Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A Comissão dos Direitos Humanos mandou prender o jovem que agrediu assaltante em MG?

Crimes

A Comissão dos Direitos Humanos mandou prender o jovem que agrediu assaltante em MG?

A Comissão dos Direitos Humanos mandou prender o jovem que agrediu assaltante em MG?

É verdade que a Comissão de Direitos Humanos de Minas Gerais autorizou a prisão do estudante de 21 anos que reagiu a um assalto espancando o bandido?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs no final de novembro de 2018 e afirma que o estudante de 21 anos que reagiu a um assalto com arma de brinquedo e espancou o bandido teria sido preso por agressão em cumprimento a um pedido da Comissão de Direitos Humanos.

Por meio de um pedido feito junto à promotoria de Belo Horizonte, diz a notícia, a comissão teria conseguido autorizar a prisão do jovem por espancar o bandido, em um bairro de Belo Horizonte (MG).

A presidente da Comissão, Gizelle Rosário Leitte, teria afirmado que o pedido de prisão foi feito porque o jovem agiu com demasiada força e não deu chances de defesa ao assaltante!

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Jovem que reagiu a um assalto foi preso! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

A Comissão de Direitos Humanos de Minas Gerais existe, mas não há nenhuma Gizelle Rosário Leitte em seu quadroAliás, não há menção a esse nome em buscas no Google em publicações feitas antes da última semana de novembro de 2018. As únicas vezes que esse nome aparece são em postagens de sites que apenas copiaram essa mesma “notícia”.

No dia 22 de novembro de 2018, um estudante foi abordado por um assaltante que estava usando uma arma de brinquedo. O rapaz reagiu ao assalto e deu um soco na cara do bandido, que caiu desacordado no chão. Imagens gravadas por uma câmera de segurança de um estabelecimento próximo do local mostraram que a vítima ainda deu vários pontapés na cara do bandido após ele ter caído no chão.

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

Segundo a Prefeitura de Contagem, o agredido deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento UPA-JK levado por uma viatura da Polícia Militar, medicado (após ser verificado que não houve fratura alguma no crânio) e liberado para ser levado para o xilindró!

Polícia Civil investiga se houve excesso

O estudante que reagiu ao assalto prestou depoimento na mesma tarde e foi liberado. Segundo a Polícia Civil, investigações em andamento estão apurando “um possível excesso da vítima quanto à defesa”. Não há nenhuma menção à prisão do jovem estudante!

Origem

Essa fake news surgiu no site O Congresso, criado em novembro de 2018 e que faz parte de uma rede de sites especializados em disseminar notícias falsas na web.

A foto usada para ilustrar a matéria é de um caso ocorrido em junho de 2017, em Patos de Minas (MG). Na ocasião, a Polícia foi chamada para resolver um desentendimento em uma escola que acabou com um estudante no Hospital Regional e outro na delegacia. Um estudante deu uma cadeirada no colega!

Conclusão

A notícia afirmando que o estudante que reagiu a um assalto foi preso é falsa!

*Com a colaboração de Marcelo Silva!

Continue lendo
34 Comentários

Comente

34 Comments

  1. Pingback: A Comissão dos Direitos Humanos mandou prender o jovem que agrediu assaltante em MG? - Blog Ultradicas

  2. Pedro

    28 de novembro de 2018 em 13:22

    Vale salientar que comissão de direitos humanos não tem condão de mandar prender ninguém !
    Isso fere qualquer princípio de um estado democrático de direito.
    1-APENAS JUIZ PODE DAR ORDEM DE PRISÃO.
    2-Para decretar prisão preventiva (antes do julgamento) devem haver circunstâncias como risco de fuga, risco ao processo e ao cometimento de outros crimes; além do crime cometido ter pena superior a 4 anos.
    3-Quando uma notícia é muito absurda, desconfie e PESQUISE, não saia reproduzindo essas porcarias.

    Mais um ótimo trabalho do e-farsas 🙂

  3. RODRIGO CALDEIRA

    28 de novembro de 2018 em 14:55

    O estudante deveria ser punido sim. O bandido já estava rendido e não oferecia resistência nem ameaça. O estudante agiu de má-fé, ainda que fosse em legítima defesa, pois se teve cabeça para filmar o espancamento, significa que estava consciente dos seus atos. Tendo, portanto, cometido tentativa de suicídio com grave lesão corporal. Se ele quisesse ser cidadão de bem, tivesse apenas desarmado o bandido e aguardado a polícia chegar. Não é porque votei no Capitão, que vou apoiar selvageria. Sou bolsominion com muito orgulho, e por isso tenho esse pensamento a respeito de justiça. Como diz nosso Presidente: A lei é para todos!

    • Eduardo

      28 de novembro de 2018 em 15:26

      Tentativa de suicidio eh boa AHaJIjaijiajiaaijiAJhuisaudshaioudhqadiouhsajdiuohJDUIahjsuiAHSJNaiushjAUIHJadiuASHJDUIashjdAUIHSDiudhASIUDHJAsduiASHJDIUAshdASUIDHJasuidhjASDUIashjdiuASDHasiudhASIUDHasjiuAHJSIashjAIUSajhsiuAHJaiudhjADIUashdjASUID se interna…

      • Cabodelope

        28 de novembro de 2018 em 20:03

        Kkkkk tá sabendo legal para falar assim com tanta autoridade…..
        C por acaso fosse uma pistola de verdade e o bandido tivesse desferido dois disparos na vítima pra vc estaria bom…. Não é vdd….a vítima teria morrido e o bandido aí livre para derrepente pegar vc ou um de sua família….. para fazer a msm coisa …. e vc defendendo um vagabundo …. saúde tem para robar mas para trabalhar e ganhar seu dinheiro honestamente na tem… pega ele agora e leva para casa para terminar de criar essa criatura…..

    • Rodrigo

      28 de novembro de 2018 em 15:50

      Rodrigo Caldeira, a lei é para o cidadão, quem está à margem da sociedade, teve o livre arbítrio de escolher seu caminho e arcar com as possíveis consequências. Na hora da adrenalina, da emoção, ninguém fica ponderando nada. Não quer apanhar, ser espancado ou morto, é só não roubar, não cometer latrocínio, não estuprar… tá ok?!

      • Vanda

        28 de novembro de 2018 em 20:01

        Pois é né, vc escreceu suicídio ao invés de homicídio kkkkkkk. Mas as dúvidas são: se o bandido estivesse com arma de verdade, o estudante estaria vivo?
        E se o caso fosse em um local no qual o estudante pudesse usar uma arma para se defender conforme a futura lei de posse de arma, se ele atirasse na cabeça do bandido, O estudante seria investigado por excesso de defesa por ter estourado a cabeça do bandido? Será que as pessoas não estão estendendo que a violência está em todos os lados? O bandido é mal intencionado, e alguns cidadãos estão se transformando mal intencionados.

    • Rodrigo

      28 de novembro de 2018 em 15:53

      tentativa de homicídio e não suicídio

    • eu mesmo

      28 de novembro de 2018 em 18:12

      Tentativa de suicídio!?
      Só rindo mesmo.

    • Astolfo

      28 de novembro de 2018 em 20:54

      Esse bandido ainda teve foi sorte, pois eu nessa situação pegaria logo uma caneta na mochila pra furar o pescoço dele.

    • Valdir Faria

      28 de novembro de 2018 em 23:38

      Queria saber se fosse vc, se pensaria assim na hora… Depois que a onça está morta todo mundo é caçador.
      No Brasil tá o poste tá mijando no cachorro… fala sério!

    • bruno

      29 de novembro de 2018 em 5:32

      a logico a boa fé foi do bandido ir roubar …..

    • Police Inspector

      29 de novembro de 2018 em 13:52

      RODRIGO CALDEIRA
      Amigo, em primeiro lugar pesquise o que é considerado pela lei penal LESÃO CORPORAL GRAVE, antes de falar qualquer coisa sem conhecimento de causa. Em segundo lugar, voce nunca foi vítima de assalto né, caso contrário saberia o que o estudante tava sentindo. Em terceiro lugar, nem fale que votou no Bolsonaro, pq teu pensamento condiz mais com a ideologia da esquerda. Abraço.

    • edson criado

      29 de novembro de 2018 em 14:57

      rodrigo o que vc quis dizer é (domicilio) e não (suicídio). depois a real vitima tinha uma arma apontada para sua cabeça ,portanto foi legitima defesa sim , não é porque vc não estava presente vc não faria a mesma coisa talvez vc ate ajudaria o estudante a agredir o meliante , se caso a arma fosse de verdade vc deixaria o estudante morrer e sairia correndo , então para de falar merda e se coloca no lugar do estudante ,,,,,

    • Paulo

      29 de novembro de 2018 em 16:12

      punido o cacete se fosse eu tinha matado com 3 pisada na cabeça se o estudante nao reage ele que teria sido agredido da mesma forma ou pior, se a arma fosse de verdade nem vida teria estudante seu merda do cacete defensor de bandido

    • Paulo

      29 de novembro de 2018 em 16:15

      pra mim quem se rende tem que BATER 3 VEZES NO CHÃO ELE NÃO BATEU ENTÃO ELE NAO SE RENDEU!

    • Eduardo Rejowski

      29 de novembro de 2018 em 18:08

      A lei é para todos. Cada caso é um caso, não existe o “se”. A legítima defesa é um direito do cidadão, mas a mesma prevê que quando cessa a ameaça, deve se cessar a violência.
      Vamos supor o exemplo de vcs, de que se arma fosse de verdade. Neste caso, provavelmente a vitima morreria por ter reagido, mas vanos supor que a vitima também estivesse armada com porte/posse de arma. Ela poderia agir em legitima defesa ao ter uma arma apontada para si, e atirar em seu agressor. Contudo na hora que cessasse a ameaça a vítima nao poderia mais disparar ou agredir. nao se atira em quem nao representa ameaça, se o miliante foi contido, acabou. A legitima defesa é para se salvar de uma situação de risco, nao para aplicar vinganca ou condenar alguém a morte. O agressor será devidamente punido pela justiça.

      • Ozymandias Lengruber

        8 de dezembro de 2018 em 20:20

        Lindo isso! Você merece um Oscar de Babacão do ano pelo que escreveu!

        • Coaf Coaf

          10 de dezembro de 2018 em 11:28

          E você merece dois troféus, um de idiota e outro para caso perca o primeiro.
          Arrombado.

    • wesley´s

      29 de novembro de 2018 em 20:56

      Tentativa de suicídio?! Onde você fumou dessa? Eu no lugar da vitima, faria o mesmo, ou até pior.

    • Renan

      30 de novembro de 2018 em 20:46

      RODRIGO CALDEIRA, por que vc não vai tirar a mãe da zona, seu mizeravel

    • Wenderson Alberto Andrade

      1 de dezembro de 2018 em 17:44

      Caro Rodrigo, a lei realmente é pra todos. Mas os bandidos travestidos de ser humanos não deixa que essa lei seja para humanos de verdade, pois se a arma fosse de verdade o assaltante poderia tbm não darr chance de defesa a vitima. Como de fato ocorre em várias imagens de assaltos em que os bandidos chegam assaltam e agridem as vítimas e depois vão embora como se nada tivesse acontecido.

    • Rodrigo Otário Caldeira

      2 de dezembro de 2018 em 11:06

      Vai a merda, leva pra casa pra tratar dele seu otário.

  4. Pingback: FAKE NEWS: Comissão de Direitos Humanos manda prender jovem que agrediu assaltante – WordPress PRO

  5. João Toledo

    28 de novembro de 2018 em 16:18

    @Rodrigo Caldeira, você estava lá? Ouviu o assaltante se rendendo? Você acha que ele estava agindo de boa fé ao tentar cometer o crime armado com uma arma de brinquedo? Quem garante que ele não estava fingindo desmaio?

    Cara, tu viajou…

  6. Marcos admmm

    28 de novembro de 2018 em 16:23

    Por mim pode ir os dois presos, seria menos dois enchendo o saco…

    • rafael

      28 de novembro de 2018 em 17:19

      vai se ferrar maluco

  7. Alexandre Mendes

    30 de novembro de 2018 em 15:41

    “investigações em andamento estão apurando “um possível excesso da vítima quanto à defesa”” Serio que a policia se deu a ese trabalho ridiculo?

  8. Ozymandias Lengruber

    8 de dezembro de 2018 em 20:18

    Bom, já passei três “oprimidos” por tentarem me assaltar. Sou e estou preparado. Vítimas da sociedade são trabalhadores que se rendem, todos os dias, para pagar pedágio a vagabundos civis e a vagabundos políticos. Não está se podendo, nem mesmo, sair para angariar o sustento, o pão. Então, toda a hora é hora de se defender. E quem tiver pena de bandido, seja ele qual for, por favor, procure os ditos cujos chorões de sempre e um tal de Reinaldo Azevedo, da Band – Esse sim diz em alto e bom som que estão sendo cruéis demais com todos os bandidos que conhecemos. Inclusive, que estão demonizando nossos “bandidos políticos”. Tadinhos, né!

    • Hitman

      10 de dezembro de 2018 em 11:27

      Deveriam ter é dado um tiro na sua cabeça de bosta.

  9. Lucho

    9 de dezembro de 2018 em 12:35

    “Essa fake news surgiu no site O Congresso, criado em novembro de 2018 e que faz parte de uma rede de sites especializados em disseminar notícias falsas na web.”

    Faltou dizer que também é especializado em disseminar ódio. Como todo site de mesma estirpe.

  10. Daniel Van der Veen dos Santos

    12 de dezembro de 2018 em 18:41

    Acredito que a polícia somente informou que iria apurar “um possível excesso da vítima quanto à defesa” para os defensores dos Direitos Humanos não ficarem de mimimi, mas não deve gerar nenhum processo contra o estudante.

  11. lucas

    13 de dezembro de 2018 em 10:47

    TEM QUE BATER MESMO, SE FOSSE A POPULAÇÃO QUE TIVESSE PEGADO, TERIA LINXADO O BANDIDO.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros


Voltando a Circular

Publicidade

Topo