Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

O livro “Aparelho Sexual e Cia” faz parte do kit gay distribuído pelo MEC?

Conspirações

O livro “Aparelho Sexual e Cia” faz parte do kit gay distribuído pelo MEC?

O livro “Aparelho Sexual e Cia” faz parte do kit gay distribuído pelo MEC?

Após entrevista com candidato à Presidência no Jornal nacional, livro citado gerou polêmica nas redes sociais! Ele faz parte do kit gay distribuído nas escolas pelo MEC?

Em entrevista ao telejornal Jornal Nacional, no dia 28 de agosto de 2018, um candidato à Presidência tentou mostrar as páginas de um livro chamado Aparelho Sexual e Cia e afirmou que o material faria parte do “kit gay” distribuído em escolas públicas do país.

O candidato ainda disse que o tal livro teria sido lançado durante o “9º Seminário LGBT infantil” e que fazia parte do material “ensinando” homossexualidade para as crianças nas escolas.

A declaração do político gerou um aumento nas buscas pelo assunto, tendo como resultado um monte de solicitações para que o E-farsas pesquise se isso é verdade ou mentira!

Será que o livro Aparelho Sexual e Cia faz parte do “kit gay” distribuído nas escolas públicas?

Capa do livro “Aparelho Sexual e Cia” que, de acordo com um presidenciável, estaria sendo distribuído nas escolas juntamente com um “kit gay”! Será verdade? (foto: Reprodução/Google Images)

Verdade ou mentira?

Antes de mais nada, nunca existiu o “9º Seminário LGBT infantil”! O que houve, em maio de 2012, foi o “9º Seminário LGBT” que tratava do tema “infância e sexualidade”.

Na ocasião, o coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, deputado Jean Wyllys, explicou que o objetivo do evento foi o de proteger a infância e reconhecer a diversidade sexual. Com convidados especialistas em Direito, Educação, Sexualidade, Psicologia e Cultura, o seminário teve o lema “Todas as Infâncias são Esperança“.

“Em torno desse tema a gente quer discutir o próprio reconhecimento de uma sexualidade infantil, proteger as crianças que escapam dos papéis de gênero definidos pela sociedade da violência. A gente sabe que tem muita criança que sofre violência doméstica terrível, são queimadas, são espancadas porque não se enquadram em papéis de gênero. Ou seja, aquele garoto que, com 6, 7 anos de idade, quer brincar de boneca e os pais batem”, disse o deputado, na ocasião.

Outro detalhe é que nunca existiu um “kit gay”! Como muito bem explicado pelo HuffPost, em 2017:

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

“O material, composto por três vídeos e guia de orientação aos professores, tinha como objetivo debater a sexualidade no ambiente escolar, como forma de reconhecimento da diversidade sexual e alertar sobre o preconceito.”

Apesar de ter sido aprovado pela comunidade LGBT e de não ser voltado apenas para gays, o material foi batizado de “kit gay” pela chamada “Bancada Evangélica” no Congresso e, após muita polêmica, acabou não indo para frente!

Mas… e o livro?

Voltando ao livro “Aparelho Sexual e Cia“, desde 2013 o Ministério da Educação (MEC) tem que desmentir essa história sobre a aprovação do ministério na distribuição do referido livro. O órgão afirma que o livro “Aparelho Sexual e Cianão faz parte da lista de livros recomendados pelo MEC e que ele não está no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e no Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE):

“[…]Em 2013, o Ministério da Educação já havia respondido oficialmente à imprensa que “a informação sobre a suposta recomendação é equivocada e que o livro não consta no Programa Nacional do Livro Didático/PNLD e no Programa Nacional Biblioteca da Escola/PNBE”        

O livro, que é uma tradução do original da escritora francesa Helene Bruller e foi lançado no Brasil em 2007 pela Companhia das Letras, já foi publicado em mais de 10 idiomas e teve mais de 1,5 milhão de cópias vendidas no mundo inteiro.

Com uma linguagem simples, o livro aborda várias questões que os adolescentes têm em relação ao sexo e que deveriam ser discutidas em família, mas que não são:

De acordo com o resumo publicado no site da Companhia das Letras

“Geralmente, os adolescentes sabem menos sobre amor e sexo, e todas as questões que esses temas envolvem, do que os adultos acreditam. Como é estar apaixonado? Como se beija na boca? Por que crescem pêlos e espinhas pelo corpo durante a puberdade? O que é masturbação? Como nascem os bebês? Essas e muitas outras questões intrigantes são explicadas neste guia, com bastante humor mas também com sólida base pedagógica, rigor científico e delicadeza. Inspirado nas aventuras do personagem de histórias em quadrinhos Titeuf – sucesso absoluto na Europa, com onze livros publicados, que venderam mais de dezesseis milhões de exemplares -, Aparelho sexual e cia. traz o humor das tiras do personagem, que aparecem espalhadas pelas páginas do guia, complementando as explicações e deixando a leitura mais leve. Sem cair em moralismo ou usar clichês, a obra trata de todos os aspectos da sexualidade na linguagem do público a que se destina: a paixão, as mudanças da puberdade, a transa, a contracepção, doenças sexualmente transmissíveis, pedofilia e incesto são alguns dos temas esclarecidos. Com mais de um milhão e meio de exemplares vendidos, e publicado em dez línguas diferentes, este guia virou até exposição na Cidade de Ciências e Tecnologia de La Villette, em Paris. Para aqueles que procuram uma maneira nova e mais atraente de informar os jovens sobre assuntos de maior importância, sem precisar amarrá-los na cadeira…”

Variação de um boato antigo

Essa não é a primeira vez que o MEC é acusado de distribuir conteúdo considerado impróprio nas escolas! Em 2016, desmentimos aqui no E-farsas a notícia afirmando que o livro chamado “Bochechas Querem Saber… Como Nascemos” estaria sendo distribuídos nas escolas públicas.

Conclusão

O livro “Aparelho Sexual e Cia” não está sendo (e não foi) distribuído pelo MEC nas escolas brasileiras!

Continue lendo
360 Comentários

Comente

360 Comments

  1. Alípio Martins

    29 de agosto de 2018 em 12:03

    Novidade seria o Bolsonaro falar a verdade.

    • Não Seja BolsoMinion

      29 de agosto de 2018 em 14:48

      Exatamente, o pior é ver muita gente louvando aquele Fascista preconceituoso.

      • Não Seja um Coxinha

        29 de agosto de 2018 em 16:58

        “Fascista”, por favor caro usuário, explique o que é fascista e quais as semelhanças que o Jair Bolsonabo possui?

        Essas mortadelas, tá maluco…

        • M. K. SC

          30 de agosto de 2018 em 9:44

          Só pra citar algumas características claras fascistas que ele prega:
          – Estado Militarista
          – Vê a guerra política como forma de alcançar seus objetivos
          – Considera algumas raças e gêneros inferiores aos outros
          – Xenofobia. Vê o estrangeiro ou imigrantes de determinados países como inimigos.
          – Cerceamento de discussão política de alunos e professores, impedimento do livre pensamento
          – Anti-democrático
          – Desprezo a grupos ou etnias mais vulneráveis, como os índios e quilombolas, por exemplos!
          – Veneração a ditaduras e torturadores.
          – Ataque a movimentos sociais
          – Coloca a religião acima dos interesses sociais e de Estado.

          • matheus

            30 de agosto de 2018 em 10:29

            Agora, meu querido, cite as vezes que ele, supostamente, praticou todos esses atos que você descreveu. Não prova nada simplesmente acusá-lo de fascista só porque você “acha” que ele é.

          • Thiago Antunes

            30 de agosto de 2018 em 12:03

            Faz parte do pensamento fascista querer processar um cidadão pela “mentira” dita que “órgão excretor NÃO reproduz”? O livre pensamento só vale para uns? Quais os movimentos sociais brasileiros que seguem as leis? Qual brasileiro odeia feriado católico? Que tal você criar a hashtag #SomosTodosFascistas?

          • Chimboka

            30 de agosto de 2018 em 12:26

            Então, ensina os teus filhos com esse livro seu M….

          • Gustavo Reis

            30 de agosto de 2018 em 13:10

            Thiago Nunes, reproduzir pelo sistema excretor é realmente impossível, mas não entendi qual o sentido da frase e a relação com a homossexualidade. Afinal a porção final do sistema excretor é por onde sai a urina. Talvez ele queria dizer sistema digestivo. Mas não deve ter tido acesso a boas escolas.

          • Bozonazi

            30 de agosto de 2018 em 13:43

            “órgão excretor NÃO reproduz”

            Fale isso pro pinto.

          • Maria Pinho

            30 de agosto de 2018 em 14:14

            etnias vulneráveis ? preconceito é isso achar que esse povo por ser minoria são vulneráveis, preconceito é estabelecer cotas, é o mesmo que dizer se dermos cotas não terão capacidade de cursar uma faculdade ou passar em concurso público. Veneração de ditadura é quem defende o regime de Cuba e da Venezuela, é quem idolatra criminosos com foi Che Guevara. Os ditos movimentos sociais não tem nada de social, é um bando de marginais que não respeitam sociedade privada, são uns parasitas da sociedade.E não querer que entrem no país estrangeiros indiscriminadamente não é xenofobia é preservação. Usando uma pergunta do Bolsonaro a tua casa fica de portas abertas e você deixa entrar qualquer um? E a questão de querra política que faz é a esquerda tentando por uns contra os outros

          • ROLA

            30 de agosto de 2018 em 14:55

            SAI DAI SEU IDIOTA O CARA É A FAVOR DA FAMÍLIA

          • lumerces

            30 de agosto de 2018 em 16:46

            Vms lá ,1- ,e quem esta levando o Brasil a uma guerra civil?isso te leva as respostas do item 1,e 2,blz!
            3-os próprios ,se consideram inferiores ou se acham superiores ao quererem direitos exclusivos !
            4-cara deixem de ser hipócrita ,impedimento de pensamento livre?o que mas se ver é professores humilhando alunos ,que são contra as ideologias deles!
            E ultimo ,e quando vem essas cambadas de escrotas ,se desfazendo de símbolos religiosos ,colocando ater em uma criança tocando em um homem nu,ou de defendendo bandido!porra velho ,na boa seja um pessoa coerente !

          • Beto

            1 de setembro de 2018 em 9:16

            Meu Deus, qnta baboseira… é muita bosta pra limpar, vou selecionar algumas apenas.

            Xenofobia. Vê o estrangeiro ou imigrantes de determinados países como inimigos.
            E o q dizer dos EUA? Ele mantém boa relação! é controverso isso aí! E ele fala da imigração incontrolada em prol de vc mesmo, um mero brasileiro de bosta esqrdista…

            Anti-democrático
            como isso, se ele foi eleito democraticamente. Ele nunca falou nada contra a democracia.

            Veneração a ditaduras e torturadores.
            é ele q se veste como Chê Guevara? ele ñ defende torturadores, ele defende o regime militar como forma de combater ações terroristas

            Ataque a movimentos sociais?!
            Foi só pra completar a piada né? Ou vc qr me dizer q invasão de propriedade privada promovida pelos MSTs é um movimento social? Ou tvz a passeata gay o seja… Então ou vc é um MST ou deve ser algum ativista gay p defender esses “movimentos sociais”…

            Coloca a religião acima dos interesses sociais e de Estado.
            Bom, se esse for o caso, até eu o apoiaria. Se realmente a “religião”, como vc cita, estivesse acima de interesses sociais como: uso de drogas, aborto, músicas pornográficas, sexualidade infantil, pedofilia, desmoralização da família, entre outros, o mundo com certeza seria bem melhor…

            BOm, como eu disse, é muita bosta pra limpar. Ñ aguento mais refutar! abs

          • Pablo Filho

            1 de setembro de 2018 em 10:51

            Puta merda, M. K. SC

            Seja razoavelmente menos blasé do que a maioria dos esquerdistas e ao invés de fazer uma listinha de pontos subjetivos, repetindo as mesmas baboseiras de outros bobalhões, aponte com objetividade cada ponto dessa sua listinha tão surrada e massivamente rebatida.
            foda-se se você é comunista, mas acredite, não são somente os seus pares “revolucionários”, que tem por hábito ler somente os amiguinhos, que leem essa porcaria aqui, quem costuma pensar lê de tudo, para ão ser mais um idiota útil a serviço de Marx.

          • Carlos De Mello

            1 de setembro de 2018 em 17:06

            Essas características são do NAZISMO, que era de esquerda.

          • Silvia Viana

            2 de setembro de 2018 em 2:52

            Ah! Então você acha que é mentira. Me explica então aquelas reportagens de pais reclamando dos livros que foram destribuidos em algumas escolas do Brasil. Vai me dizer que é mentira também?

          • marcos

            5 de setembro de 2018 em 10:52

            Chama ele de corrupto.

          • Eu™

            17 de setembro de 2018 em 8:45

            Carlos De Mello

            “Essas características são do NAZISMO, que era de esquerda.”

            Nazismo de esquerda é minha bola, seu idiota. Vê se APRENDE de uma vez por todas, com quem PASSOU POR ISSO:

            https://www.facebook.com/EmbaixadaAlemanha/videos/1658739200897794/

            Estúpido.

        • Milton

          31 de agosto de 2018 em 16:09

          Se vc não fez um ensino médio razoável eu lamento, mas de qualquer forma anota aí : Norberto Bobbio, Umberto Eco, Teodor Adorno e Hanna Arendt são filósofos dos mais respeitados no mundo e podem te ajudar a entender. Dá trabalho ler, mas funciona. * Detalhe Se vc estudar, bastante, vai conseguir entender que o BolsoAsno tem ‘TODAS’ as características fascistas possíveis.Boa leitura.

          • Jacques

            1 de setembro de 2018 em 0:09

            Falou o fã do Che Guevara e Fidel Castro!!! 👏👏👏😂😂😂

          • damon

            19 de setembro de 2018 em 10:26

            ahhhh legal “jÊnio”aonde que privatizar a petrobras é uma caracteristica fascista? mussollini sempre afirmou:”tudo no estado nada fora do estado e nada contra o estado “.

        • deneir ribeiro

          3 de setembro de 2018 em 8:33

          O PT que queria controlar a mídia, implantar a sua ideologia nas escolas, controlar a massa “militância” com um monte de militontos que nem sabia o que tava fazendo mas queria os 30 reais mais pão com salame, o PT que queria erotizar nossas crianças, que roubou bilhões dos cofres públicos…. E DEPOIS O BOLSONARO QUE É FASCISTA??? Aaaaaa!!! me poupe!!!

      • Paulo Roberto Steinberg

        29 de agosto de 2018 em 18:43

        • Leonardo Pereira

          30 de agosto de 2018 em 11:50

          Ministério da Cultura e não MEC!!!! …Leiam a matéria pelo menos.

          • ezequias

            30 de agosto de 2018 em 17:49

            mas foi parar nas bibliotecas publicas das escolas.

          • Eu™

            30 de agosto de 2018 em 18:26

            Mas não na grade curricular. Ninguém obriga ninguém a ir na biblioteca pegar um livro.

          • Policarpo

            30 de agosto de 2018 em 22:26

            MEC ou MinC, a origem da grana que bancou o folhetim da degeneração sexual das crianças é uma só: o imposto que o povo paga para sustentar a burocracia estatal e suas aberrações.

          • Cida

            2 de setembro de 2018 em 16:06

            O minC – Ministério da cultura esta totalmente interlugado com O MEC. Teatros, artes livros sao aprivados e kiberados para biblioteca INCLUSIVE BIBLIOTECA ESCOLAR. Este luvro citado pelo Bolsonaro so nao chegou a muitas BIBLIOTECA ESCOLAR por causa da polemica (gracas a Deus) pir Bolsonaro. ENTENDAM A REAL CORRELACAO DO minC e MEC. O Bolsonaro esta correto. Os jornalistas nao estavam afim de ouvi-lo e sim detornar com afirmacoes. E ai e-farsas. MEC e minC estao interligados ou nao? Acabei de ler sobre o tema agora…

        • marcio

          30 de agosto de 2018 em 22:56

          https://m.youtube.com/watch?v=VuOoVJBQhec

          O livro é outro mas o MEC mente ao afirmar que não distribui esse tipo de material. Se mandou recolher é porque distribuiu. E tem material desse tipo do Ministério da Saúde também,é só pesquisar.

          • Rafael

            13 de setembro de 2018 em 16:18

            Cade o video dos livros entrando nas escolas, essa é a prova cabal que tem que ter pra dizer se é verdade.

      • Eduardo

        30 de agosto de 2018 em 14:03

        esse livro tem em escolas sim,só que nao foi comprado,ele veio como brinde de material comprado pelo mec.

        • Narcizio Gomes

          31 de agosto de 2018 em 8:06

          Na verdade o livro que o “mito” afirma que foi pras escolas, véi numa caixa de doação de livros usados.
          Nunca foi disponibilizado aos alunos, ele soube e já foi espalhando a histeria coletiva que costuma fazer.

      • QueroAprender2018

        30 de agosto de 2018 em 14:28

        Explica ai oq é ser fascista?

      • ANTONIO

        31 de agosto de 2018 em 15:45

        Antes de mais nada, ele é fascista ou nazista? o terma mais correto seria anti-comunista. O fato é que o essa educação precoce não deve acontecer para crianças, aliás, não só educação LGBT, como também as criaças deveriam receber educação física, e não de jogos eletrônicos, onde só desenvolvem os dedos e atrofiam a mente com essa linguagem hipócrita da esquerda. O LIVRO SOBRE LIBERDADE SEXUAL DEVE NÃO PODE ESTAR AO ALCANCE DE QUEM AINDA NEM APRENDEU A LER DIREITO, MUITO MENOS A INTERPRETAR O QUE LEU.
        Eu, ATEU, SOU TOTALMENTE CONTRA ESSA SACANAGEM COM AS NOSSAS CRIANÇAS, PORTANTO, NÃO SÃO SÓ OS EVANGÉLICOS/CATÓLICOS QUE SÃO CONTRA ESSA ABERRAÇÃO.

      • josé de alencar

        3 de setembro de 2018 em 21:14

        meu filho o facismo acabou junto com a segunda guerra mundial , alôôôô , terra para cabeça de núvem

        • Alguém

          19 de setembro de 2018 em 21:10

          Mas existe o neofascismo.
          Que tem basicamente as mesmas ideologias.

      • Nielson

        18 de setembro de 2018 em 22:50

        vcs espancam militantes de direita, esfaqueiam e bolsonaro que é o facista? pelo amor de deus ne..

        • Eu™

          19 de setembro de 2018 em 9:30

          vcs espancam militantes de direita esfaqueiam

          >Eu não espanquei nem esfaqueei ninguém. Não generalize.

          e bolsonaro que é o facista?

          >Sim

          pelo amor de deus ne..

          >Não blasfeme! Ele tá de olho, hein?

      • Lulu xadre

        20 de setembro de 2018 em 0:14

        https://www.significados.com.br/fascismo/

        Combina mais com a esquerda! Facistas…

        • Eu™

          20 de setembro de 2018 em 9:48

          E você é um analfabeto funcional. Dá uma olhadinha aqui neste trecho de seu próprio link:
          “Desde essa altura, a palavra “fascista” é usada para mencionar uma doutrina política com tendências autoritárias, anticomunistas e antiparlamentares”

          Desde quando a esquerda é anticomunista, beócio?

          Vá estudar pra não zerar o ENEM de novo este ano, vá.

    • DIOGO

      29 de agosto de 2018 em 16:22

      O site errou. Ele disse que seria distribuído e não o foi. É diferente. Esse site aqui está nojento invertendo os fatos.

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 16:46

        Parafraseando o comentário do Gilmar, mais abaixo:

        O candidato disse que o kit gay pode ser encontrado em escolas públicas, referindo-se ao “kit gay” que, segundo ele, era distribuído pelo governo:
        “Jair Bolsonaro: Olha só, isso começou a acontecer em novembro de 2010 comigo, até aquele momento era uma pessoa normal, como você é normal por aí no tocante a isso. E eu passando nos corredores da Câmara, vi algo acontecendo de forma esquisita, um grupo que… Não é normal, você ir na praia e encontrar gente de paletó e gravata, ou num fórum, gente de short de banho. E estava um pessoal vestido a caráter, e perguntei, sim, para um segurança: “Vai haver alguma parada de orgulho gay na Câmara?”. E tomei conhecimento do que estava acontecendo lá. Eles tinham acabado o 9º Seminário LGBT Infantil. Repito, 9º Seminário LGBT Infantil. Estavam discutindo ali, comemorando o lançamento de um material para combater a homofobia, que passou a ser conhecido como “kit gay”. Entre esse material, Bonner, estava esse livro lá, Bonner. Então, o pai que tenha filho na sala agora, retira o filho da sala, para ele não ver isso aqui. Se bem que na biblioteca das escolas públicas tem.”

        Ainda, no mesmo minuto, o candidato reafirma que o livro está nas bibliotecas e que nem os pais sabem:
        “Jair Bolsonaro: Não, mas é um livro escolar. É para criança, é um livro para a criança, os pais não sabem que isso está na biblioteca.”

        A transcrição completa está aqui: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/08/28/jair-bolsonaro-psl-e-entrevistado-no-jornal-nacional.ghtml

        O candidato não falou sobre o MEC durante a entrevista, pois foi barrado pelos apresentadores do telejornal, mas há anos o deputado vem batendo nessa tecla:
        https://manoeljp.jusbrasil.com.br/artigos/297198691/bolsonaro-x-nova-escola-polemica-reacende-debate-sobre-erotizacao-infantil-e-kit-gay

      • Rodrigo

        29 de agosto de 2018 em 17:35

        Daniel,
        Veja novamente o vídeo, ele disse “se bem que está na biblioteca das escolas”. Importante não estar “cego” é ter argumentos com base em fatos.

        • Lucas

          29 de agosto de 2018 em 23:49

          Mas está nas bibliotecas sim

        • Joaz

          30 de agosto de 2018 em 0:38

          Sim, mas está em muitas escolas. Visite uma e verá.

      • Mary

        29 de agosto de 2018 em 17:43

        Quem impediu foi Dilma Rousseff

        • Hanna

          31 de agosto de 2018 em 0:17

          Mary tomou Rivotril hoje.
          O máximo que a Anta faz é estocar vento

        • Hanna

          31 de agosto de 2018 em 0:17

          Mary tomou Rivotril hoje.
          O máximo que a Anta faz é estocar vento

      • Cristovao mascarinho

        29 de agosto de 2018 em 17:59

        Essa porcaria de material nao foi inserido nas escolas, graças ao parlamentar.

      • Jonatas

        29 de agosto de 2018 em 18:26

        Exatamente… Bolsonaro disse que o material seria distribuído. Porém, todos sabemos que foi barrado na câmara dos deputados. E ainda fica essa galera ignorante falando asneiras e esse site é tão Fake News quanto essa matéria. Até parece que foi o próprio Jean Willians que fez a matéria.

      • Reginaldo

        29 de agosto de 2018 em 23:32

        Essa b0sta é de esquerda.

      • Zé Tio

        30 de agosto de 2018 em 6:17

        Ele disse em varios vídeos anteriores que foi distribuído. E disse que estava no plano. O MEC disse que nunca foi distribuído e nunca esteve no plano.

        • RamoN

          31 de agosto de 2018 em 8:56

          O MinC é uma ramificação criada do MEC, se você nao lembra. E ele foi distribuido e estava no plano do MinC.

    • Paula

      29 de agosto de 2018 em 17:12

      Um seminário lgbt para discutir exclusivamente a sexualidade infantil, é um seminário lgbt infantil.

      • Reginaldo

        29 de agosto de 2018 em 23:43

        BINGO!

      • Daniel

        30 de agosto de 2018 em 10:38

        Dizer que um seminario é infantil está considerando a pesença de crianças. Outra coisa bem diferente é um seminario com o tema “infancia”.

      • Juh P. Skyler

        5 de setembro de 2018 em 9:48

        “Um seminário lgbt para DISCUTIR exclusivamente a sexualidade infantil, é um SEMINÁRIO LGBT INFANTIL.”

        Você realmente acredita nisso? Permita-me.
        DISCUSSÃO ≠ PÚBLICO ALVO
        Entendeu?

    • PAULO ROBERTO STEINBERG

      29 de agosto de 2018 em 18:40

      • paulo

        30 de agosto de 2018 em 21:42

        O livro em questão é só uma pequena referencia de obras que chegam as escolas, seja pelo MEC, ministério da cultura, Ministério da Saúde e outros.

        Dra. Damares Alves trás muitas contextualizações desse tipo de cartinha entregue nas escolas e aborda a perversão de nossas crianças imposta pelo Governo

        https://www.youtube.com/watch?v=r_2uktcM3cI

    • Brian

      29 de agosto de 2018 em 23:20

      O livro estava sendo distribuído sim! Tem até reportagens que foram feitas nas escolas; Se isso foi recomendado pelo MEC ou por algum movimento doentio é outra coisa.

    • Cristina

      30 de agosto de 2018 em 6:49

      http://g1.globo.com/educacao/noticia/2016/01/livro-de-educacao-sexual-alvo-de-boato-foi-comprado-pelo-minc.html

      A própria Globo afirmou que foi distribuído nas bibliotecas públicas em 2016. Onde o Candidato mentiu????

      • Christian

        30 de agosto de 2018 em 9:18

        Lê a notícia que você mandou aqui, please, pl0x, por favor.

        • Ramon

          31 de agosto de 2018 em 8:52

          please, plox, qual a sua idade ? se tem ao menos 20 anos, você lembra que o ministerio da educação foi dividido nessa ramificação do ministerio da cultura né, ou sei la o que voce ta querendo que ela leia, o que esta dizendo ai é que foi comprado com o intuito de ser distribuido nas bibliotecas publicas porém foi vetado com a polemica que gerou na epoca.

      • Guilherme

        4 de setembro de 2018 em 18:21

        Mentiu quando disse que foi distribuído em BIBLIOTECAS ESCOLARES. Na própria reportagem que você linkou explica isso.

        “O livro “Aparelho Sexual e Cia – Um guia inusitado para crianças descoladas” teve exemplares comprados pelo Ministério da Cultura (MinC) e foi destinados para bibliotecas públicas. A compra ocorreu em 2011.

        De acordo com a pasta, 28 exemplares foram adquiridos dentro do Programa Livro Aberto, que não tem relação com bibliotecas escolares.”

        Pois então, há diferenças entre uma biblioteca pública (aberta a toda a população, de todas as idades) e bibliotecas escolares (que são destinadas aos alunos da instituição escolar).

    • Flavio

      30 de agosto de 2018 em 20:42

      É verdade, sim! O Kit gay foi distribuído experimentalmente em escolas municipais do Recife e Cuiabá no ano de 2010 e nesse kit experimental havia um DVD e o tal livro mostrado pelo Bolsonaro. O projeto foi abortado quando parlamentares levaram o assunto ao plenário da câmara no mesmo ano, ocasião em que o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, confessou o que seria o kit gay e a intenção de o MEC produzir o suficiente para ser distribuído em 6 mil escolas públicas. Portanto, a informação de que o MEC não distribuiu o tal livro nas escolas é parcialmente verdadeira, e só não aconteceu por completo por causa da intervenção de parlamentares que defendem a vontade da maioria da população que não quer esse tipo de coisa para seus filhos.

    • Daniel

      30 de agosto de 2018 em 21:23

      Quem é que faz um e farsas do e farsas?
      https://youtu.be/8uf4LzJlf8o

    • Anderson

      30 de agosto de 2018 em 22:00

      essite esquerdista é uma merda, vcs distorcem a fala do cara, o conteúdo é legitimo, foi impedido de ir adiante por pessoas que estavam lá para nos representar não só o Jair, tudo é verdade, agora só por que ele disse9°seminário LGBT “infantil”, o isso torna a noticia falsa? olha é o seguinte … melhor Jair se acostumando mesmo, e no primeiro turno que é pra todos os mortadelas chorarem muuuuuito

      • Beto

        1 de setembro de 2018 em 9:24

        9°seminário LGBT “infantil”

        é q as pessoas ou interpretam de forma errada, ou ñ ouvem direito, ou fazem de propósito para acabar com a imagem do cara. Ele disse q perguntou a algm e esse alguém assim o informou. Então, qm errou o termo ñ foi ele, mas sim qm lhe passou a informação! Rabanho de comedores de capim!

    • Isabel Andrade

      31 de agosto de 2018 em 5:49

      O livro chegav às bibliotecas como brinde da editora. Sou professora de Sergipe e esta semana estava fazendo a escolha do livro didático e em um dos livros recomendados pelo MEC, estava esse livro, como sugestão de leitura

    • henry

      31 de agosto de 2018 em 8:27

      MINC comprou essa cartilha a preço de ouro para as bibliotecas publicas que emprestam livros para as bibliotecas das escolas foi uma manobra muito da mal feita para distribuir essa aberração

    • Erick

      31 de agosto de 2018 em 11:20

      O seminário está registrado no próprio site da câmara dos deputados…
      Segue o link http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/ULTIMAS-NOTICIAS/410781-SEMINARIO-LGBT-VAI-DISCUTIR-INFANCIA-E-SEXUALIDADE.html

      Aprenda a usa a internet parceiro…

      Fica a dica para a galera do site… vamos melhorar o serviço né… para ficar ruim, tem que melhorar demais…

    • Beto

      1 de setembro de 2018 em 9:17

      Ele só fala a verdade, amigo. O problema é q vc já tá tão acostumado a conviver com mentiras, q já deve tá cego. Então, continue votando em candidatos mentirosos q estão por aí…

    • CRISTIANE

      1 de setembro de 2018 em 9:49

      E farsa é uma farsa!! Vide notícias de 2011, o fato de alguns artigos terem sumidos das notícias do Google não quer dizer que eles sumiram. Óbvio que o MEC apagou arquivos TB, vide matéria da revista crescer onde havia links que sumiram.

    • nair santos conceicao

      2 de setembro de 2018 em 9:48

      Se bolsonaro está mentindo deve ter aprendido com o Luladrão e Dilmanta e toda a cúpula do PT que hoje estão todos presos!!

    • obdalia oliveira campos Domingos

      4 de setembro de 2018 em 10:49

      Agora que tira votos a erotização das crianças na escolas nao existe, para com isso… https://www.youtube.com/watch?v=v8Exl11o3aA
      https://youtu.be/9T7o9QEtX-I

    • Ademir

      4 de setembro de 2018 em 14:31

      Faustão: Errooooooooou https://youtu.be/ePhDgdKp1v8

    • Sidney

      6 de setembro de 2018 em 13:53

      Gostaria quehttp://g1.globo.com/educacao/noticia/2016/01/livro-de-educacao-sexual-alvo-de-boato-foi-comprado-pelo-minc.html o site explicasse isso aqui,e uma reportagem da rede TV mostrando justamente a indignação das famílias quando a cartilha foi destribuida.

      • Eu™

        10 de setembro de 2018 em 10:54

        “teve exemplares comprados pelo Ministério da Cultura (MinC) e foi destinados para bibliotecas públicas.”

        1) MinC =/= MEC
        2) Bibliotecas públicas =/= do “kit gay”
        3) Não seriam distribuídos aos alunos, e sim fariam parte das bibliotecas.

        Faltou interpretação de texto aí, analfabeta funcional. Nenhuma relação com o que o Bostonazi falou.

    • Luis Felipe Castro Cardoso

      11 de setembro de 2018 em 7:10

      Novidade seria o site falar a verdade

      • Eu™

        11 de setembro de 2018 em 9:05

        Novidade seria você comentar algo além de bosta.

    • RODRIGO FARO

      11 de setembro de 2018 em 13:48

      Bolsonaro é um jumento, e quem vota nele é mais jumento ainda, porque perder tempo acreditando num sujeito tosco e sem inteligência como ele, é uma vergonha

      • Gilmar Lopes

        11 de setembro de 2018 em 14:05

        Calma, amigo! Infelizmente, o Bolsonaro é um populista e fala exatamente o que o povo quer ouvir. O Trump se elegeu nessa mesma pegada, mostrando que tem desinformados no mundo todo! 🙁

    • José

      12 de setembro de 2018 em 10:13

      Kit gay com nome bonito.
      Continua sendo material pornografico para crianças com disfarce de preocupado social.
      Vai a merda seus doentes.

      • Gilmar Lopes

        12 de setembro de 2018 em 10:22

        Você leu?

        • Eu™

          12 de setembro de 2018 em 14:31

          Claro que leu. Agora pergunta “você entendeu?”. Aí terá sua resposta.

      • Eu™

        12 de setembro de 2018 em 14:32

        E você é um jumento que nem ler sabe. Vá pra escola, vagabundo.

    • Flávio

      17 de setembro de 2018 em 23:27

      Então deixe seu filho e sua filha ficar dentro de um quarto com um pedofilo e verás o que vai acontecer seu hipócrita…

      • Eu™

        18 de setembro de 2018 em 10:05

        Uau, quanta falácia. Largue a internet e vá fazer algo de útil, estúpido. Tipo estudar. Ou lavar uma pia cheia de louça, vá.

  2. Daniel

    29 de agosto de 2018 em 12:28

    Mano, essa turma defensora do Bolsonaro, tal qual o mesmo e os filhos só fazem disseminar fake news, hoaxs, tudo pra se promover.

  3. Dan

    29 de agosto de 2018 em 12:56

    Trabalho magistral.
    Pena que para fanáticos, desmentir alguém fanático é considerado traição….

    • diogo

      29 de agosto de 2018 em 16:25

      Desculpa, magistral aonde. ?
      Não houve seminário gay. Olha o que ele mesmo postou
      “Antes de mais nada, nunca existiu o “9º Seminário LGBT infantil”! O que houve, em maio de 2012, foi o “9º Seminário LGBT” que tratava do tema “infância e sexualidade”.”

      Essa conclusão do cara ai não dá no mesmo?
      A vergonha desse site aqui fica querendo achar algo e inventa para os bobos nesse caso, pois “9º Seminário LGBT” que tratava do tema “infância e sexualidade”. tema “infância e sexualidade”. tema “infância e sexualidade”. .

      E sobre o kit, ele estava sendo cogitado em ser distribuído para os professores ai com os alunos discutir o tema, como está escrito ai mesmo. e Me diz, as crianças então não ia ver?

      Eu não sei se o cara desse site é burro, é muito literal, mas está sendo uma vergonha.

      • Gilmar Lopes

        29 de agosto de 2018 em 16:38

        “9º Seminário LGBT infantil” dá a entender que se trata de um seminário feito e/ou frequentado por crianças e não foi isso que aconteceu!
        O seminário tratou do assunto “infância e sexualidade” com especialistas.
        Em 2017. o mesmo seminário tratou da cidadania trans -> http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ctasp/noticias/comissao-promove-xiv-seminario-lgbt-do-congresso-nacional

        • Reginaldo

          29 de agosto de 2018 em 23:48

          Mas e o #MensalinhoDoTwitter , tá recebendo ainda?

          • Gilmar Lopes

            30 de agosto de 2018 em 8:37

            Não recebi! 🙁
            Que pena… eu tô precisando de uma graninha!

        • paulo silva

          30 de agosto de 2018 em 13:56

          É bem simples de entender o pessoal LGBT quer a legalização da pedofilia ! bom mesmo é nos países árabes onde essa gente é tratada com o rigor da leis

          • Freud de Taipas

            30 de agosto de 2018 em 16:38

            “É bem simples de entender o pessoal LGBT quer a legalização da pedofilia !”

            Fonte: CU

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 16:47

        Nada disso. Você que é um analfabeto funcional e incapaz de interpretar textos.

      • Kelly

        29 de agosto de 2018 em 17:29

        Concordo com suas colocações, não entendo que credibilidade tem esse site para afirmar que uma informação e verídica ou não, para mim é uma verdadeira marmelada deve ser da turma dos PTralhas…

        • Reginaldo

          29 de agosto de 2018 em 23:38

          Com certeza.

        • Leon

          30 de agosto de 2018 em 1:30

          Kelly para pessoas como você não se pode tentar retirar a venda dos olhos, é inútil pois tirar venda de cegos é perda de tempo… sua burra informada!

        • Gabriel

          30 de agosto de 2018 em 5:41

          “Não sei que credibilidade”
          >site tá no ar tem anos e mostra tudo referenciado

          Kelly, mas tu precisa aprender a ler ein querida

        • Luis

          10 de setembro de 2018 em 15:52

          sempre acompanhei o site mas depois dessa, perdeu a credibilidade pra mim.

          • Gilmar Lopes

            10 de setembro de 2018 em 16:01

            Que pena! 🙁

          • Eu™

            10 de setembro de 2018 em 16:27

            Só porque mostraram que você foi enganado? Tadinho, agora tira o vestido, joga no chão e sapateia em cima!

            Floquinho de neve especial que não pode ser contrariado! Cuidado pra não derreter, hein?

  4. Pingback: Fraude do chamado “Kit Gay” já foi revelada em 2017

  5. Pedro Alves

    29 de agosto de 2018 em 13:25

    Não sei o porquê de tanta polêmica. A sexualidade deve ser ensinada pela escola sim pois muitos pais não conversam sobre sexo com os filhos por vergonha ou timidez.(acham que o filho é santo mas na verdade fica o dia inteiro no X vídeos) Mas não para crianças e sim adolescentes de 13 anos pra cima.

    • Alexsandra

      29 de agosto de 2018 em 14:38

      E é exatamente isso que o Bolsonaro diz, que a partir dos 13 anos o adolescente possa decidir, mas não aos 6 anos de idade.
      E eu concordo com ele.

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 15:08

        Dá pra ele então.

        • Eu

          29 de agosto de 2018 em 15:57

          Super democrático você!

          • Eu™

            29 de agosto de 2018 em 16:24

            Ninguém perguntou. Dá pra ele também.

        • Alípio Martins

          30 de agosto de 2018 em 22:40

          Esse cara veio do MdM, certeza. Parabéns!

      • Luiz Santos

        29 de agosto de 2018 em 15:33

        Não, Alexandra, ele não disse isso, ele MENTIU dizendo que um livro do “kit gay” estava sendo distribuídos pelo MEC, quando isso NUNCA ocorreu.

        E sexualidade é discutido no Canadá desde dos 5 anos de idade, até porque, quem abusa sexualmente de crianças (pedófilos inclusive) não espera a mesma ter 13 anos em diante) e hoje em dia, qualquer criança com 10 anos de idade tem acesso ao celular e internet. Você quer que ele aprenda sobre o assunto corretamente na escola ou vá assistir pornografia no XVideos?

        Escola é local de preparar o cidadão para a sociedade e o mundo real que o cerca, e não para mantê-lo numa bolha!

        • Cristovao mascarinho de oliveira filho

          29 de agosto de 2018 em 18:09

          LUIS SNTOS, OU CV É BURRO DEMAIS,OU É VOADOR.ESSE MATERIAL NAO FOI DISTRIBUIDO POR POUCO.

        • Renata

          29 de agosto de 2018 em 19:00

          Vc está certíssimo, falei muito sobre isso com minha filha aos 5anos, sei que não abordei tudo mas o que vejo é que muitos pais ainda contam historinha como vindo da cegonha e não a realidade

        • Luana

          29 de agosto de 2018 em 19:45

          Ótima resposta, concordo plenamente Luiz!

        • Willian

          29 de agosto de 2018 em 19:50

          Kkkkkk…. me desculpa, mas se um pai e uma mãe permitem que o filho possa ter celular com internet e acesso a sites pornograficos, o erro não está na política e muito menos em livros, mas sim, na educação dentro de casa… agora o JN que defende totalmente a esquerda, faz perguntas daquele tipo para um candidato a presidência da república, se o passado dele interessa tanto para a imprensa, por não mostram o que o Lula e os filhos dele tinham antes e depois dos seus mandatos? Após mais de 10 anos um único partido no comando de um país e afundando o mesmo e ninguém fala nada e aceita tudo isso? Pra ter uma noção quem aqui que irá ler o meu comentário saberia dizer quem é o ministro da educação? o ministro da saúde? Sem pesquisar… não sabem!!! Pq? Porque são pessoas colocas nesses cargos e não fazem bosta nenhuma… olha como tá o país, hospitais sem leitos, SUS uma merda, escolas sem a menor condição de ensino com professores qualificados, ou até mesmo uma “obra” que é pra ser escola, mas nem acesso a mesma tem, utilizando pra que? Desvio de dinheiro… foi e é o que a bosta do PT fez e faz todos esses anos!!!!

          • Marinaldo

            30 de agosto de 2018 em 1:11

            Concordo em gênero número e grau.

          • Rodrigo

            30 de agosto de 2018 em 10:17

            1. Eu sei ambos os ministros sem pesquisar.
            2. O que foi dito pelo Bolsonaro foi uma leviandade. Pra nao dizer mentira.
            3. O SUS e a educação estão uma vista por interesses privados.
            4. Aliás, o economista do Bolsonaro já disse que quer privatizar a educação e acabar com o SUS. Tá comprando lobo em pele de cordeiro.
            5. Obviamente houveram falhas no governo petista, mas dizer que o PT quebrou o Brasil é ignorância ou má fé.

        • Joaz

          30 de agosto de 2018 em 0:42

          Ocorreu sim. Vá às escolas municipais da cidade do Rio que verá exemplares exatos nas bibliotecas.

      • Bruna

        29 de agosto de 2018 em 23:15

        Alexsandra, em que parte do livro fala que ele é pra crianças de 6 anos? Criança de 6 anos não vai sozinha à biblioteca pública e se os pais permitem a leitura de um livro não indicado para a faixa etária, então o problema não é o livro e sim os pais.
        Não critico o fato de você concordar com ele, cada um tem sua opinião; mas para formar uma opinião decente é necessário pensamento crítico e não seguir cegamente o que outras pessoas falam.

      • Zé Léo

        30 de agosto de 2018 em 6:20

        O Escola sem Homofobia (que ele chama de kit gay) nunca foi a partir de 6 anos, mas tem material a partir do sexto ano do Ensino Fundamental (11/12 anos), período do início da puberdade. E ainda possuía assuntos específicos por faixa etária.

    • Reis

      29 de agosto de 2018 em 17:55

      Então vc fica assistido videos nesse x video e quer culpar os outros também vai se curar o elemento.
      Bolsonaro ta mas que certo mesmo essa globo apoia tudo que e errado e induz ainda as pessoas a fazerem o errado,ontem bolsonaro entrentou sem medo a cúpula da globo e também o próprio roberto marinho um anticristo.

    • Elayne

      29 de agosto de 2018 em 23:41

      O projeto escola sem homofobia é para crianças a partir de 12 anos, Bolsonaro está mentindo quando afirma que seria para crianças de 6 anos. Está na cartilha a idade a ser aplicada. Pesquise!

  6. Tomas Castro

    29 de agosto de 2018 em 13:30

    Gilmar…o livro não esta pq foi barrado em votacao….se tivesse sido aprovado, provavelmente estaria disponível nas escolas infantis.

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 13:35

      Ué! Mas isso torna a notícia verdadeira?

      • Bryan Oliveira

        29 de agosto de 2018 em 13:59

        Bolsonaro barrou o livreto sim e existem videos disso provando, ou seja, o kit gay existiu qnd tentou mas nao foi pra frente…E-farsas já perdeu credibilidade há séculos pelo visto!

        • Gilmar Lopes

          29 de agosto de 2018 em 14:03

          Verdade! Esse tal de E-farsas não presta! Nunca mais visito esse site!

          • Jose

            29 de agosto de 2018 em 14:22

            Que bom, é um favor que nos faz, eu tive filhos nesta idade e não gostaria de topar isso nas mochilas deles…

          • Gilmar Lopes

            29 de agosto de 2018 em 14:41

            Ué! Por que não! Já leu o livro para saber se é adequado ou não?

          • Alexsandra

            29 de agosto de 2018 em 14:39

            Deve ser petista esse site. Kkk

          • Gilmar Lopes

            29 de agosto de 2018 em 14:39

            kkkkkkkkkkkk será? (cada dia o e-farsas é acusado de estar de um lado diferente)

          • ander

            29 de agosto de 2018 em 14:45

            fake do fake… não foi distribuido por motivos obvios, mas pq o livretinho estava em biblioteca de escola? de algum jeito chegou lá, isso q vc deveria pesquisar…

          • Gilmar Lopes

            29 de agosto de 2018 em 14:55

            Tava em uma biblioteca de escola? De qual escola?
            Será que estar em UMA biblioteca é a mesma coisa de “ser distribuída em todas as escolas públicas”?

          • Emanoel

            29 de agosto de 2018 em 15:16

            Você não precisa ser nenhum letrado em linguagem formal para constatar o uso de conjunções que claramente tem significância de oposição, sinto muito mas seu site não é imparcial e tomou partido logo nos primeiros parágrafos

          • Eu™

            29 de agosto de 2018 em 15:35

            E o choro é livre!

          • diogo

            29 de agosto de 2018 em 16:26

            Ele não estava na biblioteca, vc não lê o que escreve. Ele seria passado ao professores para fazer atividades que seriam passada aos alunos. Tenha vergonha cara.

          • Eu™

            29 de agosto de 2018 em 16:47

            “Ele seria passado ao professores para fazer atividades que seriam passada aos alunos. Tenha vergonha cara.”

            Fonte?

          • Liz Alves

            29 de agosto de 2018 em 18:15

            Ou fala o que bolsominions quer ou emburram…
            Ficam de pitizinho…
            Ai ai

        • Eu™

          29 de agosto de 2018 em 14:32

          Fonte?

        • Juarez

          29 de agosto de 2018 em 15:30

          Bolsonaro e bancada evangélica nunca barraram livro nenhum, barraram o tal Kit Gay. Este livro nunca esteve no Kit Gay. É um best seller mundial destinado a crianças a partir dos 11 anos. Não tem nada a ver com Kit Gay ou MEC, é um livro de escritor privado. Pare de acreditar feito fanático no Bolsonaro, isso é doença.

        • Mary

          29 de agosto de 2018 em 17:50

          Deputado federal não tem poder de barrar, apenas votar contra ou a favor no congresso, quem vetou foi Dilma Rousseff

        • Denis

          29 de agosto de 2018 em 19:53

          “Bolsonaro barrou o livreto sim e existem videos disso provando, ou seja, o kit gay existiu qnd tentou mas nao foi pra frente…E-farsas já perdeu credibilidade há séculos pelo visto!”

          poderia postar essas fontes aqui?

          • Gilmar Lopes

            29 de agosto de 2018 em 20:50

            As fontes estão todas no artigo!

      • Amauri

        29 de agosto de 2018 em 14:09

        Concordo com Tomas Castro, Este livro só não foi pra frente pq houve muita polemica, da forma com vc descreve é como se não tivesse ocorrido toda a polemica.
        Houve muita briga para este livro não chegar as crianças.

        • Eu™

          29 de agosto de 2018 em 14:28

          O post é “O livro “Aparelho Sexual e Cia” faz parte do kit gay distribuído pelo MEC?”

          Não, não faz. Ponto.

          Se um dia fez, tentaram fazer, ou fará, é outra história e não está no escopo do post. O resto, é choro, e como sabemos, é livre. 😉

          • João Bosco Coelho Costa

            29 de agosto de 2018 em 15:45

            Não adianta dialogar com esse tipo de pessoa. O reacionário odeia quem tenta desmontar suas fantasias e desejos.

          • Lucas

            29 de agosto de 2018 em 23:55

            Meu Deus, vcs não entenderam que Bolsonaro disse que esse foi o problema dele que fez com que todo mundo chamasse ele de homofobico, isso já foi, já era, não está mais em pauta, ele apenas disse q o kit gay era a preocupação dele, q ele nao tem nada contra os gays, pqp

        • ProfessorAteu

          29 de agosto de 2018 em 14:53

          Qual o problema de esse livro chegar às escolas e às crianças? Só vai suprir o que a incompetência e despreparo dos pais brasileiros não está fazendo: dar educação sexual para seus filhos.

          • Luis

            29 de agosto de 2018 em 19:24

            Desde quando a escola ou estado tem a capacidade de fazer o papel dos pais?o estado não cuida de ninguém e vem com esse papo de cuidar das nossas crianças.

          • José Alberto da Silva

            29 de agosto de 2018 em 19:51

            ProfessorAteu, com esse nickname, tenho pena das criancinhas. Site desmentiu em parte, porem existiu sim a intenção de colocar esse livro em sala de aula da rede publica, bolsonaro e outros politicos atentos, tacaram fogo na moita, como dizemos nos quarteis!

        • Mary

          29 de agosto de 2018 em 17:56

          Não era para as crianças era para professores dos adolescentes a partir dos 13 anos de idade

      • Anderson

        29 de agosto de 2018 em 15:24

        Poderia citar os trechos (minutos) em que ele afirma que o MEC está distribuindo o material e que afirma também que faz parte do PNLD e PNBE? Como sugestão, acho que para um site voltado a identificar farsas, seria pertinente transcrever literalmente na pesquisa acima também a fala do candidato na entrevista, pois notasse transcrições diversas, menos a do foco de pesquisa que seria o comentário do candidato. Do contrário, pode aparentar direcionamento de opinião pública ou ação midiática focada em audiência.

        • Gilmar Lopes

          29 de agosto de 2018 em 15:39

          O candidato disse que o kit gay pode ser encontrado em escolas públicas, referindo-se ao “kit gay” que, segundo ele, era distribuído pelo governo:
          “Jair Bolsonaro: Olha só, isso começou a acontecer em novembro de 2010 comigo, até aquele momento era uma pessoa normal, como você é normal por aí no tocante a isso. E eu passando nos corredores da Câmara, vi algo acontecendo de forma esquisita, um grupo que… Não é normal, você ir na praia e encontrar gente de paletó e gravata, ou num fórum, gente de short de banho. E estava um pessoal vestido a caráter, e perguntei, sim, para um segurança: “Vai haver alguma parada de orgulho gay na Câmara?”. E tomei conhecimento do que estava acontecendo lá. Eles tinham acabado o 9º Seminário LGBT Infantil. Repito, 9º Seminário LGBT Infantil. Estavam discutindo ali, comemorando o lançamento de um material para combater a homofobia, que passou a ser conhecido como “kit gay”. Entre esse material, Bonner, estava esse livro lá, Bonner. Então, o pai que tenha filho na sala agora, retira o filho da sala, para ele não ver isso aqui. Se bem que na biblioteca das escolas públicas tem.”

        • Gilmar Lopes

          29 de agosto de 2018 em 15:42

          Ainda, no mesmo minuto, o candidato reafirma que o livro está nas bibliotecas e que nem os pais sabem:
          “Jair Bolsonaro: Não, mas é um livro escolar. É para criança, é um livro para a criança, os pais não sabem que isso está na biblioteca.”

        • Gilmar Lopes

          29 de agosto de 2018 em 15:44

          • Liz Alves

            29 de agosto de 2018 em 18:16

            Ou fala o que bolsominions quer ou emburram…
            Ficam de pitizinho…
            Ai ai

        • Gilmar Lopes

          29 de agosto de 2018 em 15:46

          O candidato não falou sobre o MEC durante a entrevista, pois foi barrado pelos apresentadores do telejornal, mas há anos o deputado vem batendo nessa tecla:
          https://manoeljp.jusbrasil.com.br/artigos/297198691/bolsonaro-x-nova-escola-polemica-reacende-debate-sobre-erotizacao-infantil-e-kit-gay

    • Leila Maria Sousa Lima

      29 de agosto de 2018 em 14:30

      E mais: Tomas … aquele doente do jeanwyllys fez a festinha sim … só resta > ter esperanças!

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 15:15

        Fonte: CU.

    • Luciano Bernardo da Silva

      29 de agosto de 2018 em 15:00

      Perfeito! O site e-Farsas trabalha de forma tendenciosa, inclusive com reportagem de cunho claramente simpático à questão da sexualização das crianças, o que pode dewcambar para um apoio inviesado da pedofilia. Assunto perigoso que deveria ser tratado com isenção, sem ideologização.

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 15:36

        Tá incomodado? Os incomodados que se mudem!

      • B

        30 de agosto de 2018 em 8:13

        Sexualização das crianças??? A educação sexual vem para suprir o despreparo das famílias com esse assunto, e deve, SIM, ser conteúdo escolar. Além do mais, dar educação sexual NÃO É SEXUALIZAR CRIANÇAS. Pesquisa sobre o que é educação sexual, pois as pessoas costumam interpretar de forma errada o que é.
        Outra coisa: ensinar respeito LGBT não é ensinar a fazer sexo LGBT. Sempre houve o ensino de práticas sexuais nas escolas, isso é ciência e não deve ser barrado… Isso não é “dar apoio enviesado à pedofilia”.

    • Mary

      29 de agosto de 2018 em 17:48

      Foi barrado por Dilma Rousseff

    • Paulo Real

      29 de agosto de 2018 em 23:12

      Esse bostinha é manginão e betoso , deixa ele votar no Lula , se ele é esquerdoso esse site é uma merda mesmo, Gilmar eu sei que vc não vai liberar , meu comentário, mas vc precisa saber que vc é patético

      • Gilmar Lopes

        30 de agosto de 2018 em 8:38

        É claro que vou liberar o seu comentário e mostrar pra todo mundo como você é mal-educado entrando na minha casa pra me ofender!

        • FARS

          30 de agosto de 2018 em 10:25

          Sua casa? Não entendi! pensei que fosse um site de acesso a qualquer público.

          • Gilmar Lopes

            30 de agosto de 2018 em 10:48

            Metaforicamente, essa é a minha casa! Mesmo se fosse um local público (afinal, sou eu quem paga todos os custos para manter o site no ar), não dá o direito de ninguém chegar ofendendo.
            Você acha certo chegar em uma repartição pública xingando todo mundo?

  7. Lucho

    29 de agosto de 2018 em 13:34

    O tal candidato mentindo? Que novidade.

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 14:04

      Caramba! Esse foi o mesmo link que usei no artigo! Obrigado por repetir o link e ajudar a frisar a verdade na cabeça dos leitores! 🙂

      • sgtarede

        29 de agosto de 2018 em 19:15

        ”frisar a verdade” pq o q vc poe aqui agora é verdade absoluta ?!!!

      • Reginaldo

        29 de agosto de 2018 em 23:52

        A palavra “infância” quer dizer o que, hem debiloide?

  8. FELIPE

    29 de agosto de 2018 em 14:03

    Sei lá, eu assisti a entrevista ontem e entendi que o livro foi barrado, logo não foi distribuído pelo MEC. Tô tentando entender o motivo do e-farsas ter colocado esse assunto como fake news.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 14:29

      Porque o título do post é “O livro “Aparelho Sexual e Cia” faz parte do kit gay distribuído pelo MEC?”

      Não, não faz. Porque não tem um “kit gay”. Se foi barrado ou não, é outro papo e fora do escopo da postagem.

      • Denis

        29 de agosto de 2018 em 20:02

        Estou lendo todos os comentários, e várias vezes vejo essa resposta: “Se foi barrado ou não, é outro papo”
        Foi ou não barrado? isso não é outro papo, é dizer a verdade e esse é o “escopo” do site.
        De maneira clara e isenta vcs podem responder?
        Fez parte , teve a intenção, foi cogitado, e BARRADO? ou não?

    • Freud de Taipas

      29 de agosto de 2018 em 15:18

      “eu assisti a entrevista ontem e entendi que o livro foi barrado, logo não foi distribuído pelo MEC”

      Entendeu errado. Tente de novo.

      Eu explico.

  9. Lady

    29 de agosto de 2018 em 14:10

    “Sexualidade infantil”. Esse título por si só deveria ligar o sinal vermelho. Quem acompanhou os diversos diálogos desse seminário viram que não tinham o intenção alguma em “preservar”ceianas, mas sim faze-las terem duvidas de si mesmas e trazer o assunto sexualidade de maneira inadequada para crianças, e não adolescentes.

    • Nathan

      29 de agosto de 2018 em 14:28

      Exatamente… Aonde ja se viu ensinar isso a crianças que ainda não sabem separar o certo do errado… Ai acaba acontecendo igual aquele caso do museu, e colocam crianças inocentes junto a uma pessoa que se diz artista e que está nú… é o fim do mundo mesmo!

      https://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/interacao-de-crianca-com-artista-nu-em-museu-de-sp-gera-polemica.ghtml

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 15:08

        Nossa, a menina, sob supervisão e autorização da mãe, tocou a perna de uma pessoa nua. Que fim do mundo! “Corrão” para as montanhas!

    • Freud de Taipas

      29 de agosto de 2018 em 14:31

      Claro, afinal é muito melhor a criançada aprender sobre sexo nas ruas, né? Depois as menininhas de 12 anos engravidam por aí, e ninguém entende o motivo!

    • Lucas Ed.

      29 de agosto de 2018 em 15:01

      “Sexualidade infantil” é tema conhecido e discutido desde Freud que láááááá em fins do SÉCULO XIX, descreveu a existência de uma sexualidade infantil inclusive “perversa e polimorfa”.
      Agora: você participou do congresso? Pode trazer mais informações sobre ele para nós?

  10. Brito

    29 de agosto de 2018 em 14:17

    Excelente artigo. Não conhecia o site, mas a partir de agora me tornarei frequentadora…

    Parabéns Gilmar Lopes!

  11. Cláudio Santana

    29 de agosto de 2018 em 14:19

    Quem defende essa porcaria é viado também.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 15:04

      Uau, “viado”, que ofensa! Só faltou chamar de feio, bobo e cara de melão, xingamentos compatíveis com sua idade mental.

    • Liz Alves

      29 de agosto de 2018 em 18:18

      E você se incomoda com a sexualidade de outros por quê? Estranho né?

  12. Cláudio Santana

    29 de agosto de 2018 em 14:21

    Quem defende essa merda é viado, Bolsonaro 2018 a favor da família quer ser viado assunto seu, não coloque isso para as crianças.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 15:05

      Chama os outros de “viados” mas é obcecado por um macho, tanto que vive citando o nome dele o tempo todo. Tá certo.

  13. Alexsandra

    29 de agosto de 2018 em 14:42

    Se é mentira por que estão tão preocupados?
    Se da o ao trabalho de só perguntar sobre Isso?
    Se formos observar vamos ver quem realmente não sabe nada.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 15:06

      Se é mentira por que estão tão preocupados?

      >A preocupação é quanto a divulgação das mentiras. Se você gosta de acreditar em mentiras, azar o teu.
      |
      Se da o ao trabalho de só perguntar sobre Isso?

      >É porque foi o assunto do dia.
      |
      Se formos observar vamos ver quem realmente não sabe nada.

      >Sim, você.

  14. Mendes Júnior

    29 de agosto de 2018 em 14:43

    Pois se vierem ensinar essa putaria para minhas filhas de 9 anos na escola, eu esculacho…esse tipo de educação cabe aos pais…a escola é espaço de escolarização e conteúdos acadêmicos…o aluno tem que entrar na escola já tendo uma noção de bons modos e respeito aos demais dado pelos pais.

    • Freud de Taipas

      29 de agosto de 2018 em 15:07

      Fique tranquilo, ela vai aprender na rua e da pior maneira possível… quando ela engravidar aos 15, não venha reclamar depois!

      • Mendes Júnior

        29 de agosto de 2018 em 18:20

        Com a educação que eu dou pra elas, isso não é possível. Caso ocorra essa gravidez, foi com consentimento e plena consciência do que estavam fazendo. Professor não deve ensinar assuntos de responsabilidade dos pais. É por isso que alguns partidos de esquerda, tentam a todo custo desconstruir a ideia de família. Aqui na minha família não…

        • B

          30 de agosto de 2018 em 8:16

          COITADO, você acha que com seus filhos será muito diferente do que foi com você, né? Você, com toda certeza, sempre escutou seus pais… fez voto de castidade e só perdeu a virgindade com a esposa, né? kkkkkk
          Educação sexual não é ensinar “putaria”, meu bem. Leia sobre.

  15. Sul

    29 de agosto de 2018 em 14:52

    Existiu a edição porém a polêmica crítica por certo parlamentar fez com que todo esforço para distribuição fosse por água abaixo, ficando assim pais de alunos mais tranquilos por engavetamento deste livro
    Lembro-me que na época,a aposentadoria solicitada demorava e observando a rapidez em que este livro foi editado e depois abafado,fiz até uma crítica escrita relatando a “falta de tecnologia no trâmite da aposentadoria com a rapidez em abafamento do livro”.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 15:36

      Fonte: CU.

    • Denis

      29 de agosto de 2018 em 20:06

      Tem fonte?

  16. Giovana

    29 de agosto de 2018 em 14:53

    Pq é uma notícia fake, absurda de um candidato despreparado. Que se utiliza da ignorância das pessoas e do seus preconceito p disseminar mentiras. Nunca foi cogitado pelo MEC a adoção desse livro. Nunca houve um kit gay. Na verdade toda e QQ tentativa de falar em sexualidade infantil vai ser taxada de kit gay por pessoas q estão mais preocupadas em defender seus dogmas do que as próprias crianças. Elas não são assexuadas, ninguém tá dizendo que não existe sexo feminino ou masculino. O que algumas pessoas tentam mostrar é que existem seres humanos que por diversos fatores não se enquadram nesse padrão e que não é por isso que devem ser desrespeitadas ou consideradas aberrações. O que devemos dizer p nossos filhos héteros qdo eles se depararem com uma criança que não se enquadra nos nossos padrões? Devemos incentiva Los a dizer que elas são do demônio e que por isso deveria se matar??? Pq foi esse tipo de atitude que levou uma criança de apenas 9 anos ao suicídio nos EUA. Todos os assuntos devem ser discutidos sim, respeitando a faixa etária, mas não ignorados pq essa ou aquela religião não permite.

  17. Anna Paula Alves

    29 de agosto de 2018 em 14:56

    O kit-gay na verdade é um kit-contra- homofobia, que é composto por 2 vídeos e um livro didático direcionados ao ensino medio e não a crianças, como diz Bolsonaro. O livro seria para os professores. Tal kit foi aprovado não só pelo MEC mas tbm pela UNESCO, por ajudar os professores e alunos a lhe darem com questoes sobre a sexualidade. Já que, 60% dos professores dizem não saber lhe dar com a hossessualidade de seus alunos, é bom aprender um pouco.
    O livro é transcrição de um outro livro francês e já foi transcrito em vários outros países.

    http://g1.globo.com/educacao/noticia/2011/05/projeto-de-distribuir-nas-escolas-kits-contra-homofobia-provoca-debate.html

    • henrjk

      29 de agosto de 2018 em 16:54

      O Bolsonaro só errou no título do seminário, mas de resto é a mesma coisa.
      Sobre o livro é sabido que fazia parte do projeto Escola sem Homofobia, que por sua vez estava dentro do programa Brasil sem Homofobia, do governo federal em 2004 e que era voltado para a formação de educadores. Ou seja, de forma direta ou indireta esse livro seria divulgado nas salas se houvesse uma grande resistência. Portanto não é falsa a informação.

  18. Não Seja BolsoMinion

    29 de agosto de 2018 em 14:58

    Bolsonaro falou, o povo ignorante acreditou… É inacreditável ver pessoas apoiando o Jair Bolsonaro após, em rede nacional, defender o regime militar, discuso fascista.Criança tem que ir para a escola aprender a ler, escrever, ser crítica, estudar HISTORIA, aprender sobre sexualidade, sim! Muitas familias nao falam sobre sexualidade, se nao aprenderem na escola, irão aprender na VIDA e acredite! Será muito pior… Sexulidade não se trata apenas de sexo, sexualidade se trata de prevençao de gravidez precoce, prevenção de DSTs, trabalhar a tolerância com as crianças em relação as diferentes orientações sexuais e de género. ISSO E EDUCAÇÃO SEXUAL, não para ensinar as crianças a fazerem sexo!

    • Lucas

      30 de agosto de 2018 em 0:03

      Não seria mais viável educar os pais a falar do assunto??
      Resolvi seu problema esquerdista kkk

  19. Marcelo Santos

    29 de agosto de 2018 em 15:11

    Mudaram o contexto. A questão divulgada é: o livro foi barrado, e portanto não foi distribuído pelo MEC? ou seja, caso tivesse sido distribuído para crianças de 6 anos (e não “adolescentes” como colocado na postagem do e-farsas) faria jus a fala do candidato.

    • Duvidoso

      29 de agosto de 2018 em 15:52

      Mas afinal, o livro faz parte do “kit gay” ou não?

    • DANILO MOTA SOARES

      29 de agosto de 2018 em 18:58

      O livro não foi barrado porque ele nunca passou pelo MEC. Esse livro é um qualquer que ele pegou pra enganar trouxa. Nem brasileiro o é.

      • Beto

        1 de setembro de 2018 em 9:27

        amigo, o lançamento ñ foi feito na Brasil, mas há sim uma tradução brasileira. Informe-se e pesquise. Vc irá achar!

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 15:56

      Li. Qual a relação com o assunto desta matéria do E-Farsas?

  20. Abraão

    29 de agosto de 2018 em 15:33

    Muito estranha essa colocação do e-farsas. Pois sou professor e minha escola recebeu esse “kit Gay”. Portanto, alguém está mentindo aí.

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 15:40

      Como assim? O que continha esse tal kit gay?

  21. Wanderley Santiago

    29 de agosto de 2018 em 15:39

    A TÁ ENTÃO BOLSONARO INVENTOU UM LIVRO PARA SE ALTO SE PROMOVER! EU ACHO QUE TA NA HORA DE VOCÊS TOMAREM VERGONHA NA CARA E ASSUMIR AS CAGANEIRAS DE VOCÊS, SERIA MAIS SENSATO.

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 15:44

      Sim! Ele inventou!

      • yuri

        29 de agosto de 2018 em 17:17

        Inventou onde camarada?
        Da onde você tirou essa lógica?
        O termo kit gay foi sim inventado mas a cartilha EXISTE E MUITO. Ou o livro que ele mesmo mostrou ele foi e desenhou na sala da casa dele?

        O livro não foi distribuído por que foi VETADO. Mas seria, que parte disso não dá para entender?

  22. Henock Machado

    29 de agosto de 2018 em 15:43

    Bom! será que realmente prestaram atenção no que ele disse?
    Ele disse que queriam colocar esse material em sala de aula com aprovação do MEC, e que ele fez tanto barulho que voltaram atraz. E não que o MEC distribuiu nas escolas.
    Será que Crianças apartir de 6 anos de idade estão mesmo preocupadas em saber sobre sexo? Queria saber qual o pai que falá sobre sexo com uma criança de 6 anos? Acho que criaças querem mais e saber de bricar do que saber sobre sexo.

  23. Alex

    29 de agosto de 2018 em 15:44

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 15:52

      Kit anti-homofobia é diferente de kit gay, né? É justamente o contrário.
      Segundo o que informa a reportagem do link que você enviou, o ministro da Saúde determinou a abertura de um processo administrativo para identificar os responsáveis pelo envio de um material educativo, com conteúdo de combate à homofobia, a 13 estados das regiões Norte e Nordeste SEM A DEVIDA AUTORIZAÇÃO.
      O kit era composto de 6 revistas de histórias em quadrinhos com foco no público adolescente e foram elaboradas em 2010 como parte do programa de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.
      Os quadrinhos foram elaborados numa parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e não tem nada a ver o primeiro “kit gay” vetado em 2011.

    • Nome

      29 de agosto de 2018 em 16:03

      É tudo teoria da conspiração de homofóbicos mavaldos: BRASÍLIA — O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, determinou a abertura de um processo administrativo para identificar os responsáveis pelo envio de um material educativo, com conteúdo de combate à homofobia, a 13 estados das regiões Norte e Nordeste.

      Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/governo-federal-recolhe-kit-educativo-anti-homofobia-7866048#ixzz5PaykmJFQ
      stest

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 16:49

        “Kit anti-homofobia é diferente de kit gay, né? É justamente o contrário.
        Segundo o que informa a reportagem do link que você enviou, o ministro da Saúde determinou a abertura de um processo administrativo para identificar os responsáveis pelo envio de um material educativo, com conteúdo de combate à homofobia, a 13 estados das regiões Norte e Nordeste SEM A DEVIDA AUTORIZAÇÃO.
        O kit era composto de 6 revistas de histórias em quadrinhos com foco no público adolescente e foram elaboradas em 2010 como parte do programa de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.
        Os quadrinhos foram elaborados numa parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e não tem nada a ver o primeiro “kit gay” vetado em 2011.”

        Gilmar Lopes, logo acima. Aprenda a ler, aprenda.

    • Mazza

      29 de agosto de 2018 em 16:05

      Segue o link com Jean Willis e outros esquerdopatas fazendo apologia a kit gay.Falar agora que ele nunca existiu não vai mudar a verdade. Pois está gravado.O material não foi distribuído pois foi vetado após denúncias de deputados na comissão de educação. Gastaram 3 milhões nessa bosta.Onde vocês estavam quando tido isso aconteceu?https://youtu.be/tc_e9xwWS4A

      • Eu™

        29 de agosto de 2018 em 16:25

        Me aponte em qual trecho do vídeo está falando que o livro apresentado pelo Bozonazi faz parte do tal “kit gay”. No aguardo.

  24. Murilo

    29 de agosto de 2018 em 15:54

    Esse e-Farsas esta parecendo o G1. Parei com vocês.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 16:21

      Já vai tarde!

  25. François Marques Amorim

    29 de agosto de 2018 em 15:56

    Veja ai os vídeo e tirem suas proprias conclusões.
    Só não foi para frente graças a denúncia do Bolsonaro.e tem mais denonde veio estes. Em Araçatuba Sp. Os kits chegaram ma cidade so não foi pra frente pq . Os vereadores da cidade vetaram .
    [links removidos pelo moderador]

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 16:23

      Arrã. Se está no Youtube, só pode ser verdade!

    • Denis

      29 de agosto de 2018 em 21:59

      Por que o vídeo foi removido?

  26. Lilian

    29 de agosto de 2018 em 16:03

    Meu Deus leian essa matéria. Se esse livro nao fosse parado seria o fim, falo como uma pessoa laica pq nao apoio candidato algum, mais isso nao é um livro é uma revista porno cheia de besteiras escrita.

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 16:22

      Parei no “leian”. Pelo visto você nunca chegou perto de um livro…

      • Jilmara Sepol

        30 de agosto de 2018 em 9:13

        Gigi estava indo tao bem, quando faltou o argumento foi seco no erro da ortografia!
        Mais um que caiu nessa!
        Essa matéria faz o mesmo que a outra fez sobre a França e a pedofilia, somente ajuda a corroborar os fatos:

        1. o livro existe, ainda esta a venda, logicamente esta nas bibliotecas… (felizmente já esta fora de catalogo);
        2. Bolsonaro e sua equipe impediram que fosse disseminado, ou seja parar em TODA rede de escolas PUBLICAS;
        3. Gilmar não vota em Bolsonaro;

        Obrigado por informar que o livro é do original “FRANCES”, podiam linkar as duas matérias que não desvendam farsas porcaria nenhuma mas ajudam a corroborar.

        • Maurcio Perna

          30 de agosto de 2018 em 13:36

          1. o livro existe, ainda esta a venda, logicamente esta nas bibliotecas… (felizmente já esta fora de catalogo);

          Em nenhum momento a matéria afirmou que o livro não existe ou existiu; Analfabeto funcional.
          =
          2. Bolsonaro e sua equipe impediram que fosse disseminado, ou seja parar em TODA rede de escolas PUBLICAS;

          Fonte?
          =
          3. Gilmar não vota em Bolsonaro;

          Irrelevante para a discussão
          =
          Obrigado por informar que o livro é do original “FRANCES”, podiam linkar as duas matérias que não desvendam farsas porcaria nenhuma mas ajudam a corroborar.

          E você poderia citar alguma fonte das merdas que fala, pra varia um pouco.

    • Ed Vogado

      29 de agosto de 2018 em 16:31

      Laicidade refere-se à influência da religião na política. Não significa isso que você acha que é.

  27. Lucas

    29 de agosto de 2018 em 16:18

    Segue um link da Tv Record falando do kit gay.Custou 3 milhões de Reais.
    Nunca foi distribuído pois foi vetado.Mais um descaso com o dinheiro público.Uma bosta de material com meninas se beijando de língua para um público infanto-juvenil (7 a 12 anos)
    https://youtu.be/KIspuuLsepE

    • Eu™

      29 de agosto de 2018 em 16:45

      Opa, e em qual parte desse vídeo diz que o livro citado pelo Bozonazi faz parte do “kit”?

      No aguardo.

  28. Carlos

    29 de agosto de 2018 em 16:40

    ESTE VÍDEO VAI PROS QUE DISSERAM QUE O LIVRO NÃO FOI DISTRIBUÍDO – ASSISTAM : https://www.youtube.com/watch?v=XYU_6V9nApY

  29. François Marques Amorim

    29 de agosto de 2018 em 16:43

    Ai não e Bolsonaro falando e um veículo de comunicação afirmando que esse livro faz parte do tal kit gay e foi distribuído nas escolas sim. Tai o video da record.

    https://youtu.be/T33SOrzkyVI

  30. François Marques Amorim

    29 de agosto de 2018 em 16:52

    Pq removel os links,um video era de um pai mostrando o livro . ?
    Vc postou outras opiniões e deixou os lincks, ja sei e pq.vai contra o que diz ai ñ é?Ai não e Bolsonaro falando e um veículo de comunicação afirmando que esse livro faz parte do tal kit gay e foi distribuído nas escolas sim. Tai o video da record.

    https://youtu.be/T33SOrzkyVI

    • Denis

      29 de agosto de 2018 em 22:06

      Esperando uma resposta do e-farsas sobre a matéria apresentada acima.

  31. Devorax

    29 de agosto de 2018 em 17:11

    A pessoa que precisa do estado para educar seu filho é um completo MERDA, um Bosal, um lixo sem uma gota de caráter.

    FAZ a porra do seu papel de pai e mãe e educa vcs eu filho não ficar precisando de escola para isso não. SEUS BOSTAS.

  32. Reis

    29 de agosto de 2018 em 17:59

    Então vc fica assistido videos nesse x video e quer culpar os outros também vai se curar o elemento.
    Bolsonaro ta mas que certo mesmo essa globo apoia tudo que e errado e induz ainda as pessoas a fazerem o errado,ontem bolsonaro entrentou sem medo a cúpula da globo e também o próprio roberto marinho um anticristo.

  33. Jonathan

    29 de agosto de 2018 em 18:25

    Parei de ler na parte que fala o nome do Jean Willis. Kkkk

  34. Mauro Figueira

    29 de agosto de 2018 em 18:39

    Que legal, o dono do site travestido com três pseudônimos defendendo heroicamente sua tese e o resto do mundo contra a ideia de qualquer porcaria que de alguma forma venha a induzir algum tipo de ideologia em uma consciência em formação de valores, trata-se apenas da não autorização por parte dos pais as escolas de tratarem sobre o tema !

  35. Teofilo Neto

    29 de agosto de 2018 em 18:45

  36. Milico

    29 de agosto de 2018 em 18:55

    Site bosta e pretencioso.deve ser financiado por jean willys.

  37. Adriano Jorge Figueira

    29 de agosto de 2018 em 19:03

    Eu sou Professor da rede pública e lembro muito bem do kit Gay! E tbm lembro que o Bolsonaro fez de tudo para barrar… Conseguiu. Aliás, eu pouco ouvi falar desse deputado antes do kit gay. Mas… ele não mentiu.

  38. jeverson

    29 de agosto de 2018 em 19:07

    boa noite ,,,só para entender existiu os fatos e a situação ,,,,nao com os nomes que o bolsonario falou isso

  39. Jairo

    29 de agosto de 2018 em 19:22

    Se o livro era tão bom para nossas crianças porque defender tanto que ele não foi distribuído!. Quando hipocrisia que não leva a nação a lugar nenhum apenas a pensar que podemos viver em uma putaria eterna, mas não evoluímos tanto para nos tornarmos burros agora. Vamos separar vida pessoal de cultura e conhecimento, façam algum uso de seus cérebros para algo útil não para ficar discutindo como se fosse doença ser gay ou lésbica por que simplesmente não passa de uma opção sexual.Queremos crianças estudando e ensino de qualidade só assim teremos certeza que irão aprender a respeitar a todos independente de raça, credo ou cor.Acordem isso só separa uns dos outros, somos todos Brasil.

  40. Flávio

    29 de agosto de 2018 em 19:45

    É interessante como as polêmicas são construídas SEMPRE a partir da IGNORÂNCIA.Seja a ignorância de vc simplesmente não conhecer um tema, ou da ignorância que motiva conclusões apaixonadas e,nesse caso, impulsionada por um conservadorismo furreca. Hora, ninguém é obrigado a gostar ou concordar com nada, que se façam então críticas HONESTAS a respeito dos temas.Achou inadequado a forma como trataram o tema sexualidade e infância foi abordado? Perfeito, discorra sobre o tema SEM HISTRIONISMO.Ainda sobre ABUSOS REAIS, a IGREJA CATÓLICA tá ai CHEIA DE B.O. e os CONSERVADORES ficam caladinhos,isso sim é ESCROTO.

  41. Paulo

    29 de agosto de 2018 em 19:46

    PQP mas que bosta comunista virou esse e-Farsas. Só é verdade o que os comunistas falam!!! Aí sim! Não precisa nem fazer checagem.
    Quanta distorção em um texto só para fazer parecer que o Bolsonaro mentiu. Óbvio que o livro “não faz parte da lista de livros recomendados pelo MEC” por que ele fez um estardalhaço na época.
    “NUNCA EXISTIU KIT GAY” claro que não né?! Ou vocês acham que comunistas dissiumulados iriam dar esse nome ao material. Esse foi o melhor nome possível dado pelo próprio deputado, que com certeza é o mais adequado. Canalhas! Mil vezes canalhas!
    “Reconhecimento de uma sexualidade infantil” kkkkkk! É auto-explicativo! Estímulo a sexualidade de uma criança heterosexual é pedofilia mas se for homosexual aí está acobertada pela bandeira LGBT e aí pode!

  42. Nino

    29 de agosto de 2018 em 19:48

    Esse é farsas já foi corrompido,com certeza mordeu uma beiradinha igual os políticos corruptos.
    Agora não sei mais onde pesquisar se uma coisa é verdadeira ou não.
    E-farsas e Globo,tudo lixo do mesmo saco.

  43. JOSE ALBERTO DA SILVA

    29 de agosto de 2018 em 19:58

    e-farsa tomou partido!

    • Gilmar Lopes

      29 de agosto de 2018 em 20:49

      Qual partido?

  44. Pessoa

    29 de agosto de 2018 em 20:13

    Bom! Sei de uma coisa! De todos o único que quer mudar o Brasil é o Bolsonaro, a Globo e Folha de são paulo ficam dizendo que Lula ladrão está na frente!!! Infelizmente a mídia e o próprio governo não quer parar com os roubos absurdos, até quando vamos deixar esses merdas acabar como Brasil, vender 70% do pré sal, dar de graça o nosso nióbio para outros países, no minério e assim vai, é um ladrão que você quer que governe o país? Pois bem! Estamos vivendo uma guerra civil, você sai de casa e não sabe se volta!!! Um absurdo…. Temos o poder de ditar as ordens, mas entre 206 milhões de brasileiros menos de 1% luta por direito de 99%, temos que inverter isto! Acorda Brasil!!!!!!!

  45. Felipe

    29 de agosto de 2018 em 20:35

    Emboscado criancinhas nas escolas!!!! No que depender de mim … Esse tipo de conteúdo jamais chegará às mãos de um ser puro e inocente…!
    Graças ao Bolsonaro essa palhaçada de ensinar/estimular homossexualidade nas escolas foi barrado!
    Cara…
    Se o indivíduo apresenta características homossexuais desde criança, que receba orientações sobre essa condição. De forma a lidar melhor com suas dúvidas. E quanto aos demais cabe o respeito… RESPEITO… RESPEITO!!! Em todos os aspectos!
    Agora divulgar…. Insinuar de forma geral… Pra todas as crianças… Q ela pode escolher qual gênero ela quer ser….!!!!!!???
    CANALHAS!!!! MIL VEZES CANALHAS!!!!
    EMBOSCANDO CRIANCINHAS NAS ESCOLAS!!!

  46. KLEITON FREIRE LIANO

    29 de agosto de 2018 em 20:41

    #BOLSONARO_PRESIDENTE

  47. Alexandre Granados

    29 de agosto de 2018 em 21:57

    A cada assalto nasce um eleitor para este candidato, a cada ato desesperado da esquerda nasce um eleitor para este candidato, cada viciado faz uma família escolher este candidato. Este blog pode até tentar ferir e distorcer as palavras deste candidato, mas não intimidara seus eleitores.

  48. Jaldir

    29 de agosto de 2018 em 22:14

    Que voces acham deste vídeo? https://www.youtube.com/watch?v=W2K2Kl4UMrE

  49. Paulo Jr

    29 de agosto de 2018 em 23:10

    Nunca mais vou ler esse site

    • Gilmar Lopes

      30 de agosto de 2018 em 8:38

      Quem bom! Já lia antes?

  50. João Ramos

    29 de agosto de 2018 em 23:28

    Esse livro estava sim no site do MEC, depois ele tirou do ar com a repercussão.

    Segue o vídeo do ex secretário do próprio MEC falando sobre o conteúdo de um dos seus materiais didádicos:

    https://www.youtube.com/watch?v=osjiPU0VUt0

    E-farsas deveria mostrar esse outro lado também!

  51. Daniel

    29 de agosto de 2018 em 23:59

    Nem perca seu tempo tentando explicar para PTista e bolsonarista Gilmar, são indivíduos com a mente fechada e incapazes de pensar por si mesmos, só repetem o que os gurus deles dizem e acreditam em qualquer besteira que eles falam. Parabéns pela matéria e continue nos informando sobre as “fake news”.

  52. Alexandre Granados

    30 de agosto de 2018 em 0:07

    A cada crime nasce um eleitor deste candidato, a cada ato desesperado da esquerda nasce mais um eleitor deste candidato, para cada viciado há uma família que admira mais este candidato. Este site, que parece mais um blog Esquerdopata pode até tentar, mas jamais conseguirá acovardar os eleitores deste candidato.

  53. Bruno

    30 de agosto de 2018 em 0:18

    So responda uma coisa… onde na entrevista bolsonaro fala que o livro foi distribuído pelo MEC? Diga o minuto da entrevisra que ele fala isso.
    Ele fala do livro estar em biblioteca de escolas e do livro estar em discussao na camara. Onde isso é farsa?

  54. david

    30 de agosto de 2018 em 6:10

    traduzinho esse site é uma merda e bolsonario vai ganhar e tirar ele fora do ar kkkk

    • Bozonazi

      30 de agosto de 2018 em 14:51

      “bolsonario”

      Tá “serto”.

  55. Cíntia

    30 de agosto de 2018 em 7:51

    E quem vai descobrir a farsa do e-mail farsas? Sou professora e o livro ia sim ser distribuído nas escolas. E com palavras bonitas o site disse que o seminário lgbt aconteceu e com tema para a infância. Há gente , vamos parar de se enganar. Cada um escolhe com quem quer se relacionar , mas a escola não pode influenciar nisso.

  56. Fernanda Rodrigues

    30 de agosto de 2018 em 8:45

    • Bozonazi

      30 de agosto de 2018 em 13:45

      E em qual parte da matéria afirma que o livro citado pelo Bostonaro fazia parte do “kit”, mesmo?

  57. Ricardo

    30 de agosto de 2018 em 8:56

    E-farsas com matéria tendenciosa e faltando com a verdade.
    “9º Seminário LGBT” que tratava do tema “infância e sexualidade” E isso é o que? É LGBT Adulto P#&&*.
    Devem está recebendo grana do imundo do Jean Wyllys, até achava legal esse site, mas vi que é uma bosta.
    “…discutir o próprio reconhecimento de uma sexualidade infantil, proteger as crianças que escapam dos papéis de gênero definidos pela sociedade da violência”. O porque dessa tara com crianças? Deixem nossas crianças em paz, cambada de bandidos sem moral. Eu sei o que esses escrotos da laia do Jean Wyllys querem “proteger” nossas crianças. Em fim um lixo de matéria.

  58. Tchau Querida

    30 de agosto de 2018 em 10:26

    Ainda bem que não conhecia esta porcaria !
    Quando vi CONSPIRAÇÃO lah no topo jah desconfiei!
    E estava certo, fakE-farsas!

    Responde ai seu Gilmar, seu Eu…
    https://www.youtube.com/watch?v=I2GIMGGWXiQ

    https://bit.ly/2N7LM0u

    • Bozonazi

      30 de agosto de 2018 em 13:42

      Opa, então mostra aí em qual trecho do vídeo ou do link cita que o livro foi cogitado para fazer parte do “kit gay”, conforme acusado pelo idiota. No aguardo.

  59. matheus

    30 de agosto de 2018 em 10:37

    “Acabando com as fake news”, mas dissemina fake news? Haha “tá serto”, senta lá no banquinho das mídias que dizem ser “imparciais”.

  60. Gustavo Henrique Ostermann

    30 de agosto de 2018 em 11:05

    Caramba!
    Os comentários tem fontes mais confiáveis do que o texto do E-farsas!
    Pelo jeito, a ânsia em lacrar contra o Bozó afetou até aqui

    Postaram link do seminário
    Postaram link do livro ter realmente sido distribuído para algumas escolas públicas mas não foi pelo MEC

    • Gilmar Lopes

      30 de agosto de 2018 em 11:16

      Uai! O link do seminário é o mesmo que eu coloquei no artigo!
      O livro ter sido distribuído “para algumas escolas” é bem diferente de “estar em todas as escolas”, não acha?

  61. Ribeiro

    30 de agosto de 2018 em 12:08

    Nunca na história deste país, um nome de um site lhe caiu tão bem!

  62. zenilton.ferreira

    30 de agosto de 2018 em 12:12

    Me deixa profundamente triste saber que filtros da internet estão distorcendo informações para denegrir a imagem de quem eles não concordam!
    Está mais dos que claro que o KIT GAY não foi prá frente por conta de pressão da bancada evangélica e do próprio Bolsonaro. O que que eles queriam que tivesse sido aprovado e distribuído.
    E-FARSAS está prestando um desserviço.

    • Gilmar Lopes

      30 de agosto de 2018 em 12:27

      “desserviço” é disseminar a homofobia!

      • Fernando Nunes

        31 de agosto de 2018 em 15:33

        Com todo o perdão Sr. Gilmar, mas Homofobia não se combate com catequização. É a mesma coisa com as crianças educadas pelo Estado Islâmico, ou dentro de Catolicismo de catequese, ou ainda de crianças em escola dos Sem Terra. Isto é LAVAGEM CEREBRAL, nada mais! Homofobia é um crime, não ser gay NÃO! Mas entendo o profundo do seu artigo, realmente entendo, mas o bom líder, mais do que entender a si mesmo tem de entender quem ele lidera. E as respostas ferozes aqui mostram que primeiro tem de se alinhar a educação para depois tratar o comportamento e não ao contrário.

      • Maria do Rolário

        1 de setembro de 2018 em 12:25

        Você quis dizer o que com isso, Gilmar?! Que precisamos “pregar” o homossexualismo?!

        • Gilmar Lopes

          3 de setembro de 2018 em 8:37

          Não lembro de ter dito isso!

  63. Joao pedro

    30 de agosto de 2018 em 12:41

    Falou, falou e não disse quem financiou o livro.

  64. Arthur

    30 de agosto de 2018 em 14:52

    Para de show, senta lá!!! Ta puxando ao pé da letra pra tentar convencer q é Fake. Não é pq mudou uma palavra no nome que deixou de existir. O 9o seminário citado existiu! O livro foi abordado no seminário sim, então para de tentar achar teorias pra defender seu ponto de vista. FakeNews fazendo FakeNews!

  65. pedro Joao

    30 de agosto de 2018 em 15:09

    Que livro?

  66. Bolsonaro2018 vote 17.

    30 de agosto de 2018 em 16:00

    Mais um textinho típico de apoiador do PT, Psol e Cia. kkkkkkkk Qual a credibilidade, qual a prova que você tem para dizer que não foi distribuído. O propio Bolsonaro recebeu o livro da Diretora de uma das escolas. Os livros estavam sendo distribuídos nas bibliotecas. Por que não postou também os vídeos e algumas fotos de dentro do livro, para mostrar a canalhice que queriam mostrar para as crianças?

    • Gilmar Lopes

      30 de agosto de 2018 em 16:16

      Desculpa aí! Vou deletar o artigo e fechar o site!
      Obrigado pela ajuda com essas novas informações!

      • Bolsonaro2018 vote 17

        31 de agosto de 2018 em 13:10

        Seria ótimo se você deletasse e postasse um com informações verdadeiras.
        Não precisa fechar o site, apenas deixe de ser tendencioso nos seus artigos e fale a verdade. Está cheio de provas que os livros estavam sendo distribuídos SIM em algumas escolas. Então quem mentiu foi você.
        Afinal, nos comentários você mesmo assume dizendo: “O livro ter sido distribuído “para algumas escolas” é bem diferente de “estar em todas as escolas”, não acha?”

        • Gilmar Lopes

          31 de agosto de 2018 em 14:12

          Cara! Não vou discutir com você pois vi que pelo seu e-mail e nome é claro que você está enviesado e nada do que eu lhe mostrar mudará o seu pensamento.
          Me desculpa por eu publicar essas coisas no site e estragar os planos do seu grupo e continue fazendo coro para o seu candidato!

  67. Allison

    30 de agosto de 2018 em 16:53

    Reportagem da record onde o próprio ministro da educação na época afirma que o material seria distribuído nas escolas, o que não aconteceu por causa da repercussão.

    Então seria farsa mesmo o que bolsonaro disse ???

    https://www.facebook.com/413957182459457/posts/450990568756118/

    • Bozonazi

      30 de agosto de 2018 em 16:55

      Opa, e em qual parte do vídeo fala que o livro citado pelo candidato faria parte do tal “kit gay”, mesmo?

  68. Sergio Simao

    30 de agosto de 2018 em 17:20

    Eu gostaria que ao final de cada comentário citando negativamente o Bolsonaro, o sujeito seja homem e diga o nome do seu candidato. (li isso num comentário em outro site e achei muito conveniente… TODOS criticam, mas NINGUÉM mostra alguém melhor)

  69. Luiz

    30 de agosto de 2018 em 17:20

    “Nunca houve Seminário LGBT Infantil, houve Seminário LBGT que tratou de Infância e Sexualidade”

    NOOOOOOSSA, MAS QUE GRANDE DIFERENÇA!!!

    • Eu™

      30 de agosto de 2018 em 18:28

      Sim, há diferença. Mas não pra você que faz parte dos 92%.

  70. Vitor F

    30 de agosto de 2018 em 17:25

    Achei a listagem dos livros que seriam implantados nas bibliotecas públicas em 2010 e advinha qual livro consta na mesma?
    Agora quero ver falar que o livro não é do MEC

    http://snbp.culturadigital.br/wp-content/arquivos/2014/07/Listadeobras-Implantacao2010.pdf

    • Eu™

      30 de agosto de 2018 em 18:27

      São coisas distintas, analfabeto funcional. Só porque estão nas bibliotecas não significam que façam parte da grade curricular. Aprenda a diferença.

    • Mobral

      30 de agosto de 2018 em 19:56

      IDIOTA, o MEC não é o Ministério da Cultura, imbecil. Aprenda a diferenciar as coisas, apedeuta.

    • Pablo

      30 de agosto de 2018 em 20:05

      Qual o problema em ser implantado em bibliotecas publicas??????

      MinC não é MEC.

    • Mário Gonçalves

      30 de agosto de 2018 em 22:10

      Muito bom Vitor F, contra fatos não há argumentos.

  71. Rocha

    30 de agosto de 2018 em 20:30

    Toda matéria é isso, pessoal defendendo um candidato que em 27 anos conseguiu a incrível marca de dois projetos aprovados, mesmo com a maioria da bancada conservadora. Afinal, projetos como Enéas herói realmente refletem o preparo desse candidato.
    Outro grupo defendendo um “candidato” preso.
    Não sei qual é a preocupação dessa galera que bate no peito e fala que “na minha casa não serão influenciados”. Se realmente alguém pode ser influenciado a virar gay, pq a preocupação? A influência em ser hétero em casa não é o suficiente?
    Dizer que educação sexual não é importante é como dizer que um problema não existe, esperando que ele suma.
    Ninguém é obrigado a acreditar nas matérias e pesquisas realizadas pelo site, mas acreditar em tudo, não questionar nada, isso quem faz são animais treinados.

  72. Luan

    30 de agosto de 2018 em 21:05

    Vou deixar aqui pra quem acredita que isso não ia chegar nas escolas https://www.youtube.com/watch?v=ODc9aM-VZR0&feature=youtu.be veja quem quiser ver

  73. Ana Celia

    30 de agosto de 2018 em 21:40

    Não é mentira. Esse é apenas um dos livros. Há outros. E mais, nesse encontro, seminário, seja lá o nome que for dado, o objetivo era sim criar esses livros. Bolsonaro em 2015, trouxe a polemica á tona e o MEC tratou logo de se retratar. Aqui, nesse debate com o secretario do MEC, observa o que o secretario fala de um dos desenhos que iria para um dos livros sexuais para crianças. https://www.youtube.com/watch?v=rSvPuPe6OqU

  74. Paulo Jhonatan

    30 de agosto de 2018 em 22:38

    Com coisa que o MEC iria confirmar uma informação dessas.
    É uma piada pedir informações para pessoas relacionadas a um sistema que está agindo contra a mudança, contra Bolsonaro.

    E-farsas é uma farsa.

  75. Zé Pessoa

    31 de agosto de 2018 em 8:15

    O então ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho veio a público dizer que a distribuição do material não iria ocorrer, que seria mais discutida a forma de abordar o assunto, por ordem do presidente Dilmão, e agora o “É farsas” diz que nunca teve nada disso se revelando um site eleitoreiro.

  76. Antonio Valdetaro

    31 de agosto de 2018 em 10:38

    O seminário LGBT infantil aconteceu, ainda que não tivesse o título de infantil. O material foi produzido e DISTRIBUIDO para todas as escolas PÚBLICAS do país, e se o E-Farsas quiser checar, vai encontrar, tanto o livro em questão quanto todos os vídeos do seminário LGBT, e a ênfase que foi dada ao público infantil, ainda que não tivesse o título de seminário LGBT infantil. Honestidade intelectual é o que falta na grande maioria da mídia brasileira, e também em quem se intitula defensor da verdade. Vivemos tempos estranhos, onde uma rede de TV que dissemina em sua programação diária, toda sorte de sordidez, se nega a mostrar material produzido com dinheiro público e dirigido e distribuído ao público infantil, pela possibilidade de haver menores assistindo. Vergonha E-Farsas.

  77. Jacob22

    31 de agosto de 2018 em 10:40

    De fato o livro não vem sendo distribuído nas escolas públicas do país, embora relatos de pessoas que encontram o mesmo em algumas escolas. Mas vc esqueceu de mencionar que o ministério da cultura comprou exemplares para as bibliotecas públicas do país. O que ainda mostra um problema de investimento do NOSSO dinheiro com matériais educativos com conteúdos degradantes e imorais…nesse caso um livro destinado às crianças.

  78. Alan

    31 de agosto de 2018 em 11:19

  79. Antonio Valdetaro

    31 de agosto de 2018 em 12:02

    • Silvio

      11 de setembro de 2018 em 18:43

      Eles não irão responder, sabe o porquê?! Para não se enquadrarem como idiotas funcionais e mentirosos.

      O “kit gay” foi proposto pelo MEC e foi alvo de denúncia. Vários exemplares já estavam em diversos municípios para serem distribuídos, inclusive o Ministério da Cultura o adotou. Li que as pessoas não são obrigadas a ler os livros nas bibliotecas, fico me perguntando onde os alunos buscam livros?! NO BANHEIRO?!

      O E-Farsas também não noticiou que HOUVE amplo debate em audiências públicas sobre o tema e quiseram empurrar para a população infantil essa porcaria. O fato ocorreu não só na Câmara dos Deputados mas em várias Câmaras Municipais que, inclusive, sempre esteve à frente o grupo do PSOL e do PT, com projetos até perniciosos, como a mudança de sexo entre crianças SEM O CONSENTIMENTO dos pais.

      • Eu™

        12 de setembro de 2018 em 8:38

        Claro, claro. E o governo também estudou fornecer carne de unicórnio como merenda escolar…

        Ah sim, e eu sou Deus.

        Agora vamos começar a PROVAR as coisas que falamos? Você começa!

  80. Matheus Bonze

    31 de agosto de 2018 em 13:43

    Me explica a diferença entre um “Seminário LGBT com o tema infância e sexualidade” e um “Seminário LGBT infantil” ?

    O objetivo não é o mesmo? Foi isso que o candidato quis informar…

    E o Kit Gay infantil existiu sim! Foram investidos milhões para o projeto, e felizmente protestos do lado conservador fez com que o Governo Federal não aprovasse o distribuição nas escolas.

    • Gilmar Lopes

      31 de agosto de 2018 em 14:10

      O termo “Seminário LGBT infantil” dá a entender que se trata de um seminário com crianças (com a presença de crianças, feito por e para crianças ou algo do tipo). Já o seminário foi feito naquele ano com especialistas tratando da sexualidade na infância! Duas coisa bem diferentes!

  81. Geraldo M Gouveia

    31 de agosto de 2018 em 14:30

    OBA!!!!! Eu sou facista e nbão sabia!!!! Que legal!!!! Melhor muitas vezes melhor que ser comunista! ou petista…..

  82. ANTONIO

    31 de agosto de 2018 em 15:49

    Antes de mais nada, ele é fascista ou nazista? o terma mais correto seria anti-comunista. O fato é que o essa educação precoce não deve acontecer para crianças, aliás, não só educação LGBT, como também as criaças deveriam receber educação física, e não de jogos eletrônicos, onde só desenvolvem os dedos e atrofiam a mente com essa linguagem hipócrita da esquerda. O LIVRO SOBRE LIBERDADE SEXUAL DEVE NÃO PODE ESTAR AO ALCANCE DE QUEM AINDA NEM APRENDEU A LER DIREITO, MUITO MENOS A INTERPRETAR O QUE LEU.
    Eu, ATEU, SOU TOTALMENTE CONTRA ESSA SACANAGEM COM AS NOSSAS CRIANÇAS, PORTANTO, NÃO SÃO SÓ OS EVANGÉLICOS/CATÓLICOS QUE SÃO CONTRA ESSA ABERRAÇÃO.

  83. Matheus

    31 de agosto de 2018 em 17:01

    Sério isso? Usando HuffPost como fonte? O e-farsas já foi mais confiável

  84. Rodrigo Sena

    31 de agosto de 2018 em 19:12

    NÃO foi pelo Ministério da Educação mmmaassss foi pelo Ministério da Cultura = Governo Federal
    BOLSONARO exagerou mas NÃO mentiu!! — NÃO era ‘KIT GAY” mas não é material pra ser enviado a escolas ou bibliotecas com acesso de crianças! — https://www.sociedademilitar.com.br/wp/2018/08/provas-que-prefeituras-compraram-e-distribuiram-o-livro-denunciado-por-bolsonaro-que-a-imprensa-disse-que-nao-foi-distribuido.html

    • João Antonio

      8 de setembro de 2018 em 21:07

      Você está sendo relativista. Bolsonaro mentiu.

  85. Penislongo

    1 de setembro de 2018 em 12:34

    E Deus criou o homem que criou a inteligência artificial, também conhecida com AI. E um dos homens, sem direção e rumo, o Gilmar, responsável mor pelo Site E-Faras, desviado do lado bom da coisa, criou a “inteligência Burra, ou inteligência porta”, ou IB/IP, também conhecida como “EUtm”.

  86. Matheus

    3 de setembro de 2018 em 17:15

    Apenas para levar ao conhecimento e incentivar a apuração dos fatos, no link https://www.youtube.com/watch?v=XE_9p_UAKvY, este vídeo relata a existência e distribuição do referido livro em meados de 2010, nas escolas de SP, anterior a data do tal 9° seminário e portanto, pode caracterizar uma publicação que foi retirada de circulação(óbvio, após alguém ter a decência de questionar).

  87. Ademir

    3 de setembro de 2018 em 21:34

    Ursal

  88. Não Seja FÃ de Corrupto

    4 de setembro de 2018 em 8:54

    A reportagem tenta de todos as formas desmentir Bolsonaro mas pelo visto só reforça tudo o que ele disse e apenas muda o nome dado:
    1 – nunca existiu o “9º Seminário LGBT infantil”! O que houve, em maio de 2012, foi o “9º Seminário LGBT” que tratava do tema “infância e sexualidade”.
    2 – Kit Gay “O material, composto por três vídeos e guia de orientação aos professores, tinha como objetivo debater a sexualidade no ambiente escolar, como forma de reconhecimento da diversidade sexual e alertar sobre o preconceito.” (pelo visto não sabem o significado de kit)

    • Gilmar Lopes

      4 de setembro de 2018 em 9:15

      E você chegou a ver os vídeos para entender do que se trata?

  89. Wilson

    5 de setembro de 2018 em 6:44

    Puuuts até aqui vendendo mentiras, esse material horroroso existe sim e foi barrado na Câmara, site mentiroso kkkkk. Aproveitando o gancho porque tiraram as matérias de OSPB e historia rrrrrr eu imagino!

    • Eu™

      5 de setembro de 2018 em 9:16

      Fonte: CU

  90. Jones Carlos Valença Barros

    6 de setembro de 2018 em 22:28

    Então é verdade! Só não foi pra frente porque a bancada evangélica se interpôs! O livro existe e a intenção era real! Ser´q que até o e-farsas vais manipular as informações também? Está começando a perder credibilidade.

    • Eu™

      10 de setembro de 2018 em 10:53

      Fonte: CU

    • Ramon Val

      18 de setembro de 2018 em 14:27

      Verdade. O conteudo do site está cheirando a fã de esquerda. O site não está sendo verdadeiro hoje o livro foi distribuído para escolas municipais, e é de conhecimento de todos queos livros adotados nas escolas só são com autorização e vista do MEC. é o que mostra a reportagem: O MEC NAO AUTORIZOU??? INTERESSANTE A DISTRIBUICAO AS ESCOLAS MUNICIPAIS, ESSE ESCLARECIMENTO NO PRESENTE SITE, ESTÁ ME CHEIRANDO A GRUPO ESQUERDA. O QUE DIZER DA REPORTAGEM QUE MOSTRA OS LIVROS SENDO DISTRIBUIDOS? DESCUPEM-ME A OBSERVAÇÃO MAS PARECE QUE O SITE ESTÁ PERDENDO A CREDIBILIDADE, POIS O TEOR DO POSTE PARECE QUE FOI EDITADO POR UM FÃ DA ESQUERDA E ESPERO QUE NÃO EXCLUAM MEU COMENTÁRIO: LINK DA REPORTAGEM: https://youtu.be/s9roEpgC90Q

  91. Pedro

    11 de setembro de 2018 em 1:44

    Mostrando a farsa do É-farsa
    https://youtu.be/ePhDgdKp1v8

    • Eu™

      11 de setembro de 2018 em 9:06

      E eu afirmo que sei voar e atiro laser pelos olhos. Se quiser, faço até um vídeo falando isso, já que você se baseia em vídeos do Youtube pra apoiar sua opinião enviesada.

      Afirmar, qualquer um pode afirmar. O duro é PROVAR o que afirma.

    • Gilmar Lopes

      11 de setembro de 2018 em 9:18

      É fácil falar!

  92. Pingback: 12 pontos sobre Jair Bolsonaro – Vivo pela Vida

  93. Eduardo dos Santos Santana

    15 de setembro de 2018 em 11:59

    AHahahahah quer dizer que é uma mentira Hahahahaha, eu não sei o que me faz rir mais, a inocência dos eleitores do tiozão Bolsonaro que nem ao menos pesquisam ou a ignorância do “candidato a presidente” que não pesquisa Hahahahah. (Vocês o Google?) Mahahahaha.

    Poxa o livro é de 2007, eu sei é errado zoar, mas fazer tamanha besteira e levar tanta gente junto, não tem como não zoar.

  94. Ramon Val

    18 de setembro de 2018 em 14:20

    O MEC NAO AUTORIZOU??? INTERESSANTE A DISTRIBUICAO AS ESCOLAS MUNICIPAIS, ESSE ESCLARECIMENTO NO PRESENTE SITE, ESTÁ ME CHEIRANDO A GRUPO ESQUERDA. O QUE DIZER DA REPORTAGEM QUE MOSTRA OS LIVROS SENDO DISTRIBUIDOS? DESCUPEM-ME A OBSERVAÇÃO MAS PARECE QUE O SITE ESTÁ PERDENDO A CREDIBILIDADE, POIS O TEOR DO POSTE PARECE QUE FOI EDITADO POR UM FÃ DA ESQUERDA E ESPERO QUE NÃO EXCLUAM MEU COMENTÁRIO: LINK DA REPORTAGEM: https://youtu.be/s9roEpgC90Q

    • Eu™

      18 de setembro de 2018 em 17:24

      REPETIR O MESMO COMENTÁRIO VÁRIAS VEZES E AINDA “GRITANDO” NÃO VAI TE FAZER TER RAZÃO, SÓ VAI TE FAZER PARECER LOUCO! MAS JÁ QUE COPIOU E COLOU, VOU FAZER O MESMO:

      Ai ai, que sono. Pegou o bonde andando, quis sentar na janelinha e só passou vergonha ao repetir o que outros já levantaram e já foi explicado MAIS DE UMA VEZ:

      O livro não faz e nem nunca fez parte do “kit gay”, conforme apurado pelo site. Foi distribuído sim, para algumas bibliotecas de escolas, não um para cada aluno, e não pelo MEC, mas sim pelo Ministério da Cultura:

      http://g1.globo.com/educacao/noticia/2016/01/livro-de-educacao-sexual-alvo-de-boato-foi-comprado-pelo-minc.html

      Aprenda a ler para não passar vergonha, vai.

  95. M.T.O

    19 de setembro de 2018 em 17:44

    Primeiro, o livro existe e faria parte de material didático sim nas escolas da rede pública, mas o mesmo não foi para frente graças a Deus para a sorte de nossas crianças que ficariam diante de um material impróprio para a faixa etária de idade. A Globo não mostrou, porque está dentro do lado negro da política.

    Respeitem os princípios familiares!

    Não imponham as coisas as crianças, covardes!

    • Eu™

      20 de setembro de 2018 em 9:50

      Primeiro, o livro existe e faria parte de material didático sim nas escolas da rede pública
      *Fonte?

      mas o mesmo não foi para frente graças a Deus para a sorte de nossas crianças que ficariam diante de um material impróprio para a faixa etária de idade.

      *Errou. O livro foi sim distribuído para algumas bibliotecas pelo Ministério da Cultura, e está disponível em várias escolas. Precisa se atualizar.

      A Globo não mostrou, porque está dentro do lado negro da política.
      *Fonte: CU

      Respeitem os princípios familiares!
      *Aprenda a interpretar textos e não acredite em tudo que lê na internet, beócio.

      Não imponham as coisas as crianças, covardes!

  96. alessandro

    19 de setembro de 2018 em 19:04

    rapaz, eu não sei porque os direitos da minoria tem que se opor o da maioria, nunca entendi isso, não temos que simplesmente se curva perante a minoria, temos sim que acabar com maioria e minoria, preto ou branco, rico ou pobre…, tem que ser todo mundo na vala comum…

    • Eu™

      20 de setembro de 2018 em 9:52

      rapaz, eu não sei porque os direitos da minoria tem que se opor o da maioria
      *Ninguém quer isso. Querem igualdade, independente da raça, cor, credo, orientação sexual, etc.

      nunca entendi isso
      *Claramente não.

      não temos que simplesmente se curva perante a minoria
      *Ninguém quer isso. Feminismo, por exemplo, não é a versão feminina do machismo. É o OPOSTO, e prega IGUALDADE entre mulheres e homens, enquanto o MACHISMO prega a superioridade masculina. Homossexuais querem ter os MESMOS direitos de casais hétero, nem mais nem menos.

      temos sim que acabar com maioria e minoria, preto ou branco, rico ou pobre…, tem que ser todo mundo na vala comum…
      *E é EXATAMENTE o que as minorias desejam. Você está desatualizado ou sendo enganado, cuidado!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo