Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

A torre Gyro Drop localizada em um parque de diversões oriental existe mesmo?

Falso

A torre Gyro Drop localizada em um parque de diversões oriental existe mesmo?

A torre Gyro Drop localizada em um parque de diversões oriental existe mesmo?

Será que o vídeo mostrando uma torre chamada Gyro Drop, que aumenta de tamanho e gira suas cadeiras no ar, é verdadeiro ou falso?

O vídeo surgiu nas redes sociais e em diversos sites e blogs na segunda semana de junho de 2019 e mostra o que parece ser a maior torre de queda livre do mundo: A Gyro Drop aumenta de tamanho e solta e gira suas cadeiras no ar antes de fazer seus ocupantes caírem de uma grande altura!

Será que esse vídeo é verdadeiro ou falso?

https://twitter.com/andregraziano/status/1139279545297768459?s=19

Verdade ou mentira?

Fizemos uma busca pelo nome da atração, visível no corpo do brinquedo, e descobrimos que a Gyro Drop existe mesmo, mas não é tão radical como mostrado no vídeo (apesar do original ser bem bacana, hein?).

A atração fica no parque Lotte Park, um dos maiores parques temáticos do mundo, que fica localizado em Seul, na Coreia do Sul. A Gyro Drop é uma torre de 70 metros de altura e, ao chegarem no topo, os participantes “caem” a uma velocidade de cerca de 100 quilômetros por hora!

Um detalhe que torna a experiência ainda mais interessante é que os “passageiros” podem usar óculos de realidade virtual onde são exibidos vídeos que dão a sensação de quedas em outros ambientes.

Abaixo, podemos ver um vídeo da torre em funcionamento:

https://twitter.com/Ur_Usual_Bomber/status/1139333725114814464

No YouTube podemos ver outros diversos vídeos da atração:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

E esse, de 2006:

O vídeo que se espalhou nas redes sociais é uma montagem?

Sim! O filminho que teve milhões de visualizações nas redes sociais é uma montagem feita com a ajuda de computação gráfica e que muita gente está atribuindo ao artista digital alemão Till Nowak, autor e diretor do curta-metragem The Centrifuge Brain Project, de 2011. No filme, Till mescla cenas reais de parques de diversão com computação gráfica para criar atrações que desafiam as leis da física:

No entanto, o próprio Lotte Park publicou o vídeo nas suas contas do Instagram e do Facebook, o que pode significar que trata-se de uma jogada de marketing da própria empresa:

Conclusão

O vídeo mostrando uma torre que aumenta de tamanho e solta suas cadeiras no ar antes de cair é falso! Tudo indica que o próprio parque tenha criado uma campanha de marketing para divulgar suas atrações!  

Continue lendo
10 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo