28.9 C
São Paulo
terça-feira, setembro 28, 2021

A brasileira Marcela Pereira tirou o 2º lugar em física nuclear na Rússia?

- Publicidade -

É verdadeira a história da brasileira Marcela Pereira que passou em segundo lugar em um concurso de física nuclear na Rússia, mas os brasileiros não a apoiam?

A notícia começou a se espalhar através das redes sociais na segunda quinzena de junho de 2018 e faz um apelo para que todos apoiem a representante do Brasil em um concurso realizado na Rússia. De acordo com o texto, a moça abaixo se chama Marcela Pereira e teria ficado em segundo lugar no concurso de física nuclear.

O texto explica que, como a estudante não é futebolista e nem faz parte de movimentos feministas, ninguém se importa com a sua vitória.

Será que isso é verdade ou mais uma farsa da web?

Texto que acompanha a imagem: “Essa é Marcela Pereira… estuda na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul)…. Acabou de ganhar o segundo lugar no concurso de física nuclear na Rússia mas como não é futebolista nem faz parte de movimentos feministas ninguém se importa…. Vamos compartilhar para apoiar a Marcela!” (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

O curioso dessa história é que em umas versões a moça seria uma estudante da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, já em outras, a estudante seria de uma universidade de outros estados. Além disso, a postagem não explica quando, como e onde foi realizado o tal concurso.

A verdade mesmo é que a Marcela Pereira não existe! A mulher da foto é a ex-atriz de filmes adultos, a libanesa Mia Khalifa, mas isso não impediu que muita gente compartilhasse a piada como se fosse algo sério.

Versão em espanhol!

Para aqueles que comentam “como alguém acreditou nisso?“, fiquem sabendo que muita gente caiu nessa pegadinha, que parece ter surgido no México (com algumas variações). Naquele país, o ex-chefe de Governo Marcelo Ebrard compartilhou em seu perfil no Twitter uma mensagem em apoio à estudante fictícia (que lá circulou também com o nome de Miranda García Hernández e teria ganhado o segundo lugar na competição de máquinas de moto-perpétuo na Rússia):

- Publicidade -

No mesmo dia, o político usou a sua conta para se desculpar:

Conclusão

A notícia afirmando que uma estudante brasileira ficou em segundo lugar no concurso de física nuclear na Rússia é falsa!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

18 COMENTÁRIOS

  1. E nem precisa investigar quem foi que espalhou a baboseira, pois se deu ao trabalho de dizer que ela era ignorada porque “não era futebolista nem feminista”. No México, a piada não tinha este elemento ideológico, dizia que foi ignorada porque “não era futebolista nem atriz”. Essa militância da direita lelé-xucra brasileira é mesmo muito ridícula.

  2. […] A história já está sendo desmentida por sites como o G1, mas, embora seja fácil para nós, gamers, identificarmos o que sem dúvida nasceu como uma piada, sem dúvida há muitas tias, tios e avós caindo nessa lorota e repassando a informação. Lembre que muita gente acredita que a Mia Khalifa é um brilhante estudante que passou em segundo lugar em um concurso de física nuc…. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui