Maníaco que ejaculou em passageiras teve o órgão decepado?

Share Button

É verdade que o homem que ejaculou em passageiras de ônibus foi preso e teve seu pênis decepado após ser espancado na prisão?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no dia 03 de setembro de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais. De acordo com o texto da reportagem, Diego Ferreira de Novais teria sido preso após repetir o crime de estupro, ejaculando em uma passageira de ônibus.

Mas o que chama a atenção nessa notícia é que, poucos minutos após ser preso, o maníaco teria sido espancado na prisão e acabou tendo seu pênis decepado por outros detentos!

O texto – acompanhado da foto de um homem com o pênis decepado – ainda afirma que o homem teria sido socorrido pelos policiais, mas os médicos ainda não sabiam responder se seria possível reimplantar o órgão em Diego!

Será que isso é verdade?

Maníaco teve seu órgão sexual decepado na prisão! Será verdade?

Verdade ou farsa?

Já mostramos aqui no E-farsas uma pesquisa desmentindo um boato semelhante a esse, que começou a se espalhar pela web no dia 02 de setembro de 2017. Só que esse que apareceu no dia seguinte teve um “upgrade” (como aquele ditado que diz que quem conta um conto aumenta um pouco), acrescentando que o homem teria sido “capado” além de apanhar na prisão!

Essa notícia falsa surgiu em um site obscuro e pouco confiável chamado Revista NP, que não cita nenhuma fonte e mostra uma foto bastante chocante de um homem com o pênis decepado.

Acontece que a foto é de um crime ocorrido em novembro de 2015, quando o corpo de um homem cuja identidade não foi revelada foi encontrado dentro de um quarto de motel, na Bahia! Na ocasião, a Polícia ainda estava investigando se o homem foi morto no quarto ou se havia sido morto fora e levado para lá!

Conclusão

A notícia sobre o homem que ejaculou em passageiras de ônibus ter sido espancado e ter perdido o seu pênis é falsa!      

Share Button
Crimes, Falso
, , , , , , , ,

Comente pelo Facebook

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite esse numeros *