20.2 C
São Paulo
sábado, julho 2, 2022

Professoras passam batom à força em aluno! Será verdade?

- Publicidade -

Vídeo espalhado pelo WhatsApp mostra três professoras forçando um aluno pequeno a usar batom para por causa da ideologia de gênero! Será verdade?

O vídeo ganhou força novamente através de compartilhamentos nos grupos do WhatsApp na segunda quinzena de outubro de 2017 e mostra algumas professoras forçando um menino (aparentemente, de 5 anos de idade) a passar batom.

O garoto visivelmente assustado com a cena, tenta se esquivar das professoras, em vão!

O texto que acompanha as imagens afirma que as professoras falavam na aula sobre ideologia de gênero imposta pelo Governo e quiseram mostrar à força como os meninos poderiam virar meninas…

 

Será que essa história é verdade ou mais uma farsa da web?

 

Verdade ou farsa?

O vídeo é real, mas a história é falsa!

Essas imagens fazem parte de uma sequência de 25 vídeos gravados por uma monitora que resolveu denunciar os abusos cometidos por 3 professoras da escola particular Ipê Centro Educacional, de Águas Claras (DF). O caso aconteceu em julho de 2015.

- Publicidade -

Nesse vídeo, que voltou a se espalhar em outubro de 2017, uma das professoras segura um garoto de 4 anos anos, enquanto outra esfrega uma cápsula de ômega 3 na boca do menino. Para deixar o rapazinho mais assustado, ela teria dito ao aluno que aquilo que que ela passou na boca dele eram fezes. O rosto da criança chegou a ficar machucado e o Ministério Público foi acionado.

Conclusão

O vídeo que mostra duas professoras tentando esfregar algo na boca de uma criança é verdadeiro, mas elas não estavam forçando o menino a passar batom e isso nada tem a ver com ideologia de gênero. As professoras estavam fazendo chacota com garotinho, passando ômega-3 em sua boca enquanto dizia para ele que eram fezes! Elas foram afastadas dos cargos e alguns processos contra a  escola ainda correm na Justiça!

- Publicidade -
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!

Últimas Atualizações

- Publicidade -

Ajude a Manter o E-farsas

- Publicidade -

Checagens Relacionadas

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui