Conecte com a gente

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

E-farsas.com – Desvendando farsas da web desde 2002!

Johnny Depp ajudou brasileiros e falou mal do Governo?

Cinema / TV

Johnny Depp ajudou brasileiros e falou mal do Governo?

Johnny Depp ajudou brasileiros e falou mal do Governo?

É verdade que o ator de Hollywood entregou aparelhos de surdez para pacientes no Brasil e ainda falou mal dos nossos governantes?

A notícia apareceu na web no dia 27 de setembro de 2015 e afirma que o ator norteamericano teria vindo até o Brasil, onde teia distribuído centenas de aparelhos auditivos à pessoas carentes, zerando a fila de espera do SUS.

Além disso, o texto que se espalhou através das redes sociais diz que Johnny Depp teria dito em entrevista que:

“Os governantes deste país deviam ter vergonha por não cuidar do seu povo”

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

Johnny Depp teria dito que se envergonha dos nossos governantes. Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Johnny Depp teria dito que os nossos governantes deveriam se envergonhar. Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Johnny Depp já apareceu aqui no E-farsas em outros boatos envolvendo o seu nome, como na falsa notícia afirmando que ele estrelaria a refilmagem de O Poderoso Chefão. Se valendo de uma das principais caracteristicas de um hoax, os criadores de boatos usam a imagem de alguém famoso para atrair a atenção do maior numero de leitores.    

Nesse caso, que apareceu no final de setembro de 2015, o boato mistura dados reais com um monte de invenções… Tudo para confundir o leitor e conseguir ser repassado adiante.

Johnny Depp veio ao Brasil no final de setembro de 2015 para tocar junto com a banda Hollywood Vampires no Rock in Rio e distribuiu, sim, aparelhos auditivos (o show ocorreu no dia 24). Essas são as partes reais da história, mas há alguns detalhes que precisam ficar claros aqui.

As doações dos aparelhos auditivos (200, ao total) foram feitas pela banda Hollywood Vampires, em parceria com a Starkey Hearing Foundation e a Prefeitura do Rio de Janeiro. A esposa de Johnny Depp, a atriz Amber Heard, também participou da entrega dos aparelhos.

Ator participou da entrega de 200 aparelhos auditivos! (foto: Divulgação)

Ator participou da entrega de 200 aparelhos auditivos! (foto: Divulgação)

Envie suas dúvidas e sugestões para o nosso WhatsApp no (11)96075-5663

Depp, como um dos integrantes da banda, participou do evento e por ser uma celebridade (que também realiza diversos trabalhos filantrópicos pelo mundo), acabou ficando em evidência nas matérias, dando entrevistas que foram publicadas em todos os principais jornais.

No vídeo abaixo, podemos ver o momento em que uma das pacientes recebeu o aparelho:

 

Como a fila de espera para se conseguir um aparelho auditivo pelo SUS é muito grande (segundo o Ministério da Saúde, entre os anos de 2012 e 2014, foram ofertados 600mil aparelhos pelo SUS) o ato da banda de Johnny Depp é apenas uma pequena gota num oceano de necessidades brasileiras. Infelizmente, isso não “zera” a fila de espera do SUS, mas ajudou algumas pessoas que precisavam e incentiva outras a fazer o mesmo.

Quanto à parte do rumor afirmando que Johnny Depp teria dito que se envergonha dos nosso governantes, nenhum jornal publicou uma nota sequer a respeito dessa frase e uma busca nos principais sites de buscas nos mostra que não há nenhuma prova de que ele tenha dito isso mesmo.

Até o site do partido do Governo publicou uma nota enaltecendo o ato de Johnny Depp e da banda Hollywood Vampires. De acordo com um assessor do Ministério da Saúde, a ação foi bem-vinda pelo Governo, entretanto, a Pasta informa que a doação atendeu “apenas a ponta de uma fila” de necessitados sem audição, de um único gestor do SUS, o município do Rio de Janeiro.

“O que ele (Johnny Depp) fez foi generoso, merece ser enaltecido – toda ajuda é bem-vinda. Mas o compromisso do governo é com mais de cinco mil municípios de todo o país”, avaliou o porta-voz do Ministério.

Conclusão

Johnny Depp participou da entrega de 200 aparelhos auditivos para pacientes cariocas, mas não disse que se envergonha dos nossos governantes. Ele fez parte de um evento bacana e, infelizmente, não zerou a fila do SUS de pessoas que precisam do aparelho de surdez.  

Continue lendo
26 Comentários

26 Comments

  1. Snorlax Deitão

    30 de setembro de 2015 em 23:41

    Segundo o RJTV do dia que isso aí aconteceu, ele zerou a fila de espera da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Ok, a obrigação do Governo Federal é para com mais de 5 mil município, mas uma pergunta ainda é pertinente: Como um ator consegue zerar uma fila de espera de uma cidade como o Rio de Janeiro e a Prefeitura dessa cidade não consegue?

    Tem alguma coisa errada aí!

    Povo de São Paulo, peçam um Rock In Rio em São Paulo, vai que o cara traz o tanque em que filmaram Piratas do Caribe pra vocês!

    • eudes

      6 de outubro de 2015 em 20:24

      Da proxima vez ele precisa parar o perola negra e bombardear o rio de janeiro essa porcaria de cidade cheia de vermes…

    • Antonio

      14 de Janeiro de 2016 em 20:52

      tu acha q só tem 200 surdos em toda a cidade do Rio de Janeiro??? interessante

      fazendo uma pesquisa simples no google, por “percentual de pessoas surdas”, tu vai encontrar vários portais e sites falando entre 15% e 20%, outros falando em 16% no mundo, então quer dizer que 200 pessoas são 16% da população da cidade do Rio de Janeiro??

  2. Adriano do espírito santo pinheiro

    1 de outubro de 2015 em 3:32

    Fico triste vendo a rede recor paga 2 milhões para um bando de pessoas famosas pra ficar numa fazenda brigando e discutindo. Bem que éla poderia pegar essa grana e ajudar e compra uns aparelhos

  3. Ivo Wenclaski

    1 de outubro de 2015 em 7:25

    Boa ação é diferente de caridade. Em termos de caridade o que ele fez é igual a zero, deu do que lhe sobra, e outra, “que não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita”.

    • Milton Crevelaro

      3 de outubro de 2015 em 9:56

      Boa Ivo, é uma observação “justa e perfeita”. Abr. fraterno

  4. Glauco

    1 de outubro de 2015 em 8:17

    Sempre gostei muito do site, porém percebo que sempre que se envolve o governo/PT, o editor toma as dores e tenta desviar a atenção. Minorar o ato filantrópico da banda não diminui a responsabilidade estatal!

    • Gilmar Lopes

      1 de outubro de 2015 em 8:27

      Nesse caso, o prefeito do Rio de Janeiro é do PMDB. Não estou defendendo nenhum partido aqui e, pelo contrário, estou dizendo que Johnny Depp não falou mal dos nossos governantes (pelo menos, não encontrei nenhuma prova de que ele tenha dito).
      Se você ler o texto com atenção, vai perceber que não estou defendendo nenhum partido e escrevi que o ato do qual Johnny Depp participou é louvável e que outras pessoas deveriam se espelhar nisso, inclusive o Governo (seja ele de qual partido for).
      Precisamos parar com essa mania de achar que só porque tem política no meio, é coisa do PT (ou do PMDB) e por isso estamos defendendo esse ou aquele partido.
      Pega esse tempinho que você tem sobrando e tenta ajudar alguém que precisa ou tenta trabalhar para tirar o PT, PMDB, PSDB, PSOL e outros do poder.
      Obrigado pelo contato!

      • José Carlos Guimarães

        1 de outubro de 2015 em 9:57

        Bela resposta Gilmar Lopes…Parabéns pelo site, abraço!

      • Ivan Soares

        1 de outubro de 2015 em 10:22

        As pessoas deturpam demais… onde desmentir virou sinônimo de defender? Que pessoas bitoladas…

      • JESSÉ

        1 de outubro de 2015 em 12:31

        Concordo com seu comentário Gilmar.

      • Glauco

        2 de outubro de 2015 em 20:14

        Então quer dizer que se eu faço um breve comentário, primeiro elogiando o site e, depois, fazendo uma crítica, estou com tempo sobrando? Bom saber que é essa a forma como recebe críticas! Inobstante, continuo acompanhando as postagens do site, pois tenho muito tempo sobrando!

        • Gilmar Lopes

          2 de outubro de 2015 em 21:31

          Uma coisa não invalida a outra! Você elogiou o site e logo em seguida me acusou de ser partidário. Apenas me defendi.
          Desculpa aí se fui rude!
          Abração amigo.

          • ivomar

            29 de outubro de 2015 em 12:27

            Estamos chegando ao ponto de protofacismo quando negamos a tudo e todos o direito de divergir. Ai do individuo que resolva defende o justo se for algo paralelo a alguma ação do governo. É taxado de comunista, corruptos e etc.

    • Lucho

      4 de outubro de 2015 em 8:16

      Aí glaquinho. Podia ter ido dormir sem essa, hein? Maldita inclusão digital.

      Agora volta para aquela enorme favela virtual chamada Facebook pois lá é que é lugar para gente como você.

  5. Neiri teodoro

    1 de outubro de 2015 em 9:17

    Se ele disse isso, não falou mal nenhum só disse a verdade!

    • Ivan Soares

      1 de outubro de 2015 em 10:16

      Vc não entendeu o texto…

  6. Luzia Madalena

    1 de outubro de 2015 em 9:53

    Qual é o problema se o governo fizesse a lição de casa podia ficar sem essa mesmo que ele não zerou 200 aparelhos ja e um bom começo, o Brasil Não precisa de caridade precisa de gente seria. Pois dinheiro publico tem.

  7. Clarice Lima Averina

    1 de outubro de 2015 em 10:42

    Era só o que faltava, u,m americano se intrometer em assuntos internos do Brasil, criticando o governo. Esse boata deve ter sido lançado pelo DEM e PSDB. Os americanos nada sabem de nós, pensam que a capital do Brasil é Buenos Aires

    • JESSÉ

      1 de outubro de 2015 em 12:33

      Acho que vc só leu o título da matéria e veio comentar.

      Que triste que pessoas assim como vc tenha o direito de votar :/

  8. Reinaldo

    1 de outubro de 2015 em 15:19

    Me entristece ver Facebook,Google+ e outras redes sociais cheias de pessoas”avoadas”compartilhando coisas sem saber se o que há por trás do fato é verdade ou não.Mais raiva ainda é ver pessoas falando”ah,você é petista,é tucano,não sei o que…”,mesmo as eleições tendo passado há 1 ano.Boa parte do nosso povo estão doentes da cabeça,parece que tem cérebro de zumbi.

    • Gilmar Lopes

      1 de outubro de 2015 em 15:32

      O que me entristece de verdade é imaginar que muita gente quer mudar o mundo, mas é incapaz de lavar a louça pra ajudar a mãe!
      A mudança tem que começar ao redor, tem que começar por perto.
      Fulano é contra a corrupção, mas está protestando em um Windows pirata!
      Sicrano é contra a desonestidade do país, mas corta pelo acostamento no trânsito!
      A garota protesta contra a roubalheira, mas esqueceu que ela pegou um dinheiro emprestado do pai e nunca mais vai pagar!
      O irmão critica aquele país do outro lado do mundo que não crê na mesma fé que a dele, mas sequer tem a coragem de atravessar a rua para dar um pão ou uma coberta para quem está passando necessidade na casa ao lado.
      vir aqui nos comentários e criticar quem o blog apoia ou desapoia é muito mais fácil do que se candidatar a um cargo público e fazer a diferença.
      Muitas pessoas não vão na assembleia do condomínio por “não gostar de se misturar com aquele povo” e depois reclama das decisões tomadas pela votação dos que tiveram o trabalho de ir á reunião.
      Criticar a pobreza e a desigualdade social é muito mais fácil do que fazer algo por aquele morador de rua que insiste em “estragar o visual” da sua rua.
      Isso, sim, me entristece…

  9. Renato

    2 de outubro de 2015 em 11:48

    A notícia foi bem simples. É óbvio que Jonhy Deep não teria vergonha do governo que o Brasil tem. Essa vergonha cabe aos eleitores brasileiros.

  10. marcelo

    3 de outubro de 2015 em 21:28

    Bastou ter alguma critica ao governo do país pra página vir em defesa, e não adianta responder não, Gilmar. Toda hora voce faz isso, pára que ta ficando feio rapaz!!

  11. F Antonio

    3 de outubro de 2015 em 22:59

    Pessoas adoecidas na sua molesta e infinita comodidade, incapacidade e absoluta ignorância, mal ouvem ou leem qualquer notícia que mencione a palavra governo e já vem eles com suas muletas-da-sapiência-justiceira, acusando, julgando, condenando, matando, explodindo. . . Falam tanto dos políticos, das leis, do País, mas. . . não fazem nada relevante para mudar essa situação que enfrentamos, governo após governo, que retroage a Cabral. É de pasmar ver que muitos exacerbados ignorantes ainda insistem na fracassada idéia de atacar partido A e defender partido B. Chegam, na cegueira inerente aos desinformados, a defender um político por ser MENOS LADRÃO do que outro: um delírio de exacerbados ignorantes, que sempre caem e fazem o joguete dos políticos, num mundo em que há muitos espertinhos, tantos espertos e alguns outros espertalhões. . . É ridículo ver um povo bater panela, fazer passeatas por centavos (e dizer que não é pelos centavos), e, no fim, tudo prosseguir pior do que antes. . .

  12. gerson

    9 de outubro de 2015 em 22:16

    O cabeludo ao fundo é o Alice Cooper, ou estou enganado?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Doe Bitcoin

15c5g4Y4vk84WuTNgVQ3ttqN9fv4JUbqNP

Categorias

Voltando a Circular

Links patrocinados

Publicidade

Topo