Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A CUT, o MST e os intelectuais da Esquerda foram ajudar em Brumadinho?

Crimes

A CUT, o MST e os intelectuais da Esquerda foram ajudar em Brumadinho?

A CUT, o MST e os intelectuais da Esquerda foram ajudar em Brumadinho?

Publicações espalhadas nas redes sociais cobram a ajuda da CUT, do MST e dos “Intelectuais da Esquerda Caviar” no desastre em Brumadinho! Eles estão ajudando ou não?

No final de janeiro de 2019, diversas publicações começaram a se espalhar nas redes sociais de pessoas cobrando a ajuda de alguns grupos da sociedade que, segundo o que foi compartilhado, não ajudaram em nada no desastre ocorrido na cidade mineira de Brumadinho.

De acordo com as postagens, que teve até a participação do senador José Medeiros – através do seu perfil no Twitter – alguns grupos e movimentos (como a CUT, o pessoal dos Direitos Humanos, “os Artistas da Esquerda Caviar” e outros) sequer se pronunciaram a respeito do rompimento da barragem em Brumadinho.

Será que essas afirmações são verdadeiras ou falsas?


Versão postada pelo Senador José Medeiros
“Alguém sabe informar se estão lá em Brumadinho ajudando? 1.Black bloks 2. Movimento catraca livre 3. Direitos dos manos 4. Marcha das vadias 5. PTistas 6. CUT, CGT e MST 7. Intelectuais e artistas da esquerda caviar 8. Psolistas e similares”

Verdade ou mentira?

Antes da gente prosseguir, queremos que você entenda que não se trata aqui de “Esquerda ou de Direita” e, independente da sua posição política (ou da nossa), o momento agora diante dessa tragédia é de união e ataques gratuitos e infundados como esse só servem para disseminar o ódio e causar barulho desnecessário na rede!

Dito isso, vamos analisar cada um dos pontos apresentados pelo senador e, no final, bônus de pontos publicados em outras versões:

Algumas das versões desse assunto publicadas no Facebook!

Black bloks

A primeira ação dos Black Bloc que ocorreu aqui no Brasil foi em setembro de 2000, quando manifestantes mascarados depredaram o andar térreo da sede da Bovespa, em São Paulo. Uma busca no Google pelo termo e podemos verificar que as últimas notícias sobre o movimento são de 2016. Portanto, não sabemos que os Black Bloc ainda existem como um grupo único (o que nunca foi, de fato) ou se ele se dissolveu e foi absorvido por outros movimentos. O grupo saía para ruas “para causar danos às instituições opressivas”, através de depredação contra janelas de vidro de agências bancárias.

Não sabemos também como e porque alguém estaria interessado em levar esse grupo para Brumadinho.

Movimento catraca livre

Não encontramos nenhum resultado para “Movimento Catraca Livre”, mas o senador deve ter se confundido com o “Movimento Passe Livre”, grupo fundado em 2005 e que defende a adoção de tarifa zero para transporte coletivo. Também não conseguimos entender o qual a razão do senador querer esse movimento ajudando em Brumadinho.    

Direitos dos manos

Aqui, uma brincadeira com “Direitos Humanos”, que muita gente acha que se trata de um grupo que defende apenas bandido. Na verdade, a Organização das Nações Unidas (ONU) já está investigando o desastre e, segundo o relator especial das Nações Unidas para Direitos Humanos e Substâncias Tóxicas, Baskut Tuncak, o rompimento da barragem de Brumadinho deve ser investigado como crime!

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, Tuncak disse que o Governo brasileiro não tem autorizado a viagem de um relator da ONU para avaliar a situação das barragens e do meio ambiente desde a gestão de Dilma Rousseff. O escritório da ONU na Rússia oferece tecnologia para barragens desde 2016, mas o Brasil rejeita as ofertas desde então.

No dia 29 de janeiro de 2019, uma equipe do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) iniciou uma missão emergencial no local onde houve rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale, em Brumadinho, MG.

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Marcha das vadias

O movimento surgido no Canadá em 2011, teve a sua primeira passeata no Brasil em junho do mesmo ano e teve a participação de apenas 300 pessoas. A Marcha das Vadias protesta contra a crença de que as mulheres que são vítimas de estupro teriam provocado a violência por seu comportamento.

Não há relatos de protestos da Marcha das Vadias em Brumadinho em janeiro de 2019!

PTistas

Membros do Partido dos Trabalhadores liderados pela senadora Gleisi Hoffmann pelo deputado Paulo Pimenta visitaram o local afetado pelo rompimento da barragem em Brumadinho.

CUT, CGT e MST

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) visitou as áreas atingidas pelo desastre no dia seguinte ao do rompimento da barragem. No site da CUT há uma nota emitida pela presidente da CUT-MG e deputada estadual eleita, Beatriz Cerqueira, sobre as ações que estão sendo tomadas pela instituição.

Não encontramos notícias a respeito da CGT (Central Geral dos Trabalhadores) ter ido ajudar em Brumadinho.

Quanto ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), eles ajudaram inclusive no acolhimento dos índios da aldeia Nao Xohã, que foi afetada por rompimento da barragem às margens do rio Paraopeba.

Intelectuais e artistas da esquerda caviar    

Não podemos avaliar a ampla quantidade de pessoas que esse “grupo” possivelmente faz parte segundo o parlamentar, mas se ele está se referindo à artistas da TV Globo, muitos deles estão apoiando uma campanha de ajuda às vítimas de Brumadinho.       

Psolistas e similares

O PSOL emitiu notas lamentando o ocorrido e pede a “nacionalização da Vale”. O partido afirmou que também está com uma delegação local, encabeçada pela deputada federal Áurea Carolina e pela deputada estadual Andreia de Jesus, além das vereadoras Bela Gonçalves e Cida Falabella, para ajudar e a fiscalizar os trabalhos de resgate.

O PSOL abriu um espaço em Minas Gerais para receber doações para os desabrigados:

Foto: Divulgação/PSOL-MG

Bônus: OAB

Algumas publicações espalhadas no Facebook também questionam o fato da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) não estar em Brumadinho para ajudar. A verdade é que no mesmo dia do acidente, integrantes da Comissão Nacional de Direito Ambiental da Ordem de Advogados do Brasil partira para Brumadinho para prestar assistência à comunidade e acompanhar as medidas de segurança adotadas depois do rompimento de três barragens da Vale.

Conclusão

Não compartilhe informações antes de se informar! Independente se você é de Esquerda ou de Direita, evite espalhar o ódio por não entender ou por não saber determinado assunto. Quer ajudar? Então procure canais idôneos e faça a sua parte!  

Continue lendo
16 Comentários

16 Comments

  1. Pingback: A CUT, o MST e os intelectuais da Esquerda foram ajudar em Brumadinho? - Blog Ultradicas

  2. Eliana

    29 de janeiro de 2019 em 22:28

    O que a ONU está fazendo? Investigando? Ora bolas, vá palpitar na Venezuela que aqui o governo Bolsonaro está tomando todas as providências cabíveis. Quanto a esquerda, não estão ajudando em nada mas estão fazendo postagens tentando denegrir nosso presidente. Os culpados da tragédia são os governos anteriores, o federal que assinou uma lei a favor dos donos da mineradoras e do estadual que nem pagou o 13 dos bombeiros, esses sim são os heróis.

  3. Deneir de Souza Martins

    30 de janeiro de 2019 em 6:33

    Caro colunista, vc e a sua equipe foram ajudar? E aqueles ridículos que faziam gesto de arminha foram? E os da dancinha com a badeira nacional? E os ricos de Copacabana……..?

    • Gilmar Lopes

      30 de janeiro de 2019 em 7:06

      Sou tão desastrado que a minha presença lá talvez iria até atrapalhar ao invés de ajudar! 🙂
      Acho que estou ajudando mais aqui tentando acabar com a desinformação e contribuindo com doações do que indo lá pessoalmente. Existem várias formas de ajudar e eu escolhi algumas delas!

      • Elio Teixeira

        30 de janeiro de 2019 em 16:50

        É o famoso “muito ajuda quem não atrapalha”.

      • Manoel rodrigues

        2 de fevereiro de 2019 em 8:36

        Boa Gilmar. Tem gente que só sabe criticar. Parabéns pelo seu trabalho no efarsas

    • Alan Souza

      5 de fevereiro de 2019 em 11:16

      Pronto! Agora o sujeito exige que cem milhões de brasileiros deveriam ter ido lá pra Brumadinho ajudar…

  4. Pedro Lucio Ribeiro

    30 de janeiro de 2019 em 6:46

    O comparecimento da Esquerda (ou da Direita), no local do acidente, só atrapalha. Eles têm de comparecer (Esquerda e Direita), na Câmara Federal, Senado e Assembleias Estaduais para agir para aquilo que foram eleitos: interesse da coletividade, não das mineradoras.

    • Gilmar Lopes

      30 de janeiro de 2019 em 7:02

      Também acho que ir até o local, para grande parte dos políticos, só serve para ser usado na próxima campanha eleitoral. Acredito que poucos vão até lá para resolver alguma coisa, de fato!

  5. Pedro Natale Júnior

    30 de janeiro de 2019 em 8:14

    Independente mesmo,que tem que ajudar física e materialmente são os bombeiros e capacitados para isso,mas como todo bom político hipócrita de esquerda,foram lá fazer palanque,vide gleisi e Pimentel

  6. mahikeulbody

    30 de janeiro de 2019 em 14:25

    > mas como todo bom político hipócrita de esquerda

    Essa nao sabia : os unicos politicos hipocritas sao de esquerda !

    Meu amigo, o odio te faz perder a lucidez 😉

    (quero esclarecer que sou frances, morando na França e que pouco tenho a ver com o PT ou qualquer partitido brasileiro ; me interessam unicamente os fatos)

  7. Lalo

    31 de janeiro de 2019 em 6:16

    E o senador loroteiro (quem acompanha os trabalhos do Congresso Nacional sabe que ele é loroteiro), o qiue está fazendo para ajudar?

    • Gilmar Lopes

      31 de janeiro de 2019 em 7:24

      Senador esse, inclusive, que está com problemas na justiça!

  8. João Marcos

    31 de janeiro de 2019 em 12:46

    Na parte do Movimento Catraca Livre, ele provavelmente se referiu a página Catraca Livre (do Gilberto Dimenstein).

  9. Leandro

    1 de fevereiro de 2019 em 8:41

    Isso seria mais engraçado se não estivéssemos tratando de algumas centenas de mortos. Mas em geral, todo mundo que está no “Cadê (______) que não foi lá ajudar. Porque (__________) não foi ajudar”, também está em casa e não foi ajudar, porque essa ajuda deve ser realizada por gente com treinamento pra isso. Do contrário também só iria lá atrapalhar.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo