Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Bolsonaro disse ao SBT que “mísseis soviéticos” alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo?

Falso

Bolsonaro disse ao SBT que “mísseis soviéticos” alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo?

Bolsonaro disse ao SBT que “mísseis soviéticos” alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo?

Desde o dia 5 de janeiro de 2019, uma suposta fala do presidente Jair Bolsonaro vem viralizando no Twitter. Segundo o tuíte, que já foi compartilhado mais de 10 mil vezes, durante a primeira entrevista após tomar posse no cargo, para o SBT, no dia 3 de janeiro, Bolsonaro teria dito “que os mísseis soviéticos alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo.” Ainda foi mencionado, que a União Soviética parecia ter acabado em 1991, mas que isso poderia ser “fake news.”

Será que Bolsonaro realmente disse isso? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Segundo o tuíte escrito pelo usuário @pedroleite82, que já foi compartilhado mais de 10 mil vezes, durante a primeira entrevista após tomar posse no cargo, para o SBT, no dia 3 de janeiro, Bolsonaro teria dito “que os mísseis soviéticos alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo.”

Verdade ou Mentira?

É mentira. Em entrevista ao SBT, Bolsonaro não disse que os “mísseis soviéticos” alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo. Sua fala foi transcrita de forma distorcida, e podemos conferir o que ele exatamente falou na terceira parte de sua entrevista, que foi publicada pelo canal “SBT Jornalismo”, no YouTube, no dia 3 de janeiro de 2019. Basta assistir ao vídeo a partir de 6 min 20s:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Eis o que Bolsonaro realmente disse:

Hoje em dia, o poderio das Forças Armadas americana, chinesa, soviética, alcança o mundo todo independente de base

Conforme vocês podem notar, Bolsonaro não disse “mísseis soviéticos”, mas ele usou o termo “soviética”, provavelmente para se referir as Forças Armadas da Rússia. Nesse ponto é importante destacar, que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas existiu entre 30 de dezembro de 1922 e 26 de dezembro de 1991, ou seja, oficialmente não existe mais.

Como curiosidade, a União Soviética desenvolveu um míssil intercontinental chamado “R-36M”,  que acabou sendo apelidado pela OTAN de SS-18 “Satan”. Seu desenvolvimento começou na década de 1970, durante a existência da União Soviética, e continuou sendo desenvolvido pela Rússia até 2009, quando o projeto foi descomissionado. Estimava-se que sua terceira e quarta versões (“SS-18 Mod 3” e “SS-18 Mod 4”), que foram produzidos até 1988, pudessem alcançar um alvo a 16.000 km de distância. Com esse alcance, o SS-18 “Satan” poderia realmente atingir praticamente qualquer país do planeta, com rarrísimas exceções dependendo do seu posicionamento, a partir do território russo.

Conclusão

Apesar do presidente Jair Bolsonaro ter falado o termo “soviética” para provavelmente se referir as Forças Armadas da Rússia, ele não disse que os “mísseis soviéticos” alcançam um alvo em qualquer lugar do mundo.

Continue lendo

Jornalista, redator, e pesquisador de comunicação social com foco no combate a disseminação de notícias falsas. Colaborador do site de verificação de fatos E-farsas.com desde janeiro de 2019. Entre junho de 2015 e abril de 2018, trabalhei como redator do blog AssombradO.com.br, além de roteirista do canal AssombradO, no YouTube, onde desmistificava todos os tipos de engodos pseudocientíficos, além de casos supostamente sobrenaturais.

8 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo