Promotor mandou prender garota de 12 anos que atirou em invasor de sua fazenda?

17
14974

Desde ontem, uma notícia sobre a prisão de uma adolescente de 12 anos, que atirou num garimpeiro após ele entrar na propriedade de seus pais, sem seu consentimento, vem repercutindo nas redes sociais.

Essa notícia foi originalmente divulgada por um site chamado “Painel Central” no dia 1º de outubro de 2019 (arquivo).

Captura de tela mostrando um trecho da notícia publicada pelo site “Painel Central”.

Confira abaixo um trecho do que foi mencionado por esse site:

Um promotor de justiça do Mato Grosso pediu a prisão imediata da menina de 12 anos que atirou em um garimpeiro que tentava invadir a fazenda de seu pai. A jovem estava sozinha no sítio quando percebeu que o homem tentava invadir o local pulando uma cerca. Com medo, a jovem se apossou de uma espingarda velha e ordenou para que o homem fosse embora, mas ele a ignorou e pulou para dentro da fazenda, foi então que a garota atirou duas vezes e depois fugiu.

Ela foi apreendida e levada para a delegacia da cidade, onde permanecerá até que seja expedido sua transferência para a Fundação Casa. Em depoimento, a jovem afirmou que atirou para se defender, pois o homem não tinha a intenção de apenas tomar banho no local, mas sim de tentar abusar dela. Para o promotor, a garota agiu com excesso de legitima defesa, sem dar chances de defesa à vítima, e irá responder pelo crime de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma e omissão de socorro, já que fugiu do local do crime sem ajudar vítima, podendo pegar até 3 anos de prisão, já que é menor de 18 anos.

A Viralização

Essa notícia acabou sendo disseminada através de outros sites, a exemplo do “Brasil Agora” (arquivo), grupos no Facebook, a exemplo do “Somos Todos Bolsonaro” (arquivo) e, inclusive através da conta de Ailton Benedito, procurador-chefe do Ministério Público Federal em Goiás e recém-nomeado secretário de Direitos Humanos e Defesa Coletiva, na Procuradoria-Geral da República, no Twitter (arquivo)!

Notícia compartilhada pelo site “Brasil Agora”.
Notícia sendo compartilhada pelo grupo “Somos Todos Bolsonaro”, no Facebook.
Trechos do texto da notícia sendo divulgados pela conta de Ailton Benedito, no Twitter.

Existe um ponto emblemático de toda essa viralização. Na manhã de hoje (2), os tuítes relacionados a notícia publicada pelo site “Painel Central” foram simplesmente apagados do perfil de Ailton Benedito. Contudo, vale a pena destacar que o material foi amplamente lido e compartilhado por mais de 10 horas seguidas através de sua conta!

Verdadeiro ou Falso?

Falso! A narrativa sobre a prisão da adolescente de 12 anos foi totalmente inventada a partir de um caso real ocorrido no último domingo (29), na zona rural de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, no Estado do Mato Grosso. O contexto do caso também foi ligeiramente distorcido pelo site “Painel Central”.

De fato, uma adolescente de 12 anos atirou em um garimpeiro, de 27 anos, que invadiu o sítio onde ela mora com a família. De acordo com a Polícia Militar, a adolescente pediu para que ele não entrasse no local e, mesmo assim, ele entrou. Então, o garimpeiro foi atingido com um tiro de espingarda no braço e outro no abdômen. O garimpeiro contou à polícia que trabalhava num garimpo nos fundos do sítio, onde a menina mora. Ele também alegou que conhecia o pai da adolescente e foi até o local para tomar banho. Em seguida, a menina pegou uma espingarda e disparou duas vezes contra ele.

Entretanto, ainda não sabemos se houve uma tentativa de abuso sexual por parte do garimpeiro! Isso porque uma equipe da polícia foi até o sítio, mas a adolescente não estava mais no local. Buscas teriam sido realizadas na região, mas ela também não teria sido encontrada. Até o fechamento deste artigo, não houve nenhuma notícia verdadeira sobre o paradeiro da adolescente. Portanto, a narrativa publicada pelo site “Painel Central” sobre a prisão da adolescente é falsa.

Desde o Começo Havia Inúmeros Motivos para Desconfiar de Toda essa Narrativa

  • O Site “Painel Central”

Somente ao acessar o site é possível notar que existe algo muito errado. Não há qualquer telefone para contato, endereço, nome do responsável ou qualquer outra informação que fornecesse um mínimo de credibilidade. Ao pesquisarmos um pouco, notamos que o site foi criado recentemente, no dia 14 de agosto de 2019. Desde então, somente notícias rasas sobre Astronomia vinham sendo publicadas. Sinceramente, tudo indica que estamos diante de um caso clássico de site criado apenas para a divulgação esporádica de notícias falsas.

  • Fundação Casa

O texto publicado pelo site “Painel Central” alega que a adolescente tinha sido transferida para a “Fundação Casa”. Contudo, a “Fundação Casa” é uma instituição vinculada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo! Não há relação alguma com o Estado do Mato Grosso!

  • Promotor

O texto não menciona sequer o nome do promotor que teria feito esse tal pedido de prisão.

  • A Foto Não é da Adolescente de 12 anos!

Numa rápida busca reversa por imagens no Google é possível facilmente descobrir que a foto utilizada para retratar a adolescente pertence a um outro caso!

Na verdade, a foto é de uma adolescente de 15 anos, que foi apreendida no dia 16 de abril de 2019, no momento que iria concretizar um golpe a mando de um criminoso, que fingia ser um sargento da PM em grupos de compra e venda na internet, em Macapá, no Estado do Amapá!

A foto mostra uma adolescente relacionado a um outro caso ocorrido no mês de abril em Macapá/AP.

A foto foi originalmente divulgada pelo site de notícias “SalesNafes“.

Conclusão

Falso! A narrativa sobre a prisão da adolescente de 12 anos foi totalmente inventada pelo site “Painel Central” a partir de um caso real ocorrido no último domingo (29), na zona rural de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, no Estado do Mato Grosso.

Numa rápida busca reversa por imagens no Google é possível facilmente descobrir que a foto utilizada para retratar a adolescente pertence a um outro caso ocorrido em abril de 2019, em Macapá, no Estado do Amapá!

17 COMMENTS

  1. Sei que muitos por aqui são contra o que direi, o que é normal pelo tipo de respostas dadas a comentários como o meu. Ela agiu corretamente. O dito cujo invasor deveria ter morrido para não mais cometer esse tipo de atentado.

    • Verdade, não tem como saber o que se passa numa cabeça de uma pessoa, no caso, do garimpeiro, e ela estava dentro de sua propriedade, para mim agiu certo e com todo direito.

  2. Sei que muitos por aqui são contra o que direi, o que é normal pelo tipo de respostas dadas a comentários como o meu. Ela agiu corretamente. O dito cujo invasor deveria ter morrido para não mais cometer esse tipo de atentado.

    • Verdade, não tem como saber o que se passa numa cabeça de uma pessoa, no caso, do garimpeiro, e ela estava dentro de sua propriedade, para mim agiu certo e com todo direito.

  3. Ela agiu corretamente, se ela avisou pra ele não entrar na propriedade, por que ele insistiu e entrou? Sabendo que a menina estava sozinha, qual seria a intenção dele??? Se ele estivesse bem intencionado teria perguntado pelo pai da menina e não insistido em entrar na propriedade alheia.

  4. Ela agiu corretamente, se ela avisou pra ele não entrar na propriedade, por que ele insistiu e entrou? Sabendo que a menina estava sozinha, qual seria a intenção dele??? Se ele estivesse bem intencionado teria perguntado pelo pai da menina e não insistido em entrar na propriedade alheia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here