Militantes do PT cuspiram em veterano da 2ª Guerra?

Share Button

Imagem que circula pelas redes sociais afirma que militantes do PT cuspiram em veteranos da segunda guerra mundial! Será que isso é verdade mesmo?

Na foto que foi amplamente espalhada na web na segunda quinzena de abril de 2016, podemos ver um grupo de jovens aparentemente agredindo idosos a socos e cusparadas!

O texto que acompanha a imagem afirma que os rapazes seriam militantes de PT e que eles estariam agredindo veteranos brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial.

Será que essa história é real ou trata-se de mais uma farsa da web?

Militantes do PT cuspiram em veteranos da Segunda Guerra Mundial! Será? (Foto: Reprodução/Facebook)

Militantes do PT cuspiram em veteranos da Segunda Guerra Mundial! Será? (Foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

A história é real, mas o fato aconteceu em 2012 e foi um pouco distorcido quando reapareceu em 2016.

Essa notícia, apesar de fazer sucesso na segunda quinzena de abril de 2016, já circulou no Facebook em fevereiro do mesmo ano e na ocasião já havia feito enorme barulho na rede. Em apenas uma das postagens, o texto e a imagem foram compartilhados mais de 8 mil vezes!!!

Depois que o deputado federal Jean Wyllys foi acusado de cuspir no colega parlamentar Jair Bolsonaro e depois que o ator José de Abreu cuspiu em um cliente num restaurante em São Paulo, notícias de agressões envolvendo cusparadas viraram o assunto do momento.

Envie suas dúvidas e sugestões de pauta através do nosso WhatsApp pelo número (11) 96075-5663!

Por isso, no dia 25 de abril de 2016, a notícia voltou a circular pela web, graças a uma publicação feita no site Pensa Brasil – que já desmentimos diversas vezes aqui no E-farsas. O site – que é declaradamente contra o Governo atual – vive de inventar (ou de espalhar) inúmeras notícias falsas envolvendo o PT e políticos aliados do Governo.

No caso, a primeira coisa que chama a atenção é que não há como identificar que os agressores são mesmo do PT, mas não é só isso…

Como o texto não é datado, quem recebe a “notícia” tem a impressão de que se trata de algo recente. No entanto, essa foto é de março de 2012 e, portanto, não se refere a um fato ocorrido agora.

Como foi muito bem apurado pelo membro do nosso grupo no Facebook, Fausto Albuquerque, os idosos que sofreram as agressões são militares da reserva, que estavam comemorando o aniversário do Golpe Militar de 1964.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, dezenas de militares da reserva que assistiram ao debate “1964 – A Verdade” ficaram presos no prédio do Clube Militar, na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro. No dia 29 de março de 2012, o prédio foi cercado por manifestantes do PC do B, do PT, do PDT e de outros movimentos que protestavam contra o evento, impedindo o acesso às entradas do imóvel.

Segundo o blog Comitê da Verdade Carlos Ré, o rapaz que deu a cusparada no militar é o produtor cultural e militante do PT Felipe Garcez, que cuspiu no coronel-aviador Juarez Gomes (presidente do Grupo Terrorismo Nunca Mais, no Rio de Janeiro). Na ocasião, Felipe disse que não se arrepende do que fez porque os militares não se arrependem das torturas que fizeram durante a ditadura aqui no Brasil.

Conclusão

A notícia é real, mas quem ressuscitou esse assunto se aproveitou do sucesso que agressões seguidas de cusparadas teve na web nas últimas semanas de abril de 2016 e misturou com um fato ocorrido em 2012, dando a entender que se trata de um fato recente.  De fato, um militante do PT estava envolvido nas agressões e o agredido é um coronel que estava comemorando o aniversário da ditadura militar no Brasil!

Share Button
Crimes, Política
, , , , , , , ,
  • E farsas

    Boa noite! Você costuma postar boatos que inventam contra a oposição também? Se sim, tem um que está muito popular e não apareceu ainda:

    http://www.boatos.org/politica-2/michel-temer-disse-que-o-pt-errou.html

    Obrigado pela atenção.

    • Gilmar Lopes

      Publicamos boatos a respeito do “dois” lados (como se houvesse apenas dois lados, né?)
      Obrigado pela dica!

  • Pingback: Militantes do PT cuspiram em veterano da 2ª Guerra? - Cidadão Repórter()

  • RABUGENTO

    Comentando sobre o boato do comentário:

    Dito ou não dito ele era capaz de ter dito.

    É bem do feitio do partido que só fica em cima do muro pulando para o lado vencedor.

  • Bia

    Não importa o que os velhinhos estavam comemorando, o país é livre, todos têm o direito de se manifestar livremente sem ser agredido. Agressão é crime previsto em lei e especialmente contra idosos, crianças e incapazes. Se alguém se incomoda com a comemoração de qualquer grupo deve procurar as autoridades a fim de tentar proibir o evento. Não vale sair batendo ou cuspindo em quem quer que seja. Vivemos numa democracia, manifestações são legítimas e todo ser humano merece respeito. É por essas e outras que o Brasil está do jeito que está. Ninguém merece!!!!

  • ELVIS ANTONIO DA SILVA

    Hum! Essa matéria ao meu ver não está muito boa e passa até uma impressão (acredito eu que falsa) de uma certa simpatia ao governo da ocasião! Veja a contradição: “No caso, a primeira coisa que chama a atenção é que não há como identificar que os agressores são mesmo do PT, mas não é só isso…” depois, “Segundo o blog Comitê da Verdade Carlos Ré, o rapaz que deu a cusparada no militar é o produtor cultural e militante do PT Felipe Garcez” e na conclusão ” De fato, um militante do PT estava envolvido nas agressões”. Acho que mandou mal nessa matéria. Ao meu ver, mesmo fora de contexto o fato é que esses militantes de extrema esquerda são intolerantes, irritantes e idiotas e só prova que esses atos agressivos são hábitos da esquerda de longa data.

    • Gilmar Lopes

      Ué! Para quem não conhece o Felipe Garcez, como afirmar que todos ali envolvidos são do PT?

  • Renato

    Bater nos vermelhos e nos verdes é mole, quero ver bater nos NEGROS!!!

    Justicialismo Igualitarismo
    ***\\\///***

  • Antonio Placido

    “Depois que o deputado federal Jean Wyllys foi acusado de cuspir no colega parlamentar Jair Bolsonaro”

    acusado? acho que esta claro que ele cuspiu sim, no Bolsonaro
    G_G

  • Renato

    Existe um boato dentro da explicação.
    O evento realizado na sede do Clube Militar era um debate sobre 1964, inclusive com mediação do Joelmir Beting, que em cima da hora desistiu e foi substituído por Ricardo Salles. (http://veja.abril.com.br/multimidia/galeria-fotos/protestos-na-cinelandia-no-rio-de-janeiro-2012)
    Os militares nunca comemoraram o 31 de março, nem durante a ditadura.
    Para criar tumulto divulgaram para a garotada raivosa que seria uma comemoração feita com dinheiro público.
    Eu passei na porta e vi o tumulto e perguntei aos que pareciam ser organizadores.
    Aí deu no que deu.

    Quanto a arrependimento a verdade é que os militares não se arrependem do que fizeram, mesmo com os “aumentos” nas histórias de suas ações e a esquerda também não se arrepende nem lamenta a morte de 120 pessoas, incluindo muitos civis inocentes, torturas, sequestros, assaltos, homicídios e atos terroristas como bombas.
    Ninguém que lutou em quaisquer lados daquela guerra se arrepende.
    Mas só um lado deve ser o malvado da história, certo?