22.9 C
São Paulo
quarta-feira, junho 29, 2022

Mírian Macedo foi colega de cela de Dilma Rousseff e disse que elas nunca foram torturadas?

- Publicidade -

É verdade que a jornalista Mírian Macedo disse ter sido companheira de cela da ex-presidente Dilma Rousseff na época do governo militar e que elas não foram torturadas?

Uma foto antiga de uma mulher voltou a ser compartilhada nas redes sociais em nome de Mírian Macedo no começo de abril de 2022 e, de acordo com o texto que a acompanha, ela teria afirmado que nunca foi torturada na ocasião em que esteve presa na mesma cela com a ex-presidente Dilma Rousseff.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Imagem compartilhada nas redes sociais afirma que a jornalista teria ficado presa na mesma cela que a ex-presidente Dilma e que elas nunca foram torturadas! Será verdade? (foto: Reprodução/Twitter)

Verdade ou mentira?

Em primeiro lugar, a mulher que aparece na foto compartilhada como sendo a jornalista Mírian Macedo é, na verdade, Iza Salles, também jornalista. Nessa matéria de 2014, Iza estava com 75 anos de idade e relembrou da época em que foi vítima de torturas, durante o período de Governo Militar no Brasil, por ser integrante do grupo de guerrilha de extrema-esquerda Vanguarda Popular Revolucionária.

Quanto à Mírian Macedo, ela mesma já desmentiu em seu blog que teria ficado na mesma cela que Dilma Rousseff:

“Pela centésima vez, eu nunca escrevi que Dilma Rousseff não foi torturada, ela e eu nunca estivemos presas na mesma cela, eu nunca vi Dilma Rousseff pessoalmente. Estão misturando dois depoimentos – o meu e de outra jornalista, IZa Salles”

É provável que quem inventou esse boato tenha se baseado em um texto publicado pela jornalista em 2011 no seu blog. Mírian descreveu como foi a época em que ficou presa durante a ditadura militar, dizendo que não foi torturada e que acredita que muitas pessoas mentem ao falar que sofreram abusos na prisão naquela época.

Como você pode ler em seu artigo, ela não cita em momento algum o nome de Dilma Rousseff.

Datas não batem

Ao analisar as datas, comprovamos que é impossível que ambas tenham ficado presas juntas. Em sua postagem de 2011, Mírian disse que foi presa em 20 de junho de 1973. Já Dilma Rousseff foi presa em 1970 e solta em 1972, mais de 6 meses antes da prisão da jornalista.

Conclusão

Não é verdade que a jornalista Mírian Macedo disse ter sido colega de cela de Dilma Rousseff e que elas nunca foram torturadas! Mírian disse, em 2011, que não sofreu torturas durante o tempo que ficou presa, mas que nunca esteve na mesma cela que Dilma!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui