Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A perícia confirmou que Maria Eduarda morreu com tiros de AK47?

Crimes

A perícia confirmou que Maria Eduarda morreu com tiros de AK47?

Será verdadeira a notícia afirmando que o laudo da perícia constatou que a menor Maria Eduarda Alves da Conceição morreu com tiros vindos de uma AK47?

A história apareceu na web no dia 02 de abril de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais. De acordo com o rumor, a perícia teria constatado que Maria Eduarda Alves da Conceição – que foi vítima de uma bala perdida (aos 13 anos de idade) durante um confronto entre policiais e bandidos dentro de uma escola no bairro de Acari, na cidade do Rio de Janeiro (RJ) – teria sido morta por disparos vindos de um rifle fuzil AK47.

A manchete ainda diz que as balas encontradas no corpo da vítima teriam vindo desse tipo de fuzil, que não faz parte do armamento oficial da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Com isso, o texto dá a entender que algum traficante teria matado a menina e não a polícia!

O autor da matéria ainda chama a comunidade para fazer “protesto na boca-de-fumo” e pede ao Programa Fantástico e ao jornalista Willian Bonner para que ambos peçam desculpas à sociedade por terem “difamado” a polícia carioca!

Será que isso é verdade?

Laudo teria provado que a menor foi vítima de uma AK47 de traficantes! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

O texto que foi amplamente compartilhado surgiu em blogs criados apenas para ganhar cliques e não citam nenhuma fonte!

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Ao fazermos uma busca na web por essa suposta afirmação da perícia apenas encontramos publicações em sites e blogs que somente copiaram o mesmo texto. Nenhum jornal sério publicou a respeito!

Na verdade, não há nenhum laudo a respeito da morte da menor. Apenas foi divulgado um laudo preliminar apontando que Maria Eduarda morreu de “ferimentos transfixantes no encéfalo por projéteis de arma de fogo“. Essa constatação preliminar é feita para ser usada na declaração de óbito!

Segundo o jornal Extra, a perícia só afirmou até agora que os tiros vieram todos do mesmo lado, mas o laudo oficial da necropsia ainda levará cerca de 30 dias para ser emitido.

Em entrevista ao jornal O Dia, um investigador da Delegacia de Homicídios que acompanha as investigações afirmou que “somente o exame de balística e uma reconstituição poderão apontar a origem dos disparos“.

Atualização 08/04/2017

O laudo final diz que projétil que atingiu perna de Maria Eduarda foi disparado por cabo da PM. A GloboNews apurou no dia 07 de abril de 2017 que o projétil retirado da coxa da estudante saiu da arma que estava com o cabo Fábio de Barros Dias. A perícia também afirmou que os fragmentos retirados da cabeça da menina, que causaram sua morte, não puderam ser identificados.

Conclusão

Notícia falsa! Não se sabe quem matou a jovem Maria Eduarda! A perícia confirmou que os fragmentos retirados da cabeça da menina, que causaram sua morte, não puderam ser identificados. No entanto, o projétil retirado da coxa da estudante saiu da arma que estava com o cabo da PM Fábio de Barros Dias! 

Continue lendo
11 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo