Homem que abusava de criança com auxílio da avó amanheceu morto em presídio no RS?

1
7501

Será verdade que um homem de 60 anos, que já estava preso desde o ano passado, teria amanhecido morto um dia após a prisão da avó de uma criança, que ele abusava com o consentimento da própria idosa? Bem, é isso que um site de notícias chamado “De Olho em Porto Alegre” vem alegando desde a publicação de uma notícia sobre essa suposta morte, em 14 de fevereiro de 2019. Essa informação também está circulando em páginas no Facebook, e sendo amplamente compartilhada pelos usuários.

De acordo com o site, os agentes penitenciários não souberam explicar o motivo da morte, mas informações prévias apontariam, que ele teria levado mais de dez facadas. Contudo, será que essa história é realmente verdadeira? Descubra agora, aqui, no E-Farsas!

Entendendo o Contexto dessa Informação: A Prisão da Avó de 71 Anos

Segundo o portal de notícias “GauchaZH”, uma adolescente, atualmente com 15 anos, era obrigada a manter relações sexuais com um homem, de 60 anos, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul. A ordem para que a menina se relacionasse com o idoso partia da avó dela, de 71 anos, que foi presa pela Polícia Civil na tarde da última terça-feira (12/02). A mulher promovia os encontros e, em troca, recebia compras de supermercado e pequenas quantias em dinheiro. O homem também prestava serviços à idosa, assim como reformas na casa.

Segundo o portal de notícias “GauchaZH”, uma adolescente, atualmente com 15 anos, era obrigada a manter relações sexuais com um homem, de 60 anos, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul. A ordem para que a menina se relacionasse com o idoso partia da avó dela, de 71 anos, que foi presa pela Polícia Civil na tarde da última terça-feira (12/02).

O interesse do homem pela menina teria surgido há cerca de dois anos e seis meses, em um evento no qual a avó levou a adolescente, na época com apenas 12 anos. A investigação apurou que, a partir daí, o idoso teria se aproximado da família e as relações sexuais teriam se iniciado, sempre em troca de favores. Esse homem já havia sido detido em dezembro/2018, enquanto trabalhava em uma casa noturna do bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Ele é casado e tem filhos, sendo que a esposa não sabia sobre as relações sexuais com a adolescente. A Polícia Civil solicitou a prisão preventiva de ambos. Segundo Pablo Queiroz, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas, os dois estariam tentando convencer a menina a ir com eles para Santa Catarina.

Alguns sites de notícias, assim como o “Correio do Povo”, alegam que esse homem teria sido preso ontem, mas isso não seria verdade. Em 9 de dezembro de 2018, o site do “Jornal NH” divulgou a prisão desse homem de 60 anos, cuja prisão preventiva tinha sido solicitada pela Polícia Civil e, desde então, ele teria permanecido preso. Enfim, esse é um caso muito triste, que vocês podem conferir maiores informações no próprio portal “GauchaZH”.

Em 9 de dezembro de 2018, o site do “Jornal NH” divulgou a prisão desse homem de 60 anos, cuja prisão preventiva tinha sido solicitada pela Polícia Civil e, desde então, ele teria permanecido preso.

Foi justamente a partir dessa história, que acabou surgindo uma outra ontem (14/02), no site de notícias “De Olho em Porto Alegre”. Conforme dissemos no começo deste postagem, o tal homem de 60 anos teria amanhecido morto no presídio, com mais de dez facadas. Essa informação também foi veiculada em páginas no Facebook, assim como a do “Jornal Restinga”.

Verdade ou Mentira?

É mentira! Ontem, conversei, por telefone, com o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM/Canoas), o delegado Mário Souza. Essa informação sobre um homem de 60 anos, que já tinha sido detido em dezembro do ano passado, ter sido encontrado morto em um presídio não procede. O homem está preso e bem vivo

O delegado Mario Souza já havia entrado em contato com o delegado Pablo Queiroz, responsável direto pela investigação, durante o período da manhã, que negou a morte do tal homem e, novamente, no período da tarde, confirmou a informação que homem está vivo. Tentei contato ontem com o delegado Pablo, para tentar buscar por maiores informações sobre o caso, porém sem sucesso. Hoje, novamente, tentei contato, porém ele não se encontrava. De qualquer forma, o importante é que vocês saibam que a história do homem ter amanhecido morto com mais de dez facadas é uma notícia falsa.

Conclusão

O tal homem de 60 anos, que já havia sido preso em dezembro/2018, está vivo e permanece preso. Por fim, agradecemos a disposição do delegado Mário Souza, que foi muito atencioso para esclarecer o que havia acontecido em relação a esse caso. Também agradecemos a Luane e a Eliane da 2ª DPRM, cujo atendimento foi um exemplo do que deveríamos ter no Brasil todo.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here