20.4 C
São Paulo
terça-feira, novembro 30, 2021

É verdade que Marielle Franco foi morta por Flávio Bolsonaro por tentar concorrer ao Senado?

- Publicidade -

É verdade que a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco foi assassinada a mando de Flávio Bolsonaro porque estava se candidatando ao cargo de senadora?

Na segunda quinzena na janeiro de 2019, diversas publicações surgiram nas redes sociais – sobretudo, no Facebook – levantando a suspeita de que a morte da vereadora teria sido orquestrada por outro concorrente ao Senado no ano de 2018, Flávio Bolsonaro!

A morte, segundo o que se espalhou pela web, seria uma manobra dos milicianos a mando de Flávio Bolsonaro, que via em Marielle uma forte concorrente!

Será que essa suspeita é verdadeira ou falsa?

Seleção de algumas das postagens feitas no Facebook levantando a suspeita de que Marielle teria sido morta por estar concorrendo ao Senado!

Verdade ou mentira?

Marielle Franco foi executada com três tiros na cabeça e um no pescoço, na noite de 14 de março de 2018, juntamente com o motorista Anderson Pedro Mathias Gomes. A morte ainda está sendo investigada e a principal linha de investigação aponta para que o crime tenha sido premeditado e que se tratou de uma execução.

Nessa reportagem da VICE, podemos ver pelo que Marielle lutava:

“Nos 16 projetos de lei que criou e apoiou durante seu curto mandato, a vereadora focou na efetivação de políticas públicas em prol dos direitos das mulheres, negros e LGBTs.”.

Alguns dias antes da sua morte, Marielle fez publicações no seu perfil do Facebook, denunciando os maus-tratos que o 41º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro vinha praticando contra os moradores de Acari (bairro da zona norte do Rio de Janeiro.

A vereadora relatou, por exemplo – no dia 10 de março de 2018 – que o Batalhão da Polícia Militar estava aterrorizando e violentando moradores de Acari e que, há poucos dias, dois jovens aviam sido mortos e jogados em um valão:

https://www.facebook.com/MarielleFrancoPSOL/photos/a.220675428318057/544774942574769/?type=3&theater

- Publicidade -

Apesar de ser conhecida na comunidade, sua influência ainda ela pequena para concorrer a um cargo tão elevado como o de senadora.

Ligação entre Marielle, Bolsonaro e as milícias

Em janeiro de 2019, a Operação Intocáveis buscou miliciano envolvido no crime e que tinha mãe e mulher trabalhando no gabinete de Flávio Bolsonaro, quando este ainda era deputado estadual. Apesar das nomeações terem sido feitas pelo ex-motorista de Flávio, Fabrício Queiroz, essa ligação colocou o filho do presidente na mira da mídia e das investigações. No entanto, nada ainda foi provado contra Flávio Bolsonaro em relação ao assassinato de Marielle.

Quanto à suspeita de que Marielle Franco teria sido morta por planejar concorrer ao Senado, basta uma busca no Google por notícias da época para descobrir que a vereadora estava se preparando para ser anunciada como candidata a vice-governadora pelo PSOL.

Notícia abaixo retirada do site Extra:

“A vereadora Marielle Franco seria anunciada pelo PSOL como candidata do partido a vice-governadora do Rio na chapa do também vereador Tarcísio Motta. Na última sexta-feira, a parlamentar participou de uma série de reuniões internas do partido para definir quando a chapa seria oficializada. Marielle foi assassinada a tiros na noite desta quarta-feira no Estácio, na região central do Rio, quando voltava para casa, de carro, de um evento na Lapa, no Centro do Rio.”

Conclusão

A suspeita de que Marielle foi morta a pedido de Flávio Bolsonaro apenas por ela ter se lançado à candidatura de senadora é fraca, pois ela não estava almejando esse cargo. O partido estava preparando o terreno para que ela se candidatasse à vice-governadora! As acusações são falsas!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

Checagens Relacionadas

26 COMENTÁRIOS

  1. A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro, a esquerda agora tenta forçar essa ligação porque é conveniente, mas não se trata de Esquerda nem Direita, mas da força do narcotráfico que há décadas veio corrompendo as instituições.
    Infelizmente, toda a política do RJ é culpada pelo caos que se formou, as instituições todas de lá estão desgraçadas e contaminadas, um Estado bonito e que é símbolo do nosso país daquela forma.
    Ao longo de anos o RJ fecha os olhos ao poder que se formou nos morros (que não está mais lá, estão em lugares diferentes, mas começou lá), Comando Vermelho, PCC, o cidadão do RJ está no meio de uma verdadeira guerra onde sequer dá para confiar no poder público.

    • A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro
      Mas em algum momento disseram o contrário? Só porque é mais antiga, não podem se aliar em algum momento da existência dela??

    • “A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro, a esquerda agora tenta forçar essa ligação porque é conveniente”
      A sua ingenuidade é assustadora. Ou será só burrice?

  2. to achando que seu site aqui é tudo FALSO, o e-farsa é a propria farsa. porque quando qualquer coisa recai sobre esquerda vc defende estranhamente mas qdo recai sobre direita vc não é assim do mesmo jeito, estranho. demonstra claramente sua intenção.

  3. A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro, a esquerda agora tenta forçar essa ligação porque é conveniente, mas não se trata de Esquerda nem Direita, mas da força do narcotráfico que há décadas veio corrompendo as instituições.
    Infelizmente, toda a política do RJ é culpada pelo caos que se formou, as instituições todas de lá estão desgraçadas e contaminadas, um Estado bonito e que é símbolo do nosso país daquela forma.
    Ao longo de anos o RJ fecha os olhos ao poder que se formou nos morros (que não está mais lá, estão em lugares diferentes, mas começou lá), Comando Vermelho, PCC, o cidadão do RJ está no meio de uma verdadeira guerra onde sequer dá para confiar no poder público.

    • A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro
      Mas em algum momento disseram o contrário? Só porque é mais antiga, não podem se aliar em algum momento da existência dela??

    • “A milícia no RJ é mais antiga que a família Bolsonaro, a esquerda agora tenta forçar essa ligação porque é conveniente”
      A sua ingenuidade é assustadora. Ou será só burrice?

  4. to achando que seu site aqui é tudo FALSO, o e-farsa é a propria farsa. porque quando qualquer coisa recai sobre esquerda vc defende estranhamente mas qdo recai sobre direita vc não é assim do mesmo jeito, estranho. demonstra claramente sua intenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui