Conecte com a gente

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Moça grávida faz um apelo para encontrar o pai de seu filho!

Falso

Moça grávida faz um apelo para encontrar o pai de seu filho!

Será verdadeiro o vídeo de um apelo feito por uma moça grávida, que está tentando achar o pai de seu filho através da web?

No dia 30 de agosto de 2015, uma jovem francesa chamada Natalie Amyot publicou um vídeo de apenas 1 minuto de duração que chamou bastante atenção no YouTube, gerando mais de 2 milhões de visualizações em apenas 2 dias!

No vídeo, Natalie conta que quando passeava pela Austrália teve uma “bela noite” de amor com um homem louro, alto e de olhos azuis por quem ela acabou se apaixonando.

Quando ela voltou para a França, descobriu que havia perdido o celular com todos os seus contatos e que havia ficado grávida do rapaz.

Natalie Amyot faz apelo nas redes sociais para reencontrar o pai de seu filho! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Natalie Amyot faz apelo nas redes sociais para reencontrar o pai de seu filho! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

A gravação é um apelo para que as pessoas a ajudem a conseguir reencontrar o australiano.

Será que essa história é verdadeira ou falsa?

O vídeo original é esse aqui, mas você pode ver esse outro, com legendas em português:

 

Verdadeiro ou falso?

A história fez bastante sucesso nas redes sociais e foi compartilhada centenas de milhares de vezes no Facebook, além de ter sido publicada em inúmeros sites e blogs. Muita gente engajada em tentar saber mais detalhes desse amante misterioso que a moça tentava encontrar.

No entanto, o caso da jovem em busca do seu amor mostrou-se cheio de furos e levantou suspeitas em muitos internautas. A moça havia criado uma conta no Facebook unicamente para responder e agredecer à ajuda dos que se interessaram pela história dela e, antes disso, ela nunca havia interagido nas redes sociais:

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Entre em contato com o E-farsas

(11) 96075-5663 - t.me/efarsas

Em poucas horas, vasculhando diversos perfis do Instagram e fotos do Google Images, os “detetives da web” descobriram que Natalie Amyot era, na verdade, a estudante Alizee Michel, que fez um “biquinho” como modelo – como podemos ver no site Warwick Daily News:

Alixxxx

Alizee Michel (a primeira da foto) – Reprodução

 

Natalie Amyot e

Natalie Amyot e Alizee Michel são a mesma pessoa! (foto: Reprodução)

Revelação

Poucos dias depois do vídeo ter sido publicado no YouTube, a conta falsa de Natalie no Facebook foi cancelada e a própria Alizee revelou que tudo não passou de uma campanha publicitária para divulgar a agência de viagens Mooloolaba, que fica na Austrália!

O vídeo com o desfecho dessa história foi divulgado no dia 1 de setembro, 2 dias após a publicação do falso apelo:

 

Esse tipo de propaganda se chama marketing viral, onde o vídeo (ou qualquer que seja o material da campanha) acaba sendo repassado de forma orgânica, rápida e barata. As pessoas se identificam com o vídeo e acabam repassando o filme, fazendo o comercial de graça para as agências de publicidade.

Muitas vezes, o produto quase não aparece em cena, mas o barulho que o assunto gera, faz com que a marca seja lembrada.

Versão australiana do “Perdi meu amor na balada”

Essa não foi a primeira vez que uma empresa usa esse tema para tentar divulgar um produto. Já publicamos aqui no E-farsas a respeito de um vídeo em 2012, de um brasileiro que teria se apaixonado por uma linda moça numa balada, mas acabou perdendo o seu amor e pedia a ajuda de todos para reencontrar a sua amada. Na época, mostramos que o vídeo fazia parte de uma campanha de marketing para a divulgação do então novo celular da Nokia!

Conclusão

O vídeo com o apelo da moça que estaria a procura do pai de seu filho é apenas uma campanha de marketing viral para divulgar uma agência de viagens australiana!   

Continue lendo
12 Comentários

Mais Populares

Ajude a Manter o E-farsas!

Categorias

Publicidade

Parceiros:

Voltando a Circular

Publicidade

Topo