13.6 C
São Paulo
quinta-feira, setembro 29, 2022

O FBI liberou documentos provando que Hitler fugiu para a Argentina?

- Publicidade -

Será verdade que documentos liberados recentemente pelo FBI provam de uma vez por todas que Adolf Hitler fugiu para a Argentina e morreu aos 95 anos?  

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no final de julho de 2017 e revela uma informação bombástica: O líder nazista Adolf Hitler teria fugido para a Argentina e lá viveu secretamente sob um pseudônimo até morrer, tranquilamente, aos 95 anos de idade, amparado pela sua nova família!

Os arquivos teriam sido liberados pelo FBI recentemente e provam que Hitler não teria se matado em um bunker (como a história conta), mas que teria fugido em um submarino até desembarcar na Argentina.  

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Adolf Hitler teria fugido para a Argentina, segundo documentos do FBI! Será verdade?

Verdade ou farsa?

Essa história, apesar de ter feito muito sucesso nas redes sociais no final de julho de 2017, já circula pela web em diversos sites e blogs desde 2014. Podemos ver que o Terra deu essa notícia em julho de 2014.

Como o texto afirma que os documentos foram liberados pelo FBI “recentemente”, quem ler a “reportagem” pela primeira vez poderá achar que se trata de algo recente. Com isso, as chances desse rumor se espalhar aumentam muito!

Em 2014, o site humorístico World News Daily Report criou uma versão dessa mesma notícia, só que a alegada fuga de Adolf Hitler teria sido vazada por um agente da KGB. Essa matéria fantasiosa desse time de humoristas serviu de fonte para o “conceituado” canal de documentários “sérios” History Channel, que fez um enorme documentário em forma de texto sobre o assunto. O que serviu de base para inúmeras publicações em sites conhecidos aqui no Brasil por espalhar notícias falsas, como o Sociedade Oculta, Diário do Brasil e outros…

A verdade é que, sim, o FBI liberou documentos (em 2014) sobre uma suposta fuga do führer para a América do Sul. Eles podem ser lidos na íntegra no site do FBI, mas não significa nada!

O fato do FBI possuir esse ou outros documentos não quer dizer que seu conteúdo seja real! É preciso deixar claro aqui que o FBI foi obrigada a seguir todas as pistas que diziam respeito ao paradeiro de Hitler, mesmo essas informações sendo exageradas ou não…

- Publicidade -

A primeira carta é de um homem que teria ficado sabendo através do amigo de um amigo. Além disso, a Polícia e os Serviços de Imigração não conseguiram localizar o nome do “informante” em nenhum registro.

A verdade sobre Adolf Hitler

Hitler e sua esposa se suicidaram no dia 30 de abril de 1945, em Berlim – Alemanha. Antes de tirar a própria vida, Adolf Hitler deixou uma carta onde deixou clara a sua decisão pelo suicídio (a carta foi ditada por ele à Traudl Junge):

Traudl Junge escreveu as últimas palavras do ditador que (desculpem o trocadilho) ditou a carta para ela! (fotos: Reprodução)

Testamento de Adolf Hitler!

A morte do casal aconteceu dentro de um bunker e foi testemunhada por diversas pessoas (que estavam no bunker ou chegaram pouco tempo depois, quando os corpos já estavam sendo queimados):

  • Dr. Josef Goebbels (Ministro da Propaganda)
  • Traudl Junge (Secretária de Hitler que escreveu seu testamento)
  • Johann Rattenhuber (chefe dos guarda-costas pessoais de Hitler)
  • Constanze Manziarly (cozinheira do Hitler)
  • Ernst-Günther Schenck (Coronel e Médico da SS)
  • Rochus Misch (Guarda-Costas pessoal)
  • Martin Bormann (Führer Adjunto)
  • Erich Kempka (Motorista que ajudou a queimar os corpos)
  • Otto Gunsche (Ajudante pessoal de Hitler – ficou de guarda enquanto acontecia o suicídio)  

Nesse site podemos ver trechos dos depoimentos de cada uma das testemunhas, além de outras provas da morte do nazista!

Na década de 1970, Sognnaes & Strom – especialistas em odontologia de renome mundial –  publicaram um relatório definitivo (e revisado internacionalmente) sobre a arcada dentária de Adolf Hitler, provando que ele, de fato, morreu em 1945!

Boatos recorrentes

Já postamos a verdade sobre outras notícias falsas relacionadas a Adolf Hitler. Em uma fake news já desmentida por nós, Hitler teria morrido aos 128 anos de idade. Já nessa outra, o führer teria sido flagrado cumprimentando um alienígena e aqui ele teria posado ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff quando ela ainda era uma menina!     

Conclusão

Não há provas de que Hitler tenha fugido para a Argentina! Os documentos que muitos sites estão alegando terem sido liberados recentemente pelo FBI foram disponibilizados, na verdade, em 2014 e não provam nada! São apenas cartas de testemunhos de pessoas sem nome que ouviram de um amigo do amigo do amigo!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

14 COMENTÁRIOS

  1. Não, exame de arcada dentária não foi comprada, porque foi feito por diversos cientístas e qualquer um que quiser pode fazer usando as informações. Tem gente que acredita em toda besteira que sai na internet, nas teorias da conspiração.

    • Não acredito em toda besteira, e nem afirmei que Hitler realmente viveu na Argentina, o que eu disse é que tudo pode ser alterado, ainda que tenha a certificação de cientistas. Interpretação de texto é uma coisa que realmente faz muita falta.

    • Negativo, as arcadas foram industriadas pelos assessores de Hitler, para despistar a fuga. Ele morava mesmo na Argentina, até que começou a boataria. Ele então veio para o Brasil, onde se estabeleceu na zona rural de Caruaru. Lá ele teve a filha Rita, a qual é mãe de um professor de xaxado, na cidade. Verdade seja dita, doa a quem doer.

        • Hitler não morreu no bunker, basta ler os documentos oficiais do FBI.
          As informações contidas nos documentos são relatórios de agentes do FBI e informantes, e não de fulano que ouviu de ciclano e etc…
          Não existe prova alguma de que morreu no bunker com se afirma, tudo o que se sabe é o que russos disseram, sendo que o suposto crânio com perfuração de bala que os russos diziam ser de Hitler foi comprovado ser de uma mulher entre 20 e 40 anos.
          Lógico que os historiadores não se baseiam apenas no relato dos russos, os britânicos coletaram relatos de pessoas que teriam visto os corpos antes dos russos queimarem, ou seja aqui sim tem um fulano que ouviu de ciclano e etc.

  2. Sempre tem um site de fake news na história que mostra como o internauta médio é um imbecil.

    Ah!! Por falar em internauta médio imbecil, ontem fez um ano que um bando de retardonautas achou que a Marina Joyce tinha sido sequestrada pelo ISIS.

  3. Sempre vai haver rumores e desconfianças qto a morte de Hitler. Não sei, difícil ter uma certeza, mas todos nós sabemos que a Argentina sempre teve uma inclinação ao nazismo.

  4. Qualquer idiota pode forjar um exame de arcada dentária, afinal vocês sabem que para fazer o exame de arcada, é preciso um histórico do médico dentista, e alguém com poder e vontade de forjar a morte pode facilmente falsificar isso, Hitler não ia simplesmente se matar assim, e ainda por cima queimar os corpos.

  5. Recentemente foram encontrados na Argentina objetos com insignea nazista que com certeza eram itens pessoais de alguem muito imoortante, e os submarinos foram usados pela marinha argentina, e se oficiais de alta patente foram pra lá porque Hitler não iria, a Odessa foi criada pelos nazistas pra isso, prover recursos financeiros pra fuga, e que fique registrado, com ajuda do Vaticano.

  6. Bem confiáveis as testemunhas do suicídio heim… Goebbels e outros nazistas rs. A teoria da morte de um dublê, estranha queima súbita dos corpos para encobrir uma fuga já planejada parece mais consistente mesmo. Prova de arcada dentária sim é fake

  7. Hitler não morreu no bunker, basta ler os documentos oficiais do FBI.
    As informações contidas nos documentos são relatórios de agentes do FBI e informantes, e não de fulano que ouviu de ciclano e etc…
    Não existe prova alguma de que morreu no bunker com se afirma, tudo o que se sabe é o que russos disseram, sendo que o suposto crânio com perfuração de bala que os russos diziam ser de Hitler foi comprovado ser de uma mulher entre 20 e 40 anos.
    Lógico que os historiadores não se baseiam apenas no relato dos russos, os britânicos coletaram relatos de pessoas que teriam visto os corpos antes dos russos queimarem, ou seja aqui sim tem um fulano que ouviu de ciclano e etc.

  8. Engraçado que as pessoas ali de cima da lista que testemunharam a carbonização de Adolf e sua amada, eram todas ligadas a ele. kkkkkkkkk. Muito segura essa fonte não?! kkkkkkkkkkk. É muito mais convincente aceitar que poderiam está despistando os soviéticos! O pessoal aqui do Brasil é bobinho viu!! kkkkkkkkkkk

  9. Goebbels no bunker matou sua esposa e seus 6 ou 7 filhos e depois se matou. Como ele seria uma testemunha? Martin Bormann fugiu, talvez tenha sido morto por soviéticos, então como ele foi testemunha? As outras testemunhas, todas nazistas, poderiam muito bem dizer aquilo que Hitler queria que elas dissessem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui