Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Relógio suíço moderno encontrado em tumba de 400 anos!

Falso

Relógio suíço moderno encontrado em tumba de 400 anos!

Um relógio suíço teria sido descoberto em uma tumba da época da dinastia Ming, na China. Como o objeto só poderia existir atualmente seria ele uma prova de viajantes do tempo?  

A notícia surgiu em 2008, mas voltou à mídia no dia 18 de janeiro de 2014, depois de ser (re)publicada no blog do canal de TV por assinatura History. De acordo com o texto, o pesquisador Jiang Yanyo, curador do Museu de Guanxi, disse em entrevista que o estranho artefato é um relógio de metal, encontrado em dezembro de 2008, na tumba de Si Qing, da dinastia Ming, de 400 anos de idade. O relógio tem apenas 100 anos e contém a inscrição “Suíça”, um país inexistente durante a dinastia Ming.

O pesquisador disse ainda que ele e sua equipe estavam escavando o solo em volta do caixão quando um pedaço de pedra caiu no chão, fazendo um som metálico. Ao limpar o objeto, perceberam se tratar de um anel – que, depois de limpo, mostrou ser um relógio com a inscrição “Suíça”.

A descoberta abriu as portas de inúmeras teorias que vão desde a possibilidade de seres de outros planetas terem nos visitado em épocas remotas ou de viajantes do tempo, que voltaram aos séculos passados e, por um descuido, deixaram cair o artefato no local.

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Relógio "moderno" teria sido encontrado dentro de tumba de 400 anos! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Relógio “moderno” teria sido encontrado dentro de tumba de 400 anos! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Quando a notícia apareceu em 2008, cogitamos que poderia ser apenas um viral para a divulgação de algum novo filme de Hollywood. No entanto, o tempo passou e nada mais foi dito sobre isso. Até que, no dia 18 de janeiro de 2014, o canal History resolveu requentar uma matéria que ele mesmo havia publicado em junho de 2013.

Sob o título de “Mistério ainda sem respostas”, o History fez o que ele sabe fazer de melhor: Enrolar a audiência com matérias que não acrescentam em nada do que já se sabe. Simplesmente pegaram uma história interessante antiga e disseram que “continua como está”!

Ao contrário do que fez o History Channel, resolvemos dar uma pesquisada ao bom e velho estilo do E-farsas, usando a própria internet como ferramenta (aliás, isso poderia ter sido feito por qualquer estagiário da prestigiada rede de TV por assinatura).

Teorias

Os milhares de sites e blogs sensacionalistas e criadores das teorias mais malucas e absurdas possíveis sugerem que o tal relógio achado na China poderia ser:

  1. Um artefato deixado por algum visitante de outro planeta que, sem querer, deixou vestígios de sua visita;
  2. Objeto de um viajante do tempo que, sem querer, deixou vestígios de sua visita;
  3. Foi enviado para o passado intencionalmente por alguma equipe de pesquisa que, de alguma forma, descobriu como viajar no tempo;

Qual dessas teorias é a mais provável? E se acrescentarmos que houve uma contaminação do local da escavação? Essa, sim, seria a mais racional!

É bem provável que um objeto tão pequeno como aquele não faça um barulho perceptível ao cair no chão. Além disso, o minirrelógio parece estar esverdeado (possivelmente) pela presença de cobre e uma inscrição “Swiss” seria muito pequena (para esse tamanho) para ser lida a olho nu.

De qualquer maneira, o fato do relógio ter parado às 10:10 pode ser devido ao fato de que o objeto, na verdade, seja apenas um enfeite – como um brinco – que só mostra mesmo esse horário.

Relógio visto de lado se parece mais com um anel ou com um brinco!

Relógio visto de lado se parece mais com um anel ou com um brinco!

Podemos ver que em todas as propagandas de relógio, os aparelhos são sempre apresentados com os ponteiros marcando 10 horas e 10 minutos (ou 1h50m). Já reparou?

A explicação para isso, conforme explicado no Metamorfose Digital, é que os ponteiros dos relógios nas propagandas formam um “V”, que significa “aceitável”, além de que a posição pode ainda ser identificada como um sorriso.

Todas as propagandas de relógios mostram os ponteiros marcando 10:10. Já reparou? (foto: Divulgação)

Todas as propagandas de relógios mostram os ponteiros marcando 10:10 ou 1:50. Já reparou? (foto: Divulgação)

 

Contaminação do local

Descartando todas as teorias de viajantes do tempo e de visitantes extraterrestres, ficamos com a mais provável: Contaminação do local de pesquisa!

A equipe do pesquisador Jiang Yanyo (que, na verdade, se chama Jiang Yanyu e o History escreveu errado) pode ter encontrado vestígios de objetos mais recentes misturados à lama e terra em torno da tumba. Isso, se a gente descartar a possibilidade da tumba ter menos de 400 anos.

Entre em contato com o E-farsas via WhatsApp: (11) 96075-5663

É bom ressaltar que a matéria do History não disse que o relógio foi achado do lado de fora do enorme bloco de pedra, que era o objeto do estudo de Jiang Yanyu e de sua equipe. Do jeito que o achado foi noticiado, dá a impressão que o relógio estava dentro da tumba de Si Qing.

Uma prova para essa teoria da contaminação é uma reportagem publicada no dia 29 de novembro de 2008, em chinês, pela agência Xinhua. De acordo com a matéria, durante o transporte do caixão de concreto houve um vazamento de um líquido marrom de dentro do bloco, comprovando que houve infiltração no solo e, por consequência, o caixão havia sido contaminado por elementos de outras datas!

Vazamento mostra que houve infiltração e possível contaminação da tumba! (foto: Divulgação/Xinhua)

Vazamento mostra que houve infiltração e possível contaminação da tumba! (foto: Divulgação/Xinhua)

Relógio em forma de anel

Muita gente acha que os povos antigos não eram capazes de fazer coisas bacanas como um relógio minúsculo como esse, mas acredite, mas houve um tempo em que usar “relógios de dedo” era moda (e um luxo) na Europa e Estados Unidos!

Abaixo, um recorte de um anúncio de um desses relógios, de 1938:

Relógio de dedo

Relógio de dedo de 1938! (foto: Reprodução)

E esse relógio Rolex, de 1950:

relogio_tumba5

 

E se você acha que relógios de dedo de quase 100 anos de idade são muito recentes, dá só uma olhada nesse suíço, de 1890:

Relógio-anel de 1999999

Relógio-anel de 1890! (foto: Reprodução/Antique)

Curiosidade: A fábrica Vacheron Constantin foi fundada em 1755 e é considerada a fábrica mais antiga de relógios ainda em operação na Suíça.

Outra curiosidade: A Suíça existe como Confederação Suíça desde 1291!

Swiss Made

A inscrição “Swiss Made” (feito na Suíça) foi adotada no final do século 19 pelos fabricantes de relógios para comprovar a autenticidade dos produtos fabricados naquele país. É um tipo de carimbo, grafado na frente do mostrador, geralmente localizado acima do numero 6. São duas palavras e não apenas “Swiss” como mostrado na notícia. Possivelmente, o tal relógio seja uma cópia chinesa barata!

Inscrição "Feito na Suíça" é um comprovante de autenticidade do relógio! (foto: reprodução/Wikipédia)

Inscrição “Feito na Suíça” é um comprovante de autenticidade do relógio! (foto: reprodução/Wikipédia)

 

Outras possíveis explicações

O relógio suíço apareceu na Genebra em meados do século 16. Na época, a China mantinha o comércio marítimo com o Portugal, Espanha, Japão e Holanda. É possível, portanto, que o “morador” do caixão (datado em torno do ano de 1600) tenha sido um viajante endinheirado, ou poderia ter comprado o relógio exótico de algum um comerciante que passou por aquelas bandas.

Conclusão

Essa é uma notícia antiga que foi ressuscitada pelo blog de uma rede de TV que não tinha nada de bom para publicar naquele dia. O achado não tem nada de anormal ou extraterrestre e é muito provável que o relógio tenha sido de alguém que andou por aqueles lados há alguns anos e perdeu seu adorno. Uma análise mais detalhada no relógio poderia determinar a sua possível origem, mas parece que ninguém deu muita atenção para o objeto, pois não se falou mais no assunto.

Continue lendo
26 Comentários

26 Comments

  1. Noel

    19 de janeiro de 2014 em 23:19

    Um ET de relógio era só o que faltava mesmo.

  2. Marcos A.

    20 de janeiro de 2014 em 8:13

    Já ouvi falar que o fato dos ponteiro formarem um V, por marcar 10:10h, é porque isso evidencia a marca do relógio.

  3. Ruisdael Marques

    20 de janeiro de 2014 em 11:51

    Queridos amigos sou pesquisador , e Cineasta e tenho uma informação curiosa sobre a imagem. Ou ela é uma brincadeira , ou alguém viajou no tempo e deixou uma mensagem irônica ( sig). Eu acredito que os ponteiros do relógio estão marcando 10:04 e para quem lembra do filme ”De volta para o Futuro ” é o mesmo horário do relógio da torre. Em nosso longa- Metragem Caçadores de Espécies e o Símbolo Secreto utilizamos esta informação também, pois em Curitiba existe um relógio de uma igreja muito antiga que esta parado há muitos anos neste mesmo horário. Como eu digo sempre: O importante não é apenas conhecer o Caminho…Mas, saber como trilha-lo
    ( Ruisdael Marques)

    • Gilmar Lopes

      20 de janeiro de 2014 em 15:39

      Excelente! Obrigado!

  4. Marcos A.

    21 de janeiro de 2014 em 8:26

    Estranho seria um viajante do tempo de um futuro provavelmente muito distante, deixar um objeto tão antigo. Fato é que viagem no tempo, ao menos ao passado, é impossível.

  5. Nati

    23 de janeiro de 2014 em 15:57

    Porque diabos esses pesquisadores não fazem aqueles testes de idade (tipo o carbono-14 que fazem nos fósseis de dinossauros) pra ver a idade desse treco?

  6. elton

    6 de fevereiro de 2014 em 11:00

    Nada é possível antes de ser (com)provado. Nada existe sem as provas de sua existência. Isto é tão chato, não? Às vezes sabemos coisas misteriosas e reais, mas precisamos provar a “teoria”. Já afirmaram que tanta coisa não seria possível ou que não existia e hoje vemos o contrário. A única coisa que nunca muda é o errar humano; ainda AFIRMAM que isso e aquilo não é possível ou que não existe. Depois, fazem estudos e DESCOBREM que estavam ENGANADOS. Por isso, digo: QUEM ACREDITA EM ALGO QUE NUNCA DEIXE DE ACREDITAR, POIS UM DIA ISSO SE TORNARÁ REAL!

    • Gilmar Lopes

      6 de fevereiro de 2014 em 11:19

      Não entendi bem o seu comentário. Você está dizendo que pode ter havido um viajante do tempo?

  7. elton

    7 de fevereiro de 2014 em 0:41

    Como foi dito por mim antes, mas em resumo: ‘nada existe ou é possível até que se prove o contrário’. Apesar de ser cientificamente assim, comentei a respeito da POSSIBILIDADE da tal viagem temporal existir num FUTURO DISTANTE (“UM DIA”). NÃO HÁ COMO NEGAR com certeza que existe(m)/irá(ão) viajante(s) do tempo – ninguém viajou no futuro pra saber, e quem viajou ao passado até agora não deixou recado. Quanto mais o ser humano explora, novas possibilidades e tecnologias vão surgindo. Concorda? Tem certeza que a viagem temporal não é mesmo questão de tempo? – pequeno trocadilho, não precisa responder. Possibilidades podem existir no futuro, isso não há como negar, devido ao interesse e curiosidade no assunto pelo homem, como já deu pra notar com tanto boato e “teoria” – e realmente tudo começa por aí. O mesmo digo da ambição de querer descobrir tudo o que há no universo: novas possibilidades de tecnologias estão surgindo para se viajar no espaço mais rápido, como a ‘nave movida à buraco negro artificial, ou SK’, que já é um exemplo de teoria e possibilidade ambiciosa do homem. A tendência é piorar, até que alguém de fato descubra como fazer a tal viagem temporal. Mas, quanto à sua Matéria, ainda não é a descoberta da existência de um (SUPOSTO) viajante do tempo, pelas evidências apresentadas. Concordo plenamente. Mas teorias de viagem temporal podem de fato vir a se tornar realidade um dia. Assim como o mencionado SK, se algum cientista ouvisse sobre isso no passado, certamente riria, daria descrédito, exceto os que acreditaram nisso – Wheeler e Hawking. Atualmente, grande maioria dos cientistas especialistas em viagem espacial CRÊ nesta possibilidade graças a eles. Hoje, não acreditamos em viagem temporal, mas por causa dos que acreditam poderá ser real um dia. É TUDO QUESTÃO DE TEMPO.

    • Gilmar Lopes

      7 de fevereiro de 2014 em 8:25

      Vamos esperar, então! Até chegarmos lá, viajar no tempo é impossível!

      • daniel

        13 de agosto de 2018 em 8:21

        é improvavel ainda não impossivel se fosse impossivel voa tambem seria e ir a lua tambem

        • Gilmar Lopes

          13 de agosto de 2018 em 8:59

          Não mistura as coisas!

    • amilton

      13 de fevereiro de 2014 em 0:58

      Me fez lembrar do filme planeta dos macacos de 2001 que ele entra em um lugar estranho que não sei se é uma especie de buraco negro e sai em um planeta bem desenvolvido, o planeta dos macacos, interessante.

  8. elton

    7 de fevereiro de 2014 em 18:38

    Concordo. Só não vamos desencorajar ninguém a se aprofundar no assunto (esta foi minha intenção inicialmente). Pessoas brilhantes têm a capacidade de romper com qualquer obstáculo e podem encontrar soluções para muitos problemas. Isto é fato. Nossa própria mente é uma torrente de possibilidades e um mistério para a Ciência. Assim, ninguém sabe o que pode vir, principalmente com as próximas/novas gerações de cientistas.

  9. Ronaldo

    8 de abril de 2014 em 15:52

    A planta do tabaco é natural do Continente Americano… mas, certa vez, encontraram restos de tabaco para fumar num sarcófago egípcio e o fato levantou a maior polêmica. Será que os antigos egípcios conheciam o tabaco e o ato de fumá-lo?

    Depois descobriram que enquanto abriam o sarcófago, caiu um pouco do tabaco do cachimbo do explorador em cima do corpo… kkkkkkkk….

    • Gilmar Lopes

      8 de abril de 2014 em 15:53

      🙂

  10. Di Paulus

    15 de abril de 2014 em 21:29

    Sério, cara! Só estou vendo esse artigo porque um amigo meu que é muito crédulo e medroso ligou pra mim todo alarmado a respeito desse tal relógio (que, ainda por cima, me disse que era digital…).
    Bom, não vi nada demais. Trata-se de uma peça fabricada em latão ou cobre, dado o aspecto de corrosão em tom esverdeado. No mais, parece mais um enfeite do que um relógio funcional em si. Não há vidro, que demora cerca de 4000 anos para se decompor e os ponteiros não são móveis.
    É claramente um anel e, dado o estado de conservação do mesmo e o detalhe de pulseira de relógio moderno, eu diria que ele não está ali há tanto tempo assim. Foi colocado ou alguém deixou cair. Me parece mais que o senhor Jiang Yanyu não foi o primeiro a ter acesso ao local da tumba…

  11. anderson

    17 de agosto de 2015 em 19:16

    este relógio é meu. Eu viajo pelo tempo e o perdi quando visitei a china

  12. FABIANO

    23 de outubro de 2015 em 7:51

    Uma duvida, em alguns sites falam que 400 anos atraz a suíça não existia, como e porque atraz do relógio esta escrito suíça?

  13. PAULO HENRIQUE BERNSTORFF

    30 de outubro de 2015 em 1:13

    QUE BABAQUIÇE COMO O POVO ACREDITA EM PAPAI NOEL VAO BUSCAR JESUS COMO SEU SALVADOR ELE ESTA VOLTANDO FICAM AI ATRAS DE FALSIDADE PARA QUEREREM DESMEREÇER A PALLAVAR DE DEUS E A MORTE E RESUREIÇAO DE CRISTO COMO NOSSO SALVADOR VAO A MERDA ESSAS INDIOTIÇE DEUS ESTA ACIMA DE TUDO E TODOS

    • hermes

      16 de dezembro de 2015 em 3:27

      acho que vc não entendeu, a tumba é na china, não tem nada a ver com Jesus Cristo, o que vc quis dizer, que Jesus Cristo esta voltando para buscar o relógio dele? Mania de misturar religião com qualquer coisa.

  14. André Cavalcanti

    15 de janeiro de 2016 em 9:03

    Gosto de ler e reler estes posts… seres humanos são mesmo interessantes. Tem medo do desconhecido e quando cruzam com ele fazem de tudo para negar, provar que é farsa… simplesmente por não querer encarar a realidade. Bom, quanto ao relógio acima, concordo que realmente possa ter sido esquecido por ali por outras pessoas que passaram por lá em algum período nos últimos 100 anos. Com certeza pode mesmo ter sido contaminação do local, porém, existem outros sinais que é necessário observar ao redor deste planeta. Tudo isto que acontece agora já aconteceu antes, com outras civilizações, que também tiveram medo e mataram os portadores de boas noticias. Depois sucumbiram em seu próprio ódio e ignorância. Parabéns aos criadores do site e pelo interesse de descobrir a verdade. Mas, mesmo assim, não sejam tão céticos quanto a verdade que está aqui fora tão latente e visível. Abraços!

  15. Jadir

    20 de janeiro de 2016 em 22:32

    Bom site. Obrigado.

  16. bike

    11 de novembro de 2016 em 0:04

    i like this post.

  17. joao batista

    9 de março de 2019 em 15:12

    Prezados! viajar no tempo não e teoria e fato,seguindo a teria da fisica, que diz que se aceleramos um corpo com uma velocidade superior da luz, existe uma desaceleração no tempo,isso foi comprovado quando na segunda ida do homem a lua, o relogio do piloto do foguete e da da torre de comando foram zerados,e apos a aceleração para atingir a atmosfera ,quando foram diminuida a velocidade o relogio do piloto estava alguns decimos atrazado em comparação ao da torre. isso e ciência não tem como negar!
    façam uma pesquisa nas pinturas egipcias e me de uma explicação em um dos desenhos existir a pintura de um elicoptero.
    como pode ser!

  18. Joao DaSilva Gomes

    10 de março de 2019 em 14:32

    L’OROLOGIO SVIZZERO DELL’AVVENIRE E’ QUI OGGI….AL PRESENTE !

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Parceiros

Voltando a Circular

Publicidade

Topo