18.2 C
São Paulo
quarta-feira, outubro 27, 2021

Ginecologista se recusou a atender travesti e foi preso?

- Advertisement -spot_imgspot_img
- Advertisement -spot_imgspot_img

Será verdade que um médico ginecologista se recusou a atender a um travesti em seu consultório e foi preso em flagrante por homofobia?

A notícia ganhou força em abril de 2017 em diversos sites e blogs, sendo compartilhada também nos grupos de WhatsApp e demais redes sociais. De acordo com o artigo, uma consulta rotineira ao ginecologista acabou em uma prisão em flagrante de um médico no Hospital Municipal Doutor Helder.

O o ginecologista, segundo o que diz na reportagem, teria se recusado a atender a um travesti, alegando que o paciente era homem. O paciente teria ficado revoltado com a situação e afirma ter filmado o ocorrido, alegando que estava sendo vítima de preconceito.

O doutor teria sido preso em flagrante sob a acusação de crime de homofobia, mas irá responder em liberdade!

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Ginecologista teria sido preso por ter se recusado a atender a um travesti! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

Como a notícia não é datada, fica muito mais fácil de ser repassada novamente, ano após ano. É o que aconteceu com essa história, que surgiu em junho de 2016 e “ressuscitou” em abril de 2017, graças à publicações feitas em sites que não checam a veracidade das informações postadas!

Uma busca pelo “Hospital Municipal Doutor Helder” mostra que ele não existe. É que na versão original, o hospital onde o fato teria acontecido se chamava “ Hospital Municipal Doutor Exu Caveira”…

Na verdade, a origem dessa e-farsa é uma publicação feita no site humorístico Joselito Muller e que, rapidamente, foi parar em um montão de sites e blogs (como se o caso fosse verdadeira).

Falamos sobre o site do humorista Joselito Miller (e de outros sites humorísticos) no vídeo abaixo:

A imagem usada na “notícia”

A imagem usada para ilustrar essa notícia falsa é de um caso ocorrido em 2014, quando o médico Bruno Gomes da Silva foi preso sob a acusação de realizar abortos clandestinos em clínicas no Rio de Janeiro.

Homofobia é crime?

A homofobia não é tipificada pelas leis brasileiras, mas crimes de ódio e preconceito podem E DEVEM ser denunciados. Esse artigo do Huffington Post Brasil mostra uma lista de locais para se denunciar, tudo separado por estado

Conclusão

A notícia do ginecologista que não quis atender um travesti por ele ser homem é falsa! Surgiu em um site humor em 2016 e voltou a circular em 2017.

- Advertisement -spot_imgspot_img
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!
Latest news
- Advertisement -spot_img
Related news
- Advertisement -spot_img

4 COMENTÁRIOS

  1. “A notícia ganhou força (…) sendo compartilhada também nos grupos de WhatsApp e demais redes sociais. ”

    >>Cortem a conexão desses favelados!

  2. Boa noite, Gilmar! Sugiro editar o texto, compreendendo que o termo “travesti” deve ser referido, sobretudo neste caso, no feminino. Há vários pontos, como “um travesti” e “o paciente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui