Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Lula disse em entrevista à Playboy, em 1979, que admirava Hitler?

Política

Lula disse em entrevista à Playboy, em 1979, que admirava Hitler?

Lula disse em entrevista à Playboy, em 1979, que admirava Hitler?

É verdade que o ex-presidente Lula disse em 1979 durante entrevista à revista Playboy que era admirador do ditador nazista Adolf Hitler?

A imagem com recortes antigos se espalhou através das redes sociais em março de 2017, mas voltou a ser compartilhada com força na segunda semana de outubro de 2018. Nela podemos ler trechos de uma entrevista que o então líder sindical Lula teria dado à revista Playboy.

Na entrevista publicada em 1979, Luiz Inácio da Silva teria afirmado ser um admirador de Adolf Hitler, mas será que ele disse isso mesmo?

Lula disse que admira Hitler? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Lula disse que admira Hitler? (foto: Reprodução/Facebook)

No mês de julho de 1979, chegava nas bancas a edição de número 48 da revista masculina Playboy, cuja a capa trazia o bumbum da atriz ítalo-brasileira Rossana Ghessa.

A revista também trouxe uma entrevista com o então líder sindical Luiz Inácio da Silva, o Lula, numa época em que ele estava articulando para a criação do Partido dos Trabalhadores:

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Com muito bom humor, a revista fez bastante perguntas para o sindicalista e, no meio da conversa, perguntou ao entrevistado quem eram seus ídolos. Lula respondeu o seguinte:

Playboy – Há alguma figura de renome que tenha inspirado você? Alguém de agora ou do passado?
Lula [pensa um pouco]- Há algumas figuras que eu admiro muito, sem contar o nosso Tiradentes e outros que fizeram muito pela independência do Brasil (…). Um cara que me emociona muito é o Gandhi (…). Outro que eu admiro muito é o Che Guevara, que se dedicou inteiramente à sua causa. Essa dedicação é que me faz admirar um homem.
Playboy – A ação e a ideologia?
Lula – Não está em jogo a ideologia, o que ele pensava, mas a atitude, a dedicação. Se todo mundo desse um pouco de si como eles, as coisas não andariam como andam no mundo. (…)
Playboy – Alguém mais que você admira?
Lula [pausa, olhando as paredes] – O Mao Tse-Tung também lutou por aquilo que achava certo, lutou para transformar alguma coisa.
Playboy – Diga mais…
Lula – Por exemplo… O Hitler, mesmo errado, tinha aquilo que eu admiro num homem, o fogo de se propor a fazer alguma coisa e tentar fazer.
Playboy – Quer dizer que você admira o Adolfo?
Lula – [enfático] Não, não. O que eu admiro é a disposição, a força, a dedicação. É diferente de admirar as idéias dele, a ideologia dele.”

Leia a entrevista na íntegra a seguir, ou clique aqui para ser redirecionado para o Slide Share:

https://pt.slideshare.net/DaladierSantos/entrevista-do-lula-playboy-1979-pdf

Outras entrevistas antigas de Lula

Essa não foi a primeira vez que declarações antigas de Lula voltam para “assombrá-lo”, em março de 2016, confirmamos aqui no E-farsas uma entrevista dada pelo então deputado federal Luiz Inácio Lula da Silva à Folha de São Paulo – em 1988 – quando ele disse que:

“No Brasil é assim: quando um pobre rouba, vai pra cadeia; Quando um rico rouba, vira ministro!”

Frase atribuída a Lula diz que rico quando rouba vira ministro! (foto: Reprodução/Facebook)

Curiosamente, na ocasião que “desenterraram” a frase, Lula havia sido nomeado Ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff, em meio a acusações de manobras para conseguir foro privilegiado.

Conclusão

Lula disse em entrevista à revista Playboy que admirava em Hitler a sua disposição, força e dedicação. Lula disse também que não admirava as idéias e nem a ideologia dele.

Continue lendo
111 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo