9.2 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 19, 2022

Mãe pede ajuda para filha com Amiotrofia Muscular Espinhal pelo WhatsApp! Será?

- Publicidade -

É verdade que o WhatsApp vai ajudar com R$ 1,00 no tratamento de uma bebezinha com Amiotrofia Muscular Espinhal para cada vez que a mensagem for compartilhada?

O vídeo de uma mãe desesperada pedindo ajuda para a filha começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp na segunda semana de outubro de 2018. Nele, a moça explica que precisa de ajuda para o tratamento da filha com AME (Amiotrofia Muscular Espinhal) e o texto que acompanha as imagens afirma que basta compartilhar a mensagem para que o WhatsApp ajude com R$ 1,00 para cada vez que isso for repassado!

Será que essa história é real? O WhatsApp está mesmo ajudando no tratamento da bebezinha?

Mensagem espalhada pelo WhatsApp afirma que o aplicativo irá dar R$ 1 para cada compartilhada! Será verdade? (Foto: reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

O WhatsApp não ajuda ninguém com dinheiro a cada compartilhada! Já falamos isso aqui diversas vezes, e até o próprio WhatsApp desmente isso sempre. A empresa está pouco se lixando se você vai compartilhar ou não uma corrente!

A verdade mesmo é que o pedido da mãe é legítimo, porém alguém deturpou a mensagem, atrapalhando quem quer ajudar.

A bebê que aparece no vídeo respirando com a ajuda de aparelhos é a Ayla Remedi Da Silva Verli e tem 10 meses. Ela foi diagnosticada em agosto de 2018 com Amiotrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1.

A menina precisa fazer um tratamento com Spinraza, um medicamento que custa caro (centenas de milhares de reais), mas que irá estabilizar a doença e devolver os seus movimentos.

Como ajudar?

- Publicidade -

Para quem quer ajudar de verdade, a família disponibilizou uma vaquinha virtual. Ao invés de só compartilhar o vídeo com o sofrimento da mãe da Ayla, que tal contribuir?

No vídeo original, publicado no Facebook da mãe da menina no dia 02 de outubro de 2018, pode-se anotar os números das contas bancárias para quem tiver disposto a ajudar:

https://www.facebook.com/ayla.remedidasilvaverli/videos/vb.100027981923795/153554465587283/?type=2&video_source=user_video_tab

 

Conclusão

O vídeo da mãe pedindo ajuda para o tratamento da filha é real, mas o WhatsApp não está ajudando ninguém com dinheiro para cada vez que alguém compartilhar essa mensagem. Quem quiser ajudar mesmo, clique nos links acima e faça a diferença de verdade!  

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

19 COMENTÁRIOS

  1. Compartilhei esse vídeo e recebi tbm um vídeo de um médico de São Paulo q viu o vídeo e quer ajudar, o nome dele é Wilson Paiva 11 997470192, por favor passem esse celular pra família , obrigado

  2. Bom dia vamos lá pessoal vamos divulgar ! Vamos doar! Isto os canais de televisão sencionalistas não mostram. Hipócritas…

    Mandei msg para o zap do Wilson. Informando como achar a mae da Aula e a página do face.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui