Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Homem é flagrado batendo em um bebê! Será verdade?

Crimes

Homem é flagrado batendo em um bebê! Será verdade?

Homem é flagrado batendo em um bebê! Será verdade?

Corrente compartilhada através de grupos do WhatsApp pede ajuda para que seja descoberta a identidade de um agressor de um bebê! Veja o que descobrimos!

O vídeo começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp, e também nas demais redes sociais, na segunda quinzena de setembro de 2019. Nele podemos ver um homem batendo várias vezes em um bebê indefeso e o texto que acompanha as imagens pede para que isso seja compartilhado ao maior número de pessoas até que o criminoso seja identificado.

Sera que o vídeo é real?

Será que esse vídeo foi gravado no Brasil?    

Adianta alguma coisa compartilhar esse tipo de vídeo?

Descubra aqui no E-farsas!

Homem é flagrado agredindo um bebê! Será que isso ocorreu aqui no Brasil? (foto: reprodução/WhatsApp)

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Verdade ou mentira?

O vídeo é real, mas o flagrante não ocorreu no Brasil!

No dia 21 de setembro de 2019, o vídeo de um homem espancando uma criança pequena se espalhou entre usuários árabes, tornando um dos assuntos mais comentados na ocasião. Até o momento da publicação feita pelo Gulf News, não se sabia a identidade do agressor, mas havia fortes suspeitas de que ele seria de alguma parte da Arábia Saudita.

O mistério prosseguiu até o final do dia, quando a polícia de Riad emitiu uma nota revelando que o homem é um residente palestino da Arábia Saudita, e que ele tem pouco mais de quarenta anos de idade.

“Ele foi preso em Riad e seus quatro filhos receberam os cuidados necessários em coordenação com as autoridades envolvidas”, acrescentou o comunicado da polícia.   

Sites árabes de notícias explicaram também que em outro vídeo publicado posteriormente, o agressor pediu desculpas e disse que sua esposa havia deixado ele e seus filhos duas semanas atrás e que estava tentando ensinar sua filha a andar. Ele também afirmou que foi sua (ex-)mulher que compartilhou o vídeo online maliciosamente.

Conclusão

Parem de compartilhar esse vídeo (e vídeos como esse)! O agressor já foi identificado e preso na Arábia Saudita!  

Continue lendo
158 Comentários

158 Comments

  1. Alexandre Carlos Aguiar

    23 de setembro de 2019 em 17:42

    Como tem gente sem noção. Eles publicam essas imagens como se a visualização resolvesse algo.

    • Gilmar Lopes

      23 de setembro de 2019 em 17:46

      E pior: vão continuar compartilhando isso ano após ano…

      • Roque

        23 de setembro de 2019 em 19:35

        É triste meu amigo Gilmar, vê as pessoas usando as redes sem consciência. Bando de retardados.

      • Maria Gonçalves

        23 de setembro de 2019 em 20:51

        E criar uma fake em torno da notícia!

        • Ana Paula

          24 de setembro de 2019 em 9:31

          Tem que publicar mesmo para que isso não venha acontecer isso foi horroroso feio bicho monstro filho do Satanás fazer isso com a criança

          • Gilmar Lopes

            24 de setembro de 2019 em 9:38

            Eu preferia não ter visto esse vídeo (tanto é que nem vi até o fim). Se não fizesse parte da minha profissão analisar esse tipo de conteúdo, preferia não ser exposto a ele. Meu filho está no mesmo grupo da família onde recebi essas imagens. Acho que não tinha necessidade disso.

          • Marceli do Carmo Silva

            24 de setembro de 2019 em 13:43

            Também acho q tem q compartilhar sim, serve de alerta prós pais q deixam filhos em creches ou sobre cuidados de outros.

          • Eliseu

            24 de setembro de 2019 em 14:14

            Tambem acho que tem que ser compartilhado para que todos vejam que tem ser humano ou se é que pode -se chamar de ser humano gente assim.

          • Carlos

            24 de setembro de 2019 em 14:48

            Compartilhar pra que ? nem no Brasil é. Podemos fazer alguma coisa a respeito disso ? Só serve para ficarmos chocados e enojados. Nesse caso o vídeo é verdadeiro mas foi por causa de mensagens falsas compartilhadas que uma mulher inocente foi morta acusada de ter raptado uma criança. Todo cuidado é pouco.

          • Kleber

            24 de setembro de 2019 em 16:48

            Não tem que publicar não. Deixa de ser ingênua… em primeiro lugar: o que você vai querer é a prisão do cara. Mas o cara nem está no Brasil. Você é civil, não pode fazer NADA para colaborar com a prisão do sujeito… Ainda mais se ele mora em outro país. Tudo o que você vai fazer é espalhar as imagens. Qual a efetividade que isso vai ter? NENHUMA! Só iria ter se você encaminhasse para quem pudesse investigar e realizar de fato a prisão. Se fosse no Brasil, que mandasse para a polícia.
            Em segundo lugar: tem muita gente que ainda tá compartilhando isso sem saber que o cara foi preso já e sem saber de onde é. Só vai servir pra alarmar outras pessoas. E daqui a pouco mudam a história.. não duvido que alguém daqui a pouco diga que esse sujeito mora em Fortaleza, por exemplo, e daqui a pouco começam a querer incriminar alguém parecido de lá que não tem culpa nenhuma. Quer divulgar a imagem? Na verdade você está é fazendo um desserviço!

          • Gislaine Dias

            24 de setembro de 2019 em 18:13

            Como é? Não interessa que não foi no Brasil. O vídeo é real, tanto que o agressor está preso. Ele poderia estar em liberdade ainda. Compartilhar tem mais chances de punir o agressor. Não acredito que as pessoas não ficaram encomodadas pelo bebê apanhar, ser torturado. Gente sem nenhuma empatia.

          • Paulo

            25 de setembro de 2019 em 9:40

            Se não fosse compartilhado talvez esse filho da puta nem tivesse sido pego…tem que compartilhar sim.

          • San

            25 de setembro de 2019 em 17:59

            Falou tudo garota. E quem não quer que vídeos como este não sejam compartilhados é porque são coniventes com esse tipo de crime.

          • Maria

            26 de setembro de 2019 em 13:47

            @San , eu NÃO SOU CONIVENTE e também NÃO QUERO VER essas PORCARIAS de vídeos, ok!? 😐 Se vocês compartilharem esses lixos, DELETO vocês se estiverem na minha lista e ainda DENUNCIO todos vocês ao suporte de tais Redes Sociais! Depois NÃO RECLAMEM se tiverem suas contas CANCELADAS! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • janete

            26 de setembro de 2019 em 15:35

            É um absurdo alguém se revoltar por que o vídeo foi compartilhado??? Foi real e graças ao compartilhamento mundial esse safado foi preso. Ele acabaria matando a criança. Pessoas preferem não ver do que ajudar??? Isso sim me enoja a falta de empatia. Hipócritas!

          • Gilmar Lopes

            26 de setembro de 2019 em 15:40

            Não recomendamos o compartilhamento desse tipo de vídeo!

          • Maria

            26 de setembro de 2019 em 17:42

            @janete , denuncie para a POLÍCIA e/ou AUTORIDADES COMPETENTES (quer seja de modo aberto ou anônimo), é mais rápido e efetivo! A maioria dos internautas das Redes Sociais são CIVIS COMUNS que pouco ou NADA podem fazer! Muitos de nós estamos CARECAS de saber que a crueldade humana NÃO TEM LIMITES, porém vocês não podem e não devem mostrar esse tipo de videos nas Redes Sociais. É DESNECESSÁRIO e ainda podem ter suas contas CANCELADAS e/ou serem PROCESSADOS JUDICIALMENTE por compartilhamento de CONTEÚDO INADEQUADO, FALSO e/ou DUVIDOSO ! 😐

          • Sidnei

            22 de outubro de 2019 em 5:16

            Eu concordo que tem que compartilhar sim,este homem estava descontando a frustração dele na criança indefesa,eu quando criança apanhei muito ficava até de madrugada com meu pai alcoolizado apanhando eu e meus irmãos,meu nariz é quebrado tenho marcas de cigarro apagada na minha perna.tenho cicatrizes do passado e traumas na minha mente,quando meu pai morreu eu já estava com doze anos,ele faleceu com 45..quem me salvou foi Deus que me mudou se não eu teria crescido uma pessoa revoltada..às vezes só de lembrar do passado me dá vontade de chorar.. é triste saber que tem ser humano pior que um animal..

          • Luiz Alberto

            22 de outubro de 2019 em 6:33

            Se foi no Brasil ou não, pouco importa. O resultado positivo é que graças ás postagens nas redes sociais este psicopata foi preso.

        • Terezinha de Jesus Nalin Ferrari

          7 de novembro de 2019 em 9:42

          Com certeza o sofrimento fãs crianças espancadas não foi fake. Porque o agressor deve ser protegido?

      • Ana

        23 de setembro de 2019 em 20:56

        Pois eu acho que isso deve ser compartilhado eternamente no mundo todo para que isso jamais seja esquecido. Principalmente no pais dele.Eu estou doentte desde o.mento que vi isso.A mulhet dele compartilhou maliciosamente? Pois se eu fosse amulher dele eu fazia cpm ele o mesmo que a espoda do cara do Yoki fez pois esse lixo podre merece ser degplado cpm.uma faquinha em praca publica!!!

        • Mg

          24 de setembro de 2019 em 0:28

          Tu só vai estragar o dia de um brasileiro fazendo ver um vídeo de tortura do qual nada poderemos fazer, pós o cara e da Arábia, então se precisa de compartilhamento e no país dele.

          • Gilmar Lopes

            24 de setembro de 2019 em 8:21

            Falou e disse! Tem que enviar para as autoridades e não ficar espalhando nos grupos de WhatsApp

          • Antonio Rodrigues do Nascimento

            24 de setembro de 2019 em 10:16

            Isso acontece muito aqui no Brasil, só que aqui tem os chamados diretos humanos, que ao invés de defender a criança iriam defender o agressor e condenar os policiais. Parabéns aos árabis.

          • Edival Lima

            26 de setembro de 2019 em 8:31

            Nada podemos fazer? Como assim? As redes sociais rodam o mundo. As redes sociais teem poder. E todo mundo tem algum amigo fora do Brasil. Isso vai formando uma corrente. Hoje em dia graças às redes sociais nada mais fica impune.

          • Edival Lima

            26 de setembro de 2019 em 9:22

            E o cara que bateu na criança estragou a vida dela. Ele poderia ter matado a criança.

          • Maria

            26 de setembro de 2019 em 14:03

            @Edival Lima , e se o vídeo tiver cenas de PEDOFILIA como o internauta @Lucho citou? Vocês irão compartilhar essas PORCARIAS!? Vocês acham que pessoas sensatas gostam de ver vídeos de TORTURA, ASSASSINATO, TERRORISMO, em suma, CRUELDADES SEM LIMITES em suas timelines? Vocês estão querendo transformar as Redes Sociais em DEEP/DARK WEB? É por essas e outras que eu sempre digo: PENSEM ANTES DE POSTAR/COMPARTILHAR, bando de internautas IGNORANTES e IMBECIS! 😐

        • ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES

          24 de setembro de 2019 em 4:05

          Ok ana então se á para compartilhar sempre então o trabalho do e-farsas é inutil. Vamos tb compartilhar o cara que pregou o cachorro em uma cruz, a moça que jogou cachorrinhos em um rio ou a que pisou um cachorro ate a morte. vamos compartilhar até chegar as autoridades né?

        • Maria

          24 de setembro de 2019 em 8:51

          @Ana , acredito que a maioria das pessoas não gosta de ver essas PORCARIAS aparecendo nas suas timelines não. Se é crime, então denuncie para a Polícia e/ou envie para Mídia Investigativa. Se você compartilhasse isso comigo, BLOQUEARIA, BANIRIA e ainda DENUNCIARIA você no Facebook/Whatsapp por compartilhamento de conteúdo inadequado (vídeo). 😐

          • Gabi Neves

            24 de setembro de 2019 em 11:27

            Por pessoa assim como você, que se fazem de cara que acontece tantas coisas ruins. Se houvesse um pouco de empatia nas pessoas o mundo estaria deste jeito não. Que você não passe por isso a uma pessoa de mente fechada como você, recuse ver isto na timeline dela e você que se fo**. É compartilhando que se chega às autoridades, não se fazendo de cega e ainda denunciando quem está tem Tanto ajudar em algo. Palhaçada

          • Maria

            24 de setembro de 2019 em 11:59

            @Gabi Neves , “É compartilhando que se chega às autoridades…” Vá para o INFERNO! Como disse antes, se acontecer algum crime DENUNCIE DIRETAMENTE À POLÍCIA! É mais rápido e efetivo! Vocês estão tendo o mesmo comportamento ridículo da ex-mulher do meliante que preferiu postar o vídeo primeiro a acionar as autoridades. 😐 KKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Sinceramente

            24 de setembro de 2019 em 16:24

            Compartilhar serve para mostrar que o mundo é cruel , e ensinar a nao confiar em ninguem vejo muitas maes deixando seus filhos na mao de qualquer tia , ou tio , gente fez teu filho cuida voce porra , . As maldades dos serer humanos nao tem limite. Conpartilhem sim . Pois as vezes tem alguem precisando ver um video desses pra se dar conta da realidade da vida !!

          • Maria

            24 de setembro de 2019 em 19:27

            @Sinceramente , compartilhar também serve para mostrar o quanto muitos IGNORANTES da Internet são SEM NOÇÃO e não sabem e/ou não leram os TERMOS DE USO antes de apertar aquele botão de “EU CONCORDO” das Redes Sociais. Em todos eles (Google, Facebook, Whatsapp, Twitter etc) geralmente há uma cláusula que diz que você não pode criar, postar e/ou compartilhar CONTEÚDO INADEQUADO e, caso faça, pode ser BANIDO e até PROCESSADO! 😐

          • RO silva

            20 de outubro de 2019 em 10:04

            Acredito que a questão é receber um vídeo desse tipo e ter ao menos um senso de responsabilidade e pesquisar se o mesmo é verdadeiro ou se o caso já foi resolvido . Muitas pessoas compartilham por impulso. Por isso casos como esse continuam a circular nas redes como se fossem casos novos ou não resolvidos.

        • Ana Maria

          24 de setembro de 2019 em 23:36

          M
          as vamos ao que interessa. Vi um vídeo de um homem levando uma surra de uns policiais.Na reportagem dizia que era esse pai. Será?

        • Eliane outeiro Hernandes Girardi

          24 de setembro de 2019 em 23:57

          Foi por causa da comoção mu dial em volta do vídeo que este ser foi preso.

          • Gilmar Lopes

            25 de setembro de 2019 em 8:27

            Não foi por isso, não!

      • Cá Rocha

        24 de setembro de 2019 em 15:16

        Isso tem que ser compartilhado sim.. foi graças aos compartilhamentos que foi descoberto essa monstruosidade e que esse lixo foi preso. Se não fosse isso iria continuar as agressões ou até coisa muito pior. Sejamos realistas as imagens são forte óbvio que sim, milhares de crianças passam por isso dia após dia sem ninguém fazer nada sofrendo em segredo . Temos que usar de todos os esforços e recursos possíveis pra combater a violência infantil. Que todo agressor de crianças ou pedófilo do mundo queime no inferno.. maldito seja todo aquele que é capaz de fazer mal a uma criança, que é capaz de tal monstruosidade.

        • Kleber

          24 de setembro de 2019 em 16:53

          E como se combate, esperta? VOCÊ faria alguma coisa? Não, quem vai repreender é a polícia ou a justiça… Não adianta então mandar pra outros civis comuns, mande pra polícia! É tão difícil de entender isso?

        • sOL

          26 de setembro de 2019 em 23:12

          CONCORDO PLENAMENTE.
          DEVEMOS COMPARTILHAR SIM.
          SÓ ASSIM ESSES DEMÔNIOS SÃO PRESOS, ESPANCADOS E TALVEZ MORTOS.
          NÃO SUPORTO VER ESSES DEMÔNIOS MARTIRIZANDO AS NOSSAS CRIANÇAS.
          INOCENTES QUE NADA PODEM FAZER PRA SE DEFENDER.

      • Íride Elias

        25 de setembro de 2019 em 8:46

        Vc poderia explicar porque nem todas embalagens do leite têm os quadradinhos coloridos uma vez que é diretriz para encanamento?

      • Raimundo Nonato

        3 de outubro de 2019 em 4:28

        Pois é, se ninguém compartilha, a polícia não vai saber e os abusos continuam.

        • Gilmar Lopes

          3 de outubro de 2019 em 8:33

          E que tal compartilhar só com a polícia?

      • Eduardo Thomé

        10 de novembro de 2019 em 17:42

        Mas é claro que ajuda,pois muitas vezes chega nas mãos de pessoas que são vizinhas ou conhecem um covarde canalha como este

        • Lucho

          10 de novembro de 2019 em 19:04

          Vai se foder, cara. Larga mão de ser sofativista.

    • João Pereira

      23 de setembro de 2019 em 18:29

      Como é farsa se o cara realmente tortura a criança, o vídeo facilitou o trabalho da polícia, o final é sempre igual eles sempre alega que são doentes ou algo parecido então choram e pede perdão, se foi no Brasil ou em outro lugar não interessa ouve sim um crime e tem que ser punida dentro da lei.

      • Gilmar Lopes

        23 de setembro de 2019 em 22:07

        Não disse que é farsa! Apenas que o homem não é brasileiro e que não adianta nada compartilhar isso!

        • Eraldo

          24 de setembro de 2019 em 0:17

          Adianta compartilhar sim (n como fake news é claro)! É pra dar exemplo a outras pessoas! Tem muita gente sem noçao, n é brasileiro mas fiquei feliz por ele ser preso e triste por ele nao ter levado uma bela surra merecida!

        • Mateus Bezerra Alves da Costa

          24 de setembro de 2019 em 0:33

          Obrigado E-Farsas pelo excelente serviço prestado e trazendo a verdade a nós. Que o agressor tenha o que merece.

        • Claudinei Silva

          24 de setembro de 2019 em 6:52

          Você Gilmar de ser o Mendes e não Lopes???

        • Gi

          24 de setembro de 2019 em 17:45

          Bom eu odeio gente pode ser homem ou mulher que espanca filho ou mãe idosos
          Sou contra estrupo a qualquer tipo de violência principalmente com um anjo que não sabe se defender este tipo de pessoa que é cruel que gosta de maltradar bater pra mim tem que passar por tudo que a pessoa enosente passou e no final o agressor tem que morrer pois quem bate uma vez vai bater sempre a não ser que alguém toma atitude tipo alei né
          Pois vamos falar a verdd está lei não tá com nada. Bom ESA é minha o opinião bateu morreu.

        • Edival Lima

          26 de setembro de 2019 em 10:25

          O Whatsapp opera no mundo inteiro, só para lembrar.

        • Ezequiel Santos

          2 de outubro de 2019 em 7:12

          Como policial acredito que antes de compartilhar esse tipo de vídeo,deve se informar de onde procede a notícia,e principalmente se é confiável…Há vários exemplos de pessoas que foram brutalmente assassinadas pelo simples fato de se parecer com o agressor, então todo cuidado é pouco…Mas se o vídeo for real,tem que denunciar sim e compartilhar,assim facilita a punição do agressor.

      • André henrique

        23 de setembro de 2019 em 23:50

        Farsa ? O vídeo mostra um pouco da realidade de um mundo onde está se acabando ! A mulher o abandonou … Será por que ? Se um homem consegui ser tão cruel com uma criança indefesa quem dirá com a própria mulher. Que o senhor tome conta. Independente de lugar ,pais .A s redes sociais deveriam ser utilizadas para prosperar conhecimentos bons onde se agregace conhecimento . E hoje é mais utilizado para mostrar a podridão do mundo onde vivemos .
        Pesso que Deus console essas crianças e que neste mundo tenham mais conciencia esses pais que colocam filho no mundo sem nenhum pingo de responsabilidade! Para um mundo melhor de Amor e não Dor !
        Fica a dica … Para todos os pais.

      • Maria

        24 de setembro de 2019 em 9:05

        @João Pereira , Redes Sociais NÃO SÃO DEEPWEBS cara! Você acha que pessoas normais gostam de receber nas suas timelines vídeos de tortura, assassinato, linchamento, terrorismo etc? Se houve crime, então DENUNCIE PARA A POLÍCIA! Nós não somos obrigados a ver essas PORCARIAS, a maioria dos usuários não são repórteres investigativos ou policiais. 😐

    • Marcos

      23 de setembro de 2019 em 20:16

      Se não fosse a visualização a plicia não chegaria esse demônio,a públicação serviu sim para localizar esse infrator sem escrúpulos

    • Andrey

      23 de setembro de 2019 em 20:58

      Ué e não resolveu?

      • Renato

        23 de setembro de 2019 em 22:47

        Gilmar Lopes, entregue seu filho para o miserável do vídeo ensinar andar então. Simples!

        • Gilmar Lopes

          24 de setembro de 2019 em 8:22

          Tem que enviar para as autoridades e não ficar espalhando nos grupos de WhatsApp

          • Claudio Santos

            25 de setembro de 2019 em 11:07

            Acho que se você estivesse discutindo com uma parede certamente obteria respostas mais sensatas.

            A internet deu voz aos ignorantes e eles dominaram tudo.

            Os cristão ainda têm alguma dúvida de que o anti-cristo na verdade não é uma pessoa e sim as redes sociais.

            O nosso avião está em queda livre, os passageiros estão batendo boca uns com os outros e o piloto sumiu.

      • Ladyane

        24 de setembro de 2019 em 3:33

        Se ele não quisesse que compartilhassem o vídeo simples não teria filmado por mim ele teria que ser torturado e morto sem mimi !!

    • Lucho

      23 de setembro de 2019 em 21:01

      Parece até aquele retardado do Twitter que descobriu uma página contendo pornografia infantil e, ao invés de denunciar direto, ficou repassando o material para que os outros denunciassem também.

      Moral da história: No fim das contas, o retardado foi denunciado por ficar postando material com conteúdo de pronografia infantil no Twitter.

      • Maria

        24 de setembro de 2019 em 10:23

        @Lucho , você se lembra daquele caso em que um menino teve um braço arrancado por um Tigre em Cascavel-PR com um pai negligente? Os imbecis transeuntes que passaram por lá ficaram filmando e tirando fotos da situação com seus malditos Smartphones (provavelmente para postarem em Redes Sociais) ao invés de correrem para avisar os guardas do Zoológico e/ou tomarem atitudes drásticas de tirar o menino à força de perto do perigo. 😐

    • fabiana

      23 de setembro de 2019 em 21:19

      resolveu que por que ele foi preso

      • Antoniele

        23 de setembro de 2019 em 23:26

        E bom saber que ele já foi preso! Mais isso não é motivo pra que não seja mais compartilhado, sendo aqui no Brasil ou não, isso faz as pessoas vê a verdadeira falta de amor que o mundo vive, ver que a crueldade vem cada dia se alastrando. Quem sabe através desse vídeo haja mais denúncias de pais que maltrata os seus filhos? Ou mães como eu, comece ficar de olhos bens abertos…

      • Cicera

        23 de setembro de 2019 em 23:53

        Que é farsa o que se o podre foi preso graças a Deus maldito e eu compartilhei e compartilho de novo viu isso é uma tristeza o que fazem com as crianças fiquei doente não esqueço não sai da minha mente Jesus abençoe nossos pequenos

        • Edival Lima

          26 de setembro de 2019 em 8:57

          Cheguei a chorar vendo o desespero da criança. Tem que compartilhar sim. É preciso que mais pessoas vejam o ocorrido e que isso possa servir de exemplo para que outros pais não façam o mesmo.

    • Araujo

      23 de setembro de 2019 em 21:46

      Vou compartilhar o tanto que eu quiser . Seu filho da puta que escreveu pra parar de compartilhar videos asim vai toma no seu cu filh da puta

      • Jaqueline

        24 de setembro de 2019 em 0:43

        Concordo parece que quem escreveu tá encobrindo o cara

        • Gilmar Lopes

          24 de setembro de 2019 em 8:20

          Tem que enviar para as autoridades e não ficar espalhando nos grupos de WhatsApp

          • Rodrigo Alves

            24 de setembro de 2019 em 11:19

            Parar de compartilhar é o caralho. Filho da puta defensor de vagabundos.

          • Gilmar Lopes

            24 de setembro de 2019 em 11:25

            Ah, pronto! Virei defensor de vagabundo agora…

          • Gilmar Lopes

            24 de setembro de 2019 em 11:27

            De que adianta compartilhar o vídeo? Mudou alguma coisa na sua vida?

          • Maria

            24 de setembro de 2019 em 12:13

            @Gilmar Lopes , bom, talvez mude a vida desses cretinos depois que eles forem BANIDOS e/ou tiverem suas contas CANCELADAS por compartilharem vídeos de torturas e outras bizarrices nas Redes Sociais. Logan Paul, por exemplo, famoso YouTuber americano, perdeu vários patrocinadores/contratos e quase foi expulso do YouTube por ter criado e compartilhado aquele vídeo de um corpo encontrado na “Floresta do Suicídio” de Aokigahara-Japão. Bem feito!. 😐 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Sinceridade

            24 de setembro de 2019 em 16:30

            Tem que compartilhar SIM , é atraves de video assim que pessoas se dao conta da realidade e da maldade das pessoas , se fosse seu filho, vc ia esta desesperado para encontrar o criminoso. Entao cala a boquinha , to achando que vc é um deles .

          • Maria

            24 de setembro de 2019 em 23:47

            @Sinceridade , não seria melhor deixar o caso e confiar na POLÍCIA não? Eu DUVIDO que algum internauta Civil Comum irá bancar o “detetive/investigador” e arriscar sua vida, tempo e dinheiro indo atrás de criminosos perigosos! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • ALEXANDRE DO NASCIMENTO MENDES

        24 de setembro de 2019 em 4:07

        Araujo você é um doente. precisa de ajuda e urgente.

      • Maria

        24 de setembro de 2019 em 9:14

        @Araujo , eu denunciaria vocês para os administradores da Redes Sociais por compartilhamento de CONTEÚDO INADEQUADO e suas contas cairiam rapidinho! Querem compartilhar esses tipos de vídeos com tortura? Coloquem na DEEPWEB ou em sites como o 4Chan na seção REKT! Lá existem muitas pessoas como vocês que gostam de compartilhar essas PORCARIAS! 😐

    • J. Rocha

      23 de setembro de 2019 em 21:47

      Nesse caso resolveu. As publicações e cobranças fizeram com que as autoridades árabes identificassem o criminoso e o prendessem.

    • Maria Cícera Lima de Oliveira

      23 de setembro de 2019 em 23:01

      E se alguém não tivesse publicado como era que as autoridades iram descobrir?

      • Gilmar Lopes

        24 de setembro de 2019 em 8:21

        Tem que enviar para as autoridades e não ficar espalhando nos grupos de WhatsApp

        • Policial decepcionado com alguns daqui

          24 de setembro de 2019 em 14:27

          O clamor social pressiona as autoridades a tomarem as providências. Em que mundo infantil vc vive, achando que é só chegar o vídeo nas mãos das autoridades já é suficiente? Quando o caso criminoso causa repercussão social a eficiência na investigação policial em encontrar o criminoso e a celeridade na condenação pelo poder Judiciário acontece. O mundo está entregue à maldade pq os mais agem e os bons permanecem silentes, inertes e querem fechar os olhos pra cruel realidade do mundo. Só interessa quando bater na sua porta?

          • Gilmar Lopes

            24 de setembro de 2019 em 14:42

            ok, então! Compartilha como quiser! Abração!

          • Maria

            24 de setembro de 2019 em 23:33

            @Policial decepcionado com alguns daqui , você NÃO É POLICIAL ou NÃO HONRA A SUA FARDA! 😐 Eu conheço Policiais de Verdade e eles sempre dizem para entrar imediatamente em contato com a delegacia e registrar BO para tomar as devidas providências. Onde já se viu isso? A Polícia tem que esperar que um crime tenha “repercussão social” para agir com “eficiência na investigação”? Conta outra estória, que essa tá muito fraca! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

          • Maria

            25 de setembro de 2019 em 0:13

            @Policial decepcionado com alguns daqui , outra coisa: e se esses INTERNAUTAS IGNORANTES das Redes Sociais cometerem algum ERRO, pegarem um SÓSIA, linchá-lo e assassiná-lo? Você vai ter coragem de vir aqui e apresentar-se como “Policial decepcionado”? 😐 KKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

      • Maria

        24 de setembro de 2019 em 9:22

        @Maria Cícera Lima de Oliveira , simples! A partir do momento que a mulher do sujeito postou o vídeo nas Redes Sociais, DENUNCIE PARA A POLÍCIA ao invés de espalhar conteúdo inadequado para terceiros que nada irão/podem fazer de efetivo. 😐

    • JOSUÉ RIBEIRO NUNES

      24 de setembro de 2019 em 6:23

      Pelo que percebi tem vários suspeitos de praticar esse ato respondendo a questão, se o cara foi violento com o bebê tem que ser encontrado em qualquer parte do mundo, simples assim

      • Maria

        24 de setembro de 2019 em 23:41

        @JOSUÉ RIBEIRO NUNES , esse é o trabalho ou competência da POLÍCIA, não é não? 😐 Ou será que os usuários das Redes Sociais gostam de bancar o detetive/investigador podendo correr RISCO DE VIDA? 😐 KKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Israel

      24 de setembro de 2019 em 11:08

      Na Cadeia teve o Merecido.

    • Aline

      24 de setembro de 2019 em 13:12

      Resolve sim!!! O mediante foi preso!!! Graças ao vídeo!

      • Gilmar Lopes

        24 de setembro de 2019 em 13:51

        Mas e agora que o sujeito já foi preso? Tenho certeza que vamos continuar recebendo esse vídeo por mais algumas semanas e ano que vem vai voltar a circular (e você vai receber novamente).
        Na dúvida, envia pras autoridades (e não espalhar na web).

    • HERMES SILVA SANTOS

      25 de setembro de 2019 em 16:04

      Acho correto compartilhar pode ser da China, vai ter que pagar. Só que antes verificar a autenticidade da matéria.

    • Edival Lima

      26 de setembro de 2019 em 8:38

      Resolve sim. Neste caso o homem já estava preso. Mas foi justamente pelo compartilhamento que a polícia chegou no homem. Graças às redes sociais, hoje ninguém fica mais impune.

    • Guilherme

      26 de setembro de 2019 em 12:53

      Teve tempo de filmar, mas não teve tempo de impedir

  2. Rafael

    23 de setembro de 2019 em 18:41

    Parabéns pelo trabalho Gilmar. A primeira coisa que faço é procurar no Google sobre o que realmente aconteceu. Como fiquei aliviado em saber que o bebê está bem.

  3. Ed

    23 de setembro de 2019 em 18:54

    Esse site é uma piada mesmo…dizem pra não compartilhar esse vídeo porque não é no Brasil e o agressor já foi identificado. Mas ao mesmo tempo vivem dando ênfase a postagens de vídeos internacionais que falam mal do Brasil e atacam o governo. Pela lógica deles teria que parar de compartilhar estes também já que foram vídeos de fora do Brasil.

    • KAYLA

      24 de setembro de 2019 em 1:21

      PERFEITO ED, PARECE Q POUCOS CONSEGUEM PENSAR

    • Maria

      24 de setembro de 2019 em 9:25

      @Ed , @KAYLA, pô caras! O assunto é CRIME e ainda aconteceu em outro país. Vocês tem que meter política em TUDO? Dá um tempo caras! Sejam vocês militantes/simpatizantes políticos, mas NÃO SEJAM CHATOS/FANÁTICOS! 😐

  4. felipe

    23 de setembro de 2019 em 19:09

    O pior é que acaba despertando mais raiva em todo mundo! e não ajuda em nada compartilhar o pior do mundo!

  5. Roque

    23 de setembro de 2019 em 19:33

    Recebi esse vídeo hoje e fiquei indignado, mas como sou cauteloso, não compartilhei o vídeo. Sempre duvido de certas postagens nas redes. Que bom que estou vendo a verdade aqui.

  6. Romário Ribeiro

    23 de setembro de 2019 em 21:19

    Muito obrigado por existir Gilmar. Estamos falando desse vídeo agora, todos achando que era ressente e tinha acontecido aqui. Fui pesquisar e mais uma vez você salvou o dia.

    • Victor

      24 de setembro de 2019 em 15:19

      Mas é recente e aconteceu aqui, não é porque não é no seu convívio social ou em outro país que deixa de ser importante, o fato é que uma criança foi brutalmente agredida por alguém que deveria lhe proteger do mal.
      Eu gostei de receber o video? Evidentemente que não, recebi em grupo onde só temos piadas e realmente estragou minha noite, minha esposa se pôs a chorar pois estávamos juntos no momento, nem consegui mais ver depois que ele deu o primeiro tapa no garoto
      Neste caso o compartilhamento foi efetivo, o agressor identificado, tomou uma surra que pra mim foi pouco, devia tomar uma dessa diariamente até o bebe crescer e ele mesmo bater o cara.

  7. Leonardo

    23 de setembro de 2019 em 21:22

    Acho certo compartilhar sim..pra que as autoridades tomem ciência do que está acontecendo em silêncio no mundo todo…são vários flagrante desse tipo…todo mundo precisa saber os seres irracionais que são esse monstros q fazem esse tipo coisa…deveriam pegar pena de morte…

    • Zayriele

      23 de setembro de 2019 em 23:58

      Eu espero que esse verme morra na cadeia que ridículo pedir desculpas isso me deixou mal !!!

    • Maria

      24 de setembro de 2019 em 9:32

      @Leonardo , não é mais fácil, lógico, racional e simples DENUNCIAR À POLÍCIA ao invés de espalhar CONTEÚDO INADEQUADO (Vídeo) nas Redes Sociais? Vocês estão querendo transformar a Internet tradicional numa DEEPWEB, é isso? 😐

  8. Andréa

    23 de setembro de 2019 em 21:22

    O pior é que agora estão compartilhando que o homem foi espancado no presídio…🤦🏼‍♀️

  9. Rosi

    23 de setembro de 2019 em 21:43

    Compartilhar esse tipo de vídeo pode até não resolver o problema do Mundo, mas só o fato de saber que ajuda a chegar no agressor é bastante importante e nesse caso, o malfeitor já está preso.

    • THIAGO DANTAS

      24 de setembro de 2019 em 8:18

      Concordo

  10. Renato

    23 de setembro de 2019 em 22:54

    Só merece proteção crianças de nacionalidade brasileira? Inconsistência; ou egoísmo mesmo.

  11. Cicera

    23 de setembro de 2019 em 23:54

    Que é farsa o que se o podre foi preso graças a Deus maldito e eu compartilhei e compartilho de novo viu isso é uma tristeza o que fazem com as crianças fiquei doente não esqueço não sai da minha mente Jesus abençoe nossos pequenos

  12. Jaqueline

    24 de setembro de 2019 em 0:44

    Compartilhe mesmo é compartilhem muito

    • Gilmar Lopes

      24 de setembro de 2019 em 8:20

      Tem que enviar para as autoridades e não ficar espalhando nos grupos de WhatsApp

      • Taciane

        25 de setembro de 2019 em 21:35

        Não adianta ficar se explicando Gilmar as pessoas só entendem o que elas querem! Quando a opinião está formada já era. Também penso da mesma forma. Se é algo que pode ser enviado diretamente para autoridades que possam interferir pra que mandar pra minha mãe minha vó por exemplo? Manda diretamente para a PM,PF Pra ONU como foi o caso! Eles sim poderiam fazer algo. Aqui no meu estado um vizinho com raiva do outro viralizou a foto dizendo que o cara era estuprador e que pegava as passageiras ele fazia uber. ou seja o homem foi nos jornais correndo dar entrevista e na policia pois temia pela sua vida e sabemos hj que existem muitos justiceiros, e isso as vezes inocentes é que sofrem como o caso da moça que foi confundida com uma sequestradora e acabaram lixando a mulher e matando. No final não era ela. Então, devemos ter cuidado com esse tipo de coisa sim, muitas consequências de atos n tem volta e o mundo anda muito cheio de maldade e pessoas cheias de más intenção. Acho que justiça nunca deve ser feita pelas próprias mãos, pois pra isso existem autoridades competentes. E até eles cometem erros. Se fomos voltar a lei do olho por olho e dente por dente. Os seres humanos terminarão cegos e banguelas.

        • Taciane

          25 de setembro de 2019 em 21:44

          claro que não devemos ficar inertes temos obrigação sim em tomar atitudes, mas responsáveis. Existem Leis e viralizar violências, estupros, espancamentos não é a solução. o mesmo compartilhamento feito em um grupo da família pode ser feito num site da policia federal por exemplo e tenho certeza que nenhuma dessas pessoas fizeram. Porem como disse anteriormente não adianta discutir com opiniões formadas. O mais triste é ver pessoas que n conseguem defender seu ponto de vista sem agredir. Fiquem na paz!

    • Lucho

      24 de setembro de 2019 em 12:57

      Sofativista retardada

  13. Débora

    24 de setembro de 2019 em 1:08

    Quando vi esse vídeo hoje, chorei um monte

    • Gilmar Lopes

      24 de setembro de 2019 em 8:20

      pra ser sincero, nem vi o vídeo todo! 🙁

      • Sinceridade

        24 de setembro de 2019 em 16:34

        Cada um faz oque quer , se aparece a opcao Compartilhar, a escolha é de cada um , entao giarda sua opniao pra vc fio . Compartilhem quem quiser . O filho da puta merecia morrer , mas simplemente ele vai ser preso , e logo logo sera solto pra fazer mas barbaridades .

        • Maria

          24 de setembro de 2019 em 23:35

          @Sinceridade , também tem a opção de BLOQUEAR e DENUNCIÁ-LO por CONTEÚDO INADEQUADO! Dê adeus à sua conta! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

    • Edival Lima

      26 de setembro de 2019 em 10:35

      Eu também, mas ainda que existem redes sociais. Nada fica oculto.

  14. Selma

    24 de setembro de 2019 em 9:22

    Tem que compartilhar sim, crianças sofrendo, não podemos ficar calados. As redes sócias tem longo alcance e não fica restrita só ao Brasil

  15. Victor Henrique Gonçalves

    24 de setembro de 2019 em 11:31

    De que adianta compartilhar agora? O cara já foi identificado e preso. O caso já foi resolvido. Isso é notícia velha. O que tinha que fazer já foi feito. Espalhar um vídeo desses depois que o caso já foi resolvido só vai poluir as redes sociais.

    • Gilmar Lopes

      24 de setembro de 2019 em 11:35

      eu, por exemplo, recebei em um grupo de piadas e abri todo achando que ia dar umas risadas… Estragou meu dia! 🙁

  16. Charlie

    24 de setembro de 2019 em 12:21

    Sendo Brasil ou não,varias atrocidades escapavam impunes,hoje com esse meio eletronico de mensagens em tempo real,esses maniacos são identificados e presos logo,Brasil ou não serve de exemplo para esses monstros e outros dementes,pois nem animais fazem isso com seus fihotes.

    • Maria

      24 de setembro de 2019 em 14:19

      @Charlie , pelo contrário! Na maioria das vezes a Polícia diz que ATRAPALHA NAS INVESTIGAÇÕES, pois vocês ALERTAM esses criminosos que TAMBÉM utilizam Redes Sociais e assim que eles sabem mudam para outro local, destroem as provas, somem das redes etc. O ideal é denunciar e/ou prestar BO DIRETAMENTE À POLÍCIA (muitos não fazem isso) e deixar a cargo deles. 😉

  17. adriana

    24 de setembro de 2019 em 15:57

    quando recebo esses tipos de coisas, não costumo compartilhar não, seja em whatsapp, face, instagram…é pesado demais. Por isso mesmo sempre venho visitar este amado site pra conferir se a noticia é real ou não, confio plenamente no e-farsas! E Gilmar, não dê importancia pra esses seres que estão te ofendendo, continue com esse excelente trabalho!!!

  18. suzan

    24 de setembro de 2019 em 16:07

    tem que compartilhar sim.

  19. suzan

    24 de setembro de 2019 em 16:12

    tem que compartilhar sim, aos que não querem ver e simplismente fechar os olhos pra desgrça que está o pais e fingir que está tudo bem, problema de vcs, só acreditam quando acontece próximo ai querem se revoltar, não querem ver é simples, assim que abrirem o video nao terminem de ver, mas não conseguem pq a curiosidade fala mais alto, então quem quer compartilhar compartilhem mesmo, pq infelizmente essa é a realidade do mundo que estamos, um lixo . E isso acontece no Brasil também. Através da rede social podemos salvar vidas, pois hoje em dia muitos têm parentes que moram fora do Brasil e podem compartilhar lá também.

    • Maria

      24 de setembro de 2019 em 18:16

      @suzan , EXPERIMENTE então! Depois NÃO RECLAME se você tiver sua conta CANCELADA, receber ESPORRO de pessoas que não querem ver esses tipos de crueldade e/ou tiver PROBLEMAS JUDICIAIS por compartilhar CONTEÚDO INADEQUADO na Internet e Redes Sociais. 😉 KKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  20. Kleber

    24 de setembro de 2019 em 16:40

    Exatamente, Maria.. O foda é que o povo adora um sensacionalismo barato e ACHA que contribui com algo assim…

    • Maria

      24 de setembro de 2019 em 18:20

      @Kleber , eu já entrei na DEEP WEB e lá vi coisas de VIRAR O ESTÔMAGO. Agora esses CRETINOS IGNORANTES querem trazer essas PORCARIAS para Internet tradicional ao invés de chamar as autoridades. Vão para o INFERNO! Esses ignorantes não tem um mínimo de bom senso. 😐

  21. Raquel Bernardo

    24 de setembro de 2019 em 16:46

    Meu deus!!! me arrependi porque abri este video, chorei copiosamente de dó e revolta, me mandaram ontem e acho que vou custar a tirar essas imagens da minha cabeça. pesso a Deus que essa criança seja um adulto maravilhoso e que só tenha alegrias em sua vida… já para o agressor, nem a morte esse monstro merece

  22. Carlos Roberto de Souza

    24 de setembro de 2019 em 21:57

    Qualquer pessoa que tortura uma criança não merece perdão! Não importa a religião, descrença ou cultura.

  23. Giulia

    24 de setembro de 2019 em 23:14

    Ainda que seja doloroso ver uma bebê sendo torturada, este tipo de vídeo deve ser compartilhado. É a única chance desta criança ser salva deste pai insano.

  24. Elevir

    25 de setembro de 2019 em 10:23

    Vejo pessoas dizendo pra não compartilhar?? Como assim??? Esse monstro SÓ foi encontrado graças ao compartilhamento. Ou alguém acha que não devemos nos envolver? Hipócritas. Esse animal tem que apetecer na cadeia e apanhar todos os dias. Que acha que não se deve divulgar tamanha violência para com um ser tão indefeso, me desculpe, mais é pois que esse monstro. Tenho dito

    • Gilmar Lopes

      25 de setembro de 2019 em 10:45

      Estamos preparando um guia com algumas dicas de como proceder em casos como esse!

      • Adolfus

        25 de setembro de 2019 em 11:19

        boa Gilmar Lopes tem meu respeito rapaz, esses idiotas não entendem que não dá certo compartilhar o vídeo e deveria enviar para policia, mas esses idiotas vão ficando mandando o vídeo tempo todo para grupos como zumbis versão gado…, li seus comentários e concordo contigo, você tem muito paciência e meu respeito por isso te admiro você trabalhar e aguentar os idiotas que atacam você porque são trolls querendo ração (atenção) como cachorros sem ética e moral.

        • Taciane

          25 de setembro de 2019 em 21:53

          vdd! O ser humano a cada dia ta mais difícil de evoluir. Não compreendo se é questão de evolução, vejo muita ignorância, preguiça falta de educação hj em dia. A linha de raciocínio de muitos regridem a cada dia é como se estivéssemos voltando para a idade da pedra!

  25. adriana

    25 de setembro de 2019 em 13:26

    elevir deixe de ser idiota!!! o gilmar ta tentando explicar pra vc e mais estes outros retardados que estão falando que tem que compartilhar mesmo, que não se devem compartilhar notícias falsas, ele tá dizendo que o video infelizmente é verdadeiro, mas não a noticia que vem junto pois o cara não é nem daqui e já foi preso!!! Cada país tem suas leis e nós aqui do brasil não vamos poder ajudar se o caso foi lá na conchinchina! deu pra entender ou tem que desenhar??? compartilhar pra dar exemplo??? exemplo de que???? quem tem que dar exemplo é a justiça fazendo sua parte e prendendo o infeliz!!! e se receber vídeos ou fotos, faça sua parte denunciando aos órgãos competentes e pesquise pra ver se é real ou não!

    • Taciane

      25 de setembro de 2019 em 22:05

      Pois é Adriana eles não intendem ou se fazem. É para compartilhar SIM! Mas, para as pessoas certas!
      Concelhos Tutelares, Policia Militar, Policia Civil, ONU.
      Para órgãos que possam tomar providência. Pq compartilhando em grupos n muda em nada a situação! Ai muitos dizem: -ahhh mais vai viralizar e vai chegar na policia! E nesse meio tempo a criança morre!
      Já que vai gastar o dedo enviando num grupo pq n fazer o certo e manda direto pra policia evitando o intermédio!
      Sempre vai aparecer desculpas e sempre vão continuar com isso infelizmente!

  26. Irenice Rodrigues da Silveira

    25 de setembro de 2019 em 18:23

    Recebi hoje dia 25,um vídeo supostamente gravado de um quintal vizinho de uma mulher de uns 45 a 50 anos batendo numa velhinha com o cabo de vassoura e depois a empurrava .Esse vídeo foi compartilhado? Alguém sabe se aquela mulher foi presa? Não deve ser filha, não pode.Um horror.

  27. Edival Lima

    26 de setembro de 2019 em 10:19

    Sou estudante de Letras, e Sociologia é um assunto muito presente no meu curso. A Sociologia tem o papel de entender os problemas do mundo, e como tal, tentar resolvê-los. Mas, de acordo com as minhas convicções religiosas, não é o ser humano que vai mudar o mundo, mas Deus vai agir no tempo certo e acabar com toda a maldade. Pois bem, isso não quer dizer que vamos ficar parados, sem fazer nada, vendo tanta coisa acontecer ao nosso redor. O QUE ESSE CARA FEZ NÃO DEVE SER ESQUECIDO. Se esse tipo de vídeo deve ou não deve ser compartilhado, já é outro assunto. A questão é, que, o homem somente foi preso, graças à pressão de internautas. Se isso viola as políticas do Whatsapp, Facebook, You Tube, ou seja lá, quem for, já não é assunto meu. Vale lembrar que conteúdo impróprio ou sem nenhuma ou pouca importância, tomam conta das redes e ninguém faz nada para impedir sua disseminação. Violência contra crianças acontece toda hora, em todo lugar. Não dá pra fazer vistas grossas diante de um assunto como esse. Vale lembrar que graças às redes sociais, nenhum criminoso fica mais impune.

    • Maria

      26 de setembro de 2019 em 13:25

      @Edival Lima , o fato dessas empresas privadas de Redes Sociais serem ineficientes em coibir esse tipo de conteúdo em tempo real não quer dizer que pessoas sensatas devam apoiar ou serem permissivas com isso. Eu, por exemplo, se receber esse tipo de conteúdo, DELETO o sujeito que compartilhou isso e ainda DENUNCIO para o suporte de tais Redes Sociais. 😉

  28. Edival Lima

    26 de setembro de 2019 em 10:48

    Não se deve publicar esses conteúdos em redes sociais? Se olhar por essa lógica, então, o programa do Datena devia sair do ar, não acham? E olha que o programa dele já ajudou a prender muito criminoso.

    • Maria

      26 de setembro de 2019 em 13:34

      @Edival Lima , sim! “Repórteres“ e “jornalistas“ como o Datena e Sherazade deveriam ser BANIDOS! A maioria do jornalismo brasileiro é uma M3RD…, hã…, quero dizer, uma PORCARIA SENSACIONALISTA, tanto é que os dois estão cheios de PROCESSOS JUDICIAS nas costas. Repórter profissional tem que dar a NOTÍCIA e/ou o FATO, nada de ficar opinando, comentando, alegando sem provas, dando pitaco nas Redes Sociais etc. Exemplos de bons Jornais Profissionais são a BBC britânica e a NHK japonesa. 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  29. Edival Lima

    26 de setembro de 2019 em 10:53

    No material que recebi, não dizia que o cara morava no Brasil, como alguns estão dizendo. Portanto, a notícia não pode ser tida como falsa. Falsa é a informação de que ele foi torturado na prisão.

    • Maria

      26 de setembro de 2019 em 13:40

      @Edival Lima , e o E-Farsas NÃO DISSE que é “falsa“. Disse apenas que não ocorreu no Brasil (respondendo às duvidas de alguns internautas) e o que o sujeito já foi preso. 😉

  30. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 8:26

    MENTIRA. FAKE NEWS. Este cara foi visto ontem aqui no face. Ele mimava cachorro. Esta postagem foi para ofender os palestinos. O biotipo dele não tem nada haver com palestinos. A criança não suportaria e chegaria a desmaio. Coisas de Judeus. Olha o nome do cara “BENJAMIM DE OLIVEIRA”. http://www.e-farsas.com/homem-e-flagrado-batendo-em-um-bebe-sera-verdade.html

  31. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 8:27

    FAKE NEWS. Este cara foi visto ontem aqui no face. Ele mimava cachorro. Esta postagem foi para ofender os palestinos. O biotipo dele não tem nada haver com palestinos. A criança não suportaria e chegaria a desmaio. Coisas de Judeus. Olha o nome do cara “BENJAMIM DE OLIVEIRA”. http://www.e-farsas.com/homem-e-flagrado-batendo-em-um-bebe-sera-verdade.html

  32. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 8:40

    FAKE NEWS. Este cara foi visto ontem aqui no face. Ele mimava cachorro. Esta postagem foi para ofender os palestinos. O biotipo dele não tem nada haver com palestinos. A criança não suportaria e chegaria a desmaio. Coisas de Judeus. Olha o nome do cara “BENJAMIM DE OLIVEIRA”.

  33. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 9:03

    O vídeo foi apagado depois do meu comentário. Quer prova melhor?

  34. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 9:32

    Depois do meu comentário apagaram o vídeo. Quer prova melhor ?

  35. giampaoline canazza

    27 de setembro de 2019 em 9:33

    Esta compartilhado em minha página. Depois do meu comentário apagaram o vídeo. Quer prova melhor ?

    • Abdu Mahoud chad

      30 de setembro de 2019 em 7:29

      Ta maluco cara? comeu merda? quem tu acha que é pra afirmar que o video foi tirado “depois do meu comentario”? kkkkkkkkkkk… ofender palestinos? kkkkkkkkkk… tas fumando fezes mesmo, energumeno!

  36. Valério

    7 de outubro de 2019 em 8:26

    Jornalista Gilmar só quer ver vídeos se for do interesse, fofocas é o ideial pra você

    • Gilmar Lopes

      7 de outubro de 2019 em 8:37

      Não sou jornalista!

  37. Marcelo Silva

    14 de outubro de 2019 em 20:50

    Galera
    Vamos compartilhar o vídeo sim, à exaustão, até que esse agressor que mora em Fortaleza (ou em qualquer outra cidade que inventarem junto ao vídeo,) seja incriminado e punido.
    E vamos aguardar alguém que se pareça com o cara do vídeo ser punido pelo tribunal da web e espancado em praça pública por ser agressor de bebês.
    Isso que vai acontecer em breve.

  38. Rômulo Crispim Alves

    22 de outubro de 2019 em 7:40

    É muito complicado essa questão de fakenews. Cria-se uma história falsa em cima de uma verdadeira. Fazendo com que o leitor dê credito a parte falsa.
    O grande problema são as consequências que podem ser geradas através dessa pratica.
    Injustiçamentos de pessoas inocentes, linchamento de pessoas parecida com os autores das ações na noticia, prejuízo finaceiro em relação a profissão (No exemplo da van de fotografia que “raptava” crianças) que não pode ser mais exercida em paz sem aparecer alguém querendo fazer “justiça” com as próprias mãos. Degradação da imagem e honra das pessoas, brigas em grupos de rede sociais, e por aí vai.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Apoio técnico!

Topo