Conecte com a gente

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

Conselho Tutelar prendeu o pai que filmou ensinando a profissão de pedreiro ao filho?

Crimes

Conselho Tutelar prendeu o pai que filmou ensinando a profissão de pedreiro ao filho?

Será mesmo que o Conselho Tutelar pediu a prisão do pai que gravou um vídeo ensinando a profissão de pedreiro ao seu filho?

A notícia apareceu nas redes sociais e em diversos sites e blogs no dia 23 de março de 2017 e rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados na web. De acordo com o texto, um homem identificado como Francisco Fonseca teria sido preso após divulgar imagens onde ele ensina ao filho como rebocar uma parede!

A reportagem afirma que “[…] O diretor do Conselho Tutelar teria expedido junto a Vara da Infância e Juventude um mandato de prisão para o pai do garoto, acusando-o de explorar trabalho infantil do filho[…]”!

Na postagem que foi amplamente compartilhada, podemos ver uma foto do menor jogando massa em uma parede, ao lado de uma foto do homem sendo levado algemado para dentro do carro de polícia!

Será que essa notícia é real?

Será que o homem foi mesmo preso sob a acusação de exploração infantil?

Será que isso é verdade ou farsa?

Homem foi preso por explorar o filho! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou farsa?

O vídeo abaixo foi publicado na segunda quinzena de março de 2017 no Facebook e teve milhares de visualizações. Nele podemos ver um garoto jogando massa em uma parede:

 

Entre em contato via WhatsApp: (11) 96075-5663

Acontece que o vídeo do jovem aprendiz fez tanto sucesso que não demorou muito para que rumores começassem a pipocar na web. Alguns sites iniciaram o boato de que o pai do garoto teria sido preso a pedido do Conselho Tutelar por estar explorando o menino.

A verdade é que tudo isso não passa de mais uma mentira, uma e-farsa criada em cima de um assunto que está em evidência na rede.

Se formos analisar essa “reportagem”, podemos notar que ela possui várias características de um hoax, como por exemplo, a falta de fontes e as inúmeras incoerências ao longo do texto.

Em primeiro lugar, em qual Conselho Tutelar o “mandato” teria sido expedido? Somente na cidade de São Paulo existem vários, como podemos ver nessa lista.    

Além disso, nenhum diretor de conselho tutelar pode expedir “mandato” e tampouco mandado de prisão. Isso cabe aos juízes!

A “reportagem” não cita nem o nome do tal diretor e nem mais nenhuma prova de que isso tenha ocorrido de fato.

E pra terminar, a imagem usada para ilustrar essa “notícia” – de um homem sendo levado pelos policias – é de um caso ocorrido em março de 2016 no estado de Minas Gerais, quando um homem foi preso após ter colocado “de brincadeira” um anúncio da venda de um bebê recém-nascido na OLX!

Atualização 24/03/2017

O jornal Campo Maior em Foco entrevistou o pai do garoto. Francisco Fonseca tem 43 anos de idade, é um trabalhador da construção civil há 28 anos, mas se encontra desempregado. Ele mora na cidade de Parauapebas -Pará – e, como já provamos no texto acima, não foi preso.

Conclusão

Não há nenhuma prova de que o Conselho Tutelar mandou prender o homem que filmou o filho aprendendo a profissão de pedreiro! Trata-se de uma notícia falsa criada apenas para aproveitar o assunto que fez sucesso na web.

Continue lendo
44 Comentários

44 Comments

  1. joana

    23 de março de 2017 em 20:51

    Porém, em se tratando de Brasil, onde só vagabundos tem direitos, a tendência é acreditar nisso mesmo!!!

    • Bruno

      23 de março de 2017 em 22:05

      concordo plenamente Contigo joana!

    • Alan Souza

      24 de março de 2017 em 8:08

      No Brasil só tem vagabundo? Falem por vocês. Na minha família só tem trabalhador, meus amigos são todos trabalhadores. Se com vocês é diferente não venham generalizar…

      • Hadassa

        24 de março de 2017 em 8:47

        Precisa de algumas aulas de interpretação de texto querido, ela disse que só vagabundos tem direito e não que todo brasileiro é vagabundo…

      • Mariana

        24 de março de 2017 em 9:12

        Ela não disse que no Brasil só tem vagabundo, disse que aki só vagabundo tem direitos

      • Marcos

        24 de março de 2017 em 11:20

        É a força de expressão. Mas que tem muito vagabundo no brasil isso tem. E se uma laranja podre estraga o cesto, já viu.

      • rosane

        27 de março de 2017 em 19:18

        leia direto o comentario do qual se refere a joana disse que” so os vagabundo tem direitos ” e nao que o Brasil so tem vagabundo!!!

      • Charles

        30 de março de 2017 em 16:40

        Que burro, aprenda a interpretar o texto antes de sair xingando os outros!!!!

    • Luan Neto

      25 de março de 2017 em 10:59

      Não siga tendência, tenha senso critico!

  2. Joao carlos do Nascimento silva

    23 de março de 2017 em 22:03

    Sendo no Brasil, Não duvido nada.

  3. Neide Martins

    23 de março de 2017 em 22:37

    Como aqui no Brasil, menores podem roubar, matar, estuprar, votar, só não pode trabalhar, pensei que fosse vdd.

  4. Rosa

    23 de março de 2017 em 23:25

    Verdade ou não,conselho tutelar não pode impedir q pai ou mãe seja lá quem for ensine alvo que servirá para o bem de seu filho.Quem cria é que sabe desde que não seja abuso e maus tratos.

  5. Luís Nascimento

    24 de março de 2017 em 0:14

    Ao invés de ficar postando falso o verdadeiro, pôr que não esclarecer a todos:
    Uma reportagem com o pai e o filho se for o caso.

    Uma reportagem com quem está inventando essas histórias e punindo.

    • Gilmar Lopes

      24 de março de 2017 em 6:57

      Isso cabe aos jornalistas!

      • EVANDRO

        24 de março de 2017 em 22:48

        PARABENS SEU SITE É TUDO DE BOM

    • EVANDRO

      24 de março de 2017 em 22:47

      MANO TU É CHATO. LUIS NASCIMENTO

  6. Luiza

    24 de março de 2017 em 0:52

    Conselho Tutelar uma farsa esperou a mãe matar a filha pra tomar providências mesmo as crianças acusando a mãe já tinham saído da guarda dela levaram de volta pra casa da mãe até a suposta mãe matar a menina 8 filhos e mais um na barriga agora vem prender um pai que estava ensinando o filho a ser um homem de bem gente que Brasil e este me diz.

  7. dhonatas

    24 de março de 2017 em 5:19

    Eu já estava precisando com meu pai porque eu fui criado nas mesmas condições desse garoto e hoje não tenho é nem gosto de meter a mão no que é dos outros Parabéns pra esse pai

  8. José Erisleudo de Souza

    24 de março de 2017 em 6:02

    Meu fiquei furioso!! Sou construtor e tenho três filhos que não querem p… Nenhuma dá vida é tenho que trampar sozinho ou pagar alguém de fora,e quando vi essa reportagem fiquei emocionado,depois veio a notícia do pai sendo preso,isso me deixou com muito ódio!! Mas grato por esclarecerem, e como citou uma pessoa acima, conhecendo essa merda de país não dividamos de nada!!

  9. Alessandra

    24 de março de 2017 em 7:16

    Graças a Deus que é mentira. Seria um absurdo punir um pai por uma atitude tao nobre. E o que a justiça estaria pregando ao garoto?

  10. Alan Souza

    24 de março de 2017 em 8:13

    Qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento saberia que isso é falso. Conselho Tutelar não expede mandado. Só quem expede mandado é o juiz. Conselho Tutelar pode pedir a prisão de alguém, mas quem decide é o juiz. Se tivesse havido uma prisão a decisão seria do juiz. Quem está aqui criticando o Conselho Tutelar por algo que nem aconteceu precisa se informar melhor.

  11. Mauricio

    24 de março de 2017 em 8:40

    Esse site aqui alem de copiar o conteudo do outro site mentiroso mente mais ainda. Primeiro a materia original fala que o conselho tutelar pediu a prisao baseado no artigo (Art. 136, Código Penal), e o juiz expediu. Não existe a informação que o conselho t. mandou prender. Voces alem de mentirosos são retardados.

    • Gilmar Lopes

      24 de março de 2017 em 10:12

      Ah é? Que interessante! E foi o Conselho Tutelar de qual estado/cidade? Onde estão os mandados? Tem um link pra nos mandar?

    • EVANDRO

      24 de março de 2017 em 22:50

      POXA MAURICIO PARA QUE ESSA AGRESSIVIDADE???

  12. LINDOAR JOSE DE ALMEIDA cpf 06078974149

    24 de março de 2017 em 8:51

    com relação a esta materia acima, eu acho uma tremenda sacanagem com o pai que tenta colocar o filho no bom caminho, e vem esta corja de proteção à criação de bandidos e prende um pai de familia por querer dar o melhor para seus filhos. o trabalho dignifica o homem. a unica ressalva seria se a criança não estudasse, mas pela mateira ela estuda e trabalha. o que tem isto demais? tenho maior orgulho porque meus pais me colocaram para trabalhar a partir dos seis anos de idade. na roça, no engraxate, ou mesmo como domestica, e tudo só veio a aprimorar meus conhecimentos. fico indignado com uma atitude desta destes conselhos tutelares que não tutela ninguem e ainda impede de formar homens livres e de bons costumes

  13. Joao claro da cunha filho

    24 de março de 2017 em 9:58

    Bom dia concelho tutelar dos inferno melhor entao o garotinho vira bandido do que um trabalhador honesto eu coloco meu filho pra aprende a trabalha cedo pra dar valor nas coisas vai lá em casa me enche o saco bando de vagabundo

  14. Regina R.A.Vilaça

    24 de março de 2017 em 10:26

    Ainda bem pois fiquei extremamente revoltada pois nós pais só queremos o bem de nossos filhos e querer que eles sigam o bom caminho e aprenda alguma coisa pra sobreviver, pois infelizmente não somos eternos.

  15. Renata carvalho lima

    24 de março de 2017 em 11:44

    Meu Deus que absurdo! !é revoltante ver isso…com certeza essa menino se mirando no pai será um homem se caráter…

  16. Aguinaldo

    24 de março de 2017 em 12:16

    Por isso que hoje em dia só tem vagabundo, eu trabalho desde dos 11 anos e não morri por isso já vi muitos adolescentes morrer em assalto e drogas e nunca vi ninguém morrendo trabalhando o trabalho e que dignfica o homem.Hoje você ver muleque de 14 anos soltando pipa e fazendo besteira na rua e não tem um pingo de educação porque na rua só aprende o que não presta

  17. Aguinaldo

    24 de março de 2017 em 12:19

    Por isso que hoje em dia só tem vagabundo, eu trabalho desde dos 11 anos e não morri por isso já vi muitos adolescentes morrer em assalto e drogas e nunca vi ninguém morrendo trabalhando o trabalho e que dignfica o homem.Hoje você ver muleque de 14 anos soltando pipa e fazendo besteira na rua e não tem um pingo de educação porque na rua só aprende o que não

  18. Pedro de Sousa resende

    24 de março de 2017 em 12:30

    Quando fizeram está lei vieram me perguntar o que eu achava?
    Não não vieram me perguntar simplesmente fizeram agora que o caldo está entornando é que fiquei sabendo que existem leis assim, justo agora que já ensinei meus filhos próximos ao cabo da enxada e eles estão indo bem se sentindo realizados com tal honrada ferramenta será que tenho o direito de me redimir com tais conselhos tutelares? Se errei lamento muito mais era até aonde me foi possível pelo estudo e oportunidades que recebi do meu país devido às suas pobres sircustancias administrativas

  19. Domingos José

    24 de março de 2017 em 13:18

    VEJA A HISTÓRIA COMPLETA: http://migre.me/wiRBD

    • Gilmar Lopes

      24 de março de 2017 em 16:13

      Excelente! Vamos fazer um update no nosso artigo! Valeu

  20. Imacedo

    24 de março de 2017 em 15:31

    Nossa esse garoto vai ser um cidadão de bem, coitado dos políticos
    Parabéns pai pelo exemplo, sirva de exemplo para outros país

  21. jonatas augusto

    25 de março de 2017 em 3:22

    Obrigado novamente e-farsas!

    Pena que há tanta gente idiota com diarreia mental que prefere compartilhar palavras de ódio antes de ter a capacidade de fazer uma pesquisa mínima!

  22. rosemary

    25 de março de 2017 em 5:29

    se e mentira ou nao ,dificil de nao acreditar .do brasil podemos esperar de tudo .

  23. José de Anchieta

    27 de março de 2017 em 16:12

    Um blog de pernambuco publicou essa matéria informando que isso é uma montagen de fotos com casos diferente conselho tutelar não prende ninguém, ensinar o filho a trabalhar não é crime………

  24. André

    28 de março de 2017 em 9:00

    g1 da globo está copiando matérias daqui hahaha

  25. Carlito

    28 de março de 2017 em 16:39

    A internet tá recheada de baboseiras, mentiras, sejam coerentes, analisem os fatos , não tirem conclusões precipitadas.

  26. Sinara Borges

    28 de março de 2017 em 17:00

    Meu Deus precisamos de mais pais assim nesse Brasil. Ensinar a um filho uma profissão não tem nada de criminoso nisso. Tenho muito orgulho de mim mesma em ter começado a trabalhar nos meus 12 anos de idade.

  27. Noelison Arruda de Araújo

    28 de março de 2017 em 20:17

    Temos que ter orgulho desse pai porque ele não tá fazendo nada de errado apenas está ensinando seu filho a trabalha com dignidade isso e um dos melhores exemplo que um pai deve da para os seus filhos porque com muita mordomia o filho crece ladrâo e bandido porriso que o Brasil está desse jeito mal organizado por falta de planejamento dos nossos governantes que não sabe borcaria nem uma só robar e mas nada

  28. ronildo

    29 de março de 2017 em 14:11

    É chegado o fim do Brasil que nós conhecemos. reforma da previdência, escândalo da Petrobras, privatizações por cima de privatizações, se juntarmos tudo isso ao descontentamento dos estados falidos, gente sem emprego e desamparada pelo governo teremos, sem dúvida nenhuma, uma guerra civil que resultará na separação do Brasil que nós conhecemos ou na desvinculação dos estados com o governo federal.

  29. paulo

    31 de março de 2017 em 12:36

    inacreditvel , mais uma informaçao falsa , e eu aqui ja estava cheio de raiva da justiça , em prender o pai por ensinar a profissao ao filho

  30. Roberto Germignani

    11 de abril de 2017 em 12:39

    Primeiro acabar com os políticos corruptos e vagabundos o Brasil muda na hora

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Voltando a Circular

Publicidade

Topo