não fica claro em nenhum local quais são essas revisões!

Nesse caso da esfera de titânio que teria material biológico em seu interior, uma leitura no artigo publicado no Journal of Cosmology mostra que há muitas suposições e poucas provas do que se quer passar. Um exemplo disso é o fato de que o titânio também é encontrado aqui na Terra e parece não haver em nenhum trecho do estudo algo provando que o titânio da tal esfera seja extraterreno.

O próprio astrobiólogo admitiu ao jornal de língua inglesa Daily Mail que é impossível determinar se a esfera é mesmo de algum lugar fora da Terra. Sua equipe apenas supos isso por causa da alta velocidade que o pequeno objeto supostamente estaria no momento em que se chocou no balão de estudos da Universidade.

Fenômeno não é raro

O fato de uma esfera de titânio cair na atmosfera não é tão raro e já foi observado há anos por outros cientistas como podemos ver aqui e aqui, mas parece que a mídia não deu muita atenção pra isso na época.

Em outro trecho do artigo (talvez, o que tenha criado todo esse alvoroço) os autores do estudo dizem que:

“NANOmanipulação e EDX mostraram que a esfera de titânio contém um material carbonáceo não granular que sugerimos que seja um protoplasto biológica”

Obs: Deixamos a palavra “sugerimos” em negrito para mostrar que no próprio estudo há muita especulação e suposições!

Além disso, “material carbonáceo” não significa necessariamente “material vivo”, como alguns jornais dão a entender, e esse tipo de material pode ser encontrado também aqui na Terra em abundância!

Atualização 21/02/2015

Conforme muito bem observado pelo amigo Roberto Takata, no excelente artigo publicado no blog Gene Repórter,  a liga de titânio-alumínio-vanádio encontrada na suposta esfera alienígena é usada em artefatos espaciais como escudo de calor e o balão utilizado no “experimento” dos autores foi lançado no dia 31 de julho de 2013, o mesmo dia em que o cargueiro espacial Progress M-023M fez uma reentrada destrutiva na atmosfera depois de levar suprimentos para a EEI. Além disso, o foguete Delta 2 também reentrou na atmosfera nesse mesmo dia, liberando fragmentos de seu corpo no ar! Pode ser que uma coisa não tem a ver com a outra, mas mostra que esse tipo de “sujeira” presente nos nossos céus é “comum”!

Conclusão

Um grupo de cientistas detectou uma esfera de titânio microscópica em um balão que havia sido levado à 27 quilômetros de altitude. Como em seu interior foi detectado um material a base de carbono, foi levantada a hipótese daquilo ser alguma forma de “semeadura” de vida enviada por extraterrestres. Como o estudo foi publicado em um jornal científico de pouca credibilidade pelo mesmo grupo que já publicou outros artigos que se provaram errados posteriormente, não podemos ficar muito esperançosos quanto à origem alienígena da tal semente!    

Continue lendo
13 Comentários

13 Comments

  1. Prof Victor

    21 de fevereiro de 2015 em 18:44

    Uma especulação interessante que precisa ser testada, revisada por pares, antes da bosta dos jornais partirem pra divulgação conclusiva.
    Jornalistas mentirosos, porque lhes damos atenção e dinheiro? Para nos manter “informados”, com mentiras, lorotas? manipularem nossa opinião?
    Boicote nesses canalhas! Ostracismo já!

    • Lucho

      22 de fevereiro de 2015 em 10:08

      Como o André sempre diz, jornais servem para uma coisa: Vender jornais.

  2. ramofits

    21 de fevereiro de 2015 em 21:14

    Ufologia deixou de ser ciência e virou protoreligião. Eles querem que as coisas aconteçam como nos filmes, com efeitos especiais e tudo. O Stephen Hawking diz que não acha prudente a procura por vida inteligente fora da terra. E outra, nosso planeta tem bilhões de anos, e há quanto tempo se começou a falar em ovnis? 60 anos ? Por que será que eles apareceriam, por que se encontrariam tais evidências logo nesse período ? Só porque ufólogos querem ?

  3. Alvaro Reis

    21 de fevereiro de 2015 em 23:55

    Agora sim Gilmar! Um mistério!!! Parabéns por ter pego esse “gancho” pra analisar!

    Bem, quando algo sai nos jornais não tem credibilidade porque não saiu em um artigo científico.

    Quando sai em um artigo científico, você desconstrói a credibilidade da revista em que foi publicada.

    Pobres de nós os “não céticos”, você nos encurrala.

    Há provas, mas dessa vez você não quis ver… preocupou-se em atacar a fonte.

    O ponto principal é que a esfera existe, não veio da Terra, e há material a base de carbono nela.

    Daí pra frente são outras considerações.

    • Gilmar Lopes

      22 de fevereiro de 2015 em 17:17

      É… não é fácil essa vida, meu amigo!
      Uma pesquisa para ser válida deve ser publicada em uma revista científica de renome, além de ser revisada e poder ser reproduzida em qualquer outro lugar do planeta. Além disso, o pesquisador não pode trabalhar na base do achismo.
      O que coloquei no artigo foi justamente isso: O estudo existe e foi publicado por um grupo que possui históricos de estudos errados em um jornal cientifico de baixo impacto e que possui uma má reputação entre os cientistas. Além disso, tanto a esfera quanto o seu conteúdo podem ser encontrados aqui na Terra e a história de que ela teria vindo do espaço foi apenas uma hipótese levantada que não foi confirmada.
      Valeu!

  4. Marcos A.

    23 de fevereiro de 2015 em 10:55

    No mesmo UOL, que também publicou a notícia sensacionalista, tem um bom artigo no blog “Mensageiro Sideral” dando sua visão crítica sobre esse fato. Vale a pena ler. http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2015/02/23/o-ataque-dos-alienigenas-requentados/

  5. Físico

    2 de março de 2015 em 14:13

    O que alguns usuários não entendem é que existe o qualis da revista, da mesma forma que existem jornais de credibilidade também existem aqueles de qualidade duvidosa. Por exemplo a revista Nature é uma revista de alto qualis, a Optics Society America (OSA) tem alto qualis na área de Óptica, e assim por diante.

    Contudo existem revistas de qualis baixo, essas geralmente são ignoradas pelos cientistas e até por acadêmicos, as monografias de conclusão de curso, por exemplo, são orientadas a pesquisarem, majoritariamente, em revistas de qualis A e, muito eventualmente, qualis B.

    Então não é porque o Zezinho publicou que devemos levar em conta suas especulações. Além disso, uma evidência, precisa antes ser reproduzida e repetida por vários grupos, debatida, até que se chegue a uma conclusão.

  6. Susana

    7 de abril de 2015 em 15:43

    Olá Gilmar,
    Eu tinha lido que esta cápsula tinha filamentos e no seu interior foi encontrado um material gosmento. Essa informação procede?
    Pelo o que entendi então a questão da semente não pode ser considerada uma fraude, mas dever ser tratada com cautela até que outros estudos confirmem as conclusões dos pesquisadores.

  7. João Paulo

    21 de abril de 2015 em 15:50

    O mesmo caminho dos que querem acreditar o pessoal do efarsas faz: se não consegue provar, ataca as credenciais.
    A coisa pela outra.
    Podemos discutir a relevância da revista e ate algumas falhas, mas a esfera existe e possuem material orgânico.
    Agora dizer q e comum, isso ai e fácil de fizer,as enquanto não temos acesso ao material, só cabe especular. Igual aos crentes que criticam.

    • Gilmar Lopes

      21 de abril de 2015 em 20:14

      A esfera existe e contém material orgânico. Isso nós não desmentimos no artigo. Só que ela é de origem daqui da Terra mesmo!

  8. Josias Filho

    23 de novembro de 2015 em 22:18

    Oi, Gilmar.

    Sabe, uma coisa de que sinto falta aqui é explorar mais o “fato” de a esfera conter material orgânico. Tudo bem, deu-se a notícia de qualquer jeito, “para vender jornais” com um “qualis baixo” – como bem observado -, mas você concorda que falta considerar o quão comum pode ser encontrar-se micro-esferas cheias de material orgânico na estratosfera? Porque, afinal, qual o propósito de se encher bolotas com matéria orgânica (não necessariamente viva, sabemos)? Que artefato aeroespacial as utilizariam? Para o quê? Ou: que experimentos (humanos – rss) justificariam a custosa e refinadíssima construção de esferas com diâmetro inferior à largura de um fio de cabelo? Com que propósito? Pesquisa dos efeitos da baixa gravidade sobre aminoácidos? Há relatos de experimentos sugestivos?

    Forte abraço.

  9. Josias Filho

    23 de novembro de 2015 em 22:21

    Mal formulada minha questão, né? Dá um desconto. É tarde, tô cansado…

  10. Nelson B Junior

    28 de agosto de 2018 em 13:54

    Assisti nesse fim de semana, no NetGeo um documentário sobre isso e o próprio astrobiologista dando as declarações. Não foi só isso que eles encontraram. Existem muito mais estruturas inexplicáveis que ficaram presas nas pastilhas de carbono. É bom atualizar esse posicionamento!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo