17.7 C
São Paulo
segunda-feira, outubro 25, 2021

Bebê indiana com hidrocefalia pede ajuda para tratamento na web

- Advertisement -spot_imgspot_img
- Advertisement -spot_imgspot_img

A pequena indiana Roona Begum teria nascido com uma doença que a deixou com enorme cabeça pede ajuda pela web para seu tratamento. Mas será que essa história é real?

As fotos apareceram na internet em abril de 2013 e mostram o que parece ser o sofrimento de uma família diante de uma doença que teria feito com que uma criança ficasse com a cabeça muito grande.

Os textos que acompanham as imagens afirmam que a criança estaria com hidrocefalia, quando ocorre o acúmulo de líquido cefalorraquidiano na cavidade craniana.

A família, segundo várias versões do texto, estaria fazendo uma campanha na internet para arrecadar dinheiro para ajudar no tratamento da pequena Roona.

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Criança com hidrocefalia pede sua ajuda pela web! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/The Sun)
Criança com hidrocefalia pede sua ajuda pela web! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/The Sun)

 

Verdadeiro ou falso?

Dessa vez, a história é real!

Roona Begum é uma jovem indiana de apenas 18 meses de idade. Algumas semanas após o seu nascimento, os médicos diagnosticaram a doença no bebê e, com o passar dos meses, a cabeça da pequena chegou a medir 91 centímetros de circunferência.

A hidrocefalia (conhecida também como “água no cérebro”) é fatal no primeiro ano de vida na maioria dos casos, pois o acúmulo de líquido no crânio comprime o cérebro afetando gravemente as funções do paciente.

Abdul Rahman, pai da Roona – que ganha apenas U$2,57 por dia como funcionário em uma fábrica de tijolos em Kolkata (a leste da Índia) -, iniciou uma campanha online para tentar arrecadar as 125mil rúpias (cerca de U$2.300) necessárias para fazer o tratamento em sua filha.

Mais detalhes sobre a operação, tratamento e sobre a pequena Roona podem ser vistos no blog da família.

As doações podem ser feitas através do site My Good Act.

 

Tratamento gratuito

Após a história da menina fazer sucesso na web, uma fundação chamada Fortis se prontificou a fazer o tratamento de forma gratuita para a garota.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o Dr. Sandeep Vaishya – Diretor de Neurocirurgia do Instituto Fortis – disse que ficou surpreso quando viu o bebê pela primeira vez. “Mesmo que eu já tinha visto as fotos dela, não estava esperando que a cabeça dela pudesse ser tão grande!”, afirma o doutor.

No dia 18 de abril de 2013, Roona Begum passou pela primeira fase de seu tratamento que consiste na drenagem do liquido que está em excesso em sua cabeça.

bebe_cabeca2
Os pais da Roona acompanhando no hospital a evolução da filha. (foto: Reprodução)

História semelhante foi pesquisada pelo E-farsas em setembro de 2011. Na época, muitas pessoas estavam repassando fotos de uma criança com a mesma doença da indiana, mas só que a história que acompanhava as fotos era falsa!

 

Conclusão

A história é real! De fato houve uma campanha online para ajudar no tratamento da criança, mas a família conseguiu ajuda gratuita e o dinheiro arrecadado até agora será usado no pós-operatório, com remédios e demais necessidades da menina.

 

- Advertisement -spot_imgspot_img
Gilmar Lopes
Gilmar Henrique Lopes é Analista de Sistemas. Trabalha com PHP e banco de dados Oracle e é especializado em criação de ferramentas para Intranet. Em 2002, criou o E-farsas.com (o mais antigo site de fact checking do país!) que tenta desvendar os boatos que circulam pela Web. Gilmar também tem um espaço semanal dentro do programa “Olá, Curiosos!” no YouTube e co-apresenta o Fake em Nóis ao lado do biólogo Pirulla!
Latest news
- Advertisement -spot_img
Related news
- Advertisement -spot_img

8 COMENTÁRIOS

  1. Este tipo de cirurgia consiste em colocação de um dreno da parte da cabeça até no estomago,fazendo esvaziar a agua contida. Num caso semelhante com filha de um sobrinho, aconteceu este fato e mantendo-se viva já por três décadas. Risco tem, porém foi um meio de fazer a recuperação. Estes tipos de fotos começam por curiosidades, acabam atingindo os sentimentos das pessoas que se compadecem e geram fatores emocionais.

  2. Pena que a maioria dos pedidos de ajuda na internet sejam falsos, aí quem realmente precisa de ajuda fica sem credibilidade. Ainda bem que conseguiram o tratamento. Espero que a garotinha possa finalmente ter uma vida normal.

  3. parabéns ao e-farsas, pois acho importante essa distinção entre o que é verdade e o que não é.
    acho desumano as pessoas usarem certo tipo de estórias como brincadeira. que Deus esteja sempre presente na vida de cada um de nós operando milagres.
    peço para as famílias que passam por algum tipo de problema, não se desesperem, descanse em Deus, pois ele tem um propósito em sua vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui